P. 1
O QUE É UMA INCORPORADORA

O QUE É UMA INCORPORADORA

|Views: 3.390|Likes:
Publicado porbrunozimba

More info:

Published by: brunozimba on Mar 10, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/10/2013

pdf

text

original

O QUE É UMA INCORPORADORA?

Comecemos pelo significado da palavra incorporar, que nos remete a idéia de reunir ou juntar, duas ou mais coisas, num só corpo ou em uma única estrutura. Em se tratando de construção civil, as duas coisas que se tornarão únicas são o terreno e o prédio que nele será construído. O prédio será incorporado ao terreno. Mas devemos ter em mente o significado jurídico da expressão incorporação imobiliária, a qual deve ser entendida como sendo o meio pelo qual alguém (pessoa física ou jurídica) constrói um edifício, com diversas unidades autônomas, em um terreno de outra pessoa. O dono do terreno, geralmente recebe como pagamento unidades do prédio construído. A empresa que promoveu, isto é, que administrou a feitura da obra em parceria com o dono do terreno e que efetua a venda das unidades é chamada de incorporadora, há, ainda, a figura da construtora, que é a responsável pela execução da obra. Por fim, é pertinente citar a definição de incorporação imobiliária, constante do art. 28, parágrafo único da Lei nº 4.591/64, a qual esclarece que incorporação imobiliária é a atividade exercida com o intuito de promover e realizar a construção, para alienação total ou parcial, de edificações ou conjunto de edificações compostas de unidades autônomas. REF: Imóveis SJC. http://www.imoveissjc.com/informaciones.php?id=27 - 19/10/10 SITE RECEITA FEDERAL - INCORPORAÇÃO DE PRÉDIOS EM CONDOMÍNIO 597 — O que se considera como incorporação de prédios em condomínio? Considera-se incorporação imobiliária a atividade exercida com o intuito de promover e realizar a construção, para alienação total ou parcial (antes da conclusão das obras), de edificações ou conjunto de edificações compostas de unidades autônomas, sob o regime de condomínio. O incorporador vende frações ideais do terreno, vinculadas às unidades autônomas (apartamentos, salas, conjuntos etc.), em construção ou a serem construídas, obtendo, assim, os recursos necessários para a edificação. Pode também alienar as unidades já construídas. (RIR/1999, art. 151) CONSTRUÇÕES ABRANGIDAS PELAS INCORPORAÇÕES IMOBILIÁRIAS 598 — Quais as construções abrangidas e a legislação que se aplica para as incorporações imobiliárias? As incorporações imobiliárias abrangem, por exemplo, construções de edifícios de apartamentos ou lojas em condomínio. Estão sujeitas ao disciplinamento imposto pela Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964. (No aspecto fiscal, subordinam-se especificamente às disposições dos Decreto-lei nº 1.381, de 1974; Decreto-lei nº 1.510, de 1976; IN SRF nº 28/78; IN SRF nº 84/79; IN SRF nº 23/83; IN SRF nº 67/88) INCORPORADOR 599 — Quem é considerado "incorporador"? Considera-se incorporador a pessoa física ou jurídica, comerciante ou não, que, embora não efetuando a construção, compromisse ou efetive a venda de frações ideais de terreno objetivando a vinculação de tais frações a unidades autônomas, em edificações a serem construídas ou em construção sob regime condominial, ou que meramente aceita propostas para efetivação de tais transações, coordenando e levando a termo a incorporação e responsabilizando-se,

ficam sujeitos ao regime instituído para os incorporadores. isolada etc. de 1964. 29 a 32 e 68. 151 e 152) Atenção: De acordo com o art.591. arts. (RIR/1999. pela entrega. de 1964. especificamente os arts.591. sempre que iniciarem as alienações antes da conclusão das obras. autônoma. a preço e em determinadas condições.) para que a pessoa física seja considerada incorporador e se submeta ao regime de equiparação à pessoa jurídica. mediante pagamento do preço a prazo. horizontal. ou sobre terrenos onde pretendam construir ou mandar construir habitações isoladas para alienálas antes de concluídas. 29 e 30) Tendo em vista as disposições da Lei nº 4. os proprietários ou titulares de direito aquisitivo sobre as terras rurais. Estende-se a condição de incorporador aos proprietários e titulares de direitos aquisitivos que contratem a construção de edifícios que se destinem à constituição em condomínio. . para efeitos fiscais. (Lei nº 4. em certo prazo. é irrelevante a forma da construção efetuada (vertical. 68 da Lei nº 4.conforme o caso.591. das obras concluídas. art. de 1964. no que lhes for aplicável. desde que existentes os demais pressupostos para a configuração dessa forma de tributação dos resultados auferidos nesse empreendimento.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->