Você está na página 1de 1

Exame Físico do Aparelho Cardiovascular josé rodolfo rocco

- antes, avaliar os pulsos arterial, venoso e pressão arterial sistêmica

I - Inspeção do precórdio
• ictus cordis - decúbito dorsal e lateral esquerdo
• ictus de ventrículo direito
• abaulamentos precodiais (aneurisma)

II - Palpação do precórdio
• ictus cordis, ictus de VD
⇒ localização, forma e extensão (difuso ?), intensidade (propulsivo ?), mobilidade
com o decúbito, freqüência, ritmo, presença de frêmito catárito, onda pré-sistólica (B4), onda proto-
diastólica (B3) - teste da caneta no ictus cordis
• focos - mitral, aórtico, pulmonar, aórtico acessório (Erb) e tricúspide
⇒ choque valvar, estalido de abertura ou fechamento, frêmitos

III - Ausculta - decúbito dorsal, lateral esquerdo e sentado (postura de Harvey)


• B1, B2 (diafragma); B3 e B4 (campânula)
• desdobramento de bulhas (B1 - mesocárdio), (B2 - foco pulmonar)
• Sequência: Mitral → Aórtico → Pulmonar → Aórtico Acessório (Erb) → Tricúspide →
Mesocárdica ou Endomucrômica
• Hiperfonese / Hipofonese de bulhas
• Freqüência / Ritmo (fetal, pendular, três tempos, de galope (atrial, ventricular esquerdo ou
direito, de soma ou adição), quatro tempos
• estalido de abertura ou fechamento
• atrito pericárdico
• sopro sistólico ou diastólico (ruflar), ejetivo ou aspirativo, holo, proto, meso,
telessistólico/ diastólico, sede, intensidade, irradiação e propagação, tom e timbre (aspirativo, jato
de vapor, musical, rude)
• manobras ⇒ Rivero-Carvallo (↑ coração direito)
⇒ “hand-grip” (↑ coração esquerdo)
⇒ Valsalva (↓ ambos, exceto Miocardiopatia septal assimétrica)
⇒ Manobra aspiratória de Muller - inspiração profunda bloqueada (↓ coração
direito)
⇒ exercício físico (sentar e deitar na cama diversas vezes, subir e descer
escada, deambular) ⇒ cócoras (↓ retorno venoso)

Exemplo de descrição de exame do aparelho cardiovascular


Ictus cordis visível no 6° EIE a 3 cm para fora da LHCE, propulsivo, difuso, ocupando 3
polpas digitais, móvel com o DLE, frêmito sistólico pálpavel, onda proto-diastólica palpável. Ictus
de VD ++/4+. Choque valvular palpável em FP.
Ritmo Cardíaco Irregular (RCI) por ESV (4-6/minuto), em 3T por B3 de VE, sopro
holossistólico ++++/6+, rude e intenso em FM com irradiação para a axila e dorso, click
mesossistólico em FM, ruflar diastólico +++/6+ com reforço pré-sistólico, sopro sistólico ++/6+ em
FT, B1 hiperfonética em FM após batimento extrassistólico, B2 hiperfonética e amplo
desdobramento paradoxal em FP.
Conclusão: Cardiopatia orovalvular; dupla lesão mitral (reumática ?), insuficiência tricúspide
(funcional ?), hipertensão arterial pulmonar (BRE ?), cardiomegalia, extrassistolia ventricular.