Proteção Radiológica

Facilitador: Gleydson Nicolau Especialista em radioproteção

O que é proteção radiológica?
Segundo a norma da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) é o conjunto de medidas que visam proteger o homem, seus descendentes e seu meio ambiente contra possíveis efeitos indevidos causados por radiação ionizante proveniente de fontes produzidas pelo homem e de fontes naturais modificadas tecnologicamente.

Fatores da proteção radiológica  Tempo de exposição  Blindagem adequada  Distância da fonte ou aparelho produtor de radiação .

Efeitos das radiações  Não percebidas pelos sentidos do corpo Efeitos manifestados no futuro Efeito estocástico Efeito determinístico    .

Efeitos das radiações .

.Princípios de proteção radiológica   ALARA (tão baixo quanto possivelmente exeqüível) Conviver de forma harmoniosa e segura com a radiação.

Princípios de proteção radiológica(ALARA) Justificação: Apenas produzir e utilizar a radiação suficiente para produzir algum benefício. sendo rigorosamente observado.planejado e calculado para evitar exposição desnecessária aos indivíduos.  . Otimização: Utilizar sempre a menor dose possivel de radiação.

Recomendações práticas para otimização da dose.  Filtro na janela do tubo:  Limitadores de campo: .

 Campo de radiação: .Recomendações práticas para otimização da dose.

 Saiote de chumbo:  Distância mínina do foco a pele (30cm) .Recomendações práticas para otimização da dose.

 Ecrans intensificadores de luz verde.Recomendações práticas para otimização da dose. (mais rápido)  Calibração periódica do aparelho .

Recomendações práticas para otimização da dose.   Evitar repetições Manutenção periódica do sistema de processamento. .

 Sempre utilizar técnicas cm alto Kv e baixo mAs. mAs = mA x S .Recomendações práticas para otimização da dose.A. Kv = (E x 2) + C.

Proteção ao trabalhador    Exames clínicos periódicos Hemograma completo (contagem de plaquetas) Biombos e barreiras .

Proteção ao trabalhador  Usar sempre que necessário avental de chumbo .

Proteção ao trabalhador   Não se expor a radiação primária Utilizar sempre o dosimetro .

.Intensidade de radiação  A intensidade da radiação é inversamente proporcional ao quadrado da distância.

Princípio da limitação de dose RelacionaRelaciona-se com os limites de dose individuais tanto ara a exposição ao público como para a exposição do Indivíduo Ocupacionalmente Exposto. .

Exposições ocupacionais      Devem ser controladas. Não exceder em nenhum ano 50 mSv. Dose equivalente anual não deve exceder 500 mSv para extremidades e 150 mSv para o cristalino. Os valores dos limites de dose não podem ser excedidos. . Dose efetiva média anual não deve exceder 20 mSv em qualquer período de cinco anos consecutivos.

Unidades de radiação Grandezas mais utilizadas em proteção radiológica: Atividade (A) Exposição (X) Dose absorvida (D) Dose equivalente (H) .

Pelo (SI) a unidade de radiação é o Becquerel.Unidades de radiação Atividade: Número de desintegrações radioativas por unidade de tempo. não deixando de mencionar o tempo de meia vida .  .

.Unidades de radiação  Atividade Tempo de meia vida: Intervalo de tempo em que uma amostra deste elemento se reduz à metade. Este intervalo de tempo também é chamado de período de semidesintegração.

4 dias  . * Meia vida = 74.Unidades de radiação Atividade Tempo de meia vida EX:  Cobalto 60 * Meia Vida = 5.24 anos  Irídio 192.

Unidades de radiação Exposição: Capacidade dos raios X ou raios gama de produzirem ionizações no ar. No (SI). a unidade utilizada é C/Kg (carga elétrica por unidade de massa)  .

É a quantidade de energia transferida na matéria por unidade de massa: Gy = J / Kg  .Unidades de radiação Dose absorvida: Engloba todos os tipos de radiações ionizantes e é válida também para qualquer tipo e material absorvedor.

Unidades de radiação Dose equivalente: A dose equivalente considera os seguintes fatores: Tipo de radiação ionizante Energia transferida Distribuição da radiação do tecido Utilizando esse fatores podemos avaliar o dano biológico causado pela radiação ionizante.  .

Utilizar. . Distância e Blindagem. Nunca ficar na direção do feixe primário de radiação. Evitar a repetição de radiografias. sempre que possível os EPIs.Orientações gerais em proteção radiológica       Aplicar as normas básicas de proteção:Tempo . Evitar segurar o paciente na hora do exame. Usar sempre o dosímetro pessoal.

Só realizar exames em mulheres grávidas se solicitado pelo médico responsável e com medidas de proteção para o caso.Orientações gerais em proteção radiológica     Se for inevitável segurar o paciente usar sempre avental de chumbo e de tireóide. . Usar sempre o protetor de gônadas desde que não interfira no resultado do exame. Colimar apenas a área anatômica de interesse.