PROVA 635/11 Págs.

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO
12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto)
Cursos Gerais
Programa novo implementado em 2005/2006

Duração da prova: 120 minutos

2.ª FASE

2006

PROVA ESCRITA DE MATEMÁTICA

VERSÃO 1

Na sua folha de respostas, indique claramente a
versão da prova.
A ausência desta indicação implicará a anulação
de todo o GRUPO I.

V.S.F.F.
635.V1/1

Identifique claramente os grupos e os itens a que responde.
Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta
(excepto nas respostas que impliquem a elaboração de
construções, desenhos ou outras representações).
É interdito o uso de «esferográfica-lápis» e de corrector.
As cotações da prova encontram-se na página 11.
A prova inclui um formulário (pág. 3).

635.V1/2

Aritmética: "<8 ?" ‚ "  < Prog. do ângulo ao centro. 635. <  raio) Áreas de figuras planas Losango: Progressões Soma dos 8 primeiros termos de uma ?"  ? 8 ‚8 # Prog.F. # em radianos.Formulário Comprimento de um arco de circunferência α< (α  amplitude.Ñ œ "tg + Þ tg . tg +  tg . 1  geratriz) Ðsen ?Ñw œ ?w Þ cos ? Área de uma superfície esférica: % 1 <# (<  raio) Ðtg ?Ñw œ cos?# ? Ð8 − ‘Ñ Ðcos ?Ñw œ  ?w Þ sen ? w Ð/ ? Ñ w œ ? w Þ / ? Volumes Pirâmide: "$ ‚ Área da base ‚ Altura Cone: "$ ‚ Área da base ‚ Altura Esfera: %$ 1< $ (<  raio) Trigonometria sen Ð+  .V1/3 .  sen + Þ sen .Ñ œ cos + Þ cos .Ñ œ sen + Þ cos .  sen . <  raio) Regras de derivação Ð?  @Ñw œ ?w  @w Ð?Þ@Ñw œ ?w Þ @  ? Þ @w w w ˆ ? ‰w œ ? Þ @ #? Þ @ @ @ Ð?8 Ñw œ 8 Þ ?8" Þ ?w Áreas de superfícies Área lateral de um cone: 1 < 1 (<  raio da base. Geométrica: H3+198+6 7+39< ‚ H3+198+6 7/89< # Trapézio: F+=/ 7+39< # F+=/ 7/89< ‚ E6>?<+ Polígono regular: Semiperímetro ‚ Apótema Sector circular: α <# (α  amplitude. Ð+? Ñw œ ?w Þ +? Þ ln + Ð+ − ‘ Ï Ö"×Ñ w Ðln ?Ñw œ ?? w Ðlog + ?Ñw œ ? Þ?ln + Ð+ − ‘ Ï Ö"×Ñ Limites notáveis lim senB B œ " BÄ! B lim / B" œ " BÄ! ln ÐB"Ñ B BÄ! lim œ" Complexos 3 -3= ) 8 œ 38 -3= Ð8 )Ñ 8 3 -3= ) œ È 8 3 -3= ) # 5 1 ß 5 − Ö!ß ÞÞÞß 8  "× È 8 lim BÄ∞ ln B B /B : BÄ∞ B lim œ! œ ∞ Ð: − ‘Ñ V. tg Ð+  . Þ cos + cos Ð+  .S. do ângulo ao centro.F. em radianos.

635.V1/4 .

œ # (D) + œ $ e .F. • Se apresentar mais do que uma letra.V1/5 . em radianos.F. O ponto G pertence ao eixo SB e o segmento de recta ÒEGÓ é perpendicular a este eixo. . das quais só uma está correcta. Qual é a expressão que dá o perímetro da região sombreada. do ângulo ESF . os pontos Ð!ß #Ñ e Ð"ß $Ñ pertencem ao gráfico de 0 Þ Quais são os valores de + e de .S. BSC. um arco EF . 635. em função de α ? (A) 1 ‚ α  sen α  cos α (B) 1 ‚ α  sen α  "  cos α (C) "  α  sen α  cos α (D) "  α  sen α  cos α V. são indicadas quatro alternativas de resposta.Grupo I • Os sete itens deste grupo são de escolha múltipla. ? 2. 1. • Para cada um deles. de domínio ‘ . œ " (B) + œ # e . (A) + œ # e .n. que está contido na circunferência de equação B#  C# œ ". o item será anulado. Sejam + e . em referencial o. Na figura está parte do gráfico de uma função 0 . nem justificações. œ " Na figura está representado. • Não apresente cálculos. œ $ (C) + œ $ e . α é a amplitude. o mesmo acontecendo se a letra transcrita for ilegível. definida por 0 ÐBÑ œ +B  . dois números reais positivos. • Escreva na sua folha de respostas apenas a letra correspondente à alternativa que seleccionar para responder a cada questão. Tal como a figura sugere.

Nas figuras seguintes estão representadas parte dessa recta e parte dessa hipérbole. cuja ordenada na origem é igual a # . 0 ÐBÑ lim B Ä " 1ÐBÑ (B) # (C) ∞ (D) Na figura abaixo está parte do gráfico de uma função 2. Admita que estas duas funções também têm domínio ‘. A recta de equação B œ " é assimptota do gráfico de 1 Indique o valor de (A) ! 4.V1/6 ∞ . De duas funções.3. Qual das expressões seguintes designa um número positivo? (A) 2Ð!Ñ  2 ww Ð!Ñ (B) 2Ð!Ñ  2w Ð!Ñ (C) 2w Ð!Ñ  2ww Ð!Ñ (D) 2w Ð!Ñ ‚ 2ww Ð!Ñ 635. 0 e 1. Sejam 2 w e 2 ww a primeira e a segunda derivadas de 2 . de domínio ‘. sabe-se que: • o gráfico de 0 é uma recta. respectivamente. • o gráfico de 1 é uma hipérbole.

F.S.5. no qual existem seis lugares sentados.V1/7 .% Quatro raparigas e quatro rapazes entram num autocarro." 6. (B) ".% (+ designa um número real). ambas com centro no eixo real. 635. incluindo a fronteira? (A) l D  "l   " • l D  #l Ÿ # (B) l D  "l   # • l D  #l Ÿ " (C) l D  "l Ÿ " • l D  #l   # (D) l D  "l Ÿ # • l D  #l   " V. no plano complexo. ainda não ocupados. tendo uma delas raio " e a outra raio #. Qual é o valor médio desta variável aleatória ? (A) ". supondo que ficam dois rapazes em pé? (A) $ &'! 7. De quantas maneiras diferentes podem ficar ocupados esses seis lugares. A tabela de distribuição de probabilidades de uma variável aleatória \ é B3 T Ð\ œ B3 Ñ ! + " + # !. (C) ".F. Qual das condições seguintes define a região sombreada. A origem do referencial é o único ponto comum às duas circunferências. duas circunferências.# (B) $ )%! (C) % ")! (D) % $#! Na figura estão representadas.$ (D) ".

indicando todos os cálculos que tiver de efectuar e todas as justificações necessárias.n. Atenção: quando.2. não é pedida a aproximação. • T é o ponto de intersecção da recta < com o eixo SB.V1/8 . < é tangente ao gráfico de 0 no ponto U.  ∞ Ò. escreva o número complexo trigonométrica. 2. em referencial o. D" D# na forma 1. • U tem abcissa # e pertence ao gráfico de 0 (o qual não está representado na figura). • V pertence ao eixo SC e tem ordenada igual à do ponto U. Seja 0 a função. BSC. 635.2. para um resultado. Apresente o resultado na forma de fracção irredutível. Represente o triângulo ESF ‘ e determine D na forma algébrica. Seja S a origem do referencial. uma recta < e um trapézio cST UV d. Na figura estão representados. 3 designa a unidade imaginária. definida por 0 ÐBÑ œ B  B ln B  ". Sem recorrer à calculadora.Grupo II Nos itens deste grupo apresente o seu raciocínio de forma clara. conjugado de D . resolva as duas alíneas seguintes: 2. Seja F a imagem geométrica de D .1. Estude a função quanto à existência de assimptotas do seu gráfico. Considere D" œ #  3 Š#  -3= # ‹ e D# œ "& -3=Š  1( ‹ Sem recorrer à calculadora. 2. 1 1. pretende-se sempre o valor exacto. no plano complexo. • Determine a área do trapézio cST UV d. Seja D um número complexo cuja imagem geométrica. Sabe-se que o triângulo ESF ‘ é equilátero e tem perímetro '.1. de domínio Ó ". Seja ‚ o conjunto dos números complexos. é um ponto E situado no primeiro quadrante. 1.

é (aproximadamente) dada. Sabe-se que B verifica a relação #1> X œ B  !. o ponto da órbita da Terra mais próximo do Sol. da Terra ao Sol. no mínimo. obtido(s).2. ou gráficos.2. arredondado às décimas. determine a distância máxima e a distância mínima da Terra ao Sol. que decorre desde a passagem da Terra pelo periélio até ao instante em que atinge a posição correspondente ao ângulo B. Apresente os valores pedidos em milhões de quilómetros. utilize. nomeadamente o gráfico. Na figura está representado um esquema dessa órbita. em função de Bß por . Está assinalado o periélio. Apresente o resultado em milhões de quilómetros.' Ð"  !. 3. œ "%*. Mostre que.2. a Terra descreve uma órbita elíptica em torno do Sol. Sabe-se que a última passagem da Terra pelo periélio ocorreu a uma certa hora do dia 4 de Janeiro. ou de alguns. Na figura está assinalado um ângulo de amplitude B radianos ˆ B − Ò!ß #1Ò ‰.!"'( cos BÑ A distância 3. Nos valores intermédios. em milhões de quilómetros. apresente todos os elementos recolhidos na utilização da calculadora.2.1.V1/9 . em que • > é o tempo. o seu lado origem passa no periélio e o seu lado extremidade passa na Terra. 4.F. Interprete este resultado no contexto da situação descrita.F. se tem > œ X # . arredondados às décimas.#% dias). para B œ 1. Seja 0 À Ò !ß #Ó Ä ‘ uma função contínua tal que 0 Ð!Ñ œ 0 Ð#Ñ œ ! e 0 Ð"Ñ  ! Prove que existe pelo menos um número real . em dias. à mesma hora do dia 14 de Fevereiro.1. Determine a distância a que a Terra se encontrava do Sol. 3.no intervalo Ó !ß "Ò tal que 0 Ð-Ñ œ 0 Ð. . Nota: a resolução desta questão envolve uma equação que deve ser resolvida graficamente.!"'( sen B.S. a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos. ponto(s). Como sabe. 635. • X é o tempo que a Terra demora a descrever uma órbita completa ($'&. Este ângulo tem o seu vértice no Sol. Sem recorrer à calculadora. quatro casas decimais. com recurso à calculadora.3. bem como coordenadas relevantes de algum. . definida por 1ÐBÑ œ 0 ÐBÑ  0 ÐB  "Ñ V. 3. "Ñ Sugestão: considere a função 1 À Ò !ß "Ó Ä ‘.

T Ð\ ∪ ] Ñ  " e T Ð\ ∩ ] Ñ  ! Qual é essa opção? Numa pequena composição.5. Os alunos dessa turma estão numerados consecutivamente. indique. Escolhe-se. Escolhe-se um aluno ao acaso. Apresente o 5. justificando. o valor da probabilidade condicionada T ÐF | EÑ. e por rapazes. 6. Nota: no caso de utilizar a fórmula da probabilidade condicionada.1. umas de 16 anos e as restantes de 17 anos. explicite os valores das duas probabilidades envolvidas nessa fórmula. Numa sala de Tempos Livres. Opção 1: \ : «O aluno escolhido tem idade superior ou igual a 17 anos» ] : «O aluno escolhido tem 16 ou 17 anos» Opção 2: \ : «O número do aluno escolhido é par» ] : «O número do aluno escolhido é múltiplo de 4» Opção 3: \ : «O aluno escolhido tem 18 anos» ] : «O aluno escolhido é rapariga» Opção 4: \ : «O aluno escolhido é rapaz» ] : «O aluno escolhido tem 17 anos» Em apenas uma das opções acima apresentadas os acontecimentos \ e ] são tais que são verdadeiras as três afirmações seguintes: T Ð\ ∪ ] Ñ  T Ð\Ñ. a distribuição dos alunos por idades e sexo é a seguinte: Rapaz Rapariga 5 anos 1 3 6 anos 5 5 7 anos 2 7 5.º ano é constituída por raparigas. F : «o aluno é rapaz». um aluno dessa turma e regista-se o número. qual é a afirmação falsa). a partir do número 1. Sejam E e F os acontecimentos: E: «o aluno tem 7 anos». ao acaso. Escolhem-se dois alunos ao acaso. Uma turma de 12.V1/10 . justificando. Indique. Em cada uma das opções seguintes estão indicados dois acontecimentos. uns de 17 anos e os restantes de 18 anos. \ e ] .2. associados a esta experiência aleatória. Qual é a probabilidade de a soma das suas idades ser igual a 12? resultado na forma de fracção irredutível. FIM 635. a idade e o sexo desse aluno. explique por que é que rejeita as outras três opções (para cada uma delas. Apresente o resultado na forma de fracção irredutível.

42 3................................... 9 Cada resposta errada.........................................1............................................................................ 28 3...............2....................V1/11 ............................................14 4...............................................................................................................2...................2.........................................................................................................................................................................................................1.............................................. ............... 200 635..... .................................................2............................................ .............2.............................................................. 14 TOTAL .................................1......................................14 3................................ .......... .....9 2.................................................................................... .................................14 3......1..........2... 63 Cada resposta certa ........... 21 1...............9 5...........................................2.12 1.............................................9 6.... 14 5.........................1.......................................... ...... ........... .....COTAÇÕES Grupo I .................................................................. ....... ...... ............. 137 1.....14 2........................................... 28 2............. ........... 0 Cada questão não respondida ou anulada ....................14 3............ 18 5.......................................................................................................................... 0 Grupo II ........... ............................................................................................................ .................................. ..........................................................................................

