MÚSCULO DO TRONCO

MÚSCULO PEITORAL espesso em forma de leque ORIGEM ± superfície anterior da metade esternal da clavícula superfície anterior do esterno e costela verdadeiras a nível de cartilagem da mesma INSERÇÃO ± tubérculo maior do úmero AÇÃO ± flexão, adução, rotação medial (braço)

MÚSCULO PEITORAL MENOR ORIGEM ± margem anterior da 3ª, 4ª, 5ª costelas INSERÇÃO ± processo coracóide da escápula AÇÃO ± traciona escápula, eleva 3ª, 4ª, 5ª costelas na inspiração forçada

MÚSCULOS INTERCOSTAIS EXTERNOS ORIGEM ± borda inferior da costela e cartilagem costais INSERÇÃO ± borda superior da costela, abaixo da de origem AÇÃO ± puxam as costelas conjuntamente, auxiliando na respiração

MÚSCULOS INTERCOSTAIS INTERNOS ORIGEM ± face interna das costelas e cartilagens costais INSERÇÃO ± borda superior da costela, abaixo da de origem AÇÃO ± puxam as costelas conjuntamente, auxiliando na respiração

MÚSCULO SERRÁTIL ANTERIOR ORIGEM ± digitação na face lateral das 8 costelas superiores INSERÇÃO ± ângulo superior e borda vertebral da escápula AÇÃO ± elevação do ombro, traciona escápula para frente e para baixo

MÚSCULO GRANDE DORSAL ORIGEM ± lábio externo da crista ilíaca

flexão lateral do tronco).ângulo inferior da escápula INSERÇÃO ± sulco intertubercular do úmero AÇÃO ± rotação lateral. crista e fossa ilíaca INSERÇÃO ± trocânter menor do fêmur AÇÃO ± flexiona a coxa sobre o tronco . inclinações e rotação da coluna MÚSCULO QUADRADO LOMBAR ORIGEM ± crista ilíaca (ligamento ílio lombar) INSERÇÃO ± borda inferior da última costela ± pequenos tendões nos processos transversos. das quatro primeiras vértebras lombares AÇÃO ± elevação da pelve ( aproxima a crista ilíaca da costela na marcha.parte posterior das 3 ou 4 costelas inferiores . extensão e adução do braço MÚSCULOS PARAVERTEBRAIS ORIGEM: sacro INSERÇÃO: vértebras da coluna vertebral AÇÃO: sustentação da postura. MÚSCULO DIAFRAGMA (principal músculo da inspiração) ORIGEM ± processo xifóide.. face interna das 6 últimas costelas e vértebras Lombares INSERÇÃO ± centro tendíneo do diafragma AÇÃO ± puxa o centro tendíneo para baixo. extensão. e corpo das últimas vértebras torácicas e de todas lombares. aumentando o tamanho da cavidade Torácica e causando inspiração MÚSCULO ILIOPSOAS (psoas maior e ilíaco) ORIGEM ± músculo transverso.

MÚSCULO RETO ABDOMINAL motor principal ORIGEM ± crista do púbis INSERÇÃO ± 3 porções nas cartilagens 5ª . 8ª . 9ª costelas e bordas inferiores das cartilagens das últimas 3 ou 4 costelas AÇÃO ± flexiona o tronco sobre os membros com rotação MÚSCULO TRANSVERSO DO ABDÔMEN ORIGEM ± face interna do esterno e processo xifóide INSERÇÃO ± face interna das cartilagens costais AÇÃO ± puxa a porção anterior da caixa torácica para baixo. 6ª . 7ª costelas AÇÃO ± flexão do tronco sobre o quadril MÚSCULO OBLÍQUO EXTERNO DO ABDÔMEN acessório ORIGEM ± superfície externa inferior das oito costelas inferiores INSERÇÃO ± metade anterior da parte externa da crista i líaca ±± aponeurose do tubérculo pubiano estendendo±se da apófise Xifóide até a sínfise pubiana AÇÃO ± flexiona o tronco sobre os membros com rotação MÚSCULO OBLÍQUO INTERNO DO ABDÔMEN ORIGEM ± metade externa do ligamento inguinal /3 anteriores da crista ilíaca INSERÇÃO ± crista do púbis Linha Alba ± Cartilagem 7ª . auxiliando na Expiração (comprime a cavidade abdomino-pélvica) 2 .

Esses músculos atuam nos movimentos da coluna vertebral Músculos que Formam o Assoalho da Pelve O asso alho da pelve consiste. as fibras do m. Músculos que movimentam a Coluna Vertebral Existe um grupo de músculos que está fixado às vértebras. Ele se estende do esterno ao osso púbis (parte do osso do quadril). isto é. ‡ Oblíquo interno: o músculo oblíquo interno constitui uma parte da parede lateral do abdome. nos movimentos da coluna vertebral e na for¬mação das paredes do abdome e da pelve. elas são inclinadas no sentido súpero-inferior. Sem a contração e o relaxamento dos músculos intercostais e do músculo diafragma. ela determina a flexão da coluna vertebral e a compressão sobre os órgãos abdominais durante os atos de urinar e defecar e durante o trabalho de parto. reto do abdome correm no sentido crânio -cau¬dal. diafragma é um músculo em forma de do¬mo (cúpula). Os mús¬culos intercostais (externos e internos) estão situados entre as costelas. Músculos que Formam a Parede do Abdome A parede do abdome consiste de quatro músculos arranjados de tal maneira que promovem firmeza considerável. ín¬fero-superiormente ‡ Transverso do abdome: o músculo transverso do abdome forma a camada mais interna dos múscu¬los da parede ântero-lateral do abdome. ‡ Oblíquo externo: o músculo oblíquo externo sus¬tenta a parede lateral do abdome. e são responsáveis por elevar e abai¬xar o arcabouço costal durante a respiração O m. que forma uma grande aponeurose ao longo da linha me¬diana da parede do abdome.PRINCIPAIS MÚSCULOS DO TRONCO Os músculos do tronco estão envolvidos na respi¬ração. suportar e proteger os órgãos abdominais. A linha alba se estende do esterno ao osso pube. assim. ao longo do abdome. Os quatro músculos abdominais incluem: ‡ Reto do abdome: como o nome indica. formando a linha alba (branca). Ele reforça o músculo oblíquo externo. As fibras correm em sentido oblíquo. Músculos Envolvidos na Respiração Os músculos do tórax incluem os músculos inter¬costais e o diafragma. principalmente. As aponeuroses dos múscu¬los abdominais de ambos os lados se conectam na linha mediana do abdome. de duas lâminas musculares planas e de fáscia circunja¬cente. a respiração não poderia ocorrer. ou na direção longitudinal. Os músculos abdominais estão envolvidos por fáscia. de forma que as fibras de cada um dos quatro músculos percorrem quatro direções diferentes. Os músculos estão estendidos em camadas. A contração dos músculos abdo¬minais permite a realização de outras funções. O diafragma é o principal músculo da inalação. com suas fibras percorrendo no sentido inverso. Suas fibras correm horizontalmente. Esses músculos são os princi¬pais responsáveis pela respiração. Essas estruturas suportam as vísceras pélvicas e desempenham um papel importante na eliminação do conteúdo da bexiga urinária e do reto . A contração desse músculo flete a coluna vertebral. que separa a cavidade torácica da cavida¬de abdominal. a fase inspiratória da respiração. ou seja. Este ar¬ranjo permite aos músculos conter.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful