P. 1
títulos de créditos

títulos de créditos

|Views: 2.364|Likes:
Publicado porandreibiapina

More info:

Published by: andreibiapina on Mar 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/08/2013

pdf

text

original

PROLEGIS 010 - QUESTÕES OBJETIVAS TÍTULOS DE CRÉDITO

Colaboração da Acadêmica Márcia Pelissari - marciapelissari@yahoo..com.br

Questões de exames da OAB
01. Direito cambiário, em regra, é correto afirmar que: OAB/DF 2004.2 (III EXAME) A) O endosso da nota promissória vincula o endossante como co-obrigado pelo pagamento do título; B) Letra de câmbio é promessa de pagamento com data determinada; C) A letra de câmbio deve ser assinada pelo devedor; D) O cheque é uma ordem de pagamento à vista, sendo que qualquer menção em contrário o inutiliza como título de crédito.

02. Quanto à nota promissória já protestada por falta de pagamento: (OAB/DF 2004.2) A) O endosso não transfere a propriedade do título; B) O endosso não produz efeitos jurídicos; C) O endosso é nulo; D) O endosso não impede que o devedor oponha ao endossatário as exceções pessoais que tinha contra o endossante.

03. São títulos de crédito que contêm ordem de pagamento: (OAB/SP Exame 125 Jan 2005) A) nota promissória e duplicata. B) warrant e partes beneficiárias. C) nota promissória e debênture.

D) em um cheque sem a indicação do nome da pessoa por quem é dado o aval. Para cobrar os honorários advocatícios contratados. o advogado pode emitir: (OAB/MG 2005. cuja firma não está lançada abaixo de nenhuma outra. C) duplicata mercantil. entende-se que o avalizado é o tomador. não havendo como identificá-la. 06 . entende-se que o avalizado é comprador. entende-se que o avalizado é o beneficiário. 05. B) letra de câmbio.1) A) em uma nota promissória sem a indicação do nome da pessoa por quem é dado o aval. Com relação ao aval lançado em um título de crédito.1) A) fatura de serviço. não havendo como identificá-la. B) se o avalista de uma letra de câmbio se esquece de lançar o nome da pessoa por quem é dado o aval. pode-se afirmar que (OAB/MG 2005. se estiver prescrita a ação cambial .1 27º CONCURSO) A) A execução do cheque contra o emitente B) Interromper a prescrição da execução de qualquer título de crédito C) O ajuizamento do pedido de falência. não havendo como identificá-la.D) letra de câmbio e duplicata. entendese que o avalizado é o sacado. não havendo como identificá-la. fundado em título de crédito D) A ação de cobrança pelo procedimento comum.O protesto cambial é imprescindível para: (OAB/RJ 2005. 04. D) qualquer título de crédito. C) se o avalista de uma duplicata. se esquece de lançar o nome da pessoa por quem é dado o aval.

os direitos decorrentes do título de crédito não se vinculam ao negócio que deu lugar ao seu nascimento. D) descaracteriza o título de crédito. o cumprimento da obrigação assumida por alguém no título não está vinculado a outra obrigação. instruiu uma execução distribuída em 14 de abril de 2004 e que será agora embargada. C) transfere a posse. B) Pelo princípio da autonomia. 09. foi apresentado ao banco sacado em 14 de março de 2003. se a praça de pagamento do cheque é Belo Horizonte. Um cheque emitido em belo horizonte. B) a prescrição do título. vale nos títulos somente o que neles está escrito. C) Pelo princípio da abstração. D) o fato de o título ter sido apresentado ao banco sacado fora do prazo retira o caráter executivo do título de crédito.07.2) A) a prescrição do título ocorre em 30 dias a partir da emissão. Esse evento (Escola Superior de Advocacia OAB – RS – 02/2004) A) gera a transferência da posse e da propriedade do título de crédito. mais seis meses. Devolvido por ter sido sustado pelo emitente. 08. Assinale a assertiva correta sobre títulos de crédito. Poderá ser alegado nos embargos que: (OAB/MG 2004. em 5 de fevereiro de 2003. (OAB/RS) A) Pelo princípio da abstração. . independentemente de sua circulação. C) o fato de o título ter sido sustado retira o caráter executivo do título de crédito. os direitos decorrentes do título são independentes do negócio que deu lugar ao seu nascimento a partir do momento em que ele é posto em circulação. D) Pelo princípio da autonomia. A entrega a B determinado título de crédito com endossomandato. mais seis meses. mas não a propriedade do título de crédito. ocorre em 30 dias a partir da emissão. a menos que o título tenha circulado. B) legitima a propriedade sem que ocorra transferência da posse do título de crédito para terceiro. se a praça de pagamento do cheque é diversa de Belo Horizonte.

comprometendo-se a pagar o título no seu vencimento. endossante. contados do vencimento do título. A pretensão à execução da duplicata prescreve contra o endossante e seus avalistas. e avalistas em 2 (dois) anos. (OAB/MG 2004. B) endossante. O sacador (pessoa que determina que certa quantia seja paga por outra a terceiro). reconhecendo a operação mercantil realizada e o seu valor. sacado e respectivos avalistas. 12.2) A) emissão da duplicata mercantil está condicionada à emissão da fatura correspondente. Assinale a opção correta. C) para cada fatura só poderá ser emitida uma duplicata mercantil. D) terceiro beneficiário. em 2 (dois) anos. sacado. o sacado (a quem a ordem é dirigida e que deverá efetuar o pagamento ao terceiro) e o tomador (em favor de quem a ordem de pagamento é dada) são pessoas que participam do saque de .10. reconhecendo a operação mercantil realizada e comprometendose a pagar o título no seu vencimento. contados da data do vencimento do título. 11. ainda que não se emita qualquer fatura. C) sacador. contados da data do vencimento da duplicata. em 3 (três) anos. D) poderão ser emitidas tantas duplicatas mercantis quantas desejarem as partes. em 3 (três) anos. o aceite é declaração do A) sacado. Em uma venda a prazo. contados da data do protesto. B) poderá ser emitida uma duplicata mercantil para várias faturas. 13. Na Letra de Câmbio. comprometendo-se a pagar o título no seu vencimento. sacado e respectivos avalistas.

14. passando a circular os títulos.Assinale a alternativa que indica quais dos títulos de créditos abaixo admitem aceite (EXAME DE ORDEM/SP 108) A) Cheque e Nota de Crédito Comercial. D) Nota Promissória e Cédula de Crédito Comercial. que com eles fica habilitado a negociar a mercadoria depositada junto à emitente. .(EXAME DE ORDEM/SP 110) A) uma duplicata mercantil. D) uma nota promissória para garantia de contrato de mútuo. ( B) uma letra de câmbio. representante comercial autônomo ou comissário mercantil. 16. C) nota fiscal/fatura relativa a uma compra e venda mercantil. B) transforma o título em "ao portador" e suspende o prazo prescricional para a sua cobrança. C) Duplicata e Letra de Câmbio. B) Cheque e Nota Promissória.Títulos emitidos por uma empresa de armazéns gerais e entregues ao depositante. ao invés da mercadoria por eles representada . celebrada por mandatário. 15. em regra. C) Conhecimentos de Depósito.O endosso produz. dois efeitos: (EXAME DE ORDEM/SP 108) A) transfere a titularidade do crédito e interrompe o prazo prescricional para a sua cobrança.Dá-se a esses títulos o nome de (EXAME DE ORDEM/SP 108) A) Letras de Câmbio. encarregado de transportá-la e entregá-la ao comprador da mesma. B) Duplicatas de Circulação. quando a mercadoria é entregue a um terceiro. D) Cédulas de Crédito Comercial.

O endosso feito no título de crédito cambial a ordem. é a declaração do sacado. 20. e equivale a uma cessão civil desse título. B) em todos os títulos de crédito. D) somente transmite os direitos desse título. C) garante o pagamento desse título. ou do sacado. D) habilitação do crédito representado pelo título na concordata do emitente.C) transfere a titularidade do crédito e vincula o endossante ao pagamento do título. no principal obrigado. O aval (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) A) tem o mesmo efeito do endosso no título de crédito cambial e cambiariforme. é a declaração prestada pelo terceiro garantidor. na qualidade de co-obrigado. B) ação monitória fundada no contrato que deu origem ao título. (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) A) garante o pagamento. mas não garante o pagamento do título. 18 . mas não transmite os direitos desse título. de que se compromete a pagar o título no vencimento. D) transfere a titularidade do título e vincula o endossatário ao pagamento do crédito. no verso da cártula.O aceite (EXAME DE ORDEM/SP 107) A) na letra de câmbio. ou do emitente. antes de seu vencimento. 19. B) transmite os direitos e garante o pagamento desse título. exceto no cheque. 17 . convertendo-se em aceitante e. como tal. assumindo a posição de principal pagador. . na qualidade de co-obrigado. de que se compromete a pagar o título no seu vencimento. C) pedido de falência contra o emitente do título. transferindo a terceiro o direito de crédito ali representado.O protesto de um título de crédito é imprescindível à promoção de: (EXAME DE ORDEM/SP 107) A) execução judicial do crédito por ele representado. D) na letra de câmbio e na nota promissória é a declaração do sacador. C) existente apenas na duplicata é a assinatura do credor.

23. (B) em 1 (hum) ano a contar da data do vencimento. B) regresso contra o sacador e seu endossante. dentro do prazo de 6 (seis) meses. (C) em 6 (seis) meses a contar do dia em que o endossante pagou a letra. (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) A) só produz efeito depois de expirado o prazo de apresentação. (C) não é considerado cheque. C) é uma garantia de pagamento. C) é o mesmo que oposição ao pagamento do cheque. 25. C) regresso contra o aceitante e seu avalista. 21.B) tem o mesmo efeito de uma cessão do título de crédito cambial e cambiariforme. em forma regular e dentro de 30 (trinta) dias. A revogação ou contra ordem do cheque. 24. e pagável no dia da apresentação. . dentro do prazo de 1 (hum) ano. sem prazo de apresentação estipulado. O portador que não tirar o protesto da duplicata. B) produz efeito antes de expirado o prazo de apresentação. (D) em 3 (três) anos a contar do seu vencimento. a contar da data de sua emissão. C) deve ser apresentada para pagamento. a contar da data de sua emissão. dos títulos de crédito cambiais e cambiariforme. perderá o direito de (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) A) ação contra o sacador e aceitante. dentro do prazo de 2 (dois) anos. O cheque pré-datado (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) (A) não pode ser avalizado ou endossado. como data de emissão. D) não precisa ser apresentada para pagamento. ou em que ele próprio foi acionado. (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) A) deve ser apresentada para pagamento. D) só produz efeito após o protesto do cheque. em razão da pré-datação. (B) pode ser apresentado para pagamento antes do dia indicado. a contar da data de sua emissão. (D) para ser pago é necessário o seu depósito em conta corrente. B) deve ser apresentada para pagamento. contados da data de seu vencimento. D) regresso contra os endossantes e seus respectivos avalistas. As ações dos endossantes uns contra os outros e contra o sacador de letra de câmbio prescrevem (EXAME DE ORDEM/SP 106 – Fase 1) (A) em 1 (hum) ano a contar da data do protesto feito em tempo útil. dada por terceiro ou por um signatário do título. 22. D) é garantia de pagamento dos contratos públicos e privados. Nota promissória a vista.

B) Aleatório. C) Acessório. B) Na Letra de Câmbio o credor é sacado. C) 6 (seis) meses após o prazo de apresentação. O endosso em título de crédito tem característica de cessão de crédito quando o título (EXAME DE ORDEM/SP 105) A) estiver vencido. 29. C) for a tempo de vista. D) estiver prescrito. 27. (EXAME DE ORDEM/SP 105) A) Na Nota Promissória somente o endossante é o devedor. Assinale a alternativa correta. D) 2 (dois) meses após o prazo de apresentação. D) Na Letra de Câmbio o credor é o sacador. B) for à vista. Considera-se prescrito o cheque (EXAME DE ORDEM/SP 105) A) 6 (seis) meses após a sua emissão. .26. D) de Execução Instantânea. A Fiança Mercantil é um contrato (EXAME DE ORDEM/SP 105) A) Comutativo. C) Na Nota Promissória o credor é o emitente. B) 12 (doze) meses após a sua emissão. 28.

contados da data do protesto. C) sacado. B) sacado e respectivos avalistas. D) duplicata. em 3 (três) anos. causa. B) parcial apenas. 32) O título de crédito oriundo de fatura é: (EXAME DE ORDEM/SP 104) A) letra de câmbio. literalidade. contados da data do vencimento do título. forma. em 2 (dois) anos.30. e avalistas em 2 (dois) anos. D) sacado e respectivos avalistas. contados da data do vencimento daduplicata. autonomia. C) cheque. contados do vencimento do título. endossante. . 31) O aval de um título de crédito será sempre: (EXAME DE ORDEM/SP 104) A) total apenas.A pretensão à execução da duplicata prescreve contra o A) endossante e seus avalistas. C) total ou parcial. B) forma. causa. B) nota promissória. D) translativo. abstração. As principais características de um título de crédito cambial são (EXAME DE ORDEM/SP 105) A) literalidade. autonomia. em 3 (três) anos. D) conteúdo. cartela. 33. C) abstração.

B) endossante. confere a este o direito de regresso contra o devedor principal e seu respectivo avalista.Na Letra de Câmbio. bastando para isso a juntada do instrumento de protesto por falta de devolução. reconhecendo a operação mercantil realizada e comprometendose a pagar o título no seu vencimento. B) ( ) O crédito documentado num título de crédito poderá ser garantido por terceiros. C) sacador. D) . 36) Segundo as normas vigentes em relação aos títulos de crédito éCORRETO afirmar que: (EXAME DE ORDEM /SC MARÇO 2000) A) ( ) A duplicata mercantil poderá ser transferida por endosso e também por cessão civil de crédito.34. reconhecendo a operação mercantil realizada e o seu valor. comprometendo-se a pagar o título no seu vencimento. efetuada pelo avalista do endossante. o sacado é obrigado a proferir o seu aceite quando o título lhe é apresentado para este fim. C) ( ) É possível promover a ação de execução de duplicata sem a apresentação do título em juízo. D) ( ) Não existe aceite presumido nas duplicatas ex-traídas de contrato de prestação de serviços. . mas não confere o direito de regresso contra o endossatário.( ) O pagamento de uma nota promissória. aceite e pagamento. só podendo recusar a fazê-lo nos casos expressos em lei. caso este seja casado. através de fiança ou por aval. o aceite é declaração do A) sacado. como na letra de câmbio. comprometendo-se a pagar o título no seu vencimento. D) terceiro beneficiário. sendo imprescindível a outorga uxória do cônjuge do garantidor. C) ( ) O protesto de um título de crédito é imprescindível para garantir ao endossatário o direito de regresso contra os endossantes do título e também contra o(s) avalista(s) do devedor principal. 35) Segundo as normas vigentes acerca dos Títulos de Crédito é CORRETOafirmar que: (EXAME DE ORDEM /SC MARÇO 2000) A) ( ) Uma nota promissória emitida com cláusula não à ordem não poderá ser Transferida a terceiros. B) ( ) Tanto na duplicata.

não sendo admitida qualquer outra espécie de título de crédito para documentar o saque do vendedor pela importância faturada ao comprador.O protesto de uma letra de câmbio pode ocorrer devido: (EXAME DE ORDEM/ES-AM AGOSTO/2000) A) ao seu não pagamento B) à declaração de falência do credor C) ao seu extravio. D) cabe unicamente ação ordinária de locupletamento ilícito. emitida pelo comprador em favor do vendedor. dispõe: “Art. de forma a viabilizar a emissão da segunda via D) à morte do devedor. B) cabe unicamente ação monitória para exigir o pagamento do valor nele inserto.” (EXAME DE ORDEM /SC MARÇO 2000) Da análise do dispositivo legal supracitado. de forma a torná-lo exigível junto ao espólio 39) O cheque pré-datado: (OAB CE 1999) A) Devidamente protestado. D) ( ) O crédito oriundo de um contrato de compra e venda mercantil poderá ser documentado por uma letra de câmbio. é título hábil para requerer falência do devedor comerciante. é CORRETO afirmar que: A) ( ) O crédito decorrente de um contrato de compra e venda mercantil poderá ser documentado por uma nota promissória. B) ( ) Não é permitida a emissão de uma nota promissória. 38 . C) não é instrumento hábil para ação executiva pois inexistente o requisito da exigibilidade. dela poderá ser extraída uma duplicata para circulação como efeito comercial. por parte do devedor. de 18 de julho de 1968 (Lei das Duplicatas).37) O caput do artigo 2o. para documentar o crédito decorrente de um contrato de compra e venda mercantil. . sacada pelo vendedor. 2o − No ato da emissão da fatura. da Lei 5474. contra o comprador. C) ( ) O credor de um contrato de compra e venda mercantil a prazo não poderá aceitar cheques emitidos pelo devedor para documentar o crédito da operação.

porque os acessórios seguem a sorte do principal D) não. C) sim. . contados da expiração do prazo de apresentação.40) A ação de execução do cheque prescreve: (OAB CE 1999) A) em seis meses a partir da data de emissão. D) em sete meses. 43) Considere as seguintes afirmações: (OAB CE 1999) I . que é de 30 dias quando emitido no lugar onde houver de ser pago. porque os acessórios não se enquadram no conceito de compra e venda mercantil. B) constitui documento hábil para a transcrição do instrumento de protesto a efetiva prestação dos serviços e o vínculo contratual que a autorizou. a contar da data do protesto feito em tempo útil. porque a duplicata deve conter o valor da operação de compra e venda e os encargos financeiros. C) em seis meses. porque os encargos financeiros são incobráveis. 41) É possível a emissão de duplicata mercantil para a cobrança de acessórios da obrigação originária. independente do lugar da emissão. a partir da data da emissão. C) constitui documento hábil para a transcrição do instrumento de protesto somente a prestação dos serviços. que é de 60 dias quando emitido no lugar onde houver de ser pago. 42) Sobre a duplicata de prestação de serviços pode-se afirmar: (OAB CE 1999) A) somente pode ser emitida por sociedades comerciais que prestem serviços. B) em seis meses. D) a fatura deverá discriminar somente o valor dos serviços prestados. B) sim. III. contados da expiração do prazo de apresentação. não pagos em seu vencimento? (OAB CE 1999) A) não. II – a execução do portador contra o avalista do emitente da nota promissória prescreve em três anos a contar de seu vencimento.a execução do portador contra o emitente da nota promissória prescreve em três anos a contar de seu vencimento.a execução do portador contra os endossantes da nota promissória prescreve em um ano.

II e III estão corretas.A 39 – A 40 – B 41 – A 42 – B 43 – D 44.D 04 – A 05 – C 06 – C 07 – C 08 – C 09 – A 10 – A 11 – D 12 – A 13 – C 14 – C 15 – C 16 – C 17 – C 18 – C 19 – B 20 – C 21 – D 22 – C 23 – D 24 – B 25 – A 26 – A 27 – D 28 – C 29 – C 30 – C 31 – C 32 – D 33 – A 34 – D 35 – D 36 – A 37 – A 38 . assinale a proposição INCORRETA: (EXAME DE ORDEM-DEZ/2001) A) A letra de câmbio é sempre uma ordem de pagamento. A) as afirmativas I e III estão corretas. a vista ou a prazo. B) as afirmativas I. Respostas 01 – A 02 – D 03 . C) as afirmativas I e II estão corretas.IV – a execução do endossante contra o emitente prescreve em seis meses a contar do dia em que aquele pagou a nota promissória ou em que ele próprio foi acionado. todas as afirmativas estão corretas. D) O certificado de depósito bancário é sempre uma promessa de pagamento “não à ordem”. B) A nota promissória é sempre uma promessa de pagamento. 44) Sobre títulos de crédito.D . C) O cheque é uma ordem de pagamento a vista.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->