.................................................................................... 14 5.............9 5........................S.............2..................... ...................................1.....2.F.......................................................................1............................................................................. 0 Grupo II .............................................. 63 Cada resposta certa ....................14 3....................................................................................... .. ................................2....................................................................................................................................................1.ª FASE 2006 PROVA ESCRITA DE MATEMÁTICA COTAÇÕES Grupo I ..14 2................................9 2..................º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n................................. de 29 de Agosto) Cursos Gerais Programa novo implementado em 2005/2006 Duração da prova: 120 minutos 2....................................................................................................F.... ......................................................................................................... 21 1...................12 1....... ....... 14 4........... 14 3..................................... ................................... 137 1..................2................................. 18 5.......................º 286/89.. 0 Cada questão não respondida ou anulada .......................................................2......... ........................................... 14 3......... 42 3..................................................28 3..........2.................9 6.............................. ................................. ..................... ...................................................... 14 TOTAL ........ 635/C/1 ............ 200 V.. ..................... ........ 28 2.....................PROVA 635/C/14 Págs.......... 9 Cada resposta errada............................................ ....2...... .................. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12...........1....................................... .......................................................................................................1...................................

deve ser vista e classificada apenas a que se encontra em primeiro lugar. por exemplo) e todos os itens em que o examinando dê mais do que uma resposta. pela resolução apresentada. 635/C/2 . de acordo com o disposto nos pontos 6. mesmo que envolva conhecimentos não contemplados no programa da disciplina. 8 e 9 destes critérios gerais.CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO Grupo I Deverão ser anulados todos os itens com resposta de leitura ambígua (letra confusa. • Se o examinando não se limitar a apresentar o resultado final. e não indicar. 4. a cotação deve ser de 0 (zero) pontos. As respostas certas são as seguintes: Questões Versão 1 Versão 2 1 A B 2 D C 3 A A 4 C B 5 A D 6 D D 7 A C Grupo II Critérios gerais 1. 3. mas. Se o examinando apresentar mais do que uma resposta a um item. Salienta-se que deve ser aceite qualquer processo cientificamente correcto. e das desvalorizações previstas nos pontos 10 e 11 destes critérios gerais. a resposta deve ser vista e classificada. ou se a omitir. 7. a cotação a atribuir é de 0 (zero) pontos. a cotação a atribuir deve estar de acordo com o seguinte critério: • Se o examinando se limitar a apresentar o resultado final. Se a soma for negativa. As cotações a atribuir às respostas dos examinandos são expressas obrigatoriamente em números inteiros. for possível identificá-lo inequivocamente. a cotação deve ser a soma algébrica das cotações atribuídas a cada etapa. a que pretende que seja classificada. Sempre que o examinando utilizar um processo de resolução não contemplado nos critérios específicos. 2. 5. Se o examinando se enganar na identificação do item a que está a responder. caberá ao professor classificador adoptar um critério de distribuição da cotação que julgue adequado e utilizá-lo em situações idênticas. Num item em que a respectiva resolução exija cálculos e/ou justificações. na folha de resposta. de forma inequívoca. Alguns itens da prova podem ser correctamente resolvidos por mais do que um processo.

metade da cotação da etapa.F. a cotação a atribuir deve estar de acordo com o grau de incompletude e/ou a gravidade dos erros cometidos. 6. e a sua resolução não esteja completamente correcta. 6. O classificador não pode subdividir. Se o resultado final apresentado pelo examinando não respeitar a forma pedida no enunciado (por exemplo. Todas as etapas não percorridas explicitamente pelo examinando. 7. Nas etapas cuja cotação se encontra discriminada por níveis de desempenho. um erro que diminua o grau de dificuldade das etapas subsequentes. desde que o grau de dificuldade não tenha diminuído. o grau de dificuldade das etapas seguintes diminuir significativamente. a cotação indicada é a máxima a atribuir. cabe ao classificador decidir a cotação máxima a atribuir a cada uma destas etapas. desde que o grau de dificuldade da etapa não diminua. etc. deve ser atribuída a cotação de 0 (zero) pontos. V. o cálculo da derivada de uma função. de acordo com o erro que cometeu. Caso o examinando cometa.1. pelo menos. devem receber a cotação indicada. a obtenção de uma expressão em função de uma variável. como resultado final. pelo menos. Em particular. caso o grau de dificuldade da etapa diminua. Por exemplo: • erros de contas ocasionais devem ser desvalorizados em um ponto. Caso uma etapa envolva um único passo.5. «em minutos». 6. Pode acontecer que o examinando.2. a cotação não deve ser desvalorizada caso o examinando não indique a unidade em que é pedido o resultado (por exemplo. etc. a resolução de uma equação. deve ser aplicada uma desvalorização de 1 ponto na cotação a atribuir à etapa correspondente ao resultado final.3. A cotação de cada item está subdividida pelas etapas que o examinando deve percorrer para o resolver. uma aproximação do valor exacto. «em percentagem».) e a sua resolução esteja incompleta. e o examinando as execute correctamente. No entanto. a cotação atribuída a cada etapa. regras ou propriedades devem ser desvalorizados em. ou contenha incorrecções. ou 12 metros. em cotações parcelares. se o enunciado pedir o resultado em minutos. No caso de o examinando cometer um erro numa das etapas. e o examinando escrever simplesmente 12.6. num item. 6. se o resultado final for 12 minutos. e o examinando o apresentar em horas). devido a um erro cometido pelo examinando. 6. o examinando deve apresentar o valor exacto. metade da cotação da etapa. ao resolver um item. é pedida uma forma específica de apresentação do resultado final (por exemplo. este deve ser apresentado na forma pedida. não se deve aplicar nenhuma desvalorização).4. Se não for pedida aproximação para o resultado final. • erros que revelem desconhecimento de conceitos.). • transposições erradas de dados do enunciado devem ser desvalorizadas em.S. Se o examinando apresentar. 635/C/3 .F. Em cada etapa. 6. o classificador deve enquadrar a resposta do examinando numa das descrições apresentadas. numa etapa. devem ser atribuídos 0 (zero) pontos à etapa correspondente ao resultado final. Quando.6. não percorra explicitamente todas as etapas previstas nos critérios específicos. as etapas subsequentes devem merecer a respectiva cotação. se. mas cuja utilização e/ou conhecimento estejam inequivocamente implícitos na resolução do item. a cotação máxima a atribuir a cada uma delas não deverá exceder metade da cotação indicada. testando apenas o conhecimento de um só conceito ou propriedade. O classificador não pode atribuir uma cotação diferente das indicadas. • transposições erradas de dados do enunciado devem ser desvalorizadas em um ponto. Caso uma etapa envolva mais do que um passo (por exemplo.

) que não resulte de trabalho anterior........ etc.8. a cotação total a atribuir ao item deve ser desvalorizada em um ponto. onde. nem a eventuais utilizações do símbolo de igualdade... apresentando algo (valor....... 10... quadro........... Se. Se tal não acontecer. em rigor...... gráfico. Se. A etapa em que se dá o desrespeito e todas as subsequentes que dela dependam devem ser cotadas com 0 (zero) pontos.. em caso de desrespeito dessa instrução e/ou de arredondamentos mal efectuados... 9....... pela apresentação de todos os cálculos e de todas as justificações. mas existe...... Todas as etapas subsequentes que dela dependam devem ser igualmente cotadas com 0 (zero) pontos.... considera-se que o examinando não respeitou a instrução...... -1 ponto Existe...... o cumprimento da instrução....).... em cálculos intermédios.. deve ser inequívoco............ Indicam-se... Todos os valores intermédios estão de acordo com a instrução... numa etapa.. mas existe.... «equacione o problema»...... -2 pontos 635/C/4 . O examinando deve respeitar sempre a instrução relativa à apresentação de todos os cálculos e de todas as justificações... 11...... tabela.. as desvalorizações a aplicar....... na resolução de um item. etc. o examinando não respeitar esta instrução....... deve ser atribuída a cotação de 0 (zero) pontos a essa etapa.. o examinando utilizar simbologia.... «sem recorrer à calculadora».. Na resolução apresentada pelo examinando. um que não está de acordo com a instrução . um valor intermédio mal arredondado.. um que não está de acordo com a instrução... Existem itens em cujo enunciado é dada uma instrução relativa ao número mínimo de casas decimais que o examinando deve conservar sempre que. inequivocamente incorrecta do ponto de vista formal (por exemplo......... pelo menos.... a seguir. pelo menos. pelo menos... ou escrever uma expressão.... proceder a arredondamentos.. se escrever o símbolo de igualdade onde deveria estar o símbolo de equivalência). pelo menos... na cotação total a atribuir ao item..... deveria estar o símbolo de igualdade aproximada.......... «resolva graficamente». um valor intermédio mal arredondado e existe. Esta desvalorização não se aplica no caso em que tais incorrecções ocorram apenas em etapas cotadas com 0 (zero) pontos. O examinando deve respeitar sempre qualquer instrução relativa ao método a utilizar na resolução de um item (por exemplo. -1 ponto Todos os valores intermédios estão bem arredondados.

.............................................................6 Escrever D" na forma trigonométrica ......2 Efectuar a divisão na forma trigonométrica ............................................ 12 Escrever D" na forma algébrica ........................................................................S...........2 Restantes cálculos .............. 4 Calcular D" D# ........................... 6 1 -3= # œ 3 ...................................................................................................................................................F.....................................F......... ...Critérios específicos 1......................................... 635/C/5 ......1..............4 V..............................

........................ 3 D œ È$  3 (ver nota 2) ........ e não existe qualquer referência à igualdade dos lados ................................ 3 Triângulo ÒSEFÓ com • o vértice E no primeiro quadrante..................................................2........................... 9 Representar o triângulo ESF ‘ no plano complexo (ver nota 1) ............................... mas onde E e F não são simétricos relativamente ao eixo real....... • E e F simétricos relativamente ao eixo real.......... A cotação desta etapa deve ser atribuída de acordo com o seguinte critério: Representação correcta .................................... • o vértice F no quarto quadrante.......................................0 D na forma de um valor È aproximado.... 4 D œ È$  3 (ver nota 2) ........................ 3 ou 1 D œ # -3= ' ........................................................................................................................................................ • o vértice F no quarto quadrante.... Se o examinando apresentar a parte real de deve ser desvalorizada em 1 ponto. 6 1 B cos ' œ # ......................... 2 Notas: 1..................... em vez do valor exacto $................................................... e não existe qualquer referência que evidencie a simetria ........................ 3 ou Aplicar o Teorema de Pitágoras para concluir que B œ È$ ............................................ 1 Outras situações ..... mas onde EF é manifestamente diferente de SE e de SF ................................................ a cotação a atribuir a esta etapa 2.....................1........................................................................ 635/C/6 ................................ 3 Escrever D na forma B  C 3 ........ 2 Triângulo ÒSEFÓ com • o vértice E no primeiro quadrante....................................................... ......................... 3 D œ È$  3 (ver nota 2) .................

. 2....................................................... a cotação a atribuir a esta etapa deve ser desvalorizada em 1 ponto..................... a cotação mínima a atribuir a esta etapa deverá ser de 1 ponto................ em consequência desta desvalorização............................................................ deve ser convertida em 0 (zero) pontos....................... Se o examinando evidenciar a intenção de determinar 0 w ÐBÑ.... 14 lim 0 ÐBÑ œ  ∞ ........................................................F.......................................... ......................................................................................................................2 Determinar a abcissa do ponto T ... 2...................... a cotação resultar negativa.............. Se........................... 3 Referir que..............................1... 3 Notas: 1.... 14 " 0 w ÐBÑ œ "  ln B  "  B ‚ B  " (ver nota 1) ..................2............1 Determinar 0 Ð#Ñ ... 1 Escrever uma equação da recta < .................................................................................................... 4 Determinar 0 w Ð#Ñ ................................................. 635/C/7 .............. ...... Se o examinando não apresentar o resultado na forma de fracção irredutível...............................................2....................................... pelo facto de 0 ser contínua em todo o seu domínio.. 2 lim c"  ln B  "d œ  ∞ ............................................................ 3 BÄ∞ B lim 0 ÐBÑ B œ "  ln B  " ......... 1 BÄ∞ Concluir que não existem assimptotas não verticais do gráfico de 0 ................................................ 3 0 ÐBÑ œ  ∞ .............. o seu gráfico não tem mais assimptotas verticais ...........................................F........................... V......... a cotação a atribuir a esta questão deve ser desvalorizada em 2 pontos..................... 3 Determinar a área do trapézio (ver nota 2) ........ 2 Nota: Se o examinando tentar verificar a existência de assimptotas não verticais quando B Ä  ∞...........S. 3 BÄ" Concluir que a recta de equação B œ " é assimptota do gráfico de 0 .............................

......... para B œ 1.................. se tem > œ X # .........3 !...............4 Obter a igualdade Mostrar que Interpretar o resultado ...................................."   "%*..............................3 Determinar a distância máxima Ð"&#............. 8 Substituir B por 1 ......... (ver nota)... 3." ......................!"'( cos B    !..!"'( cos B   "%(................................ O examinando pode obter o maximizante e o minimizante por observação directa da figura do enunciado...»....................1................. demorando-se metade do tempo..................................................................1. 1 #1> X œ 1 .................3..4 Concluir que ! é minimizante de ......................................................2 Nota: Não se exige que o examinando utilize a relação entre zeros/sinal da derivada e extremos/monotonia da função............................................................................................................ 0 635/C/8 ......... «Quando B œ 1 percorre-se metade da distância................................ 14 Concluir que 1 é maximizante de ......."Ñ................................................!"'( ........................................ .................2.............3 "&#..............................'"  !.............. 3 "............ 4 ou  " Ÿ cos B Ÿ " ............ mas onde existe evidência de o examinando ter compreendido a situação (exemplos: «Quando o B œ 1............................................"Ñ ....*)$$ ................................... 3 Conclusão ......................................................................3 #1> X X œ 1 Í > œ # .........!"'( cos B   !................ demora-se metade dos dias a fazer uma volta completa de órbita...» ) ........... 6 Interpretação mal redigida............................. é metade do tempo que a Terra demora a descrever uma órbita completa.............................!"'(    !......................») ......................................... (ver nota) .............. relativamente ao Sol......................... 3 Outras situações (exemplo: «O tempo para se chegar ao periélio é metade do tempo que demora a alcançar o Sol........................... ............. 6 A cotação a atribuir deve estar de acordo com os seguintes níveis de desempenho: Interpretação correcta (exemplo: «O tempo que decorre entre a passagem da Terra pelo periélio e o instante em que a Terra atinge o ponto mais afastado da sua órbita........................................................................... 14 Mostrar que............................................................................») ............................................. 3 Determinar a distância mínima Ð"%(...............................!"'(   "  !......................

mas pertencente ao intervalo Ò!.................2 Resultado correctamente arredondado ....#% e respectivo zero) ................................................... 2 Escrever a equação # 1 ‚%" $'&....................... A cotação a atribuir à solução da equação deve ser atribuída de acordo com o seguinte critério: Solução no intervalo Ò!. 3 Valor de B (ver nota 3).......0 2............... 14 Determinar o número de dias que decorrem entre 4 de Janeiro e 14 de Fevereiro (ver nota 1) ................. Ò!ß #1Ò ..........................#% œ B  !........................................... o gráfico da função não respeita o seu domínio) ...................... 6 Explicação do método utilizado (ver nota 2)........................................................... A cotação desta etapa deve ser atribuída de acordo com o seguinte critério: Apresentação do gráfico da função definida por B  !...............2...........3 Apresentação dos gráficos com ausência de alguns elementos (por exemplo..........................................................................F................................................ mas pertencente ao intervalo Ò!............................!"'( sen B ....................!"'( sen B..................... e da recta de equação # 1 ‚%" C œ $'&...........................3 Solução não pertencente ao intervalo anterior......' Ð"  !.......... A cotação desta etapa deve ser atribuída de acordo com o seguinte critério: Número de dias correcto (41) .....("'#à !............................................#% ...(#Ó ...............................2 Número de dias igual a 40 ou a 42 ...........("à !...............0 3....... .................................................!"'( cos BÑ ... 1 Outras situações ...2.3 Determinar a distância pedida ........................ 1 Outras situações ............1 ou 2 Outras situações .............................. ausência da abcissa do ponto de intersecção) e/ou com algumas incorrecções (por exemplo......................................($Ó ............... 3 Resolver a equação ................................... 635/C/9 .....3 Substituir B pelo valor encontrado...........................................................1 Notas: 1......3..............!"'( sen B  $'&................................................("'$Ó ...............S...........(!à !........ com respeito pelo domínio desta função....... na expressão "%*.......0 V.............................. bem como do ponto de intersecção e respectiva abcissa (ou apresentação do gráfico da função definida por # 1 ‚%" B  !..................F................................................................................................................ 2 Solução não pertencente ao intervalo anterior......

....................... demonstrando assim o pretendido ................................................................................... "Ñ A cotação a atribuir deve estar de acordo com o seguinte critério: O examinando explicita os cinco pontos de uma forma clara e encadeada.......... ................................................................................................. 14 A demonstração envolve os seguintes pontos: • referir a continuidade de 1 • justificar correctamente que 1Ð!Ñ  ! 1Ð!Ñ œ  0 Ð"Ñ e 0 Ð"Ñ  ! • justificar correctamente que 1Ð"Ñ  ! 1Ð"Ñ œ 0 Ð"Ñ e 0 Ð"Ñ  ! • evocar o Teorema de Bolzano para concluir que b ................ 8 O examinando explicita três pontos ......................................− Ó !ß "Ò À 1 Ð-Ñ œ ! • referir que 1 Ð-Ñ œ ! Í 0 Ð-Ñ œ 0 Ð..............................................................4 O examinando explicita um ponto ................. mas não o faz de uma forma clara e encadeada .................................. 14 O examinando explicita os cinco pontos..................................................................... 2 635/C/10 ...........10 O examinando explicita quatro pontos ..................................................4................................ 6 O examinando explicita dois pontos ....

.............................. apresentar expressões equivalentes na forma de um produto de fracções..................................4 % ‚ * (ou equivalente) ...........1....................................... Se o examinando indicar apenas o número de casos possíveis e o número de casos favoráveis..............4 "$ G#  "!G# (ou equivalente) ....1 Notas: 1........ Indicam-se a seguir possíveis respostas do examinando....... 6 % ‚ * (ou equivalente) ..................................................................S........ com a respectiva cotação a atribuir.............. mas não escrever a fracção................................................. no entanto..... 9 Expressão que dá a probabilidade (ver notas 1 e 2)................................................................................... 635/C/11 ........... 3............................ As respostas apresentadas têm todas a forma de fracção................................................................................................. 4 Outras situações .............................F..5.................................... O examinando pode............................ A pontuação relativa a esta etapa só pode ser atribuída se a primeira etapa não tiver sido cotada com 0 (zero) pontos.........0 4...............................................................2 2...................................................................................... deverá ser atribuído menos 1 ponto do que nas situações atrás referidas. 8 % ‚ *  "! ‚ * (ou equivalente) .............................8 "! ‚ *  % ‚ * (ou equivalente) ..........0 2........................................................2 3........... 2 Outras situações ......................................................... 4 "! G# (ou equivalente) ........................................................................................................... 1............. 8 Resultado na forma de fracção irredutível (ver nota 3).....F............. no que respeita à escrita da expressão..................................................................º caso: Fracções com denominador #$ ‚ ## e numerador igual a: # ‚ % ‚ *  "!E# (ou equivalente) ................................ ..........º caso: Fracções com denominador #$# e numerador igual a: # ‚ % ‚ *  "!# (ou equivalente) ......... V... 3 Outras situações .................º caso: Fracções com denominador #$ G# e com numerador igual a: % ‚ *  "!G# (ou equivalente) .........................4 "! E# (ou equivalente) .º caso: Fracções com outros denominadores ......................................... 6 % ‚ * ‚ # (ou equivalente) .....

......... dois processos............................................ 2 (ver nota 1) ................... 9 Este exercício pode ser resolvido por.......... 2 (ver nota 2) .................º Processo: Referir que existem 9 alunos com sete anos........... deve ser atribuída a cotação de 0 (zero) pontos à totalidade da resposta a este item................ 635/C/12 .. 1......... Se o examinando.... desrespeitando a instrução do enunciado........................7 Concluir que a probabilidade pedida é 2................5..... ... T ÐEÑ a cotação a atribuir a esta etapa deve ser desvalorizada em 3 pontos........2.............. dos quais 2 são rapazes ...... pelo menos............ 1 Notas: 1...................... 6 Concluir que a probabilidade pedida é # * .. não explicitar os valores de T ÐF ∩ EÑ e de T ÐEÑ............ 2.............. se escrever T ÐF ∩ EÑ # œ *.................................. ou seja....................º Processo: Referir que T ÐFlEÑ œ Concluir que T ÐFlEÑ œ T ÐF ∩ EÑ T ÐEÑ # #$ * #$ # * ........ Se a fórmula apresentada pelo examinando estiver incorrecta...............................

................................................... 2 O examinando não identifica a afirmação falsa ............................... mas nem sempre utiliza uma linguagem matematicamente correcta .................... como todos os alunos têm idade superior ou igual a 16 anos........... \ ∪ ] é um acontecimento certo. como todos os números múltiplos de 4 são pares...................................... como não existem raparigas com 18 anos... \ ∪ ] œ \ ................................. 14 Explicar a rejeição das opções 1... 4 O examinando identifica a afirmação falsa............................... 2 Notas: 1.. Para cada uma das três opções que o examinando deve rejeitar........ cada uma das três rejeições (da etapa anterior) ou se o examinando justificar convenientemente porque é que as três afirmações são verdadeiras. Opção 3: A afirmação T Ð\ ∩ ] Ñ  ! é falsa porque.... mas não explica correctamente a razão pela qual a afirmação é falsa .... \ ∩ ] œ g......... com pelo menos 2 pontos.......... na opção 4.............................. 635/C/13 . Opção 2: A afirmação T Ð\ ∪ ] Ñ  T Ð\Ñ é falsa porque.. A cotação relativa a esta etapa só deve ser atribuída se tiverem sido cotadas... utilizando sempre uma linguagem matematicamente correcta ........ 12 Concluir que a opção 4 é a correcta (ver nota 3) .........6... explica correctamente a razão pela qual a afirmação é falsa...... explica correctamente a razão pela qual a afirmação é falsa... 3 O examinando identifica a afirmação falsa...................................... 2 e 3 (ver notas 1 e 2) ....... 0 2......... Para cada uma das três opções. .... Opção 1: A afirmação T Ð\ ∪ ] Ñ  " é falsa porque....... 3.................... a cotação a atribuir deve estar de acordo com os seguintes níveis de desempenho: O examinando identifica a afirmação falsa............. indica-se o mínimo que se aceita como justificação correcta da falsidade da afirmação em causa...

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful