Você está na página 1de 4

COLÉGIO PEDRO II

UNIDADE ESCOLAR REALENGO

DISCIPLINA : MATEMÁTICA 3a SÉRIE DO ENSINO MÉDIO ANO : 2010


o
ALUNO(A):___________________________________________________ N : _____ TURMA : _____

2
ESTUDO DA CIRCUNFERÊNCIA (NO R )
DEFINIÇÃO – Circunferência é o Lugar Geométrico dos pontos de um plano eqüidistantes de um
ponto fixo desse mesmo plano. O ponto fixo é chamado centro e a distância constante é o raio.

O ponto O é o centro
OA = OB = OC é o raio

EQUAÇÃO DA CIRCUNFERÊNCIA
Sejam O(a, b) o centro, r o seu raio e P(x, y) um ponto genérico de uma circunferência.

Da definição do LG , temos :
d (P,O) = (x  a) 2  (x  b)2 = r
Logo, a equação é :

2
(x  a) 2  (x  b) 2 = r

OBS : No caso particular em que o centro da circunferência se encontra na origem, temos a = b = 0,


2 2 2
e a equação fica : x + y = r .

Exercício :
Determine a equação da circunferência cujo centro é o ponto A(5, 3) e cujo raio é de 2 cm.
2
2 CPII – U. E. Realengo 3a Série do Ensino Médio Matemática Estudo da Circunferência no R

EQUAÇÃO GERAL DA CIRCUNFERÊNCIA


2
Desenvolvendo-se a equação (x  a) 2  (x  b)2 = r , obtém-se a equação geral da circunferência :

2 2 2 2 2
x + y  2 a x  2 b y + (a + b  r ) = 0

2 2
OBS : Na equação geral da circunferência os coeficientes de x e de y são unitários.
OBTENÇÃO DO RAIO E DO CENTRO A PARTIR DA EQUAÇÃO GERAL
Método de completar quadrados
O objetivo desse método é obter, no lado esquerdo da equação geral, a expressão (x  a) 2  (x  b) 2
a partir das informações apresentadas.
Exemplo :
2 2
Vejamos como o método funciona na equação geral x + y  2 x + 4 y  4 = 0
1) Agrupam-se os termos em x e os termos em y, isolando no segundo membro o termo independente
É interessante deixar um espaço após os termos em x e os termos em y e dois espaços após o
termo independente.
2 2
x  2 x + ___ + y + 4 y + ___ = 4 + ___ + ___
2) Somam-se a ambos os termos da equação valores convenientes, de modo que os termos em x e os
termos em y se transformem cada qual em um quadrado perfeito.
O número que completa o quadrado perfeito em x é o quadrado da metade do coeficiente de x.
2
Como o coeficiente de x é  2, esse número é (1) = 1
Incorporando esse número a ambos os membros, temos :
2 2
x  2 x + 1 + y + 4 y + ___ = 4 + 1 + ___
Analogamente, o número que completa o quadrado perfeito em y é o quadrado da metade do
2
coeficiente de y. Como o coeficiente de y é 4, esse número é (2) = 4
Incorporando esse número a ambos os membros, temos :
2 2
x 2x+1+ y +4y+4 = 4+1+4
2 2 2
E a equação fica : (x  1) + (y + 2) = 3 .
2 2
Assim a equação geral x + y  2 x + 4 y  4 = 0 representa uma circunferência de centro em
(1, 2) e raio 3.

Método da comparação
Nesse método comparam-se os coeficientes da equação dada e a teórica :
2 2 2 2 2 2 2
x + y  2 a x  2 b y + (a + b  r ) = x + y  2 x + 4 y  4
Daí, temos :
2a = 2  a = 1
2b = 4  b = 2
2 2 2 2 2
a + b  r =  4  1 + 4  r =  4  r = 9  r = 3 (pois o raio é positivo)
Portanto, o centro da circunferência é (1, 2) e o raio é 3

Exercícios :
1) Determine a equação da circunferência com centro em O (3, 1) e raio 3
2
3 CPII – U. E. Realengo 3a Série do Ensino Médio Matemática Estudo da Circunferência no R

2) Determine a equação da circunferência que passa pelo ponto P (2, 3) e cujo centro é o ponto
A(1, 2).

2 2
3) Verifique se a equação x + y  4 x  8 y + 19 = 0 representa uma circunferência

2 2
4) Verifique se a equação x + y + 2 x  2 y + 6 = 0 representa uma circunferência. Em caso
afirmativo, dê as coordenadas do centro e o raio.

2 2
5) Obtenha o raio e o centro da circunferência x + y + 6 x  4 y  12 = 0

6) O centro de uma circunferência é o ponto médio do segmento AB, sendo A(2, 5) e B(2, 3).
Se o raio dessa circunferência é 2 , determine a sua equação.

7) (PUC-SP) O ponto P(3, b) pertence à circunferência de centro C(0, 3) e raio 5. Calcule o valor da
ordenada b.

8) (FEI-SP) Determine a equação da circunferência com centro no ponto C(2, 1) e que passa pelo
ponto A(1, 1).

2 2
9) (FEI-SP) Qual é o centro e o raio da circunferência de equação x + y = 2 (x  y) + 1

2 2
10) Verifique se x + y + 2 x + 2 y  2 = 0 representa uma circunferência. Caso positivo exiba seu
centro e seu raio.

11) (FGV – SP) Determine uma equação da reta que passa pelo centro da circunferência de equação
2 2
x + y  4 x  4 y + 4 = 0 e é paralela à reta de equação 2 x + 3 y = 0.

2 2
12) Quais são os valores que k pode assumir para que a equação x + y  2 x + 10 y + 13 k = 0 repre-
sente uma circunferência ?
2
4 CPII – U. E. Realengo 3a Série do Ensino Médio Matemática Estudo da Circunferência no R

13) (VUNESP – SP) Considere o quadrado de lados paralelos aos eixos coordenados e circunscrito à
2 2
circunferência de equação x + y  6 x  4 y + 12 = 0. Determine as equações das retas suportes
das diagonais desse quadrado.

14) Determine a equação da circunferência que passa pelos pontos A(5, 0), B(4, 3) e C(4, 3).
Sugestão : Sendo O(a, b) o centro, tem-se d(A, O) = d(B, O) = d(C, O) = raio.