Você está na página 1de 1

Notas e Informações A3

%HermesFileInfo:A-3:20110313:

O ESTADO DE S. PAULO DOMINGO, 13 DE MARÇO DE 2011

Conselho de Administração Opinião Informação Administração e Negócios


Presidente Membros Diretor de Opinião: Ruy Mesquita Diretor de Conteúdo: Ricardo Gandour Diretor Presidente: Silvio Genesini
estadão.com.br
Aurélio de Almeida Prado Cidade Fernão Lara Mesquita, Francisco Mesquita Editor Responsável: Antonio Carlos Pereira Editora-Chefe Responsável: Maria Aparecida Damasco Diretor de Mercado Leitor: João Carlos Rosas
Neto, Júlio César Mesquita, Patricia Maria Editor-Chefe de Publicações: Ilan Kow Diretor de Mercado Anunciante: Fábio Costa A versão na Internet de
Mesquita e Roberto C. Mesquita Diretor de Desenvolvimento Editorial: Roberto Gazzi Diretor Financeiro: Ricardo do Valle Dellape O Estado de S. Paulo
Diretora Jurídica: Mariana Uemura Sampaio

Notas & Informações

Uma safra especialmente bem-vinda


A previsão de uma de o início da série, em 1990. ser mais que suficiente para garantir em parte propiciado pela evolução fa- economia brasileira cresceu em mé-
safra de 154 mi- A perspectiva de mais uma boa um abastecimento tranquilo do mer- vorável dos preços internacionais. dia 3,59% ao ano. O desempenho
lhões de toneladas temporada agrícola no Brasil é dupla- cado interno e para sustentar uma vi- Em janeiro o ministro da Agricul- do setor foi favorecido pela adoção
de grãos, um novo mente animadora. Do lado interno, gorosa exportação. tura, Wagner Rossi, estimou para es- do câmbio flutuante em 1999, pela
recorde, é especial- contribuirá para atenuar as pressões No ano passado, o complexo soja te ano exportações de produtos agro- oferta de crédito e pelo continuado
mente bem-vinda inflacionárias, provenientes princi- (grãos, óleo e farelo) se manteve co- pecuários de aproximadamente US$ esforço de modernização, com mui-
quando o País en- palmente do exterior e reforçadas mo item principal da pauta de expor- 85 bilhões, favorecidas, mais uma to investimento em máquinas e
frenta fortes pres- no mercado interno pela demanda, tações do agronegócio e rendeu ao vez, pela forte procura da China e de equipamentos.
sões inflacionárias e há tanta incerte- ainda forte, apesar de alguma desace- País R$ 17 bilhões, 22% da receita outras economias dinâmicas e pelas As condições externas também fo-
za sobre a evolução geral dos preços leração da economia. As estimativas cambial do setor (US$ 76,4 bilhões). cotações internacionais ainda eleva- ram favoráveis. Houve uma longa fa-
– um importante fator de preocupa- da Conab apontam aumentos de pro- O milho é importante para as ven- das. Naquele momento, as estimati- se de prosperidade global até 2008 e
ção apontado na última Ata do Comi- dução de alimentos essenciais, como das externas do agronegócio princi- vas da safra de grãos eram menores as economias mais dinâmicas, lidera-
tê de Política Monetária (Copom). A feijão, arroz e trigo (12,6%, 11,8% e palmente como insumo destinado à que as divulgadas nesta quinta-feira. das pela China, continuaram em
ata e a nova estimativa de safra da 17%, respectivamente, mais que na produção de aves e suínos, mas tam- As novas projeções são explicadas crescimento mesmo depois disso,
Companhia Nacional de Abasteci- safra 2009/10). Os estoques finais bém tem sido exportado na forma pela melhora das condições do tem- mantendo a demanda de alimentos e
mento (Conab), vinculada ao Minis- projetados para os três produtos são de matéria-prima. po – as chuvas voltaram, depois de matérias-primas em firme expansão.
tério da Agricultura, foram divulga- maiores que os do ano anterior. Em 2010, o superávit comercial do longa estiagem no Sul – e por um le- As oportunidades criadas pelo mer-
das na manhã de quinta-feira. Na se- Além de tornar o abastecimento agronegócio chegou a US$ 63 bi- vantamento mais preciso das áreas cado global só foram amplamente
mana anterior, a FAO, o organismo mais seguro, essa melhora das condi- lhões e foi bem mais que suficiente de plantio. aproveitadas, no entanto, porque o
das Nações Unidas para agricultura ções de oferta poderá contribuir pa- para compensar o déficit acumulado Com expansão média de 3,67% ao agronegócio brasileiro, em acentua-
e alimentação, havia publicado uma ra arrefecer a forte alta dos preços. A no comércio de bens industriais. O ano, a agropecuária foi o setor com da modernização há 30 anos, estava
avaliação sombria das condições do produção de soja deverá ser 2,3% saldo positivo do agronegócio foi o maior crescimento na última déca- preparado para ocupar espaços – ape-
mercado internacional. Seu índice maior que a da safra anterior. A de triplo do superávit obtido pelo Brasil da, segundo o Instituto Brasileiro sar da guerra declarada ao setor por
de preços de alimentos havia atingi- milho deverá diminuir 1,7%. Mas a no comércio global de mercadorias, de Geografia e Estatística (IBGE). uma parte do grupo no poder a par-
do em fevereiro o nível mais alto des- colheita dos dois produtos deverá no ano passado. O bom resultado foi No mesmo período o conjunto da tir de 2003.

