Você está na página 1de 18

R. M.

F.
Dentística e Materiais Dentários II
Restauração Metálica
Fundida
(R.M.F.)
–Indireta

–Metal

–Fundição
R.M.F.
• Utilização na Odontologia – 1890

• Fatores Culturais

• Utilização Atual
R.M.F
Indicações Gerais:

– Cavidades Extensas Não Rest. direta


– Apoio p/ PPR Relação Interdisciplina

– Preservação de Estrutura Menor Desgaste


– Custo **
– Exigência / Necessidade Estética *
R.M.F
Perda Estrutural:
Resina

– Núcleos de PreenchimentoAmálgama
C.I.V (reforçado

– Devolver as paredes perdidas,


com isso, dando propriedades
ideais ao preparo.
R.M.F
Preparo:

– Princípios Biomecânicos
• Retenção
• Estabilidade
• Durabilidade estrutural
• Biológicos
Preparos /
Restaurações

ntra-Coronários Extra-Coronário
Preparos
• Coroa 3/4
• Coroa 4/5
• MOD com Proteção de Cúspide
• Meia Coroa Proximal
• Coroa 7/8
• Coroa Total**
Protocolo
• Planejamento
• Preparo

• Restauração provisória

• Moldagem

• Fase Laboratorial

• Cimentação
Planejamento
• Custo Biológico 1 a 1,5mm

• Retenção/Resistência
• Durabilidade
• Necessidade Estética
• Exigência Estética
• Possibilidade Financeira
Restauração
Provisória
Moldagem
• Cópia do Preparo

• Modelo de Gesso

• Fase Laboratorial
Fase Laboratorial
Comunicação com o Laboratório

– Tipo de Trabalho RMF

– Material de confecção

?
Ligas Metálicas
• Nobres: • Não Nobres
– Au; (Básicos)
– Grupo Pt-Pd – Ni ;
– Cr;
Platina
– Co;
Paládio – Ag;
Rutênio – Sn;
Ósmio – Cu;
Irídio
– Al;
– Etc...
Ligas Metálicas

• Nobres • Não Nobres

• Gesso Tipo V
• Gesso Tipo
IV
Ligas Metálicas

Opções:
• Base de Au
• Ag-Pd
• Ni-Cr ou Cr-Co
• Ag-Sn
Fase Laboratorial
• Troquelização
• Enceramento
• Inclusão
• Fundição
• Acabamento e Polimento
Cimentação

• Adaptação
• Ajustes
• Cimentação definitiva