Você está na página 1de 5

c

Conseqüências ambientais da revolução industrial.

A revolução industrial ocorreu na Inglaterra no século XVIII e gerou uma


grande avanço tecnológico, mas també m causou problemas catastróficos
no meio ambiente. A principal matéria -prima usada para fazer energia
naquela época (e que ainda é muito utilizada) foi o carvão mineral, a
Inglaterra tinha grandes reservas de carvão e assim, fazia a queima para
obter energia que movimentava as máquinas (Usinas Termoelétricas) . Mas a
queima do carvão libera o dióxido de carbono (CO2) e assim os raios
solares acabam ficando presos na terra, esquent ando a temperatura, e
causando um fenômeno chamado efeito estufa que provocou o
aquecimento global , e por esse aquecimento na terra , cientistas prevêem
um aumento de 1,4 a 5,8ºC nesse século, e o nível do mar po de subir entre
0,1 e 0,9 metros. Muitas medidas hoje estão sendo tomadas para reduzir a
emissão de dióxido de carbono , como o Tratado de Kyoto, que visa em
reduzir a emissão do gás carbônico em 5%.

Emissão do gás carbônico ao lo ngo dos anos.

Outro grande impacto ambiental que vem crescendo, é o desmatamento,


que dá lugares a novas cidades, fábricas, fazendas ou para a extração de
madeira por parte da indústria madeireira . A maior floresta tropical do
mundo, a Amazônia, já perdeu cerca de 17% sua área original. A cada
segundo que passa, uma área do tamanho aproximadamente de um campo
de futebol é desmatada no mundo. E estima-se que o desmatamento
represente cerca de 10 a 35% das emissões de gás carbônico por ano.

c
c

Com a utilização dos produtos produzidos pelas indústrias ocorre no


acumulo de lixo, muitos deles que demoram séculos para se decompor na
natureza e acabam sendo despejados em aterros, ou até mesmo no mar,
causando assim, um grande prejuízo na vida marinha e provoca também
uma poluição dos rios, podendo contaminar a água com doenças e passar
para a população. E o lixo também ajuda na emissão de gases do efeito
estufa, ao ser incinerado, geralmente lixo hospitalar , liberando vários gases
na atmosfera. O melhor processo para eliminar o lixo, é a reciclagem, que
consiste em reaproveitar os resíduos orgânicos e inorgânicos,mas nem todo
lixo é reciclável , por exemplo, o lixo nuclear e o hospitalar não podem ser
reciclados, mesmo a reciclagem sendo a forma mais c orreta de diminuir o
lixo, ainda é pouca utilizada.

Outra maneira de produzir energia muito utilizada hoje é a gerada por


usinas hidroelétricas , que aproveitam a força motriz de rios e produzem
energia que é distribuída para residências, comércios, etc. As hidroelétricas
também prejudicam o meio ambiente, só que prejudicam menos do qu e as
termoelétricas, as hidroelétricas inundam uma grande área, florestas
submersas passam a sofrer um processo de decomposição gerando varias
substâncias, entre elas o metano, gás que se desprende para a atmosfera e
ajuda no aumento do aquecimento global.

Em geral, a Revolução Industrial trouxe vários avanços para a sociedade,


mas também causou muitos problemas, muitos deles ambientais, que se
não melhorar, pode acabar destruindo toda a natureza, tornando a vida na
terra impossível.

c
c

Šontes:


       cc c

!  !!    "     #   cc$% c

        !   !


   !&
'$(c$($ c


  ) !" ! *+ c,% c

 -  
!  (
 !  (,  c,% c


  . !/
 !!0
!cc% c

1  !c


  2  1  (34c( c

        "  !%(($4cc$% c

c
c

Entre vários problemas ambientais conseqüentes da revolução industrial


está a chuva ácida. A chuva contém um pequeno grau de acidez, que não
agride o meio ambiente. Esse processo é intensificado em virtude do grande
lançamento de gases poluentes na atmosfe ra, que ocorre em cidades
industrializadas, com grande nú mero de veículos e onde estão instalados
usinas termoelétricas. Por causa da s correntes atmosféricas , as chuvas
ácidas caiem em locais distantes de onde foram emitido os poluentes.

As chuvas ácidas são formadas com os óxidos de nitrogênio (NOx), dióxido


de carbono (CO2), e o dióxido de enxofre (SO2) ( que são liberados na
atmosfera na queima de combustíveis fosseis) que juntamente com
partículas de água que formam nuvens, e tem como resultado o ácido
nítrico (HNO3) e o ácido sulfúrico (H2SO4), que em forma de nuvem, neve
ou neblina, formam as chuvas ácidas. Com a queda dessa chuva
proprietários acabam perdendo lavouras, contribui para a destruição da
floresta, altera ecossistemas aquáticos, entre outr os, alem de prejudicar a
saúde humana. cc

As maiores ocorrências foram causadas nos Estados Unidos até o ano de


1990. Por tanto a China, Tailândia, Índia e Japão conseguiram superar os
EUA. Eles lançam na atmosfera cerca de 34 milhões de toneladas de
dióxido de enxofre (SO2) ao ano, pois são extremamentes dependentes do
carvão para o desenvolvimento das atividades industriais. Já no Brasil isso
ocorre apenas em locais com grandes concentrações industriais como São
Paulo e Rio de Janeiro. O Šundo Mundial para a Natureza (WWŠ) estima
que cerca de 35% dos ecossistemas europeus encontram degradados pelas
chuvas ácidas. As principais medidas de prevenção contra esse fenômeno,
se encontram a energia eólica e a energia solar.

c
c