Mais um capítulo do Rodoanel Sócio problemático


governo do Es- anos. Somente na década de Sul, há quase um ano, a histó- arantido pela giu da empresa venezuelana, princípio, é um resultado apre-

O G
tado de São 90, porém, foi iniciada a cons- ria se repetiu. A obra, que cus- Embaixada da como exige de outros tomado- ciável. Mas há vários pontos frá-
Paulo mostra- trução do primeiro trecho, a tou R$ 5 bilhões, deveria reti- Venezuela em res de empréstimo, garantias geis nas contas da empresa.
se disposto a re- oeste da Grande São Paulo. Na rar da cidade pelo menos 20% janeiro, o em- compatíveis com o volume da Boa parte do crescimento do
tomar rapida- época, os especialistas avalia- da frota circulante de 210 mil préstimo do operação. Anunciou-se que al- lucro se deve à alta dos preços
mente as obras vam que o Rodoanel já não tra- caminhões, que utilizavam os Banco Nacional gumas exigências seriam abran- do petróleo, não à melhora da
do Rodoanel Mário Covas. No ria mais as mesmas vantagens corredores urbanos apenas co- de Desenvolvimento Econômi- dadas, mas não se sabe se, ain- gestão da empresa ou à conquis-
dia 5, foi publicado decreto pa- porque, além do atraso no seu mo passagem para o Porto de co e Social (BNDES) para a es- da assim, a estatal de Chávez ta de mercados. Além disso, as
ra a desapropriação de 16,7 mi- início, não havia a necessária Santos e outros destinos da Re- tatal venezuelana de petróleo terá condições de cumpri-las. demonstrações da PDVSA têm
lhões de metros quadrados pa- coordenação entre o projeto e gião Sul do País. Quando ele PDVSA investir a parte que lhe A Petrobrás não dispõe de ne- comobase umvolumede expor-
ra a construção do Trecho Les- os planos de transporte de mas- foi inaugurado, comemorou-se cabe na construção de uma refi- nhuma informação oficial so- tação de petróleo equivalente a
te. No total, será pago R$ 1,1 bi- sa na Grande São Paulo. Falta- o aumento de 40% na velocida- naria em Pernambuco, em par- bre o andamento do pedido de 3,2 milhões de barris por dia, nú-
lhão por 1.071 imóveis em seis va também regulamentar a cir- de dos automóveis na cidade e ceria com a Petrobrás, ainda empréstimo da estatal vene- mero do qual duvidam a Agên-
municípios da região metropo- culação de cargas pelos corre- a redução de 36% dos períodos não saiu – e, por causa da com- zuelana ao BNDES, disse ao Es- cia Internacional de Energia e a
litana. Foi anunciada também dores urbanos. Tudo isso redu- de lentidão em vias como a plicada situação financeira da tado o diretor de Abastecimen- Organização dos Países Expor-
a assinatura do contrato de ziria a eficiência do anel. Avenida dos Bandeirantes. Em empresa venezuelana, parece to e Refino da empresa, Paulo tadores de Petróleo, que esti-
concessão com o consórcio SP- As projeções se mostraram compensação, os 32 quilôme- cada vez menos provável que Roberto Costa. mam em 2,2 milhões de barris as
Mar, homologado vencedor da corretas. Quando o Trecho tros do Trecho Oeste, o primei- saia a tempo. Com capacidade para proces- exportações reais da empresa.
licitação no fim de dezembro. Oeste foi concluído, ligando ro concluído, registrou aumen- O prazo para a PDVSA inves- sar 230 mil barris de petróleo Pior do que a situação expres-
O prazo para a entrega dos to de 30% no movimento. tir na construção da Refinaria saporseusdados contábeisrela-
43,5 quilômetros do Trecho Os benefícios têm tido A lentidão, aliada ao início da Abreu e Lima, em Ipojuca Pelos últimos resultados tivos a 2010 é sua perspectiva
Leste, ligando a cidade de cobrança de pedágio no Trecho (PE), se esgota em agosto. Fin- para os próximos anos. Utiliza-
Mauá – e o Trecho Sul já em
pouca duração, mas pior Oeste, colocou em risco o bom do o prazo, a Petrobrás terá
financeiros da PDVSA a da intensamente para financiar
operação – à Rodovia Presiden- será se ele se atrasar desempenho do Trecho Sul. que arcar, sozinha, com todo o Petrobrás pode desistir osprogramaspopulistasdeChá-
te Dutra, é de 36 meses. A obra ainda mais Tanto que, quatro meses de- custo do empreendimento, dessa sociedade vez, encobertos por pretensos
custará R$ 4 bilhões. pois da sua inauguração, a Pre- que, quando foi definido, pre- objetivos sociais, a PDVSA per-
Pelo contrato, o consórcio cinco das dez rodovias que de- feitura de São Paulo foi obriga- via que a estatal brasileira res- pordia, a Refinaria Abreu eLima deu eficiência praticamente
SPMar administrará e explora- sembocam em São Paulo (Ban- da a restringir o acesso de cami- ponderia por 60% do total e a foi projetada para receber óleo com a mesma rapidez com que
rá o pedágio do Trecho Sul, já deirantes, Anhanguera, Castel- nhões à Marginal do Pinheiros, PDVSA, pelos restantes 40%. do Campo de Carabobo, na Ve- assumiu novas tarefas. Deixou
em operação, onde terá de in- lo Branco, Raposo Tavares e porque a Avenida dos Bandei- Essa refinaria é resultado de nezuela, e do complexo de Mar- de investir em novos poços e na
vestir R$ 1 bilhão para melho- Régis Bittencourt), houve rantes voltou a ser rota de 30% um acordo firmado em 2005 pe- lin, na Bacia de Santos, em par- manutenção dos existentes, o
ria dos serviços. Além do Tre- bons reflexos nas Marginais do dos caminhoneiros. los presidentes Luiz Inácio Lu- tes iguais. Cada uma delas re- que provocou a queda de sua
cho Leste, o consórcio cons- Tietê e do Pinheiros e em al- A construção do Rodoanel la da Silva e Hugo Chávez, de quer equipamentos específicos. produção de petróleo. Tenta ex-
truirá o Trecho Norte, planeja- guns dos principais corredo- tem sido marcada por disputas nítida inspiração na política ex- Como tem investido sozinha, trair o máximo no menor tempo
do para fazer a conexão entre res. Mas não duraram muito. políticas, escassez de recursos, terna lulista, de apoio a gover- sem a garantia de que sua sócia possível, o que a leva a deixar
as Rodovias Dutra e Bandeiran- Bastaram poucos anos para falta de complementaridade de nantes populistas da região faráaparteque lhecabe, aPetro- nos poços óleo que nunca mais
tes. Por atravessar a Serra da que o trecho – que chegou a re- ações e planejamento urbano. que tivessem um discurso an- brás ainda não encomendou a poderá ser extraído.
Cantareira, esses 44 quilôme- duzir em 15% a lentidão nas Foiumaobra quecomeçouatra- tiamericano. De custo estima- unidade destinada ao tratamen- Nos negócios em que se en-
tros da via são os mais desafia- Marginais do Tietê e do Pinhei- sadaevemsearrastandohámui- do na época entre US$ 12 bi- to do óleo venezuelano. volveu, por ordem de Chávez,
dores para o governo, que en- ros – se transformasse num no- tos anos. Se o governo conse- lhões e US$ 13 bilhões, a obra Talvez nem tenha que insta- acumula prejuízos. Virou im-
frenta há anos a resistência de vo corredor de tráfego intenso, guirmanter seucronogramada- deveria estar concluída no pri- laressa unidade.APDVSAdivul- portadora de alimentos e, nes-
ambientalistas. Apesar das difi- com picos de congestionamen- quipara afrente,eseasprefeitu- meiro semestre deste ano. O gouháalgumassemanas seusre- se ramo, teve perdas de US$ 1,9
culdades, o governo pretende to comparáveis aos das vias ras fizerem a parte que lhes ca- novo cronograma prevê sua sultados econômico-financei- bilhão nos primeiros nove me-
iniciar as obras este ano. mais congestionadas de São be no controle da circulação de inauguração em 2012. ros dos três primeiros trimes- ses de 2010. Sua dívida cresceu
Essa pressa é compreensí- Paulo. Hoje, mesmo com a co- cargas e na melhoria do trans- Os ativos da PDVSA no Bra- tres de 2010, nos quais informa seis vezes na década passada.
vel. A construção de um anel brança de pedágio, o Trecho porte público, talvez a grande sil limitam-se a um escritório e queseulucrode janeiro asetem- Para fazer caixa, tem vendido
viário na região metropolitana Oeste recebe mais de 200 mil obra do Rodoanel ainda ofereça uma pequena rede de distribui- bro do ano passado, de US$ 3,46 ativos no exterior. Como, nes-
é defendida por especialistas veículos por dia. benefíciosàregião metropolita- ção no Pará. Para a concessão bilhões, foi35,4% maior doque o sa situação, poderá investir no
em transporte há mais de 80 Com a conclusão do Trecho na por um tempo razoável. do empréstimo, o BNDES exi- de igual período de 2009. Em Brasil?

Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 55 -


6º andar, CEP 02598-900
Fax: (11) 3856-2920
PAULO PANOSSIAN rogação, seja por 5 ou 25 anos. O “Meus sentimentos pelo E-mail: forum@grupoestado.com.br
paulopanossian@hotmail.com setor elétrico não deve e não po- desastre que abalou o Japão VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR As cartas devem ser enviadas com assinatu-
São Carlos de ser posto a serviço dos cofres na sexta-feira...” ra, identificação, endereço e telefone do
públicos. Contas de luz que refli- TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL:
remetente e poderão ser resumidas. O Esta-
TEMA DO DIA
tam o custo da energia para o do se reserva o direito de selecioná-la para
MARCELO DE FARIA CAMPOS / publicação. Correspondência sem identifica-
Austeridade? consumidor são o caminho para
a busca do bem estar da socieda-
BRASÍLIA, SOBRE O TERREMOTO
DE 8,9 GRAUS (ESCALA RICHTER)
Após tremor, Japão 869
ção completa será desconsiderada.
Central de atendimento ao leitor:
Além da tungada assumida pela de. Além disso, a palavra “encar-
Aneel nas cobranças indevidas, go” indica todo e qualquer impos-
marcelo.fariacampos@hotmail.com tem risco nuclear 3856-5400 –
falecom.estado@grupoestado.com.br
Central de atendimento ao assinante
haverá mais uma garfada até 2015 to cobrado para investimento no Além de terremoto e tsunami, país Capital: 3959-8500
no bolso dos consumidores? Ca- próprio setor, e não para socor- “Quem puxa aos seus não enfrenta vazamento radioativo em Demais localidades: 0800-014-77-20
www.assinante.estadao.com.br
dê a austeridade, dona Dilma? rer financeiramente eventuais de- degenera...”
MILTON BULACH mandas governamentais, como usina atômica de Fukushima Classificados por telefone:
3855-2001
Vendas de assinaturas:
bulach@estadao.com.br se propõe ao indicar a possibilida- VICTOR GERMANO PEREIRA / SÃO Capital: 3950-9000
Campinas de de retorno da cobrança do ● “Mais uma vez o povo japonês irá se reorganizar, reestruturar- Demais localidades: 0800-014-9000
PAULO, SOBRE O ENVOLVIMENTO
RGR para cobrir problemas cau- DA FILHA DE JOAQUIM RORIZ NO se, reerguer-se e seguir adiante com a vida reconstruída.” Vendas Corporativas:
3856-2917
sados por intempéries. Vale sa- CASO DO MENSALÃO DO DF RUBIA KAFKA Central de atendimentos
Socorro ao governo lientar ainda que, mesmo com a victorgermano@uol.com.br às agências de publicidade:
3856-2531 – cia@estado.com.br
extinção do encargo, permanece Preços venda avulsa: SP: R$ 3,00 (segunda
Bastante oportuna a reportagem um fundo de quase R$ 17 bilhões ● Lá fora terremotos, tsunamis e furacões. Por aqui mensalão, a sábado) e R$ 5,00 (domingo). RJ, MG, PR,
SC e DF: R$ 3,50 (segunda a sábado) e R$
Congresso reage a encargo de ener- referentes à cobrança da RGR, e “Qual o melhor dito para dinheiro em cueca...”
6,00 (domingo). ES, RS, GO, MT e MS: R$
gia (10/3, B6), sobre a prorroga- só metade desse valor está aplica- Jaqueline: o exemplo vem de ARNALDO JOSÉ 5,50 (segunda a sábado) e R$ 7,50 (domingo).
ção do encargo Reserva Global da, o que prova não ser necessá- cima ou tal pai, tal filha?” BA, SE, PE, TO e AL: R$ 6,50 (segunda a
sábado) e R$ 8,50 (domingo). AM, RR, CE,
de Reversão (RGR), criado há rio cobrar mais do consumidor. MA, PI, RN, PA, PB, AC e RO: R$ 7,00 (se-
mais de 50 anos e nunca utiliza- CLAUDIO J. D. SALES, diretor-pre- ANGELO ANTONIO MAGLIO / ● “Enquanto isso, Muamar Kadafi está massacrando seu povo gunda a sábado) e R$ 9,00 (domingo)
Preços assinaturas: De segunda a domingo
do para o fim que originou a sua sidente do Instituto Acende Brasil COTIA, SOBRE JAQUELINE RORIZ na Líbia.” – SP e Grande São Paulo – R$ 69,90/mês.
criação. Por isso mesmo não exis- claudio.sales@acendebrasil.com.br angelo@rancholarimoveis.com.br SALVIOLI SALGADO Demais localidades e condições sob consulta.
te razão para defender a sua pror- São Paulo