Você está na página 1de 1

3.Interacção radiação-Matéria.

Estrutura da Atmosfera Terrestre


Efeitos do solo e da radiação solar na temperatura da atmosfera terrestre

A temperatura da atmosfera terrestre depende de dois parâmetros:


• Da proximidade em relação ao solo;
• Das radiações solares que a atravessam.

O solo emite radiações infravermelhas, como tal é natural que o ar junto ao solo seja
mais quente e que vá arrefecendo à medida que aumenta a altitude.
As radiações solares também influenciam a temperatura da atmosfera. Ao entrarem
na atmosfera terrestre, as radiações colidem com as partículas aí existentes,
transferindo para elas a energia que transportam.

Esta absorção de energia pode causar dois efeitos:


• Efeito térmico- as partículas utilizam a energia absorvida para aumentar a
sua energia cinética, o que faz aumentar a sua temperatura.
• Efeito químico- as partículas absorvem a energia das radiações, a qual
servirá para desencadear reacções químicas.

As camadas da Atmosfera terrestre

A atmosfera (que se estende aproximadamente até aos 1000 km de altitude) divide-se


em 4 camadas.
Troposfera- é a camada á superfície terrestre, e expande-se em média até aos 12 km de
altitude. Esta camada da atmosfera é a mais densa e a sua temperatura diminui com o
aumento da altitude. A Tropopausa é uma zona estreita de transição entre esta camada e
a seguinte.
Estratosfera- é a segunda camada da atmosfera e estende-se aproximadamente dos
12km aos 50km de altitude. Aqui a temperatura aumenta a medida que a altitude
aumenta. A camada de ozono encontra-se na estratosfera. A estratopausa é a fronteira
entre esta camada e a seguinte.
Mesosfera- esta camada estende-se até aos 80km de altitude. Aqui a temperatura
diminui com o aumento da altitude. A mesopausa é a zona de transição entre esta
camada e a seguinte.
Termosfera- esta camada pode dividir-se em duas partes: a Ionosfera(varia entre os
80km e 550km) e a exosfera(parte exterior da termosfera). Nesta camada é onde se
atingem as temperaturas mais elevadas.