P. 1
astronomia

astronomia

|Views: 5.498|Likes:
Publicado porAlessandro Dias
Curso Basico de Astronomia, bom para iniciantes e hobbistas.
Curso Basico de Astronomia, bom para iniciantes e hobbistas.

More info:

Categories:Types, Reviews, Book
Published by: Alessandro Dias on Mar 18, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/13/2014

pdf

text

original

A aparência do céu noturno varia conforme a época do ano, pois conforme a
Terra se movimenta em torno do Sol, ela passa por “cenários” diferentes de estrelas ao
fundo do espaço. Como este movimento também provoca as estações do ano, então cada
estação terá o seu próprio “cenário celeste”. Assim, as estrelas que vemos às 23:00 no
verão, por exemplo, não são as mesmas que vemos no inverno, no mesmo horário. Isto
ocorre porque as estrelas nascem quatro minutos mais cedo a cada noite que passa,
justamente devido ao movimento do nosso planeta em torno do Sol. Por exemplo,
suponhamos que Betelgeuse surgiu no horizonte Leste (ou “nasceu”) hoje às 20:00 h;
então amanhã ela nascerá às 19:56 h aproximadamente. Isto provocará uma mudança no
aspecto do céu com o passar dos dias e das estações do ano. Para facilitar o
reconhecimento das constelações, adotou-se uma constelação principal para cada
estação do ano. Ao olhar para o céu e identificar tal constelação principal, torna-se mais
fácil localizar as demais, tomando como ponto de partida esta constelação. As
constelações principais relacionadas com as estações do ano são:

Céu de verão

Órion

Céu de outono

Leão

Céu de inverno

Escorpião

Céu de primavera

Pégasus

Tabela 2.4 – Constelações das estações do ano.

Em que estação do ano nos encontramos
agora? De acordo com estação de hoje, pegue a sua
carta celeste e identifique a constelação da época lá
no céu estrelado. A seguir, localize outras
constelações a partir desta principal (lembre-se de
uma coisa: o tamanho da constelação na carta
celeste é bem diferente do tamanho da constelação
verdadeira no céu).

A constelação do Cruzeiro do Sul (ou Crux)
é visível para nós na maior parte do ano, o que nos
facilita localizar outras constelações, já que
podemos utiliza-la como ponto de partida.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->