Você está na página 1de 2

22/3/2011 FIDC - Fundos de Investimento em Di…

22/03/2011 15:36 BR T | Hom e | Login

FIDC - Fundos de Investimento em Direitos Creditórios


Os Fundos de Investimento em Diretos Creditórios (FIDC), também conhecidos como fundos de
recebíveis, foram criados através da Resolução nº 2907/01 do CMN e regulamentados pela
Instrução CVM 356/01, com nova redação dada pela Instrução CVM 393/03. Pode ser
considerado como FIDC a comunhão de recursos que aplica parcela superior a 50% do
patrimônio na aquisição de direitos creditórios e como tal se denomina. Apresentamos, a
seguir, as principais características dos Fundos de Recebíveis, tais como classes e séries de
cotas, limites financeiros e agentes envolvidos nesse tipo de operação.

Tipos de fundos

Os FIDCs podem ser classificados como abertos ou fechados. Em um fundo aberto, os cotistas
podem efetuar resgates a qualquer momento, desde que respeitadas as condições
estabelecidas no regulamento do fundo. Em um fundo fechado, por outro lado, as cotas
somente são resgatáveis por ocasião de encerramento do fundo, conforme prazos e condições
previamente estabelecidos, ou ainda por ocasião de liquidação antecipada.

Os FIDCs não podem permanecer por mais de 3 (três) meses consecutivos com patrimônio
líquido inferior a R$ 500 mil. Caso isso ocorra, a CVM poderá determinar a liquidação do fundo,
ou ainda exigir sua incorporação a outro FIDC. Em caso de fundos fechados, existe um prazo
inicial de 180 (cento e oitenta) dias para a subscrição de todas as cotas não canceladas,
também sob risco de liquidação antecipada.

Classes e séries de cotas

As cotas de um FIDC são divididas em duas classes distintas:

1. Cotas de classe sênior: não se subordinam às demais para fins de amortizações e resgates.
Nos fundos fechados, podem ser subdivididas em séries diferentes, de acordo com prazos e
valores para amortização, resgate e remuneração distintos.

2. Cotas de classe subordinadas: subordinam-se às demais para fins de amortizações e


resgates podendo ser subdivididas em “sub-classes”. As cotas subordinadas não podem ser
resgatadas ou amortizadas antes do resgate das cotas seniores.

As cotas subordinadas podem ser amortizadas ou resgatadas em direitos creditórios. Esse


procedimento não pode ser aplicado às cotas seniores, ressalvada a hipótese de liquidação
antecipada do fundo. As cotas de todas as classes e séries destinadas à colocação pública
devem ser classificadas por agência classificadora de risco em funcionamento no Brasil.

O regulamento do fundo

Antes de tornar-se condômino de um FIDC aberto ou subscrever cotas de um FIDC fechado, o


investidor deve observar as condições estabelecidas no regulamento do fundo. Os pontos
mais relevantes são:

• Política de investimento;

• Características de todas as classes e séries de cotas;


• Taxa de administração, taxa de desempenho ou performance, além de outras taxas e
despesas;
• Terceiros contratados para prestação de serviços ao fundo (administração, auditoria,
classificação de risco, gestão da carteira, consultoria e custódia);
• Prazos de carência e de duração do fundo;
• Metodologia de avaliação de ativos;
• Procedimentos a serem adotados na hipótese de rebaixamento de classificação de risco; e
thecapitalinstitute.com/index.php?lan… 1/2
22/3/2011 FIDC - Fundos de Investimento em Di…
• Procedimentos a serem adotados na hipótese de rebaixamento de classificação de risco; e
• Periódico utilizado para a divulgação de informações.

O primeiro item listado – política de investimento – reúne, dentre outros elementos, a


natureza e os critérios de elegibilidade dos direitos creditórios, o processo de origem desses
créditos (incluindo políticas de concessão), o nível de diversificação da carteira, a
administração de riscos financeiros e a possibilidade de operações em mercados de
derivativos.

No que se refere aos prestadores de serviços contratados pelo fundo, o investidor deve dar uma
atenção especial ao agente custodiante. Ele é responsável por receber e analisar documentos
relativos aos direitos creditórios oferecidos ao fundo, validar esses créditos de acordo com os
critérios de elegibilidade previstos, realizar liquidação, fazer custódia de ativos, dentre outras
atividades. Como ainda existem poucos bancos oferecendo serviço de custódia para FIDCs, esse
serviço acaba correspondendo a um dos principais custos do fundo.

C ontato | Esta tística s | RSS | Twitte r | Te m os e C ondiçõe s

thecapitalinstitute.com/index.php?lan… 2/2

Interesses relacionados