Você está na página 1de 1

Índice de Rendimento Acadêmico – IRA

O IRA é uma medida que apresenta valores entre 0 (zero) e 10.000 (dez mil), sendo
possível seu cálculo logo após a conclusão das primeiras disciplinas matriculadas após o
ingresso na UFC. Essa medida representa uma média, ponderada, de todas as notas obtidas
pelo discente ao longo da sua integralização curricular. No cálculo do IRA são consideradas
somente as notas obtidas, não sendo levado em consideração o conceito, assim como a
freqüência do aluno e não há discriminação entre disciplinas obrigatórias e opcionais, assim
como entre disciplinas que o aluno obteve aprovação ou reprovação. Na ponderação são
considerados: o número de créditos da disciplina e o momento em que esta foi concluída,
observado por intermédio da quantidade de semestres que o aluno já cursou na
universidade, limitando-se ao valor 6. Desse modo: as disciplinas cursadas no primeiro
semestre, possui peso 1; as disciplinas cursadas no segundo semestre, possui peso 2 e
assim, respectivamente, até o limite do sexto semestre de permanência do aluno, sendo
atribuído o mesmo peso 6 nas disciplinas cursadas nos semestres subseqüentes, sétimo,
oitavo, etc. Nas disciplinas anuais o peso adotado é o referente ao semestre de início da
disciplina.

Número de disciplinas trancadas

As disciplinas trancadas, por não terem notas, não são contabilizadas no cálculo da
média ponderada para o IRA, porém há um redutor em relação aos trancamentos. Esse
redutor é calculado por intermédio do percentual de disciplinas trancadas, entre todas as
disciplinas que o aluno teve matrícula. A redução do IRA é maior para os alunos que
concluíram um número menor de disciplinas, sendo amenizado com a conclusão de um
número maior de disciplinas. Como exemplo tem-se duas simulações: em um primeiro caso,
tem-se um aluno que faz um trancamento no primeiro semestre, em que está inicialmente
matriculado em 5 disciplinas, este terá o IRA calculado ao final desse primeiro semestre com
90% da média das notas obtidas nas 4 disciplinas não-trancadas, sendo essa média
ponderada por intermédio dos respectivos créditos atribuído a estas disciplinas; em um
segundo caso, tem-se um aluno que no oitavo semestre de permanência na Universidade fez
seu primeiro trancamento. Nesse caso, admitindo-se que o aluno já cursou, incluindo as
cursadas no oitavo semestre, um total de 39 disciplinas concluídas, terá o IRA calculado ao
final desse oitavo semestre com 98,75% da média das notas obtidas nas 39 disciplinas não-
trancadas, sendo essa média ponderada por intermédio dos respectivos créditos atribuído a
estas disciplinas, bem como o peso do semestre em que estas foram cursadas.

Cálculo do IRA

Em que:

Dt = número de disciplinas trancadas;


Dc= número total de disciplinas cursadas (incluindo trancadas e com reprovação);
Pi = nota final da disciplina "i";
Cri= número de créditos da disciplina "i";
Pei= período em que a disciplina "i" foi cursada, obedecendo à seguinte limitação:
Pei = mínimo{6, semestre em que a disciplina foi cursada}.