OFICINA DA PRÁTICA PROFISSIONAL I

A instrumentalidade no trabalho do Assistente Social

Prof. Esp. Hudson A. C. da Costa

mas uma determinada capacidade ou propriedade constitutiva da profissão. relacionamos aos instrumentais técnicos necessários a prática profissional.O QUE É INSTRUMENTALIDADE? A primeira vista. y ´A instrumentalidade não refere-se ao conjunto de instrumentos e técnicas. 2000:01) y . construída e reconstruída no processo sócio-históricoµ(GUERRA.

y Na medida em que os profissionais utilizam. criam. 2000:02) y Tais capacidades alteram. transformam.A instrumentalidade do trabalho e o Serviço Social y ´A instrumentalidade é a capacidade e/ou propriedade que a profissão vai adquirindo na medida que concretiza objetivosµ(GUERRA. transformando-as em meio/instrumentos para objetivação das intencionalidades. . suas ações são portadoras de instrumentalidade. modificam as condições objetivas e subjetivas ao nível do cotidiano. adequam às condições existentes.

transformam-se a si mesmo e aos outros homens.A instrumentalidade do trabalho e o Serviço Social y Todo trabalho social possui instrumentalidade a qual é construída e reconstruídas historicamente. y y . Pelo processo de trabalho os homens transformam a realidade. O ser humano detém a capacidade de manipulação. de conversão dos objetos em instrumentos que atendam suas necessidades de transformação da natureza em produtos úteis.

y .03) y Este movimento de transformar a natureza é trabalho. transforma e utiliza os meios e as condições sob qual trabalham para seu benefício. (idem.03). para alcance de sua finalidade.A instrumentalidade do trabalho e o Serviço Social O ser humano modifica. necessários a realização da práxis (idem. Produzem um mundo material e espiritual.

interferindo em nível da produção social. y A instrumentalidade que o homem utiliza para transformar a natureza é transportada para as relações dos homens em si. y .Qual a relação entre postura teleológica e instrumentalidade? No trabalho o homem desenvolve capacidades que passam a mediar sua relação com outros homens (idem:04). y O desenvolvimento do trabalho exige o desenvolvimento das próprias relações sociais e o processo de reprodução social.

O processo capitalista detém a propriedade de converter as instituições e práticas sociais em instrumentos/ meios de produção do capital. Exemplo da utilização do homem como instrumento para fins de outros homens. . é a compra e venda da força de trabalho como mercadoria.Qual a relação entre postura teleológica e instrumentalidade? y y y y Os homens se tornam meios/instrumentos de outros homens. A instrumentalidade usada em determinadas sociedades se converte em instrumentalização das pessoas.

SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE y Para Guerra (2000:05) ´A questão social esta sendo entendida como expressão do processo de formação e desenvolvimento das classes operárias e do seu ingresso no cenário da sociedade. exigindo seu reconhecimento enquanto classe por parte do empresariado e do Estadoµ. .

SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE y É no estágio monopolista do capitalismo [. Com isso.2000:6).] que a questão social vai se tornando objeto de intervenção sistemática e contínua do Estado. .. instaura-se um espaço determinado na divisão social e técnica do trabalho para o Serviço Socialµ (GUERRA..

y A profissão se legitima institucionalmente a partir da interferência do Estado na questão social através das políticas sociais. que se transformam.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE A utilidade social de uma profissão advém das necessidades sociais. y . y A utilidade social da profissão está em responder às necessidades das classes sociais. por meio de muitas mediações.

y .política. constitui-se também num conjunto de procedimentos técnicooperativos com a necessidade de profissionais em dois campos distintos: execução e implementação. y É no processo de implementação das políticas sociais que se funda mercado de trabalho para os assistentes sociais.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE A política social além de sua dimensão econômica.

atuando de forma direta nas necessidades básicas das populações que as procura. necessita de profissionais que lidam na ponta de tais ações. y O assistente social trabalha nas instituições muitas das vezes com sua identidade atribuída pela própria entidade que lhe contrata.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE Para que a política social mantenha sua contribuição para a produção e reprodução material e ideológica. y .

y .limitação da compreensão holística das relações sociais o que lhe condiciona a uma intervenção microscópica.exigem dos profissionais a adoção de procedimentos instrumentais pontuais e imediatas.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE A instrumentalidade do exercício profissional expressa-se. em dois movimentos: y 1º . y 2º . fragmentada e isolada na realidade. dentro da política social na lógica capitalista.

(pg 8). em três níveis: y 1º .SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE A instrumentalidade da profissão pode ser entendida.da instrumentalidade do Serviço Social face ao projeto burguês: a capacidade que a profissão comporta de tornar-se meios/instrumentos para a manutenção da ordem burguesa e a reprodução das relações capitalistas de produção. y . na lógica capitalista.

a instrumentalidade do exercício profissional expressa-se: y 2.nas funções que lhe são atribuídas: executar.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE 2º .1. operacionalizar. y No que se refere às respostas profissionais. implementar políticas sociais e na manutenção da reprodução da força de trabalho .da instrumentalidade das respostas profissionais: respostas às demandas sociais nas relações antagônicas das classes sociais.

Essas três respostas são imediatistas fragmentadas. .2. segmentada e desconectada das suas determinações estruturais. com notável ausência da mediação. Esta intervenção são em nível imediato.SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTALIDADE 2. à padronização. o local que imperam as demandas imediatas as respostas aos aspectos imediatos. sendo que tal visão tende ao problematizar as expressões da questão social como algo individual. à repetição. singular.no horizonte do exercício profissional: é no cotidiano que o assistente social exerce sua instrumentalidade. individuais com objetivo imediato de alteração empírica da realidade dos demandatários.3 ² nas modalidades de intervenção exigidas pelas demandas das classes sociais. 2.

y Reduzir o fazer profissional à sua dimensão técnico.operativo da profissão não se encerrar em si mesma. que passem pelos condutos da razão crítica e da vontade dos sujeitos que se inscrevem no campo dos valores universais. y .instrumental significa tornar o Serviço Social meio para o alcance de qualquer finalidade. y As ações do assistente social implica intervenções que emanam escolhas.Quais os níveis em que tem se manifestado a instrumentalidade do Serviço Social? A dimensão técnico.

. Como mediação.A INSTRUMENTALIDADE DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL COMO MEDIÇÃO y ´ Tratar-se-á aqui a instrumentalidade como uma mediação que permite a passagem das ações meramente instrumentais para o exercício profissional crítico e competente. a instrumentalidade permite também o movimento contrário: que as referências teóricas. explicativas da lógica e da dinâmica da sociedade. possam ser remetidas à compreensão das particularidades do exercício profissional e das singularidades do cotidianoµ (GUERRA. 2000: 12).

instrumental. ético. .político e formativa. teóricointelectual.A INSTRUMENTALIDADE DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL COMO MEDIÇÃO y Reconhecer a instrumentalidade como mediação significa tomar o Serviço Social como totalidade constituída de múltiplas dimensões: técnico.