P. 1
Redação UOL - Alimentação

Redação UOL - Alimentação

|Views: 2.288|Likes:
Publicado porMarcos Abbas

More info:

Published by: Marcos Abbas on Mar 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/14/2013

pdf

text

original

O estilo de vida como fator principal na alimentação Uma frase muito vinculada nos meios de comunicação é “Qualidade de Vida”

, que quase sempre vem acompanhada com imagens de uma pessoa jovem, com aparência atlética ou com uma família trocando agrados. Nossas crianças são fortemente influenciadas por estas propagadas, pois ainda não possuem a capacidade de julgamento tão elaborada quanto à de um adulto. Diante disto, surge a seguinte questão: “A quem cabe a responsabilidade sobre a escolha alimentar da população?”. Há dois grupos de poder que podem influenciar como nos alimentar, a citar o Governo e a Família. Difícil é definir como cada um desses grupos deve trabalhar. Por exemplo, o governo deve criar leis que censurem determinadas propagadas? Ou a família deve proibir que os filhos freqüentem locais onde se sabe que há comidas não saudáveis? Para responder a essas questões, vamos ponderar sobre o exemplo abaixo. Não é somente o que comemos que define o quão boa será nossa saúde. É preciso levar em conta o estilo de vida que levamos, por exemplo, um executivo que sempre esta atrasado com seus deveres e que recebe grande pressão no trabalho tende a deixar de lado aquilo que julga consumir muito seu tempo, como por exemplo, um almoço com alimentos saudáveis. Nesse caso, esse executivo ao longo de sua vida pode desenvolver varias doenças que estarão relacionadas aos seus hábitos alimentares. Porém, a culpa destas doenças não é toda dos alimentos, mas em grande parte do estilo de vida adotado. O que as redes de fast food fazem é adaptar-se ao estilo de vida das pessoas. Retornando a questão “A quem cabe a responsabilidade sobre a escolha alimentar da população” e associando com a idéia do parágrafo anterior, nota-se que a modo como vivemos determina o que comemos. Dado isso, será que ao invés de o governo censurar propagadas não seria melhor aumentar o intervalo de almoço dos trabalhadores, para que assim haja um tempo justo para o almoço? E os pais não poderiam estimular que seus filhos praticassem mais exercícios ao invés de deixá-los a sorte da internet ou de vídeo games? A resposta para a questão principal é simples, cabe a todos a responsabilidade na escolha daquilo que comemos, porém com pesos diferentes. A maior responsabilidade é a da família, por ser de responsabilidade dela a educação das crianças e a formação de seus princípios sobre o que é bom ou mal. Ao governo cabe criar condições para que a família possa educar. Criar espaços destinados a prática de esportes, oferecer cardápio adequado nas escolas são alguns exemplos.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->