solo fértil e índios pagãos. metal precioso o bastante para manter o fausto das cortes européias. Com a mineração. com a exploração do ouro em Minas Gerais houve deslocamento do centro econômico colonial: a atividade mais rendosa agora estava no Centro-Sul e no interior do território. As excursões pioneiras pelo litoral e até pelo interior foram frustrantes. € € Foi no contato com os índios que os estrangeiros se deram conta que algo de muito valioso se escondia nos recônditos do Brasil. estas aliás. Qualidades. Não faltavam histórias sobre uma terra distante.€ Quando os primeiros exploradores chegaram ao Brasil. Além disso. formaramse várias vilas próximas umas as outras nas áreas onde havia ouro. No alto de suas montanhas podiam ser retiradas pedras de magníficas cores. Nada parecia haver naquela terra além de natureza pródiga. para as quais os exploradores davam pouca ou nenhuma importância. onde o ouro brotava no leito dos rios. . o maior objeto de desejo era o ouro.

€ A Guerra dos Emboabas foi um confronto travado de 1707 a 1709. pelo direito de exploração das recémdescobertas jazidas de ouro. de um lado. que haviam descoberto a região das minas e que por esta razão reclamavam a exclusividade de explorá-las. . os desbravadores vicentinos. na região das Minas Gerais. grupo formado pelos bandeirantes paulistas. O conflito contrapôs. no Brasil. e de outro lado um grupo heterogêneo composto de portugueses e imigrantes das demais partes do Brasil.

milhares de pessoas imigraram para a região. pelo fato daquela região fazer parte da capitania de São Vicente. Outra causa da guerra seria o alto preço dos mantimentos. Os bandeirantes se denominaram com maiores direitos sobre o ouro das minas. ou seja. assim como pelas sucessivas rejeições da Coroa e reveses em Palmares e guerras de Açu.€ Logo que a descoberta do ouro se espalhou. inclusive pela limitada oferta em ocasião do aumento da demanda . ficando pejorativamente conhecidos como "emboabas". seja por eles serem os descobridores do lugar.

Os paulistas aceitaram o acordo.€ A disputa pelo controle da área mineradora levou a um conflito armado entre paulistas e emboabas. . mas foram enganados e massacrados em um local que ficou conhecido como Capão da Traição. que foram procurar metais preciosos em outr1as áreas. A guerra terminou com a vitória dos emboabas e a saída dos paulistas. mas um grupo deles (a maioria índios) foi cercado pelos emboabas que prometeram deixá-los vivos caso entregassem as armas.

€ A descoberta do ouro brasileiro trouxe a promessa de alívio para as finanças portuguesas. os metais preciosos eram propriedade da Coroa. Depois de registrada a mina era dividida em lotes conhecidos como datas. recebendo as maiores datas aqueles que possuíssem mais escravos . enquanto a seguinte ficava para o rei . € A descoberta de cada lavra tinha de ser comunicada ao governo e precisava de autorização especial para ser explorada. . Como era fácil praticar o contrabando. a Coroa impôs normas rígidas para a exploração aurífera e taxou pesadamente o metal . O descobridor podia escolher as duas primeiras datas . As demais eram repartidas entre todos os pretendentes .

muitas vezes um único escravo ou um garimpeiro. O número de pessoas que nelas trabalhavam era reduzido.se comuns. na decadência da atividade mineradora as faiscações ( pequenas lavras de ouro ) tornaram. .€ Por volta de 1770.

na área dos diamantes o controle foi ainda mais intenso. os mineradores não sabiam que se tratava de diamantes e as usavam como fichas de jogos de cartas.€ Se o governo português fiscalizou com rigor as exploração do ouro. Quando as pedras foram levadas a Portugal para a análise. . a Coroa imediatamente ordenou que fossem cobrados na região diamantina os mesmos tributos da extração de ouro. No início.

chamados de contratadores. e no local formouse o distrito diamantino. o governo português demarcou cuidadosamente a área de diamantes. . O direito exclusivo de explorar as pedras foi cedido aos funcionários reais. um dos mais conhecidos era João Fernandes de Oliveira. isolando-a do restante da colônia.€ Para combater o contrabando.

Rafaela Nogueira € Julia € Daniel Augusto € Dimitri € Luis Daniel € € Turma: 821 .