ERA UMA VEZ...

POR FABY CRYSTALL

Todo conteúdo aqui publicado é de extrema responsabilidade do autor. Qualquer semelhança é mera coincidência.

ERA UMA VEZ...
FABY CRYSTAL

E

ra uma vez, uma linda princesa, que tinha uma pele muito branca e havia sido enfeitiçada depois de ter comido a maçã envenenada. Passou um belo príncipe e quebrou o feitiço que estava na princesa, com um beijo. E viveram felizes para sempre! Viveram felizes para sempre????? Será??? Acho que não... ************************** Depois que a linda princesa foi viver com o belo príncipe, começou a mudar seu comportamento. Era doce, tornou-se áspera, era atenciosa, tornou-se dispersa. Algo estava errado, aquela pele antes branca tal qual a neve, enrugou, seus lábios, murcharam, o que estaria acontecendo com a linda princesa? Levou o espelho da sua madrasta, para a sua nova moradia, o castelo no reino do belo príncipe. Ele, por sua vez, várias vezes a surpreendia falando com aquele objeto diabólico. A princesa passou a não ter apenas o comportamento estranho, seus pensamentos também, os empregados do castelo começaram a fazer comentários pelos corredores. - Dizem que ela é igual à madrasta! - Dizia um empregado - Ouvi dizer que o espelho ensina feitiços! - Falou outra empregada Ela tem é parte com o "coisa ruim!" Um dia o príncipe informou a sua ex-bela princesa que viajaria por 7 dias e quando retornasse, traria alguém que a

ajudasse. - Peça ajuda pra você, idiota! - Resmungou ela baixinho. - O que você disse meu amor! - Perguntou o príncipe. - Disse que espero sua volta! Despediram-se e o príncipe partiu muito preocupado, deixando sua amada no castelo. ************************* Ao final do sexto dia, o príncipe já se encontrava em regresso ao seu reino, quando avistou um homem que corria ao seu encontro. O príncipe desceu apressadamente do cavalo, segurando o homem, em seus braços, este desmaiando quando viu o príncipe. O príncipe levou o homem pra sombra de uma árvore, deu-lhe água, aguardando que o pobre coitado, recobra-se a consciência. Após um tempo: - Meu senhor, feliz em encontrá-lo! - O que houve homem? Porque está ensangüentado e todo sujo? De onde vem? - Venho do seu reino, meu senhor! Uma desgraça se abateu sobre o castelo, apenas eu consegui fugir! - O que? Do que está falando, miserável? Onde está minha doce amada? - Ela é um demônio, senhor! Depois da sua partida, coisas estranhas aconteceram, ela matou todos no reino, eu consegui me esconder em um calabouço e fugi por uma antiga passagem secreta que conheço. Não poderá retornar meu senhor, ela te matará! - Está louco? Minha amada jamais faria isso! Tu seguirás comigo!

- Não senhor! Prefiro morrer aqui, do que voltar para lá! - Siga para o Sul, encontrará um pequeno vilarejo, diga que fui eu que te mandei, te darão abrigo, lá! - Obrigado meu senhor! Eu irei, venha comigo, não volte ao castelo! - Não! Preciso ver minha amada, você só pode estar enganado! Despediram-se e cada um foi para um lado. Chegando ao castelo, o príncipe sentiu cheiro de morte no ar e nem sinal de vida em seu reino. Entrou apressado no castelo gritando por sua amada, por todo canto que passava só via corpos, muitos corpos, todos secos, ficou cada vez com mais medo, mas, continuo procurando por sua amada. Quando chegou ao salão principal, gritou ainda mais por ela, de repente, sentiu uma força sobre humana lhe jogando contra a parede e imobilizando-o. Olhava mais não via ninguém. - Devia ter dado ouvidos á aquele empregado imbecil! Porque voltou? - Saia das sombras criatura! Quem é você? E onde está minha amada? A voz da criatura era algo assustador, mas, o príncipe não demonstrou medo! De repente, um demônio negro, com longas asas, parecendo asas de morcegos, com garras enormes e lhe disse: - Caro príncipe, que ver ainda sua princesa? Acho que não verá mais, vou te contar uma história, metade você conhece. Era uma vez, uma princesa que comeu uma maçã enfeitiçada e só acordou com um beijo de amor, essa princesa seguiu para o reino do seu príncipe, ambos, pensavam que

viveriam felizes para sempre, mas, quando a maçã foi mordida, a doce princesa não sabia que estava selando um pacto com um anjo caído. Após alguns meses, ela começou a conversar com esse anjo caído e lhe dizia que muita coisa estava mudando. O anjo lhe disse que havia um pacto, feito a partir da mordida da maçã, onde a princesa aos poucos se transformaria em um demônio, para ser libertada, deveria sacrificar o príncipe que a acordou. Ela em desespero aceitou e planejou a morte do seu doce príncipe, mas, antes, precisava alimentar-se de sangue humano para se tornar mais forte. Entendeu tolo? Então quem sou eu? - Não, não pode ser! Minha doce amada, jamais faria tais coisas! O demônio ao qual a princesa se tornara, soltou uma gargalhada sinistra e disse: - Você sempre falou muito, meu querido, agora, nada mais te salvará! Nesse momento, o demônio abriu ainda mais suas asas e aproximou-se do príncipe. Tocou sua face, com sua garra e falou: - Não se preocupe meu amado, será uma morte rápida! Nesse momento, segurou o príncipe pelo pescoço, ergueu-o, apertou seu pescoço, ao mesmo tempo em que aspirava o último sopro de vida do pobre coitado. Quando terminou, jogou no chão apenas a carcaça do príncipe. Dirigiu-se ao espelho e disse: - Meu senhor, cumprir o combinado, agora, deixe-me voltar a ser aquela princesa de antes! - Não querida! Você fez tão bom trabalho, que estará condenada a viver como um demônio irá de um lugar para o

outro, dizimando toda vida que houver naquele lugar e oferecerá sempre a mim, suas presas, em meu nome, será maldita sobre a terra. - NÃO! Meu senhor prometeu-me que seria de novo como era! - Não sabia? Eu minto com certa freqüência! Agora siga para o próximo vilarejo, porque agora será um demônio eterno. A princesa-demônio partiu condenada a sua nova condição.

FIM

FABY CRYSTALL Sou Fabiane Santos, conhecida no Recanto das Letras como Faby Crystall. Sou escritora amadora, comecei a escrever por influência dos meus amigos do Recanto, Julio Dosan e João Murillo. Sou natural de Salvador – BA gosto de escrever terror e contos eróticos, mas, com toda certeza eu escrevo melhor terror. Pretendo em breve, lançar um livro com os melhores contos de terror, mas, é um projeto, mas, pra frente.

HTTP://calafriosterror.blogspot.com

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful