FÓRMULAS DE ELETRICIDADE

Corrente Elétrica Movimento de Elétrons livres de um corpo para o outro de situação elétrica diferente. Intensidade de Corrente Elétrica Representação: (I) Unidade: (A) Ampéres

I= Q/T Onde: I= Corrente (A) Q= Carga Elétrica (C) T= Tempo Durante a Carga Percorreu o Condutor (s)

Q I T

Diferença de Potencial (D.D. P). Estabelecimento de fluxo ordenado de elétrons (corrente elétrica), entre dois corpos diz que existe uma (D.D. P) entre eles. Conhecida também como força eletromotriz (FEM) ou tensão. Unidade: Volts (V) Representação: (E) (V) ou (U).

Resistência Elétrica Éa propriedade que certos corpos tem de se oporem a passagem da corrente elétrica.

Símbolo: Unidade: OHM Representação: R

1

Para Lei de ohms se: Unidade: Siemens Representação: G 2 .Lei de OHMS I= Corrente (A) E= Tensão (V) R= Resistência ( ) I E R Todo corpo possui resistência e esta resistência é determinada pela fórmula. R= Onde: R=Resistência = Resistência Específica do Corpo (Rô) L = Comprimento do Corpo = Área da Seção Transversal Condutância (G) Éa facilidade que certos corpos oferecem a passagem da corrente elétrica.

dizemos que está sendo realizado um trabalho elétrico. P em um c cuito e ne e estabe ece uma corrente e étrica. O trabalho que é realizado sempre corresponde a certa quantidade de energia gasta. P. 3 §       §©   ¦    §© ©¨  §¦¥  Se e que e s uma D. É a energia gasta para trans ormar a unidade de carga elétrica de um terminal para o outro e corresponde a tens o medida entre outros terminais de um elemento constituinte de um circuito. ¡ Tr b lh £ ¡     ¤ ¢ l ric (W) .D.Unidade Joules (J) Re resentaç o: (W) W= E x Q onde: W= Trabalho Elétrico (J) E= Tens o (V) Q=Carga Elétrica (C) Se W= E x Q e Q= E x T teremos: W= E x I x T Se W= E x I x T e E= I x R teremos: W= I² RT Se W= E x I x T e I= E/R teremos: W= E² T/ R Energi El ric É a capacidade de produzir trabalho. Qued de Tensão D.D.

1 WH= 3600 Joules. É a energia gasta na unidade de tempo. Como: e = Unidade Watt: Representação: P Outras Unidades de Ener ia Trabal o e Potência. Onde: P= Potência em Watts (W) Joules por segundos também é conhecida como Watt (W).Hora (WH) = 3600 W/s = 3600 Joules. 4 !    = Energia em Joules (J) T= Tempo (s) = E x I x Ttemos: .Potência Elétrica (P) É a rapidez com que se gasta energia. Watt.

Rendimento ou Eficiência Onde: = Rendimento (%) Ps= Potência de Saída (W) Pe= Potência de Entrada (W) Outras Unidades de Potência HP=Horse Power 1 HP= 746 W CV=Cavalo Vapor 1 CV=736 W Lei de Joule A quantidade de calor produzida por um condutorquando percorrido por uma corrente elétrica é diretamente proporcional ao quadrado da corrente.24 5 . basta multiplicar por0. Qc= I² RT onde: Qc= Quantidade de Calor em Joules (J) I= Corrente (A) R= Resistência ( ) T= Tempo (s) Para transformarmos a quantidade de calor em calorias. a sua resistência e ao tempo durante ao qual a corrente percorreu o condutor.24 logo: Qc= I² x R x T x 0.

.. Associação Paralela: A resistência total ou equivalente será: Quando os resistores tiverem o mesmo valor basta dividir o valor de um deles pelo Nº de resistores: R1=R2=R3RT= R1/3 Quando tivermos dois resistores diferentes podemos usar a fórmula: R1 R2 Sendo: 6 .Associação de Resistores Existem três maneiras de associarmos os resistores: Associação Série: A resistência total ou equivalente será: RT= R1+R2+R3+.+RN.

RT= R1+R2+R3 7 . ET= Er1+Er2+Er3 Er1= It x R1 Er2= It x R2 Er3= It x R3 Resistência:A resistência total ou equivalente será a soma de todas as resistências pertencentes ao circuito. Teremos: RT= R1 + R2 + RAB + RS.C) Série Corrente: IT= I1 = I2 = I3 Teremos: Tensão:A tensão total será a soma das quedas de tensões em cada elemento do circuito. Circuitos de Corrente Contínua (C.Associação Mista de Resistores Neste tipo de associação temos resistores em série ligados a resistores em paralelo.

ET= E1=E2=E3 ET= IT x RT Resistência: Circuitos de Corrente Contínua Mistos Nestes circuitos utilizamos os conceitos dos circuitos série e paralelo.Circuitos Paralelos de Corrente Contínua Corrente:A corrente total ou equivalente será igual à soma de cada corrente nos vários componentes do circuito. Corrente:IT= I1+I2 Tensão: Er1+EAB+Er4Resistência: RT= R1+RAB+R4 8 . IT= I1+I2+I3IT= ET/RT I1= ET/R1 I2= ET/R2I3= ET/R3 Tensão:Nos circuitos paralelos a tensão total será igual a todas as quedas de tensão dos vários elementos do circuito.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful