Você está na página 1de 26

|  |||

| |

 | 
| 
|

   



 |!"  
Animais Seres humanos
Instinto (inato) Controla os instintos
reprime sua natureza
interdições = regras da cultura
O instinto é ³cego´ Consciência da própria ação
# #$%&' &'( ação consciente,
voltada para um fim
Inteligência concreta Inteligência abstrata
Insight Insight
Comunicação instintiva Comunicação simbólica
Experiência
Práxis
Permanece do estado de Transforma a natureza e a si
natureza mesmo
& #%)#%*+,
# %-.&+&/0
#%#%
Especialista em RH/Logística: qual
dessas formigas você contrataria?

ß  

+12.&+&.%
Se o %&'34$##%%2
.&+ / , então...

.#&'+ #%&', porque é o


único animal que tem #5# de suas
ações.
HUMANIZAÇÃO
‡ Humanização: tornar-se humano pela
socialização, pela educação, aprender a
comportar-se conforme os costumes de sua
cultura, aprender a linguagem simbólica,
comunicar-se etc;

‡ Não basta nascer humano. As características


humanas não se desenvolvem
automaticamente, espontaneamente.
É necessário o convívio social para aprender a
desenvolver-se como humano.
 |!   6
‡  |!:
 |! animais agem por #%#%; o instinto é ³cego´ = desconhece
a finalidade da ação;
Alguns animais tem #%)5##&%= que se esgota no momento
da ação;
‡   ( ser humano aprende a #%&&+&.& &#%#%7
tem #%)5#%&%= capacidade de representar   #%
= tornar presente algo ausente; localiza sua ação tempo (acumula
experiências passadas e projeta ações futuras ± antecipa pelo
pensamento o que ainda não ocorreu; utiliza #%&+ #% e realiza o
%&' = ação consciente voltada para um fim;
‡ 0%&'+ ##$3#%+& +%+&
+%+&
‡ Para desenvolver-se como ³ser da cultura´ o homem precisa aprender
com um grupo humano. É por meio da socialização que a criança é
inserida no mundo cultural e se torna um ser social. Esse processo é
também conhecido como HUMANIZAÇÃO = aprende uma língua,
aprende a se alimentar, interioriza normais, conceitos e valores,
desenvolve hábitos e atitudes 8&.-)#9:2.%;
  |  !<=
> ? |  | =| 
@| |AB

#)+3 # + 5#'+ #


+&+ 

.#  #24$


'+ #2.&#2&

#24$'+ #&+%2 4$


2 2('+ #C4$
&C 22.+%+&
'  3+ &DE
&DE'%D&
+%2%& #2
O homem é um ser social, pertence ao reino animal
(Filo ± cordados; Subfilo ± Vertebrados; Classe ± mamífero;
Ordem ± Primata; Subordem ± Antropóide; Família ±
Hominídeo; Gênero ± Homo; Espécie ± Homo sapiens;
Subespécie - m    tem um conjunto de
traços herdados, que em contato com determinado meio,
tem como resultado, um ser específico, individual, particular.
Porém, o que a natureza biológica dá ao ser humano,
não lhe garante uma vida em sociedade, já que ele necessita
desenvolver aptidões variadas, aprender a satisfazer
necessidades. Enfim, precisa de tudo que as gerações
precedentes criaram ao longo de seu desenvolvimento ± a
+%+&.
6 | | | |
6    |<=
‡ O mundo da CULTURA não é o mundo natural.  +%+&
#%%+E 2 &  /C& '+ #( o +#2 2
%#) 2 %3# 2 #' #% 2 &
2 #%  23 2 &#4 2) 2
.&2+% 2 %&' 2 .2&F 2  .&% #% 2
'-% 2 %&24F |#/  %+2  *+  &)# .
#%&/&5#  #/+5# '+ #
‡ Para se apropriar desse mundo o homem desenvolve atividades
que reproduzem os traços essenciais da experiência acumulada
e cristalizada nesses produtos da cultura.
‡ São exemplos a aprendizagem do manuseio de
INSTRUMENTOS e o uso da LINGUAGEM.
Apropriando-se dessa cultura é que o ser
humano forma as capacidades e funções
sociais e psíquicas.
O que faz do homem um ser particular
(humano) é ser constituído por um suporte
biológico específico, pelo trabalho, pelo uso
de instrumentos, o uso da linguagem
simbólica, as relações sociais e uma
subjetividade caracterizada pela consciência
e identidade, seus sentimentos e emoções
além de seu inconsciente. Todos esses
elementos somados, fazem do homem um
ser MULTIDETERMINADO.
EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
± .%(#' #% 
&%&1%2'+ #22

Nas várias espécies animais existentes sobre a Terra


encontramos formas estabelecidas de relacionamento que
nos fazem pensar na existência de regras que ordenam
sua vida comunitária.

Percebemos facilmente que os diversos animais se


agrupam, convivem, se acasalam, sobrevivem e se
reproduzem de forma mais ou menos ordenada, em função
de suas potencialidades e do ambiente em que vivem.
O Ser Humano, como uma dentre as várias espécies existentes,
também desenvolveu todos os processos de convivência, reprodução,
acasalamento e defesa observáveis nos demais seres vivos. Desse
modo, o ser humano apresenta uma série de atividades ³instintivas´,
isto é, ações e reações inatas como respirar, engatinhar, sentir fome,
medo, frio.

Além disso, porém, quer por dificuldades impostas pelo ambiente, quer
por particularidades da própria espécie,  '  2#+
.22 *+ 2.#2 2 — —. Assim, as crianças
aprendem a comer, beber e dormir em horários regulares; aprendem a
brincar e a obedecer; mais tarde, aprenderão a trabalhar,
comercializar, administrar, governar.
6+ #C4$.C4$
‡ O homem se distingue das demais espécies existentes
porque nem todo seu comportamento se desenvolve
espontaneamente em sua relação com a natureza, nem se
transmite aos descendentes pelos genes;
‡ Ele é um animal que necessita de .&#2C2 .&
2*+&&  2#& 2/&#% /&  2
 .&% #%7
‡ Para se tornar efetivamente humano, o homem tem de
aprender com seus semelhantes uma série de atitudes que
lhe seriam impossíveis desenvolver no isolamento.
‡ O .&#2C2 é uma das formas que o homem
desenvolveu para transmitir sua +%+& de uma geração à
outra
‡ Exemplo: Kaspar Hauser.
.&6+&

O filme mostra como um


jovem criado no isolamento,
longe do convívio social, é
incapaz de se humanizar,
desenvolvendo apenas
características instintivas e
animais. (Ver página 02 da
apostila)
Tarzan, aquele que, mesmo abandonado na selva sem a
companhia de outros homens, pôde desenvolver todas as
suas características humanas, na verdade não passa de
+  #2
.&#2& C&
‡ Para que um bebê humano se transforme em um ser
humano propriamente dito, capaz de agir, sentir, viver e
se reproduzir como tal é necessário um longo
aprendizado com as gerações mais velhas que ensinam
às mais novas suas experiências e conhecimentos.
‡ Essa característica só é possível porque o ser humano é
o G# #  capaz de criar sistemas simbólicos, como
a linguagem, .&  2 *+ #)+ 2& #%2
H 0.&5# 2 e transmiti-las aos seus
semelhantes, interpretar a realidade, localizar sua ação
no tempo, lembrar do passado e projetar o futuro.
‡ É capaz de recriar situações e emoções, atribuir
significado às coisas, comparar, distinguir, ordenar,
separar, agrupar, classificar o mundo que o cerca...
As culturas humanas como processos
(p. 3, 4 e 5)
‡ A elaboração simbólica da experiência permitiu
que os homens adequassem o ambiente às suas
necessidades.
‡ A necessidade estimulou o desenvolvimento de
métodos e técnicas, de instrumentos, de
conhecimentos e de formas específicas de
sociabilidade.
‡ É por isso de encontramos formas de existência,
crenças e pensamentos tão diversos.
Foi dessa capacidade de pensar o mundo,
de atribuir sentido à realidade, que o
homem criou o conhecimento (final p. 3)
Uma vez que cada cultura tem raízes, significados e características
próprias, todas elas revelam, como processos cognitivos, a mesma
complexidade. Como culturas, todas são igualmente simbólicas, frutos da
capacidade criadora do homem e adaptações de uma vida comum
situada em tempo e espaço determinados. Resultam de um incessante
recriar, compartilhar e transmitir da experiência vivida e aprendida.

Essa idéia da relação existente entre as culturas humanas e as


condições de vida de cada agrupamento mostra que as diferenças entre
elas não são de qualidade nem de nível: as diferenças culturais devem-
se às circunstâncias que as cercam, plenas de necessidades e
obstáculos a serem ultrapassados e de tradições herdadas do passado.
Os diferentes hábitos alimentares, a presença ou não da escrita, o uso de
fontes energéticas ou o desenvolvimento tecnológico são aspectos da
cultura que só se explicam em função de sua história e das necessidades
enfrentadas.
& G%  .&-)&/ . I
.&)&$2#' #%'+ #
5# & 2#' #%8.K;
‡ O #' #% 1% (pré-história) ± tudo ocorre pela
vontade dos ³deuses´ou do destino...
‡ O &# #%)&) ou ³milagre grego´: a ruptura com
o mito, o aparecimento da filosofia e o .# #%
&#*+%#2& (século VIII a. C. ± século IV a.C.)
‡ 22 32(%#%&  (476-1492): Igreja é
instituição hegemônica; heresia era punida com a morte.
Acumulação = heresia. (Ler p. 7, final do 1º §)
‡ # #%8:J99:I99:K99;(#%&.#%& 
nas letras, nas artes, imprensa... Capitalismo comercial,
grandes navegações
‡ + # 83+"
;( a razão a serviço do indivíduo
e da sociedade ± Revolução Científica de Galileu
‡ Século XIX ± aparecimento da Sociologia: quais as regras
que organizam a vida social? Busca de regularidade nos
fenômenos sociais ± ³Prever para prover´.
? 
 
  
Palavras e expressões
usadas no cotidiano
(contexto social, classes
sociais, conflito social,
movimento sociais etc),
bem como diferentes
pesquisas de opinião,
expressam a importância
da Sociologia no nosso
cotidiano
m     

Estudos sociológicos existem para: lançar um produto,


abrir uma loja, construção de prédios, campanhas políticas
± os especialistas .&+& 22 & 
 .&% #% 2 ..+4$ (p. (p. 10 ± último § e segtes)

Toda ação consciente e programada exige pesquisa,


planejamento e método

Sociologia faz parte de todos os cursos do ensino médio


ao universitário
Desafios da Sociologia hoje
O mundo atual complexo exige estudos mais profundos do
universo social globalizado, por isso a sociologia é
imprescindível.

Reestruturação do capitalismo? Terceira via?

Sistemas produtivos robotizados X desemprego

Tecnologias da informação X excluídos digitais

Trabalho X lazer e consumo

Desenvolvimento econômico X desenvolvimento social X


preservação ambiental
.#2&*+%F2.-)#:±:J

&&4$#.&D0 +