Você está na página 1de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE PAULISTA

Rua Ipiranga, 3460 – São José do Rio Preto - SP

Disciplina Docente
Cálculo com Geometria Analítica II Prof.ª. MS. JOSIMEIRE M. DOS SANTOS
Semestre Curso ENTREGA NOTA
2ºAno/ 1ºsem Eng. de Produção 16/03/2011 DETERMINANTES
Aluno

OBS: Em todos os exercícios justificar a resposta.

01. Calcule o valor de cada determinante a seguir:

 7 12 1 1 3 5
−4 10
a) b) 5 1 2 c) 2 0 4
−8 3
4 3 3 1 4 2

2 3 1 2
0 4 3 5
02. Utilizando o Teorema de Laplace, encontre o valor do determinante .
1 2 1 3
0 4 1 0

03. Resolva a equação abaixo:

x  3 2x  1
0
3 2

04. Área de um triângulo pela geometria analítica

Na geometria plana encontramos a área de um triângulo fazendo uma relação com


o valor de suas dimensões, e na trigonometria, com o valor do seno de um ângulo interno
relacionado com os lados do triângulo é possível também encontrar a sua área.
A geometria analítica também possui seus artifícios para o cálculo da área de um
triângulo, nesse caso é necessário que saibamos as coordenadas de seus três vértices
para que o triângulo possa ser representado em um plano cartesiano.
Considere o triângulo de vértices A(xA, yA), B(xB, yB) e C(xC, yC), veja a sua
representação em um plano cartesiano:

A partir dessa representação podemos dizer que o cálculo da área (A) de um


triângulo através dos conhecimentos da geometria analítica é dado pelo determinante dos
vértices dividido por dois.

A = |D|
2

Onde D = .

25
EXERCÍCIO: A área de um triângulo é 𝐴 = e seus vértices são (0,1), (2,4) 𝑒 (−7, 𝑘).
2
Nesse caso qual será o possível valor de 𝒌?