AGENTE DE PORTARIA

CURSO DE AGENTE DE PORTARIA (PORTEIRO) SUMÁRIO
PROGRAMA DE CURSO..............................................................................................3
1.ASPECTOS GERAIS DA FUNÇÃO...................................................................................................................5 1.A CONSCIÊNCIA DA PROFISSÃO...................................................................................................................5 2.A RELAÇÃO PROFISSIONAL DE TRABALHO ..........................................................................................5 AO SE ASSINAR UM CONTRATO DE TRABALHO, O EMPREGADOR E O EMPREGADO ESTABELECEM ENTRE SI DIREITOS E OBRIGAÇÕES MÚTUOS COM OBJETIVO DE OBTER A SATISFAÇÃO DAS PARTES ENVOLVIDAS.....................................................................................................6 3.A RESPONSABILIDADE DA FUNÇÃO............................................................................................................6 4.A MORALIDADE.................................................................................................................................................6 2. ASPECTOS HUMANOS......................................................................................................................................7 5.PERFIL DA PROFISSÃO....................................................................................................................................7 6.HABILIDADES DO PROFISSIONAL DE PORTARIA...................................................................................7 7. AS RELAÇÕES HUMANAS...............................................................................................................................9 8.NOÇÕES DE APRESENTAÇÃO E HIGIENE PESSOAL.............................................................................10 9. ORIENTAÇÕES PARA A QUALIDADE DE VIDA......................................................................................11 10.QUANTO ÀS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS (DST)...................................................14 3. ASPECTOS OPERACIONAIS.........................................................................................................................15 11.SEGURANÇA FÍSICA DE INSTALAÇÕES.................................................................................................15 12.SISTEMAS ELETRÔNICOS DE SEGURANÇA..........................................................................................19 13.SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO..................................................................................................................26 14.ATRIBUIÇÕES BÁSICAS DO AGENTE DE PORTARIA.........................................................................34 15.TÉCNICAS DE SEGURANÇA EM PORTARIAS........................................................................................35 16.PROCEDIMENTOS BÁSICOS DA ATUAÇÃO NA FUNÇÃO..................................................................38 NA PORTARIA DE EMPRESAS, O AGENTE DE PORTARIA DEVE ESTAR SEMPRE ATENTO ÀS SUAS ATRIBUIÇÕES, NO QUE SE REFERE AO TRATAMENTO DISPENSADO AOS FUNCIONÁRIOS, CLIENTES E FORNECEDORES.......................................................................................38 17.PROCEDIMENTOS GERAIS DA FUNÇÃO DE AGENTE DE PORTARIA...........................................45 18. PROCEDIMENTOS EM CASO DE IDENTIFICAÇÃO DE OCORRÊNCIAS.......................................47 19.PROCEDIMENTOS NA PASSAGEM DO SERVIÇO..................................................................................49 20.PRINCIPAIS DEVERES..................................................................................................................................51 4.ASPECTOS GERAIS..........................................................................................................................................53 21.PROCEDIMENTOS EM PRIMEIROS SOCORROS...................................................................................53 22.PROCEDIMENTOS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS....................................................58

AGENTE DE PORTARIA PROGRAMA DO CURSO EMENTA Conceitos Gerais. Aspectos do Perfil, Habilidades e Relações Humanas. Descrição dos Sistemas de Segurança. Apresentação de Atribuições, Técnicas e Procedimentos. Identificação de Deveres Funcionais. Primeiros Socorros e Combate a Incêndios. CARGA HORÁRIA TOTAL 40 horas OBJETIVOS O curso visa oferecer aos participantes subsídios para que possam: • • • • • • • Reconhecer a importância e responsabilidades da função; Identificar o perfil, as habilidades e as relações necessárias para o Agente de Portaria; Identificar os aspectos da segurança de instalações; Entender as características dos sistemas eletrônicos de segurança; Identificar as técnicas de segurança em portarias; Identificar os procedimentos inerentes a função; Reconhecer as medidas de primeiros socorros e combate a incêndio.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO • Aspectos Gerais:

A Consciência da Profissão A Relação Profissional de Trabalho A Responsabilidade da Função
A Moralidade • Aspectos Humanos:

Perfil da Profissão Habilidades do Profissional de Portaria As Relações Humanas Noções de Apresentação e Higiene Pessoal
3

AGENTE DE PORTARIA Orientações para a Qualidade de Vida • Aspectos Operacionais:

Segurança Física de Instalações Sistemas Eletrônicos de Segurança Sistemas de Comunicação Atribuições Básicas do Agente de Portaria Técnicas de Segurança em Portarias Procedimentos Básicos da Atuação na Função Procedimentos em Casos de Identificação de Ocorrências Procedimentos na Passagem do Serviço Principais Deveres do Agente de Portaria
Proibições Especiais • Aspectos Diversos:

Procedimentos em Primeiros Socorros
Procedimentos de Prevenção e Combate a Incêndios BIBLIOGRAFIA • CARDOSO, Márcio Alfredo Tanure. O Agente de Portaria do Futuro – Manual Prático do Agente de Portaria; Belo Horizonte, Belo Horizonte, 2001. • • GODOY, José Elias de; BARROS, Saulo C. Rêgo. Manual de Segurança em Condomínios; São Paulo, Igal, 1998. SMITH, Laura Ditt; LIMA, Sueli Santos. Treinamento de Pessoal de Condomínio; Viçosa, Aprenda Fácil, 1999.

4

Carpenter (carpinteiro). deve inspirar orgulho em quem a exerce. é comum as pessoas assumirem compromissos sem ter consciência do que fazem. respeitosa e necessária a toda a comunidade. ASPECTOS GERAIS DA FUNÇÃO 1. A profissão de Agente de Portaria ou Porteiro. Exemplos: Smith (ferreiro). O valor do trabalho de uma pessoa é definido pelo mercado. Por herança cultural. sendo levadas pela necessidade de sobrevivência. A Relação Profissional de Trabalho 5 . sem levar em consideração se é o que sabe e gosta de fazer. etc. 2. também é comum. e ele responde que sabe fazer “quase tudo”. Fischer (pescador). É muito importante escolher uma profissão que realmente se tenha aptidão e satisfação em exercê-la para que você possa se diferenciar no mercado de trabalho. A consciência e a assimilação dos princípios básicos de uma profissão podem fazer de você um profissional competente e respeitado. A Consciência da Profissão Em nosso país. não damos o devido valor à profissão. pois é digna. e depende diretamente do grau de dificuldade e responsabilidade das atividades e da oferta de mão-de-obra com a qualificação necessária. o entrevistador perguntar qual a profissão do candidato. O candidato a emprego normalmente "agarra" o primeiro serviço que aparece. como se queira denominar. Por isso. nas entrevistas de seleção. por isso é freqüente o sobrenome das pessoas espelharem a profissão da família. Nos países mais desenvolvidos a profissão de uma pessoa é muito valorizada.AGENTE DE PORTARIA AGENTE DE PORTARIA (PORTEIRO) 1. nós brasileiros.

4. para a satisfação de quem recebe os seus serviços. virtuosa e ética. Ao empregado contratado. 159 . fica obrigado a reparar o dano. A Responsabilidade da Função Ao assumir um posto. É obrigação do profissional de Portaria estar bem atento a todas as suas atitudes no trabalho para poder andar sempre de "cabeça erguida". correspondências. Ter moral significa ser uma pessoa honesta. pois controla a entrada e saída de pessoas. e propiciar condições de trabalho seguras e tratamento respeitoso. 3. acarretará uma inevitável dispensa por JUSTA CAUSA e um dano irreparável na história profissional do Agente de Portaria.Aquele que por ação ou omissão voluntária. o Agente de Portaria está sendo investido de grande responsabilidade. o empregador e o empregado estabelecem entre si direitos e obrigações mútuos com objetivo de obter a satisfação das partes envolvidas. regras e conceitos adotados para orientar a convivência sadia entre as pessoas. como se diz popularmente. o empregador tem por obrigação pagar o salário e os benefícios legais dentro dos prazos estabelecidos. negligência ou imprudência violar direito ou causar prejuízo a outrem.AGENTE DE PORTARIA Ao se assinar um contrato de trabalho. dedicação e honestidade. A Moralidade A Moral é o conjunto das normas. 6 . condomínio ou residência. veículos e informações valiosas para a organização. conforme o Código Civil Brasileiro: Art. São atos imorais aqueles que impedem uma pessoa de cumprir com suas obrigações contratuais e faltar com o respeito às pessoas no ambiente de trabalho. Importante: Uma ocorrência desta natureza. cumpre realizar os serviços com profissionalismo. boa. produtos. Basicamente. mercadorias. Uma falha grave na portaria poderá levar a prejuízos financeiros e morais para o a empresa ou condomínio que poderá acarretar uma Ação de Reparação de Danos.

comprovados em exames de saúde. Endereço residencial fixo.AGENTE DE PORTARIA 2. • • • • • • • • • • • 6. Capacidade de operar equipamentos de segurança. e assume tudo o que faz e diz. Cursos e treinamentos na sua área de atuação. Para isso. Aptidões físicas e mentais. Experiência comprovada na função. 7 . Perfil do Profissional de Portaria: Ensino fundamental completo. Estabilidade funcional comprovada em carteira de trabalho. Conhecimento básico de informática. ASPECTOS HUMANOS 5. RESPONSABILIDADE . cumpre com a sua palavra e seus compromissos. Indicações através de cartas de apresentação (cuja veracidade será confirmada). Ficha criminal isenta de antecedentes. Atualmente. 8. quem contrata um Agente de Portaria busca um profissional confiável e que domine as técnicas de sua profissão. Habilidades do Profissional de Portaria I. busca recrutar e selecionar candidatos através de empresas de recrutamento ou de anúncios em jornais e rádios. fizeram com que o mercado de trabalho esteja buscando profissionais mais capacitados e competentes.indica a pessoa que responde pelos atos praticados. Habilidade em relações humanas. Perfil da Profissão O aumento da criminalidade e o avanço da tecnologia.

motivação e satisfação em desempenhar determinada atividade. XI. PONTUALIDADE . nem às de outrem. LEALDADE . ENTUSIASMO . CONTROLE EMOCIONAL . INICIATIVA . V. VIII. intelectual e moral.indica a pessoa que manifesta honestidade e fidelidade no cumprimento das responsabilidades assumidas. PRESTEZA . IMPARCIALIDADE . IV. INTELIGÊNCIA .indica a pessoa que cumpre com presteza uma ordem recebida. IX. URBANIDADE .indica a pessoa que tem a capacidade de dominar as reações psicológicas surgidas face às emoções que se apresentam diante de determinados fatos. XII. XIII. mostrando exatidão no cumprimento do dever. visando à sua melhor integração individual e social.indica a pessoa que tem alegria.indica a pessoa que sabe tratar com educação. de entender as coisas que chegam ao seu conhecimento e adaptar-se às situações novas.indica a pessoa que não sacrifica a sua própria opinião à própria conveniência. maior ou menor. É condição inseparável da dignidade humana. orgulho.indica a pessoa que tem correta observância na execução de trabalhos e compromissos no horário programado.AGENTE DE PORTARIA II. ASSIDUIDADE – indica a pessoa que desenvolve o hábito de estar sempre presente onde deve estar para cumprir seus deveres. VII. indo ao encontro do serviço e ao cumprimento imediato do dever. MORALIDADE . III. VI. fazendo julgamento desapaixonado e justo dos atos e ações. 8 . fazendo jus à confiança que lhe é depositada.indica a pessoa que tem o sentimento de consideração e cordialidade no trato com as outras pessoas ou às coisas. cortesia e civilidade as pessoas. através do desenvolvimento de atitudes física.indica a pessoa que é capaz de apresentar uma decisão diante de situações de emergência ou de problemas imprevistos. deixando de praticar certos atos por obediência à sua consciência.indica a pessoa que possui um conjunto de regras de conduta consideradas como corretas.indica a pessoa que tem a capacidade. RESPEITO . X.

disciplina. • • Objetivos das Relações Humanas: Proporcionar melhor compreensão entre as pessoas. 9 . 7. tranqüilidade. Uma personalidade considerada "normal" é manifestada por uma conduta equilibrada e estável. fluência verbal. mantendo-o em perfeito estado de conservação. no seu modo de se vestir. os métodos e as atividades empregadas por uma pessoa.indica a pessoa que tem cuidado com os seus pertences ou com o EFICIÊNCIA . AGENTE DE PORTARIA ZELO . XV. A personalidade é uma manifestação das características de uma pessoa. As Relações Humanas Relações Humanas é a ciência que estuda o comportamento. é manifestada por uma conduta irregular que varia conforme o estado da pessoa no momento. A variação constante de conduta ou as mudanças repentinas de humor retratam uma personalidade desequilibrada e cria enormes dificuldades para as relações humanas no trabalho. ou grupo de pessoas. IMPORTANTE: Além das habilidades descritas acima são necessários ainda atenção concentrada. da sua maneira de se dirigir às pessoas. A personalidade "anormal". observação. memória visual e auditiva. Facilitar a mudança de comportamento.indica a pessoa que apresenta resultados satisfatórios no patrimônio a ele confiado. segundo as regras do convívio social. dinamismo. discrição.XIV. revelada através dos seus gestos. obediência. a fim de promover relacionamentos favoráveis com outras pessoas. na higiene pessoal e até mesmo na sua fisionomia alegre e respeitosa em relação aos outros. ótimo relacionamento interpessoal e trabalho em equipe. as quais se tornam visíveis através da sua conduta. O que mede as boas relações humanas de uma pessoa é a regularidade em sua conduta. organização. de seu modo de falar. Nesta ciência o estudo da personalidade é de suma importância. 9. desempenho das atividades realizadas através do alcance dos objetivos a ele propostos.

EDUCAÇÃO. RECONHECIMENTO e ENTENDIMENTO. sejam próprios ou terceirizados.).2. GENTILEZA e PRESTEZA. fornecedores. visitantes (familiares ou não). Como Tratar com o Público Externo A atitude deve ser de CORDIALIDADE. Elevar a qualidade na comunicação. ACATAMENTO.1. luz ou telefone. Este público deve ser tratado com: DIGNIDADE. por isso procure conhecer o temperamento de cada um respeitando sua individualidade e tentando descobrir suas virtudes. AMIZADE.• • AGENTE DE PORTARIA Suavizar as questões surgidas entre grupos. SOBRIEDADE. DISCRIÇÃO. Público com quem o Agente de Portaria mantém Relações Humanas: • Público Externo clientes. raciais. IMPORTANTE: Lembre-se de que os superiores e colegas são pessoas que erram e portam defeitos como você. 10. ou todos os moradores do condomínio. intelectuais e sociais. 10. pois cada pessoa possui diferenças físicas. Noções de Apresentação e Higiene Pessoal 10 .1.1. Sucam. É importante evitar intimidade. • Público Interno .2. RESPEITO. Como Tratar o Público Interno: A atitude deve ser de buscar obter a cooperação de todos na obediência às normas estabelecidas pela administração. ANOTAÇÕES: 8. atitudes indecorosas e gírias.todos os funcionários da organização. CALMA. EDUCAÇÃO. agentes de órgãos governamentais (Polícia. etc. SIMPATIA. CORTESIA. 10.2. agentes das concessionárias de água.

Manter sapatos limpos e lustrados. a fim de evitar micoses superficiais. Manter cabelos limpos. Alimentar-se em intervalos regulares. frutas e legumes e carnes magras. 9. Escovar os dentes pelo menos 3 vezes ao dia. Tomar banhos de chuveiro diariamente. sobretudo. Manter os pés limpos e enxutos. lavando corretamente a pele e o couro cabeludo. Manter barba e bigode aparados e limpos. Uma alimentação sadia deve ser composta em maior parte de verduras. Manter as mãos e unhas limpas e aparadas. nem consumir bebidas alcoólicas antes e durante o trabalho. Orientações para a Qualidade de Vida 11. O excesso de açúcar pode levar ao diabetes e o de sal pode causar problemas de pressão arterial alta. muito doces ou muito salgados. cortados e penteados. Quanto à Alimentação A recomendação fundamental é o controle da ingestão de alimentos muito gordurosos. Beber 11 . no final da jornada de trabalho. quanto à sua apresentação e higiene pessoal: • • • • • • • • • • Lavar as mãos antes das refeições e. principalmente. Usar uniformes limpos. após as refeições. Uma pessoa necessita se alimentar quatro vezes ao dia e beber de dois a três litros de água. antes e depois de qualquer trabalho. O excesso de gordura se acumula nas artérias e provoca o seu entupimento (arteriosclerose) podendo causar infarto no coração ou derrame no cérebro. lavados e passados. procurando comer alimentos saudáveis. principalmente.AGENTE DE PORTARIA Um Agente de Portaria deve seguir as seguintes orientações. IMPORTANTE: O Agente de Portaria JAMAIS deve fumar durante suas tarefas ou nos locais de refeição.

câncer. Normalmente. Alcoolismo O alcoolismo é uma doença crônica e progressiva. impotência. O alcoólatra apresenta prejuízos nos aspectos físicos. doenças do fígado. é muito importante para deixá-lo em boa forma física. sendo seguidas pelos tranqüilizantes. alterações sanguíneas que provocam hemorragias. o alcoólatra nega que é dependente. 12. As drogas mais consumidas são o álcool. freqüentes e compassadas. Quanto aos Exercícios Físicos Para se ter uma vida saudável e para exercer uma atividade profissional deve-se estar sempre bem preparado fisicamente. 13. etc. profissional. disfunção testicular. fazer alongamentos e flexões de pelo menos 15 minutos ao dia. social e financeiro. estimulantes e remédios para emagrecer. hipoglicemia. A maconha está em quarto lugar e a cocaína em oitavo.AGENTE DE PORTARIA muito líquido durante as refeições não faz bem para o processo digestivo e contribui para a obesidade. Quanto aos Vícios Embora a sociedade se preocupe muito com uso da maconha e da cocaína. pelo menos três vezes por semana. Alcoólatra é todo indivíduo que bebe sistematicamente sem conseguir evitar este hábito. alterações cardíacas. mental. no serviço e nas estradas. As principais conseqüências do alcoolismo são: baixo rendimento no trabalho. Tabagismo 12 . diz que bebe menos do que realmente bebe e que para de beber a hora que quiser. essas não são as drogas de maior consumo. Fazer caminhadas. lesão cerebral. acidentes no lar. problemas pulmonares. 14. degeneração dos ossos. o cigarro e os inalantes (cola de sapateiro). moral. 15. manifestada pela ingestão repetida de bebidas alcoólicas com dificuldade de abstenção. Antes de sair para o trabalho.

Quanto à Saúde Psicológica 16. leva-se para o trabalho seus problemas pessoais.2. enfisema. pois. Os fumantes adoecem com uma freqüência duas vezes maior que os não fumantes e uma em cada sete mortes no Brasil deve-se a doenças causadas pelo fumo. é importante que seja estimulado o diálogo franco e respeitoso. derrame cerebral. ela trará uma enorme intranqüilidade no trabalho. infarto do coração. os quais afetam diretamente seu comportamento e seu rendimento profissional. 16. câncer. Para se ter uma vida familiar harmoniosa. o custo do cigarro é significativo na renda familiar. doenças dos vasos sanguíneos e úlceras do estômago. Harmonia em Família Quando não se está em harmonia com os familiares.2. não indo bem. Uma pessoa em harmonia com sua família estará numa boa condição psicológica para desempenhar suas atividades profissionais. 16. A Condição Financeira É fundamental para o profissional estar em condição financeira equilibrada.2. Os filhos de fumantes adoecem duas vezes mais que os filhos de não fumantes e têm mais chances de também serem fumantes. conforme diz o ditado popular: "em se conversando.1. pois.AGENTE DE PORTARIA O hábito de fumar pode causar bronquite. 13 . exceto se ele for inevitável.1. Além de todo o mal causado à saúde. tudo se ajeita". Para se ter uma condição financeira equilibrada a regra é simples: gastar menos do que se recebe e planejar os gastos com muito cuidado. O endividamento deve ser evitado a todo custo. onde cada um observa o direito do outro.1.

10. Quanto às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) Um dos males da nossa sociedade que também afetam o profissional na sua produtividade e no seu bolso. herpes. corrimentos. Principais Doenças Doença Gonorréia Forma de Transmissão Sintomas sexo e contato com roupas e coceira. Os telefonemas devem ser breves e só em caso de necessidade. Outras doenças sexuais: uretrite. escabiose e ftiríase. economizando água e sabão. 14 . sexo enfraquecimento do imunodeficiência adquirida) sem preservativos.AGENTE DE PORTARIA A economia dos gastos deve ser responsabilidade de todos na família. Muito importante também é a quantidade de filhos. ardência tampos de vasos sanitários secreção purulenta infectados órgãos genitais sexo e contato com áreas úlceras purulentas Cancro (“cavalo”) Mula e mãos) sexo e nos na contaminadas do corpo (unhas região genital e na virilha lesão nos órgãos genitais seguido de íngua na virilha AIDS (síndrome da sangue e seus derivados. inclusive pelo beijo. são as doenças sexualmente transmissíveis. pois quanto mais filhos menos condições poderemos dar a eles. A roupa deve ser lavada de uma só vez. gestação sistema imunológico ou amamentação IMPORTANTE: A AIDS não se transmite através de picadas de insetos ou através de simples contato com as pessoas. Os banhos não podem ser demorados.

Normalmente. pois na grande maioria. Deve-se atentar para que tais obstáculos físicos não sirvam como escada para posterior escalada de marginais e. para que não sirvam como degrau. também. Ao se optar por grades de ferro. 15 . ofendículos. cercas vivas. Segurança Física de Instalações A segurança física das instalações de um condomínio ou de uma empresa é fator imprescindível para a diminuição dos riscos que possam ameaçar o bem-estar dos condôminos ou funcionários. nas divisas frontais se utilizam muros fechados. (exemplos: vegetação. gradis. é necessário observar que estas devem ser altas. concertinas. portarias. entre outros. 18. cercas.AGENTE DE PORTARIA 3. Barreiras Físicas São obstáculos naturais ou artificiais que servem para impedir ou dificultar o acesso de pessoas estranhas em locais delimitados ou proibidos e controlar os locais permitidos. 17. etc). cancelas. no mínimo 2. As divisas frontais podem também ser fechadas com muros. para que não sirvam como esconderijo. assim como à proteção perimetral do local. Divisas Físicas As divisas físicas de uma instalação devem ser bem definidas para que possam atender às exigências técnica e estética. portões. alambrados. grades com vegetação. muros. existe uma portaria que elimina a necessidade de se observar o interior dos jardins à chegada dos moradores. misto de muro e gradil. ASPECTOS OPERACIONAIS 11. portas. alambrados. e com barras transversais distantes entre si o máximo possível.50 metros.

Muros Os muros devem ser de alvenaria ou de concreto. 5cm x 5cm. com suas pontas em "l". Servem como telas.50 metros. sendo muito eficientes quando utilizados. com altura mínima de 2. 20. não devendo fugir de seu projeto arquitetônico e estético. mas. a fim de dificultar sua escalada. Vegetação É comum que se tenha vegetação tanto na parte externa quanto interna. o que é muito empregado em edificações verticais. 19. Pode também ser protegido no topo por extensões em "L". 21. São bastante usadas em condomínios horizontais em áreas rurais. Cercas Físicas Feitas de arame farpado. 23. A vegetação deve ser baixa e esparsa. em ângulo.50 metros. semelhantes aos muros para aumentar a eficiência. com elos tipo corrente e malhas de. Normalmente. com fios intervalados de 10 cm. Ofendículos 16 . também. com altura máxima de 2.AGENTE DE PORTARIA As divisas laterais e do fundo devem ser altas (no mínimo com 2. em "Y" ou dupla. no máximo. complementadas por arame farpado em forma de ganso. a fim de se evitar escaladas ou mesmo para que sirva como esconderijo de malfeitores. voltadas para dentro do condomínio.50 metros). presos em cima e embaixo com arame. tudo isto revestido em PVC. como extensões nos topos de muro. Alambrados São construídos com arame retorcido galvanizado. sem árvores nem mezaninos de flores próximos. são complementadas com vegetação ou cercas vivas. deve-se atentar para que as árvores grandes e com galhos longos estejam distantes das divisas periféricas. 22. voltadas para dentro. Podem ter extensões.

as chamadas eclusas. para isto. que se abrem e se fecham ao trânsito nas passagens de nível. 17 . pregos. pedaços de vidro. Guaritas As guaritas são torres de proteção para abrigo dos Agentes de Portarias e/ou Vigilantes. O ideal é que a portaria seja protegida com vidro à prova de balas complementado por uma película que dificulte a visão do seu interior no horário diurno ou noturno. servindo para controlar o acesso de veículos no trânsito local e interno. 25.AGENTE DE PORTARIA São extensões físicas que servem como complemento de muros. 24. situadas em locais estratégicos e rentes aos muros ou cercas e prestamse a aumentar o alcance de visão bem como para garantir a ostensividade da segurança. é necessário que a portaria possua um banheiro exclusivo. espelhos convexos para facilitar a observação de áreas internas ou externas e rádio. guichês para recebimento de encomendas. É importante salientar a necessidade de que se tenha dois portões. estando a uma altura acima do nível da rua para aumentar o ângulo de visão do Agente de Portaria. O Agente de Portaria precisa ser preservado e. Portarias Uma portaria deve ser construída de maneira a ficar recuada das divisas da área a ser controlada. alambrados e que dificultam a transposição de meliantes. (Exemplo: pontas de lança. intercomunicadores. cercas. formando assim. Cancelas São porteiras de pequena altura. grampo. empresas e estacionamentos comerciais. pedaços de lâminas. interfones. geralmente de armação metálica. arames farpados e cercas eletrificadas). 26. são utilizadas em condomínios. onde um se abre quando o outro se fecha. monitores de vídeo. Devem ser elevadas e construídas de alvenaria. Normalmente.

sendo complementados com interfones ou vídeos-porteiro. calçadas. sendo o ideal apenas um para veículos e outro para pedestres. Por isso. evitando-se. frente da portaria e da porta da garagem. O número de portões que serve a área externa deve ser reduzido ao mínimo possível. é importante construir portões (eclusas) acionados eletronicamente que confinem o veículo entre si. para se evitar muitos defeitos e manutenções. Garagens Por indisciplina ou descaso dos usuários a garagem é um dos pontos mais vulneráveis para a segurança de um condomínio ou empresa. 28. 29. Iluminação É fundamental que todas as dependências sejam bem iluminadas. a entrada de um "carona" indesejado. De preferência. tanto de pedestres quanto de veículos. ferro ou alumínio. As áreas externas também precisam ser iluminadas para que se tenha uma ampla visão da rua. devendo possuir trancas e fechaduras em perfeitas condições e de boa qualidade. Nas áreas de entrada de pedestres e veículos pode ser instalado um holofote a ser utilizado pelo Agente de Portaria para poder identificar visitantes e veículos que estejam defronte do portão. possuindo trancas ou fechaduras de boa qualidade e cadeados resistentes. Devem sempre permanecer fechadas e trancadas. mas resistentes. devem ser fabricados de materiais leves. de modo que uma delas se abra somente quando a outra estiver fechada. Portas Internas ou Intermediárias Servem para delimitar áreas de acesso reduzidas e devem ser fabricadas de materiais resistentes e leves. tais como madeira. a fim de que possa desestimular a ação dos meliantes. 18 . assim. 30. Portões Os portões de entrada. devem ser automáticos para abertura à distância. A garagem deve possuir espelhos convexos que facilitem a visualização de Agente de Portarias ou garagistas.AGENTE DE PORTARIA 27.

31. principalmente nos jardins.AGENTE DE PORTARIA Devem ser instaladas luminárias ao redor dos muros do perímetro. Pode ser visual. Sistemas Eletrônicos de Segurança A interação do homem com os equipamentos eletrônicos promove um elevado nível de segurança. 19 . a fim de que estes definam os pontos vulneráveis e as medidas a serem adotadas para criar um sistema de segurança adequado. através de placas ou sinais luminosos. e para adquiri-los deve ser feito um planejamento com consultores especializados. como também sonora. existem sensores que permitem que as luzes acendam automaticamente ao detectarem a aproximação de pessoas ou veículos. “playgrounds” ou mesmo corredores ao redor do condomínio. ou vertical através de placas ou faixas expostas ao longo das instalações. a fim de melhorar a iluminação pública. Aos condôminos ou funcionários cabe respeitar e obedecer a sinalização convencionada. É importante evitar pontos de penumbra nas áreas internas. Sinalização O sistema de sinalização tem a finalidade de advertir e indicar sobre algo ou sobre alguma norma convencionada. pois amplia muito a capacidade de observação e reação de uma pessoa. Pode ser horizontal. caso haja trânsito de pessoas. quando estiverem dentro do condomínio. isso se a existente não for adequada. Para economizar energia. que devem ser instaladas no interior de edifícios e escadas. IMPORTANTE: É obrigatório o uso de luzes de emergência. para que possa ser verificada a presença de pessoas estranhas. através de marcas inscritas no piso. tanto nas laterais quanto nos fundos da edificação. 12. Existem muitos tipos de equipamentos à disposição.

20 . tais como violação de procedimentos e locais. por linha telefônica celular. por ondas de rádio de longo alcance e até por satélites. Estes sinais podem ser enviados por linha telefônica exclusiva do monitoramento. assim como as atitudes predeterminadas pelo cliente que deverão ser tomadas. 33. Ao receber um sinal de emergência. incêndios. etc. A qualidade e quantidade das informações recebidas podem ser variadas. IMPORTANTE: Considerando o desgaste natural dos equipamentos é muito importante manter um programa de manutenção preventiva. incêndios. São dotados de uma central de monitoramento desenvolvida para receber os sinais de alarmes dos sistemas de segurança instalados. 32. Sensoriamento e Alarmes Estes equipamentos eletrônicos servem para alertar sobre situações incomuns. bem como as zonas onde foram instalados os sistemas e onde ocorreu a emergência. Um bom sistema de alarmes deve permitir ótimo funcionamento ao longo do tempo.AGENTE DE PORTARIA A utilização dos equipamentos eletrônicos deve ser precedida de um projeto tecnológico que permita o ótimo funcionamento ao longo do tempo. coação. por linha telefônica regular. conforme a tecnologia dos sistemas e da central de monitoramento. o operador da central deverá ter disponível todos os dados do local. por isso é importante que a instalação do sistema seja feita por uma empresa conceituada e idônea que utilize materiais de qualidade. A instalação deve ser de boa qualidade para se evitar problemas futuros. alagamentos. proteção contra roubos. furtos. Sistemas de Segurança Monitorados Os sistemas monitorados oferecem serviço 24 horas e servem para reduzir riscos de intrusão.

Teclados: Equipamento onde se faz a digitação da senha para armar ou desarmar o sistema. pois se tratando de um dispositivo silencioso não aciona sirenes do sistema. por isso é indispensável que exista uma ótima alimentação alternativa de energia para satisfazer a uma eventual falha na rede elétrica ou dano causado por invasores. IMPORTANTE: A central de monitoramento deve ser operada por profissionais treinados. Controle Remoto: 21 . Sistema de Alarmes de Intrusão São equipamentos eletrônicos que atuam como dissuasivo às invasões de intrusos. Painel de controle: Equipamento que recebe informações dos sensores. capazes de tomar decisões adequadas. (deve contar com no-break para falta de energia elétrica). com ou sem fio. processa. 34. Componentes do Sistema de Alarme de Intrusão: I. o que poderia causar reações adversas dos marginais ante o pânico criado. II. O controle remoto deve ser utilizado quando a pessoa se sentir ameaçada. O sistema deve comportar a instalação de controles remotos para que se possa distribuí-los com algumas pessoas.AGENTE DE PORTARIA Todo sistema de alarme deve ser checado periodicamente. III. aciona indicadores visuais ou sonoros e envia códigos de sinais para uma central de monitoramento. Em caso de acionamento de controles remotos de alarme a central deve registrar o evento e as providências tomadas no histórico de ocorrências do cliente. Inclui sensores de presença que enviam sinais ao painel de controle acionando uma sirene de alarme conforme programação prévia. Jamais se deve aceitar ligar o sistema de alarme em centrais que se limitam a gravar recados. Podem ser fixos ou portáteis. e podem ser instalados em diversos pontos.

acústico e uma combinação. • Sensores Infravermelhos Ativos . Circuito Fechado de Televisão (CFTV): São equipamentos que permitem a observação e registro de locais fora do alcance da visão. É sensível a qualquer vibração provocada por impacto de maior intensidade. Podem ser com ou sem fio. Podem ser com ou sem fio.protegem janelas. fixos ou móveis. portas de correr e vitrinas e são apresentados em três tipos: de choque. principalmente nos topos dos muros. IV. • Botões de Pânico . internos ou externos. 35. • Sensor de Quebra de Vidro . Sua utilização é muito necessária à segurança das pessoas e do patrimônio.utilizado para acionamento manual em casos de emergência pessoal. Podem ser com fio ou sem fio. através de ímãs.utilizado em portas.utilizados em áreas externas. fibra óptica ou microondas.detectam e controlam o movimento de corpos e a emissão de calor numa área predeterminada. também. tais como: • Porta/Janela . para acionar sistemas de iluminação. Podem ser com ou sem fio. Podem ser de vários tipos. Podem acender luzes ou abrir portões. Sensores: Dispositivos sensíveis que. janelas e gavetas. principalmente no horário noturno. de sobrepor ou embutir. 22 . Podem ser com ou sem fio. têm função de botão de pânico policial e médico. • Sensores Infravermelhos Passivos . cuja abertura ou fechamento acionará o sistema sinalizando um alarme quando de uma entrada não autorizada. transmitida por meio de rede metálica. ao serem acionados desencadeiam um processo no sistema de alarme.AGENTE DE PORTARIA Dispositivos que desarmam ou armam o sistema. possuindo imagem analógica ou digital. quando da intrusão de pessoas em uma área protegida. É composto de um monitor e de uma ou várias câmeras instaladas nos principais pontos da edificação. Servem.

data hora e congelamento de imagens.executa um movimento horizontal da câmera Comando para Pantilt – executa movimento vertical e horizontal da câmera. O monitor de TV e os comandos do sistema. de forma que possibilite a varredura das áreas desejadas.AGENTE DE PORTARIA É recomendável a instalação das câmeras de vídeo com movimentação horizontal. Seqüencial . de 4 mm a 16 mm. tais como jardins e locais de lazer.divide a tela do monitor em ate 4 imagens (com gerador de caracteres. 23 . Kit para injeção de sinal em antena coletiva. para 4 câmeras).equipamento que permite à câmera completar uma volta de 360o. Componentes de um Sistema de CFTV: • • • • • • • • • • • • • • Câmeras . Suportes e caixas de proteção para áreas externas. filtro e atenuador. modulador. Controle de lente tipo zoom.faz a seqüência de imagens das câmeras na tela do monitor. Lentes: com ou sem diafragma.conduz a imagem da câmera ao monitor. Cabo coaxial . Quad Spliter . Seletor digital automático/manual para até 32 câmeras (digital). em ferro ou alumínio. Motor giratório em 360° .5 mm a 16 mm. ficando protegido no interior de uma redoma.transforma a voltagem de 110 ou 220 volts para 12 volts. inclusive os de iluminação.para áreas interna e externa.podem ser em preto e branco ou em cores de 2. Domus . Comando para Pan . Fonte . podem ser instalados em local sigiloso na área privativa evitando que o Agente de Portaria ou Vigilante não se exponha nas janelas ou nos jardins para averiguar se está tudo normal.

divide a tela do monitor em 8 imagens. Contudo. O uso da cerca eletrificada nos muros não se configura como abuso de direito. na tela do monitor. sendo 4 por vez (com gerador de caracteres. obrigatoriamente. existem critérios técnicos de instalação que devem.inibe vandalismo ou intrusão. fato este que culminaria em conseqüências reversas a seus usuários. Devem ser instaladas a uma altura superior a 2. zoom e alarme para até 8 câmeras). 36. Para a instalação da cerca eletrificada no interior da propriedade a ser protegida é necessário que não invada o espaço físico e/ou aéreo da propriedade vizinha. congelamento de imagens. fato que estaria fazendo por 24 . Videocassete Time Lapse . Câmera Falsa . ser seguidos para que a utilização destes ofendículos não invada o campo da ilegalidade. nem tampouco incide em ato ilegal. data hora. de forma perpendicular ao solo ou vergada para o lado interno da propriedade protegida. com a utilização de até 16 câmeras.permite a visualização simultânea de ate 16 imagens.• AGENTE DE PORTARIA Dual Quad .em preto e branco e em cores de até 29 polegadas. pois todo cidadão pode usar livremente seu direito de proteção à sua propriedade.50 metros por sobre as barreiras físicas limítrofes e demarcatórias da área a ser protegida. Este quesito é muito importante para caracterizar a intenção dolosa do invasor em ingressar no interior de propriedade alheia. devendo ser colocadas placas sinalizadoras (com fundo amarelo e letras pretas) sobre os riscos de tal ofendículo. Para isso a cerca deve ser instalada sobre o muro do usuário. Cerca Eletrificada É um ofendículo bem aceito em condomínios e empresas. • • • • Multiplexador . Monitores . pois inibe a possíveis tentativas de intrusão pela ostensividade e pelo receio das descargas elétricas.grava até 960hs em uma única fita.

AGENTE DE PORTARIA decisão pessoal, assumindo, em decorrência desta circunstância, os ônus conseqüentes de sua ação típica. O atendimento destas prerrogativas técnicas também evita o contato de crianças que, desavisadas, poderiam tocá-la. As cercas eletrificadas deverão apresentar, obrigatoriamente, voltagem acima de 8.000Volts; amperagem 0 (zero) e corrente alternada (pulsativa com intervalo mínimo de 1 segundo entre cada descarga elétrica). 37. Sistemas de Controle de Acesso O Sistema de Controle de Acesso tem como objetivo efetuar o controle eletrônico do movimento de pessoas nas áreas sob supervisão. Ele se constitui de tecnologias de proximidade, cartão magnético, código de barras, biométricos de leitura digital, analisadores de marca, voz, entre outras. Este sistema torna possível gerenciar o acesso de pessoas previamente identificadas, onde seja necessário controle seletivo de entrada, controle estatístico de movimentação ou controle de dados de apontamento de freqüência de funcionários. Existem softwares de controles de acesso que permitem arquivar na memória de um microcomputador a fotografia dos moradores, funcionários, freqüentadores e veículos. Este sistema permite o total acompanhamento de toda movimentação da portaria, facilitando o trabalho de identificar e controlar o acesso de pessoas e veículos. 38. Sistema de Ronda Eletrônica Para acompanhar o serviço dos Agentes de Portarias e/ou Vigilantes, é muito importante instalar um sistema de ronda eletrônica, com pontos espalhados em toda a extensão de sua área. Esse sistema está ligado a uma central para que os monitores possam checar se todos os pontos foram cobertos pela ronda, permitindo apoio ao Agente de Portaria ou Vigilante em caso de impossibilidade de acionamento devido situações de risco. 25

AGENTE DE PORTARIA

13.

Sistemas de Comunicação

Os meios de comunicação são vitais para a segurança, pois quando utilizados corretamente aumentam os níveis de proteção e eficácia em situações de emergência. Por atribuição da função, o Agente de Portaria está constantemente em contato com outras pessoas e realizando atendimentos, seja com o público interno ou com o público externo. Por isso, deve saber utilizar o telefone, o interfone e o radiotransmissor. 39. Telefones O uso do telefone é obrigatório e necessário nas portarias, pois, viabilizam o acionamento dos órgãos públicos ou privados quando em situações de emergência. A linha telefônica da portaria poderá ser exclusiva ou uma extensão da central telefônica. Atualmente, existem centrais telefônicas (DDR - Discagem Direta por Ramais) que são instaladas em condomínios, sendo que seus ramais atendem a todas as residências, inclusive a portaria. Para isso, são necessárias uma ou duas linhas telefônicas convencionais ligadas à central, através da qual os condôminos podem fazer ou receber chamadas por este sistema, ficando a(s) linha(s) telefônica(s) para o condomínio, podem não havendo necessidade entre de si, cada sem apartamento, necessitar da individualmente, possuir uma. Com esse sistema, os apartamentos comunicar-se diretamente interferência de terceiros. 26

AGENTE DE PORTARIA Se o condomínio não possuir este equipamento, é necessário um esquema de acionamento de emergência que seja comum entre o síndico, os moradores e o Agente de Portaria, para que, em condições críticas, possa ser desencadeado. Neste caso, deve haver, na portaria, uma relação com o número dos telefones de pelo menos 3 (três) condôminos voluntários a fim de que o Agente de Portaria possa comunicá-los para acionar os órgãos emergenciais, a qualquer hora do dia ou da noite. I. COMO RECEBER LIGAÇÕES TELEFÔNICAS DO PÚBLICO INTERNO • Em uma comunicação ao telefone não conseguimos ver a pessoa com quem estamos falando, deste modo, a forma como falamos é a imagem que estamos passando para essa pessoa. • Devemos atender rapidamente o telefonema, com voz tranqüila e de maneira atenciosa, dizendo: "Agente de Portaria (nome), bom dia”. Assim, você estará dizendo a quem ligou que a ligação caiu na portaria (evitando perguntas); que deseja a ela um bom dia e que você está dando a ela um atendimento pessoal, dizendo o seu nome, e se colocando à sua disposição para ajudar no que for possível. II. COMO EXTERNO Atenda rapidamente o telefonema, com voz tranqüila e de maneira atenciosa, dizendo: "Condomínio (nome), Agente de Portaria (nome), bom dia" ou “Empresa (nome), Agente de Portaria (nome), bom dia”. Assim você estará dizendo a quem ligou que o telefonema caiu na portaria do Condomínio ou da Empresa (evitando perguntas) e que você lhe dá um atendimento de qualidade. Caso seja necessário transferir uma ligação, você deve dizer: “Aguarde um minuto, por favor”. III. COMO RECEBER LIGAÇÕES TELEFÔNICAS DE UMA CENTRAL DE MONITORAMENTO Caso o condomínio ou empresa tenha sistemas de alarme monitorados por empresas especializadas e houver disparo de alarme, o atendente 27 RECEBER LIGAÇÕES TELEFÔNICAS DO PÚBLICO

sem interrompê-lo. dizendo: "O (a) Sr. 9. Em caso de pergunta demorada a uma terceira pessoa. 11. 8. 2. por favor?". quem . anote recados e não confie em sua memória.AGENTE DE PORTARIA dessa empresa entrará em contato para certificar-se do que está ocorrendo. Para identificar a pessoa que está falando. IV. Garanta as informações corretas ou transfira a chamada para quem as tem. dizendo: "Posso ajudá-lo (a)?".(a) não se incomodaria de esperar um momento?" ou "Vou verificar sobre este assunto e. Registre tudo o que for importante. Verifique o que a pessoa deseja. 7. Seja cortês sem cometer exageros. logo em seguida. REGRAS GERAIS DE USO DE TELEFONES deseja falar?" ou "Eu poderia saber seu nome. Fale num tom médio e tranqüilo. pergunte ao seu interlocutor se ele pode esperar ou ofereça-se para chamá-lo quando estiver com todas as informações solicitadas. que falará a senha de emergência previamente convencionada. • A empresa de alarmes tomará as providências acordadas entre o condomínio ou a empresa e a central de monitoramento. tudo isto conforme o que esteja ocorrendo no momento. diga: "Por favor. pausadamente e numa linguagem simples. Espere que o interlocutor termine de falar. 4. 6. Neste caso o Agente de Portaria quando atender ao telefone deverá. além do citado acima: • Responder às perguntas do atendente. 5. 3. Seja breve ao telefone.(a)". procurando emitir a voz naturalmente. ligarei para dar o retorno para o(a) Sr. Seja atencioso e discreto. 10. como aquela que define a situação de emergência ou de coação. • Informará a contra-senha pré-estipulada. quer seja a que transmita a situação de normalidade ou alarme falso. Jamais grite. 28 1.

o que facilita sua memorização e chamada. IMPORTANTE: Nunca utilize o telefone de serviço para tratar de assuntos pessoais. agradecendo o interlocutor pela atenção dispensada. • Cumprimentar (bom-dia. • Transmitir o assunto na íntegra. Conclua a ligação com calma e cordialidade e nunca bata o telefone no gancho. • Identificar-se corretamente. boa-tarde pausadamente e naturalmente.AGENTE DE PORTARIA 12. pois os números de emergência são de três dígitos. • Falar num tom médio de voz. IMPORTANTE: Nunca forneça. informações pessoais nem detalhes sobre a rotina do condomínio e de seus funcionários. 2. por telefone. Evite conversas desnecessárias e brincadeiras (gozações ao telefone). 29 . dados sobre seu local de trabalho. V. COMO FAZER LIGAÇÕES • Discar as teclas do telefone apenas com os dedos. • Ser breve ao telefone. 3. mesmo que esteja sob pressão.COMO ACIONAR ÓRGÃOS DE EMERGÊNCIAS 1. salvo em situações de urgência. VI. • Concluir a ligação com calma e cordialidade. • Evitar quedas do aparelho. Comunicar-se num tom de voz bem audível sem gritar. • Não entrar em detalhes que não dizem respeito ao assunto. dizendo: "aqui quem fala é o Agente de Portaria (nome). ou boa-noite”. Discar sem nenhuma precipitação. boa-noite). 13. do condomínio ou da empresa (nome)". boa-tarde. falando Cumprimentar o(a) interlocutor(a) dizendo: “bom-dia.

Definir o local onde aguardará o auxílio. passando inclusive o nome do (a) atendente anterior que recebera a chamada. Responder corretamente às perguntas feitas pelo (a) atendente. é um equipamento utilizado para a comunicação interna de condomínios. acionado. 30 . endereço de onde está falando. condomínio ou empresa. fornecendo todos os dados novamente. IMPORTANTE: É imprescindível para a segurança que os edifícios tenham um interfone. que transmite mensagens entre os apartamentos e a portaria e/ou entre os apartamentos e ainda entre os departamentos de uma empresa. I. Solicitar educadamente o nome do(a) atendente. 7. número do telefone do qual está ligando e uma rua ou outro ponto de referência próxima ao local da ocorrência. AGENTE DE PORTARIA função. passando as Caso o (a) atendente ligue para confirmar alguns dados. bairro. 5. quem porventura esteja preso no elevador. Controlar a entrada de pessoas. Interfones e Centrais de Portaria O interfone ou central de portaria ou porteiro eletrônico. informando que já havia solicitado anteriormente. na falta de energia. • • • Transmitir mensagens aos demais funcionários. Contar com detalhes o que está ocorrendo e o motivo da ligação. 8. 10. volte a ligar para o órgão coordenadas ao atendente. 11. Manter a tranqüilidade para facilitar a compreensão e entendimento do interlocutor. 40. Tranqüilizar. 6. chamada passando todas as informações solicitadas. 9. Pode ser utilizado através de uma central localizada na portaria ou diretamente acoplado ao portão de entrada do edifício. UTILIZAÇÕES DOS INTERFONES • Alertar sobre visitas. atenda à Em caso de demora excessiva. Identificar-se dizendo seu nome.4.

dizendo: “com quem estou falando. função e local de onde está falando. III. boa-tarde. boa-noite). Ser breve ao transmitir a mensagem. Identificar-se. Fazer a "ponte" entre apartamentos quando a chamada for na portaria. Equipamentos de Rádio-comunicação Os equipamentos de rádio-comunicação são equipamentos para transmissão e recepção de sons que operam através da propagação de “ondas eletromagnéticas” realizando a comunicação entre as estações de mesma freqüência. declinando nome e função. falando somente o necessário. PROCEDIMENTOS AO EFETUAR CHAMADAS DE INTERFONES 31 . Identificar-se declinando nome. Desligar com calma e cordialidade. Transmitir ou receber a mensagem. Podem ser transportados por uma só pessoa e ser operado mesmo em movimento. Identificar a pessoa com quem está falando. Concluir a chamada com calma e cordialidade. boa-tarde. Fazer a ligação conforme o funcionamento do equipamento. Ser breve. É um meio de comunicação muito utilizado na segurança de indústrias e empresas. por favor?”.• • AGENTE DE PORTARIA Transmitir alarmes e avisos em casos de incêndio. PROCEDIMENTOS AO ATENDER CHAMADAS DE INTERFONE • • • • • • • • • • • • • • • Identificar o local de onde está falando. 41. Cumprimentar (bom-dia. Cumprimentar (bom-dia. boa-noite). Enviar e/ou receber mensagens de condôminos ou funcionários sobre situações de emergência que possam estar ocorrendo. Identificar com quem fala. II. Receber ou transmitir a mensagem.

Falar apenas assuntos relacionados ao serviço. soltar a Tecla de Transmissão (PTT) quando a mensagem estiver concluída. Transmitir somente o necessário.5 cm a 5 cm). OPERAÇÕES COMUNICAÇÃO • • • Como Ligar .girar o Botão Seletor de Canais no sentido horário ou anti-horário até atingir o canal desejado. Como Ajustar o Volume girar o Botão de Controle liga/desliga/volume no sentido horário até ajustar o nível de volume desejado. . Como Desligar .ligar o rádio. BÁSICAS DE EQUIPAMENTOS DE RÁDIO- • Como Selecionar um Canal . • Como Receber uma Chamada . Não interromper a comunicação de outro operador. • • • • • • • • 32 PROCEDIMENTOS DE USO DO EQUIPAMENTO DE RÁDIO COMUNICAÇÃO Chamar a pessoa desejada ou atender prontamente as chamadas. Utilizar os códigos pré-estabelecidos.girar o Botão de Controle liga/desliga/volume no sentido anti-horário até ouvir um clique.girar o Botão de Controle liga/desliga/volume no sentido horário. pressionar a Tecla de Transmissão (PTT) e falar a mensagem com a “boca” direcionada para o microfone (aproximadamente 2. Utilizar-se do código “q” e o alfabético fonético.ligar o rádio. II. Segurar o rádio em posição vertical. ajustar o nível do volume e selecionar o canal desejado. • Como Enviar uma Chamada . girar o Botão Seletor de Canais até o canal desejado.Os equipamentos mais AGENTE DE PORTARIA modernos são chamados de “Transceptores” tendo em vista terem sido projetados para funcionar tanto como receptores quanto transmissores. I. Falar clara e pausadamente.

• • AGENTE DE PORTARIA Procurar áreas abertas para facilitar a transmissão. Manter a disciplina na rede. Não conduzir o aparelho empunhando pela antena. Não esticar o fio do microfone (exceto ht). CUIDADOS NO USO DE EQUIPAMENTOS DE RÁDIO• • • • • • • • Seguir as orientações do fabricante para cargas e recargas das baterias. Não utilizar o rádio com a antena danificada. A B C D E F G H I J K L M Não tentar reparar possíveis defeitos constatados no equipamento. Realizar limpezas periódicas. • • IV. Não colocar ou retirar a bateria com o rádio ligado. Manter o microfone no prendedor quando não estiver em uso (exceto ht). COMUNICAÇÃO III. Ajustar a antena no seu encaixe e não ficar folgando durante o uso. Não deixar que o equipamento leve pancada. ALFABÉTICO FONÉTICO INTERNACIONAL ALFA BRAVO CHARLIE DELTA ECHO FOXTROT GOLF HOTEL INDIA JULIETT KILO LIMA MIKE AL FAH BRA VO CHAR LI DEL TAH EK O FOX TROTT GOLF HO TELL IN DI AH DJOU LI ETT KI LO LI MAH MA IK N O P Q R S T U V W X Y Z NOVEMBER OSCAR PAPA QUEBEC ROMEO SIERRA TANGO UNIFORM VICTOR WHISKEY X-RAY YANKEE ZOULOU NO VEMM BER OSS KAR PAH PAH KE BEK RO MIO SI ER RAH TANG GO YOU NI FORM VIK TOR OUISS KI EKSS REI YANG KI ZOU LOU Código “Q” Internacional 33 .

LOCAL DA ESTAÇÃO HORAS SAIREI POR TEMPO INDETERMINADO PERMANEÇA NA ESCUTA 14.ME? COMUNICADO.ME? TAXA. NOTICIA . CONTACTO COMUNICADO DE INTERESSE GERAL DEVO TRANSMITIR CADA PALAVRA OU GRUPO? ANULE A MENSAGEM ANTERIOR CONCORDO COM SUA CONTAGEM DE PALAVRAS MENSAGEM. CONFIRMADO REPITA A ÚLTIMA MENSAGEM ESCUTOU .AGENTE DE PORTARIA QRA QRB QRD QRL QRM QRN QRQ QRS QRT QRU QRV QRX QRY QRZ QSJ QSL QSM QSN QSO QST QSZ QTA QTB QTC QTH QTR QTX QAP NOME DA ESTAÇÃO QUAL SUA DISTÂNCIA? QUAL SUA LOCALIZAÇÃO? ESTOU OCUPADO INTERFERÊNCIA DE OUTRA ESTAÇÃO INTERFERÊNCIA ATMOSFÉRICA OU ESTÁTICA MANIPULE MAIS RÁPIDO MANIPULE MAIS DEVAGAR VOU PARAR DE TRANSMITIR VOCÊ TEM ALGO PARA MIM? ESTAREI A SUA DISPOSIÇÃO AGUARDE SUA VEZ DE TRANSMITIR QUANDO SERÁ MINHA VEZ DE TRANSMITIR? QUEM CHAMA . DINHEIRO ENTENDIDO. Atribuições Básicas do Agente de Portaria 34 .

portanto sua ação é exclusivamente preventiva. Zelar pela correta comunicação. o registro e o encaminhamento de correspondências e encomendas. 4. fornecedores e o público em geral. O Agente de Portaria não tem permissão legal para portar arma de fogo. interagindo com o visitado para autorização e prestando informações quanto ao acesso até a área de destino. Cumprir e fazer cumprir todos os procedimentos de segurança pertinentes a sua função. Efetuar o controle de entrada. é necessário desenvolver seu trabalho empregando uma postura inibidora. através de suas próprias atitudes e do emprego correto dos equipamentos e procedimentos destinados a esse fim. Todo o trabalho do Agente de Portaria deve ser voltado para evitar situações indesejadas. porém. 35 . 5. Fazer a recepção. monitorar através de câmeras de vídeo a circulação interna/externa da organização. consoante normas estabelecidas. não cabendo a ele as funções de combater e impedir a ocorrência do sinistro. Recepcionar clientes. 9. Quando previsto. 6. da vida das pessoas e de sua própria vida. registrando dados relativos à visita. Observar atentamente movimentos nas proximidades do posto de trabalho. o Agente de Portaria atua sozinho e tem que cumprir as atribuições referentes à proteção do patrimônio. Técnicas de Segurança em Portarias É responsabilidade do Agente de Portaria auxiliar a equipe de vigilantes. 7. solicitando identificação. em caso de ocorrências suspeitas. portanto. em alguns casos. Efetuar transferências de ligações para os setores de destino. Identificar os colaboradores da AGENTE DE PORTARIA organização. 15. saída e realizar as vistorias em veículos quando estabelecido pelo empregador. Efetuar registros de ocorrências anormais no livro para esse fim. 10. quando da prestação de informações. adotando os procedimentos cabíveis. 3.1. 2. 8.

tenham a necessidade de ingressar nas instalações ou áreas sob sua vigilância. Identificar todas as pessoas para entrar nas áreas sob sua responsabilidade. 36 . Fiscalizar os embrulhos conduzidos por pessoas que saiam das instalações. Orientar e informar a todas as pessoas identificadas que lhe solicitarem ajuda. 5. Não permitir aglomerações nas guaritas ou portas de entrada e saída. qualquer volume conduzido por qualquer pessoa. sob qualquer pretexto. estopa ou panos usados. inclusive os riscos de curto circuito nas dependências internas. mesmo nos horários normais de expediente. permaneçam nas dependências das instalações. devendo obrigatoriamente conhecer o local das chaves elétricas gerais do prédio. Ter conhecimento de todas as pessoas que. devido a serviço permanente ou temporário ou ainda que façam parte de equipes escaladas para outros horários. por quem de direito e. por escrito. solicitando que o próprio portador os mostre. Permanecer no Posto de Serviço. 6. 9.AGENTE DE PORTARIA 42. até a substituição por outro Agente de Portaria ou até o término do horário fixado ou ainda até ser liberado. 2. Ações Preventivas de Segurança 1. (desde que não receba orientação em contrário). 7. fazer a identificação e anotar seu nome. 8. quando se tratar de funcionário. 4. Não permitir a entrada de qualquer pessoa sem a devida autorização. Prestar atenção a eventuais riscos de incêndio por acúmulo de lixo. 3. Jamais o Agente de Portaria deverá abrir. Não permitir que pessoas estranhas. com suas mãos. 10. Manter especial atenção aos locais que ofereçam maiores riscos.

só tomando medidas mais enérgicas quando determinado por quem de direito. mudança. Comunicar imediatamente ao Corpo de Bombeiros qualquer 14. Evitar considerações sobre a vistoria ou outro procedimento que distraia sua atenção. 12. especialmente os “Equipamentos de Segurança”. 22. imediatamente. 17. Liberar a entrada do veículo indicando o local apropriado ao estacionamento e lhe agradecendo a cooperação. mesmo em casos excepcionais. 13. 16. Investigar. Comunicar imediatamente. solicitando ao motorista que permita a vistoria do veículo .AGENTE DE PORTARIA 11. inutilização ou mutilação de qualquer aviso ou dispositivo de segurança existente. Levar ao conhecimento do seu superior. 18. Utilizar. a origem de qualquer fumaça ou odor estranho. Controlar a entrada e saída de veículos que deverá ser feito da seguinte forma (salvo determinação em contrário). 20. verificando a anormalidade e tomando as providências cabíveis. Anotar no livro de ocorrências todos incidentes no seu horário de trabalho. Proceder a vistoria com o máximo de cortesia. retendo o veículo e o ocupante no local. 15. 21. abandonar o seu posto ou ficar desatento a outras ocorrências no mesmo momento. prestando as informações solicitadas e encaminhando-as aos interessados. ao seu superior. 37 princípio de incêndio que não possa ser debelado pelos recursos próprios existentes. a retirada. observando as normas definidas. . sem. 19. a negativa de um motorista em permitir a revista no veículo. Controlar a entrada e a saída de pessoas. jamais.solicitar ao motorista que abra o porta-luvas e o bagageiro do veículo para impedir a saída ou entrada de materiais não autorizados. com zelo. Informar ao seu superior as situações de risco tão logo as perceba. todos os equipamentos disponíveis ao serviço.

Não ficar encostado. sentar ou se debruçar sobre a mesa de trabalho. Não se envolver em fofocas. mantendo atitude de observação constante. Dessa forma.AGENTE DE PORTARIA 23. Procedimentos Básicos da Atuação na Função 44. no que se refere ao tratamento dispensado aos funcionários. causando uma boa impressão. A postura de autoridade e segurança do Agente de Portaria. Não dormir ou cochilar durante o serviço. clientes e fornecedores. o seu crachá funcional. Não ler revistas. Em Relação aos Empregados 38 . o Agente de Portaria deve estar sempre atento às suas atribuições. 24. demonstrando que está cansado. Não executar outra tarefa quando em serviço. Na Portaria de Empresas Na Portaria de Empresas. Estar sempre atento. é um fator de inibição para a ocorrência de sinistros. Não se deitar. Não utilizar aparelhos visuais ou sonoros quando de serviço. Não relaxar no cumprimento dos procedimentos estabelecidos. realizando de forma a não abandonar seu posto de serviço. constantemente. 43. Não ficar balançando a cadeira quando estiver sentado. Utilizar. 45. Não se distrair quando estiver de serviço. salvo quando determinado por escrito. o bom profissional deverá adotar uma postura correta que demonstre firmeza de atitude. Posturas Obrigatórias a um Agente de Portaria • • • • • • • • • • • 16. durante o serviço. Manter o corpo ereto ao ficar de pé ou sentado. jornais ou similares durante o serviço.

com toda a cordialidade e presteza. Ter em mãos a relação nominal completa de todos aqueles autorizados a terem acesso livre pela portaria. autorização de saída de material. Em Relação aos Clientes e Fornecedores Os clientes e fornecedores são merecedores tratamento especial. em detrimento das normas da organização e da boa execução dos serviços. 46. Qualquer questão deve ser tratada com o máximo 39 . identidade. etc). as principais atividades do Agente de Portaria são: • • Ter em mãos a relação nominal completa de todos os diretores e funcionários. ou sejam. Memorizar a entrada e saída dos funcionários "chave" da empresa. é importante evitar a intimidade. No entanto. antes.AGENTE DE PORTARIA O Agente de Portaria deve dispensar aos funcionários da empresa todo o respeito e consideração. Saber qual o documento deve ser exigido dos funcionários na portaria (crachá. durante e após o expediente. sem necessidade de identificação (se for o caso). A intimidade leva a concessões e regalias aos funcionários. Em tal situação. • • • • Registrar a data. Zelar por todo o patrimônio colocado sob sua responsabilidade. passe de entrada ou saída. os diretores. • • Saber o horário de funcionamento da empresa e o horário de acesso pela portaria. constando o setor e função de cada um. o que não combina com o trabalho desse profissional. a razão da existência da organização. gerentes e encarregados. O Agente de Portaria nunca deve entrar em atrito com os clientes e fornecedores. Ter o controle absoluto de tudo o que acontece na portaria. o horário. pois são eles. o nome das pessoas que entram ou saem pela portaria e o material que estejam conduzindo.

antes de permitir sua entrada. se estão autorizados a entrar. Entregar e orientá-los quanto ao uso de crachás. Verificar. • Identificar. não são funcionários diretos da organização. bem como. pois. a fim de se evitar a entrada de estranhos. é importante que haja um controle mais rigoroso. situação as principais atividades do Agente de 40 . minuciosamente. o número da placa do veículo e a carga que está entrando. Nesta situação. através do confronto entre a identidade e a fisionomia (verificar a possibilidade de falsificação do documento). Vistoriar sacolas e veículos (se for norma e atribuição do Agente de Portaria). Orientá-los de como se movimentarem no interior da organização. as pessoas. Anotar o nome do motorista. • • • • 47. com o setor de destino. a identificação das demais pessoas (lembrar que é proibida por lei a retenção de documentos pessoais nas portarias). Porém.AGENTE DE PORTARIA cuidado e os casos mais conflitantes devem ser resolvidos pela direção ou encarregado. Em Relação aos Empregados de Fornecedores Profissionais terceirizados que transitam pela portaria necessitam de muito apoio do Agente de Portaria e devem receber tratamento respeitoso e cortês. Registrar o horário de entrada e de saída. Conferir notas fiscais e mercadorias a serem entregues. • • Registrar o horário de entrada e saída dessas pessoas. as principais atitudes do Agente de Portaria são: • • • Identificá-los na portaria. Nesta Portariasão: • Ter em mãos a relação nominal dos profissionais que têm autorização para prestar serviços na empresa.

Na Portaria de Condomínios Os Agentes de Portaria (Porteiros) de condomínios lidam mais com a entrada e a saída de condôminos. se o documento apresentado como identificação do visitante é da própria pessoa através da comparação da foto do documento com a fisionomia da pessoa ou pedindo que a pessoa confirme algum dado do documento. eletricistas. 48. visitantes. • • Não permitir badernas nas áreas do condomínio. 49. etc. inclusive o nome da pessoa que autorizou a entrada. que freqüentemente são chamados para a manutenção dos apartamentos ou residências dos condôminos. pacotes. Registrar a entrada e anotar os dados de todos os visitantes autorizados em livro próprio do condomínio. Ter na portaria a listagem atualizada de todos os moradores do condomínio. • • • Não fornecer informações pessoais dos condôminos a terceiros. Não permitir a saída do prédio de móveis.• AGENTE DE PORTARIA Não permitir aglomerações na portaria.). sem a autorização do síndico ou do proprietário. na hora da entrada ou saída. tanto por parte de moradores os de terceiros. sem a autorização do condômino ou síndico. minuciosamente. Conferir. Não permitir a entrada de terceiros. salvo se autorizado. salvo se for em praça de esportes ou local devidamente destinado a essas práticas. 41 . entregadores de móveis e utensílios domésticos. fiscais dos serviços de empresas terceirizadas e de profissionais autônomos (bombeiros. Não permitir brincadeiras e jogos nas áreas do condomínio. Principais Atividades do Agente de Portaria de Condomínios: • • • • Tratar todas as pessoas com cortesia e presteza. marceneiros.

ou seja. através dos convites. Não abandonar a portaria. Estar atento e tomar decisões convenientes quando notar qualquer atitude diferente por parte dos condôminos (muitas vezes uma atitude estranha de alguém pode ser algum aviso ou mesmo pedido de socorro). orientando-os quanto às normas do clube durante o evento. É importante lembrar que um sócio do clube é. basicamente. a tarefa do Agente de Portaria é. Algumas destas situações “especiais” são descritas abaixo: 1. 51. quanto ao local das festividades e quanto ao estacionamento. legalmente. 50. o dono do clube. devido ao grande número de participantes no clube. As principais atividades do Agente de Portaria de condomínios valem também para os clubes. identificar a entrada de sócios. Em Situações Especiais O Agente de Portaria também é responsável pela segurança do local de trabalho em situações "especiais" que exigem decisões rápidas e acertadas. em caso de urgência peça a sua cobertura para algum colega ou o síndico. É importante que o Agente de Portaria não permita a entrada de "penetras". Nesta oportunidade o empenho do Agente de Portaria é questão básica para o sucesso do evento. o patrão. adaptando-as à realidade de cada clube. Seqüestro 42 . através da carteira social. motivo pelo qual é merecedor de todo o respeito e consideração. e de visitantes. À noite. em qualquer circunstância. Atenção muito especial deve haver na ocasião de eventos esportivos e festividades. manter a portaria às escuras e as partes externas racionalmente iluminadas. Na Portaria de Clubes Nos clubes. ele deve atender a todos com muito respeito.• • • • AGENTE DE PORTARIA Selecionar a correspondência recebida e a despachar com rapidez. Por isso. em hipótese alguma.

Sinistro Sinistro é todo fato eventual que causa danos a pessoas ou coisas. Se notar algo estranho. 43 . o Agente de Portaria deve alertar as pessoas que correm perigo e. É um crime hediondo que machuca muito as pessoas. terremotos. pelo toque da campainha. tais como: incêndio. se for o caso. • • Verificar bem a rua. ou. a pé ou em veículo (pode ser um sinal de alerta de seqüestro). etc.AGENTE DE PORTARIA Seqüestro é a privação da liberdade de alguém. batida de veículo. a pé ou em veículos: elas podem estar estudando os hábitos e rotinas das pessoas. para ser utilizada ao telefone ou através de olho mágico. tais como: • Desconfiar de pessoas estranhas rondando próximo ao local. explosões. ainda.). moral e fisicamente. nunca deixar as crianças entrarem no veículo. motorista. etc. • Estabelecer uma senha com os condôminos. É geralmente pela própria portaria que ocorre o acesso dos criminosos. o mais rapidamente possível. e apesar do Agente de Portaria não ter habilitação policial ou de vigilância. com o fim de condicionar a sua restituição em troca de pagamento ou uma condição imposta. furto ou roubo. acionar a polícia ou a autoridade local. evitar ou solucionar um seqüestro. • Checar o "transporte escolar" verificando se o motorista e o veículo que transporta as crianças é o habitual (placa. inundações. • Desconfiar de atitudes estranhas das pessoas quando deixarem o estabelecimento na companhia de estranhos. na saída dos veículos. 2. Se suspeitar de algo estranho. naufrágios. sua atenção constante pode prevenir. enchentes. através de pequenas atitudes no trabalho. para constatar se há veículos ou pessoas suspeitas do lado de fora. quando estiver sob ameaça e for obrigado a se dirigir a uma residência.

• Identificar os "falsos prestadores de serviços" (empregados de concessionárias de água. corretores de imóveis. tais como: I. com esse mesmo fim. Socorrer e retirar as vítimas do local. Medidas Preventivas contra Furtos e Roubos: • Desconfiar sempre. Fazer a vistoria das instalações. pizzas. podem contribuir muito para diminuir as conseqüências. Manter a calma diante da situação. etc. danificar o estabelecimento. luz e telefonia. enfim. para repassá-las às autoridades. flores e remédios. algumas atitudes simples. entregadores de gás. Isolar a área onde ocorreu o fato. tudo o que possa apresentar sinais de violação. com o proprietário ou com o síndico sobre a veracidade de transportes de móveis ou de mudanças. principalmente no acionamento das autoridades. se necessário for. Em Inundações. Em Furtos ou Roubos: • Levantar todos os registros e listagens das pessoas que entraram e saíram do local no dia da ocorrência. conferindo as portas. antes e após o expediente. porém. carteiros. 3. as coisas que nele existem ou delas dispor. Sabotagem Sabotagem é a invasão ou ocupação de um estabelecimento para impedir ou dificultar o curso normal do trabalho ou. • III. Desabamentos e Explosões: • • • • • • II. • • Checar muito bem. 44 .). e sempre. a fim de não prejudicar eventuais perícias. Desligar a rede elétrica. sem perder a ética e o respeito pelas pessoas. Orientar e dar suporte e informações à Defesa Civil e ao Corpo de Bombeiros. escadas. Ser ágil nas ações necessárias. Isolar a área.AGENTE DE PORTARIA O Agente de Portaria não tem responsabilidade direta e preparo técnico para enfrentar sinistros. as janelas.

por interesses inescrupulosos. dos superiores ou das autoridades. Após a vistoria. Há pessoas estranhas no ambiente. No início e no final de cada expediente deve ser feita vistoria para identificar se: • • • • • • • • • • Todas as portas e janelas estão devidamente fechadas. Como prevenção. Não há violação de cercas. para não ensejar dúvidas quanto ao seu conteúdo. bem como de todos os materiais e veículos que estejam adentrando as instalações visando identificar a presença de artefatos estranhos que podem ser causadores de sabotagens. por funcionários da própria organização. equipamentos e móveis. As informações listadas devem ser claras e objetivas. 17. Há suspeitos rondando a empresa. Procedimentos Gerais da Função de Agente de Portaria 52. Todas as luzes estão apagadas. o trabalho do Agente de Portaria começa pela identificação das pessoas na portaria. quando fora de uso. para ciência do seu sucessor. ou até mesmo por proprietários da organização.AGENTE DE PORTARIA A sabotagem pode ser praticada por terceiros. Há vazamentos de água e gás. Há torneiras abertas. o Agente de Portaria deve registrar as anormalidades encontradas no seu turno de trabalho no Livro de Ocorrência. Há avarias visíveis em máquinas. Conhecimento das Instalações O Agente de Portaria não pode se ater somente ao conhecimento detalhado do seu Posto de Trabalho e das dependências da Portaria e 45 . Não há objetos estranhos ou suspeitos nas instalações. Todos os equipamentos de segurança estão nos devidos lugares e em pleno funcionamento.

Conhecimento do Quadro de Pessoal O Agente de Portaria deve ter em seu poder a listagem atualizada com os nomes de todo o pessoal que trabalha ou que tem acesso livre ao condomínio ou a empresa em que trabalha. Listagem dos Telefones de Emergência É responsabilidade do Agente de Portaria manter na portaria os telefones de emergência e de serviços essenciais. Líder da brigada de incêndios (caso exista). 54. as caixas de água. fornecedores. as particularidades de todas as dependências do condomínio ou da empresa para a tomada de eventuais providências. através de uma lista atualizada. Esta listagem deve ser bem clara. Ele deve conhecer também (com o máximo de detalhes). empregados. Grupamento do corpo de bombeiros. principalmente fora do horário normal de expediente. A lista deve conter os seguintes números: • • • • 46 Hospitais e prontos-socorros mais próximos. . tais como: identificar com rapidez as portas de acesso.AGENTE DE PORTARIA adjacências. empreiteiras. estagiários. as grandes. evidenciando os nomes dos responsáveis pela solução dos problemas e os horários em que devem ser acionados. as chaves elétricas. etc. 53. 55. concessionárias. Conhecimento das Normas Internas O profundo conhecimento das normas internas do cliente se torna necessário para não comprometer a segurança do local e a sua própria integridade física ou moral. Por isso. o Agente de Portaria deve solicitar as normas internas logo no seu primeiro dia de serviço. etc. os equipamentos de combate a incêndios existentes. De posse desta listagem. as entradas e saídas de ar. Posto policial e distrito policial mais próximos. tais como: diretores. durante ou fora do expediente de trabalho. ficará fácil não permitir que estranhos entrem na organização e causem transtornos aos serviços. as janelas pequenas.

portões e equipamentos de segurança. ou com ajuda de seu superior imediato. IMPORTANTE: Quando o Agente de Portaria se deparar com um problema nos fins de semana ou à noite. Farmácia mais próxima. evitar acionar o síndico ou o gerente da empresa por problemas de fácil solução (a não ser que esteja orientado a fazê-lo em qualquer situação). cabe-lhe adotar. certas medidas preliminares à ação policial. Assistência técnica de elevadores. Devendo. Empresas de manutenção em geral. deve tentar resolvê-lo por si só. portanto. Socorrer uma Vítima 47 . Defesa civil. Depósito de gás engarrafado (glp). e obedecem a seguinte seqüência lógica: 56.AGENTE DE PORTARIA • • • • • • • • • Síndico ou gerente geral da empresa. Serviços de bombeiro hidráulico. Concessionárias de água. Procedimentos em Caso de Identificação de Ocorrências Tendo o Agente de Portaria se deparado com determinada situação delituosa. Anotações: 18. Chaveiros 24 horas. luz e telefone. Tais medidas visam minimizar maiores prejuízos advindos do fato delituoso. de imediato.

Detenção de Criminoso Se for possível. o Agente de Portaria deve tentar deter o criminoso. 57. O Agente de Portaria. Sem comprometer essa providência. para isso. Isolar e Preservar o Local do Crime Consiste em delimitar e manter o local do crime. Não permitir que se toquem em armas ou instrumentos do crime. não permitir que se modifique a posição do cadáver. através de documentos ou informações prestadas por familiares ou conhecidos da mesma. 48 .AGENTE DE PORTARIA Havendo vítima com vida. todo o esforço deve ser feito no sentido de mantê-la viva. Não permitir que se ponha em ordem as coisas que no local estiverem desarrumadas. prestando-lhe assistência inicial através dos conhecimentos de primeiros socorros e/ou encaminhando-lhe ao estabelecimento hospitalar mais próximo. bem como informar-se-á do destino e transporte dela. 58. para subsidiar o registro da ocorrência. nas melhores condições possíveis. caso não esteja acompanhado de Vigilantes. rigorosamente. ou que se toque no mesmo. E.“Qualquer do povo poderá e as autoridades e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito”) e que entre socorrer a vítima ou prender o criminoso. podendo apenas cobri-lo. anotará o nome e outros dados da vítima. O Agente de Portaria deve lembrar que não tem poder de polícia e que sua ação está embasada no Código do Processo Penal (Art 301 . como agente auxiliar da segurança. tem o dever de preservar o local do crime. no estado em que o criminoso o deixou. deve sempre optar pela prestação do socorro à vítima. e nos diversos vestígios espalhados. No caso de homicídio. pode se valer das seguintes técnicas: • • • • Isolar a área que serviu de palco para os acontecimentos. desde que não coloque sua vida e a vida de terceiros em risco.

Identificar Testemunhas Considera-se “testemunha direta” toda aquela que viu ou ouviu o desenrolar do crime. mantendo-as no local até a chegada da polícia. Comunicar à Empresa e às Autoridades Depois de adotadas as medidas preliminares pré-estabelecidas. Ao chegar a seu posto. quando se fizer necessário.• • • AGENTE DE PORTARIA Não permitir que as pessoas andem pelo local do crime. 59. 19. o Agente de Portaria deverá comunicar-se. com o plantão operacional da empresa (ou com o síndico) e com as autoridades policiais competentes. O Agente de Portaria deve anotar nomes e endereços do maior número de testemunhas possíveis. e “testemunha indireta” toda aquela que tem conhecimento de informações que possam elucidar o crime. Não permitir que repórteres e fotógrafos invadam o local do crime antes que a autoridade policial se faça presente no local. Procedimentos na Passagem do Serviço O recebimento e a passagem do serviço são momentos de muita importância. e Proteger os vestígios. para não prejudicar o aproveitamento dos vestígios. a fim de serem aproveitados pelos peritos. 60. o Agente de Portaria deve adotar os seguintes procedimentos: 49 . imediatamente. pois as ações a serem desenvolvidas vão permitir a boa continuidade do serviço. ainda que não o tenha presenciado.

deixando ligados apenas os aparelhos que devem permanecer nessa condição. desimpedi-las. relatando no “Livro de Ocorrências” falhas deixadas pelo seu antecessor. Não sendo possível. das eventuais anormalidades ocorridas. estão desobstruídas.• AGENTE DE PORTARIA Tomar conhecimento. Em caso de rádios e celulares. • • • • Verificar o estado dos equipamentos que serão empregados em caso de incêndios como extintores e hidrantes. telefones de emergência. • • Adotar providências imediatas contra possíveis falhas de seu antecessor. 50 . incluindo fichas. etc. Verificar a existência de todo documentação necessária ao serviço. se for possível. caso contrário. incêndio. • Fazer uma inspeção geral em sua área de ação. Certificar-se de que todos os aparelhos e equipamentos elétricos estão desligados. Verificar a existência de novas ordens ou ordens particulares para o seu horário de serviço. Testar. Verificar se todas as vias de acesso aos equipamentos de combate a incêndio. a necessidade de recarga das baterias e botijões. • • • • Ligar ou desligar as lâmpadas e equipamentos que devem ser ligados ou desligados. Verificar. verificar a carga das baterias. no caso de lanternas e lampiões. Verificar o funcionamento dos aparelhos que serão empregados em caso de falta de energia. levar imediatamente ao conhecimento do seu superior imediato. todo o sistema de alarmes existentes na empresa. principalmente em caso de roubo. • • Verificar a limpeza do local. livros. Verificar o funcionamento dos telefones e outros meios de comunicação. Verificar a segurança das portas e janelas das instalações. acidente. verificando se os materiais que ficam sob sua responsabilidade encontram-se em perfeito estado de conservação. etc. através do “Livro de Ocorrências” e das informações verbais transmitidas por seu antecessor.

Portar o crachá bem visível no uniforme. se preparar totalmente para atuar corretamente na sua função. Tratar a todos com respeito e educação. Manter o seu local de trabalho limpo e organizado. sob hipótese alguma afastar-se do local de trabalho. • Estar sempre atento na empresa para a qual trabalha. Manter compostura no trabalho. de preferência afixado junto ao bolso da camisa. Apresentar-se ao trabalho devidamente asseado.AGENTE DE PORTARIA IMPORTANTE: O Agente de Portaria deve chegar ao local de trabalho com tempo suficiente para. quanto a movimentação de pessoas. ficar em pé ou assentar. • • • Não permitir badernas e aglomerações no seu recinto de trabalho. em nenhum momento. 51 . durante o seu afastamento. Comparecer ao trabalho no horário pactuado. barbeado e com os cabelos aparados. Apresentar-se ao trabalho devidamente uniformizado. tendo as suas peças sempre limpas e em bom estado de conservação. • • • • • • • • • Principais Deveres Conhecer e cumprir as normas de trabalho de sua empresa e do cliente. 20. não poderá. e não deixá-lo antes de seu término. deixando o colega mais próximo. antes de receber o posto. as ocorrências do seu turno. Ser reservado e discreto em relação aos assuntos de sua empresa e da empresa para a qual presta serviços. em substituição. veículos e correspondências. como também em relação a conversas e/ou informações particulares que tome conhecimento durante o seu trabalho. de forma clara e objetiva sempre por escrito. ao seu colega de trabalho do turno posterior. mesmo assim. Repassar. em relação ao seu modo de andar. entrada e saída de materiais. demonstrando seriedade e firmeza. E após receber o serviço. salvo motivo de força maior ou com permissão de superior e. Não deixar o seu posto de serviço desguarnecido.

visando seu crescimento profissional. superiores e pessoas ligadas à empresa ou condomínio que trabalha.• • • AGENTE DE PORTARIA Comunicar. imprudente. Utilizar o uniforme fora do seu local de trabalho. • • • • • • • Propagar campanha político-partidária nas dependências do local de trabalho. Divulgar segredo ou informações confidenciais da sua empresa ou condomínio. indevidamente de qualquer objeto. 61. insubordinação. Desrespeitar colegas. Adulterar cartões de ponto ou rasurá-lo no sentido de levar vantagem. Ingerir bebida alcoólica durante o serviço. Proibições Especiais O Agente de Portaria não poderá ser negligente. material ou equipamento da empresa ou condomínio que trabalha ou presta 52 . Código Penal (pena de reclusão ou detenção). imperito. pois estará correndo riscos de ser penalizado de acordo com o Código Civil (reparação de danos). Realizar prática de comércio no seu local de trabalho. de qualquer natureza. salvo por motivo de força maior. Comunicar a sua empresa a mudança de série na escola e eventuais cursos que realizou. nascimento de filhos e falecimento de cônjuge e filhos. ou apresentar-se para o mesmo com sintomas de embriaguez. Comunicar a sua empresa eventual mudança de endereço residencial e estado civil. Exemplos de Proibições: • • • Deixar o seu posto de serviço desguarnecido. eventuais faltas e/ou atrasos ao trabalho. Apropriar-se serviços. com antecedência. Espalhar boatos e/ou informações falsas. bem como não poderá cometer indisciplina. atos de improbidade no desempenho de suas funções. ou em relação à CLT (dispensa por justa causa).

• • AGENTE DE PORTARIA Utilizar telefones do local de trabalho por motivos particulares. Procedimentos em Primeiros Socorros 53 . endereço ou número de telefones de diretores e empregados da empresa que trabalha. salvo se solicitado ou autorizado a emiti-ias. bom como de moradores de condomínios. sem autorização. tais como: leitura de revistas e jornais. • • Manifestar opiniões próprias quanto aos serviços. ASPECTOS GERAIS 21. debater futebol. Distrair-se no serviço com procedimentos inadequados. etc. Fornecer. Fumar em seu local de trabalho durante o serviço. escutar rádio. Descumprir normas de trabalho e instruções de serviço. • • • Dormir ou cochilar em serviço. política e religião. salvo se for por motivo de força maior. assistir à tv. 4.

(Exemplo de materiais: algodão. pinça. lavar a parte atingida com água e sabão ou água oxigenada. anti-séptico. • Procedimentos em Ferimentos Superficiais: a. cotonetes. • Atender os profissionais competentes que comparecerem para socorrer a vítima. gaze. tesoura. Regras Básicas em Primeiros Socorros • Manter a calma diante da situação: • Afastar com critério e respeito os curiosos. Ferimentos Em geral. atadura. rápido. provoca hemorragia. passar depois um anticéptico c. fazer um curativo com gaze e esparadrapo. colírios. antes da chegada do médico. soro fisiológico. em maior ou menor quantidade. Caso o Agente de Portaria saiba de alguma deficiência nesse sentido. Primeiros Socorros mais Comuns I. tala para torniquete e maca). que nada mais é que a perda de sangue. b. • Agir com rapidez e presteza. 62. devido ao rompimento de um vaso sanguíneo (veia ou artéria). é uma boa oportunidade para demonstrar a importância da sua função sugerindo que seja adquirido todo esse material e colocado à disposição de todos na portaria.AGENTE DE PORTARIA Primeiros Socorros é aquele atendimento imediato. 54 . A base de todo o atendimento eficiente a um acidentado. Um Agente de Portaria deve conhecer as técnicas básicas de primeiros socorros para adquirir conhecimentos que agregam valor à sua pessoa como profissional e cidadão. esparadrapo. visando diminuir o seu sofrimento ou o agravamento do seu problema. é ter ao acesso fácil os equipamentos e materiais mínimos necessários ao primeiro atendimento. álcool. Prestar primeiros socorros a um acidentado é responsabilidade de todo cidadão. água oxigenada. simples e seguro que se dá a um acidentado de mal súbito.

Desaperte o torniquete a cada 10 a 15 minutos. lavar a parte afetada com água limpa e corrente. Para aplicar o torniquete. c. g. o torniquete deve ser afrouxado imediatamente para que haja a circulação do sangue. d. c. • Procedimentos Recomendáveis em Queimaduras: a. queimaduras de 1º. 2º e 3º graus. com grande hemorragia. recomenda-se levantar a parte ferida e aplicar o torniquete. não passar nenhuma substância nas feridas. se estiver consciente. controlar a hemorragia usando compressas. se for o caso. b. aplicar gelo sobre a queimadura para amenizar a dor e evitar as bolhas. ao mesmo tempo. f. III. mas nunca bebidas alcoólicas. h. pasta de dentes. aplicar o torniquete. se o problema não for resolvido o torniquete deve ser retirado. colocar a vítima de costas com a cabeça em nível mais baixo do que o corpo. b. colocar panos limpos e umedecidos sobre a parte queimada. em alguns casos. torcendo a madeira até parar o sangramento. A gravidade da queimadura está na sua extensão e não no seu grau.• AGENTE DE PORTARIA Procedimentos em Ferimentos Extensos e Profundos: a. tais como: óleo. Queimaduras São lesões no corpo provocadas pela ação do calor. não furar as bolhas provenientes da queimadura. e. II. dar-lhe bastante líquido para beber. se positivo. Uma pessoa pode apresentar. graxa. encaminhar a vítima imediatamente ao médico. dar à vítima analgésicos para conter a dor. etc. Se os ferimentos ocorrerem nos membros superiores ou inferiores. manteiga. É importante verificar se as extremidades do membro ferido estão arroxeadas. amarre uma tira de pano acima do ferimento e coloque um pedaço de madeira no meio do nó. Fraturas 55 .

• Procedimentos Recomendáveis em Parada Respiratória: a. muitas vezes ela chega a perder a respiração. sem ferimento da pele. sem muito aperto.AGENTE DE PORTARIA Podem ser simples. cobrir a parte afetada com gaze ou pano limpo. deitar a vítima de costas e afrouxar todas as suas roupas. Em caso de suspeita de fratura de coluna. com ferimento da pele. o acidentado deve ser transportado somente em maca. manter a cabeça da vítima inclinada para trás. Neste caso se recomenda a utilização de pessoal habilitado para o atendimento. c. d. • Procedimentos Recomendáveis em Fraturas: a. a vida dessas pessoas pode ser salva através da respiração boca a boca. tirando tudo o que tiver dentro de sua boca. devem ser acolchoadas para não ferirem a pele do acidentado e devem ser amarradas com ataduras ou tiras de pano. nunca deslocar ou arrastar a vítima até que a região fraturada seja imobilizada. b. quando o osso fica exposto. se afoga. colocando debaixo do seu pescoço uma roupa dobrada a fim de ajudar melhor a passagem do ar. c. b. improvisar talas para a imobilização da parte fraturada: as talas devem cobrir as duas articulações do osso atingido. apertar o nariz da vítima para não deixar o ar sair por ele e abaixar o queixo para facilitar a saída do ar. se socorrida a tempo. podendo vir a falecer. é soterrada ou leva um choque elétrico. IV. d. 56 . No entanto. colocar o membro fraturado na posição o mais confortável possível. para não agravar a situação. em caso de fraturas expostas. ou expostas. Parada Respiratória Quando uma pessoa cai. inclinar a sua cabeça para o lado.

colocar a sua boca sobre a boca da vítima e soprar até aparecer elevação do peito (pode-se fazer isso também pelo nariz. simultaneamente deve ser realizada a massagem cardíaca. mas não profundamente). na altura do coração da vítima. os sintomas de um derrame são difíceis de identificar e a vítima pode sofrer sérios danos no cérebro se as pessoas demorarem a reconhecer os sintomas e chamar um médico. • Procedimentos Recomendáveis em Parada Cardíaca: a. b. tirar os lábios da boca da vítima (ou do nariz) para deixar o ar sair dos pulmões. repetir a mesma operação de 10 a 12 vezes por minuto (nas crianças até 20 vezes. calcar com as mãos o peito da vítima. um auxiliar deverá realizar os procedimentos de respiração artificial. para descanso de no máximo 5 segundos e continuar os movimentos e a respiração boca a boca até que a vítima volte a respirar e o coração comece a bater novamente. e parar em seguida. fazer intervalo. deitar a pessoa em superfície firme e dura. uma sobre a outra. além da respiração boca a boca. Derrame Cerebral Às vezes. h. não parar a respiração boca a boca até ter a certeza de que a vítima esteja totalmente recuperada. apoiar as duas mãos. tampando a boca da vítima). c. uma vez por segundo. após o sopro. fazendo força para baixar o peito por 5 vezes. Parada Cardíaca Pra socorrer uma pessoa cujo coração parou de bater. f. d. V. VI. e. neste instante. também por 5 segundos.AGENTE DE PORTARIA e. que é recomendada. até que a vítima volte a respirar novamente. • Para Identificar os Sintomas: 57 . g. tomar fôlego.

se o caso for grave e se não houver tempo para pedir auxílio a pessoas habilitadas ao socorro.AGENTE DE PORTARIA a. descrevendo os sintomas que forem observados. c. sendo apenas necessária uma organização de tarefas e treinamento adequado para as pessoas. b. peça que a vítima fale uma sentença simples de maneira coerente. • Procedimentos Recomendáveis em Derrames: a. Procedimentos de Prevenção e Combate a Incêndios Pessoas despreparadas. peça à pessoa para sorrir (identifica o sintoma da fraqueza facial). identificar os sintomas. por isso o Agente de Portaria deve conhecer técnicas básicas de 58 . Todos os sistemas instalados devem ter acompanhamento de seu estado de conservação e de manutenção e a brigada de emergências deverá receber treinamento periódico. Por exemplo: “O dia está ensolarado hoje” (identifica o sintoma de problemas no discurso). b. Danos e mortes podem ser evitados com simplicidade e sem grandes custos. pedir socorro a um médico urgente. 22. peça que a vítima levante os braços (identifica o sintoma da fraqueza do braço). que não mantenham calma o suficiente para enfrentar um princípio de incêndio podem causar danos e mortes. IMPORTANTE: O Agente de Portaria só deve realizar a massagem cardíaca e a respiração boca a boca. Procedimentos equivocados ou tomados no tempo errado agravam os danos. A organização do trabalho de prevenção de incêndios e sua manutenção cabem sempre ao responsável pela edificação (proprietário ou seu representante legal) e ao síndico ou administrador.

Teoria do Fogo O fogo é uma reação química provocada pela mistura. Exemplo: uma vela . Sistema de iluminação de emergência. Técnicas de Extinção do Fogo • Retirada do combustível . borracha. Sistemas de Prevenção e Combate a Incêndios • • Extintores. • • • • • • • 63. líquido (álcool. o comburente é o oxigênio existente no ar e o calor é gerado por uma fonte externa. Por ser o fogo a reunião de três elementos costuma ser simbolizado por um triângulo. Brigada de emergências. papel.fechamento de um registro de combustível (fechar o registro de um botijão de gás). O combustível encontra-se em três estados físicos: sólido (madeira. comburente e calor. "sprinklers" . em condições ideais. Detectores de fumaça. O combustível é o elemento que queima. Sinalizações de identificação e orientação. tecido. etc).). acetileno e hélio). com portas corta-fogo. 64. Escadas de segurança.AGENTE DE PORTARIA combate ao fogo e os equipamentos de prevenção e combate a incêndios e saber manuseá-los de forma adequada.o combustível é a cera. rede de hidrantes e bomba de incêndio. no qual cada lado representa um dos três elementos citados. de combustível. 59 . Pára-raios. éter. Sistema de alerta (no edifício residencial pode substituído pelo interfone). o comburente é o oxigênio e o calor é o palito de fósforo aceso. gasolina. óleo diesel. e gasoso (gás de cozinha. etc.

é essencial que saibamos a que classe o incêndio pertence. 66.corte de fornecimento de calor (ex: jatos de água).a transmissão se dá pela formação de correntes. Incêndio Classe A São os verificados em materiais sólidos ou fibrosos comuns.• • AGENTE DE PORTARIA Abafamento . I. 65. vários outros ao seu redor queimam em virtude da irradiação do calor. II. Classes de Incêndio Numa situação de combate ao fogo. Irradiação . algodão. com um cobertor). na parte inferior.corte do fornecimento do oxigênio (cobrir algo. Convexão . Isto porque. bem como a de deixar resíduos quando queimados. como madeira. Propagação do Calor A transmissão do calor se dá por três formas: I. Exemplo: uma porta de madeira de um apartamento. que esteja queimando.a transmissão ocorre por meio de raios ou ondas. Contato ou condução – a transmissão ocorre de material para material. Num grande incêndio. ascendentes e descendentes. conhecendo a natureza do material que está se queimando. podemos determinar qual o melhor método a ser utilizado para uma rápida e segura extinção. Para atender às características da queima em profundidade deve ser utilizado um agente extintor com poder de penetração e que possa umedecer a 60 . Possuem duas características: a de queimar em superfície e em profundidade. papel e estopa. Esse tipo é extinto pelo método de resfriamento. Numa churrasqueira em que. III. existe a ação do calor sobre a carne e a fumaça e fuligem gerada por esta queima sobem através do duto de exaustão. É o que acontece quando seguramos uma agulha e aquecemos sua ponta. é o calor que sentimos no rosto quando nos aproximamos do fogo. em um prédio. Resfriamento .

II. é imprescindível a utilização de um agente extintor "não condutor de eletricidade". Para extingui-lo é essencial um efeito de abafamento e o corte do fluxo do combustível. evita-se receber uma descarga elétrica. (como a espuma). usadas em determinadas condições. podemos apagá-lo fechando o registro do botijão.AGENTE DE PORTARIA região atingida pelo fogo. apagando o fogo. como é o caso do pó químico seco e do gás carbônico. Incêndio Classe C São os que ocorrem em equipamentos elétricos ligados. Surgindo fogo numa tubulação de gás que conduza GLP (gás liquefeito de petróleo). caso contrário. Água 61 . neste caso. assim. pois o que queima é o vapor emanado por esses líquidos. Neste caso deve-se usar água ou um extintor de espuma. pois. Incêndio Classe B São os verificados em combustíveis líquidos e gasosos. a segunda característica é que quando queimados não deixam resíduos. IMPORTANTE: Nunca use água ou outro agente que a contenha em sua composição. é desligar o quadro de força. Neste caso. para evitar que. III. nunca em profundidade. e não cortando o fornecimento de gás. é preferível que o deixemos queimar sob controle. Os Principais Agentes Extintores usados são: I. Agentes Extintores São substâncias que. Estes incêndios oferecem risco de vida ao operador do equipamento de extinção. seu vazamento venha a resultar em explosão. têm o poder de extinguir o fogo. Possuem duas características: queimam somente em superfície. (num tanque de combustível cheio de gasolina as chamas estarão na superfície). IMPORTANTE: Somente se deve extinguir o fogo se tivermos condição de cortar o fornecimento do combustível gasoso. 67. devido a presença da eletricidade. O primeiro passo a ser dado.

pode penetrar e espalhar-se em todas as partes da área incendiada. pois suas propriedades isolantes podem danificar o equipamento eletrônico. e é recomendado para a extinção de incêndios em líquidos inflamáveis e alguns tipos de equipamento elétrico. Gás Carbônico É usado na extinção de incêndios em líquidos inflamáveis e em equipamentos elétricos energizados. A sua ação é de abafamento. por isso deve haver fiscalização diária por parte do Agente de Portaria visando identificar quaisquer irregularidades. Uso dos Extintores Os extintores de incêndio servem para debelar ou controlar princípios de incêndio. III. conseqüentes da queima do bicarbonato. Pó Químico Seco Tem por base o bicarbonato e é recomendado para extinguir incêndios Classes B e C. pressão abaixo do normal. etc. tais como computadores. principalmente. IMPORTANTE: Não deve ser usado em locais onde estão situados relés e contatos elétricos. Por não deixar resíduos. diminuição do seu peso e data de validade vencida. tais como: lacre violado. pode ser usado em aparelhos delicados. Em muitos edifícios. Tem como ação secundária a produção de CO2 (gás carbônico) e vapor de água. central de telefonia. 68. Não conduz energia elétrica. selo arrancado. 62 . pelo seu alto poder extintor e baixo custo. fazendo com que o material combustível diminua sua temperatura a um ponto onde não haja a formação de gases e vapores. produzindo uma camada que isola o oxigênio da queima do combustível. pois reduz a concentração de oxigênio do ar. excetuandose incêndios em circuitos energizados. impedindo a combustão. Por ser um gás. sendo usado com êxito na maioria dos incêndios. A água age pelo resfriamento. II. Ao ser aplicado faz com que a chama se apague. as pessoas insistem em escondê-los por trás de armários ou debaixo deles.AGENTE DE PORTARIA É o mais usado.

que são instaladas nessas redes hidráulicas. uma penalidade deverá ser aplicada. nesse momento. deve-se orientá-lo e notificá-lo por escrito. O sistema elétrico que alimenta essas bombas de incêndio deverá ser independente das do prédio para que o mesmo não pare caso haja o desligamento de energia da edificação. a pressão para lançar os jatos de água a distâncias seguras não é suficiente. aumentando a pressão. normalmente. 63 . com cópias em todos os elevadores. verificando os itens mencionados. Persistindo o erro. Em alguns casos. lança-se mão de bombas de incêndio. existe um tampão pintado em vermelho e no seu interior. Quando da chegada do Corpo de Bombeiros. o Agente de Portaria deve avisar ao responsável para que o extintor seja retirado e substituído por outro de reserva. ao nível do solo ou de forma subterrânea. O Agente de Portaria deverá auxiliar nesse controle quando o extintor retornar da manutenção. Sendo identificado o responsável pelo uso indevido. que nada mais é do que um prolongamento da rede de hidrantes até a calçada em frente do prédio. Sistema de Hidrantes O sistema de hidrantes tem por função despejar um grande volume de água no incêndio para extingui-lo por resfriamento. Para um perfeito entendimento do uso desse equipamento deverão ser realizados diversos treinamentos. Esse reservatório deve garantir um tempo de combate ao incêndio mínimo de trinta minutos. onde serão simuladas situações de incêndio próximas do real. Ao se comprar ou requisitar recarga dos equipamentos extintores. desde que exista essa possibilidade. um dos procedimentos para o combate é a utilização do registro de recalque. os documentos de credenciamento e capacitação da empresa devem ser observados e conferidos.AGENTE DE PORTARIA Em caso de encontrar irregularidades. Para identificação em seu prédio. 69. O sistema de hidrantes é alimentado por um reservatório (caixa d'água) que pode ser posicionado na parte superior da edificação.

na forma de balizamento.AGENTE DE PORTARIA em posição abaixo do nível da calçada. quanto para engatá-la no esguicho. Mantenha essa tampa sempre desobstruída e o seu interior sempre limpo. • • • 70. Chave de mangueira. Sistema Centralizado 64 . Sistema de Iluminação de Emergência O sistema de iluminação de emergência serve para dar a iluminação necessária às pessoas se orientarem nas rotas de fuga durante a falta de energia ou em caso de incêndio. normalmente em ferro ou aço galvanizado. pois toda população que abandona um edifício é direcionada para ele. mostrar as diversas mudanças de direção até o pavimento térreo. Registro de recalque. • • Bomba de incêndio. o interior de uma escada de segurança deve possuir esse tipo de iluminação como forma de orientar a visualização dos diversos degraus e. Reservatório de incêndio. A iluminação de emergência deve ser posicionada em locais que facilitem a orientação e visualização de obstáculos e mudanças de direção. que serve tanto para diminuir os esforços para engatála no registro de água. O pavimento térreo é chamado piso de "descarga". Abrigo para acondicionamento das mangueiras. deverá existir um registro com uma conexão para o Corpo de Bombeiros. Mangueiras de incêndio com diâmetros entre 38 mm e 63 mm. Como exemplo. Composição Básica do Sistema de Hidrante • • Tubulação que conduz a água. Os Sistemas de Iluminação de Emergência são basicamente três: I.

a escada. II. alertar toda a população usuária da edificação. na falta de energia. necessitando somente uma fonte de energia. para 65 . pode se transformar numa chaminé gerando grande risco de morte por intoxicação ou asfixia. III. um circuito de comando interno coordena seu funcionamento. numa altura média de 80 centímetros. também. que servirá como orientação para as pessoas deficientes visuais e como apoio nos deslocamentos. É indicado. Sistema com Blocos Autônomos Cada luminária possui uma bateria e. No interior da escada de emergência deve existir corrimão instalado nas paredes. através de alarme sonoro. em caso de incêndio. Escada de Segurança A escada de segurança é um componente estrutural de um edifício que serve como caminho projetado de fuga vertical das pessoas. 72. Estas luminárias podem ser retiradas e reinstaladas em qualquer outra parte da edificação.AGENTE DE PORTARIA Os pontos de Iluminação são interligados por um circuito elétrico alimentado por baterias. da necessidade de iniciar os procedimentos de abandono da edificação (que já deverão ter sido treinados anteriormente). 71. sem a proteção dessas portas corta-fogo. As portas corta-fogo deverão estar permanentemente fechadas. sendo que esta deve possuir em seu acesso uma porta corta-fogo responsável em garantir que o calor não irá atingir o interior da escada. Sistema de Alarme Estes sistemas servem para. alimentadas por uma ou um grupo de baterias. Todo esse sistema é comandado por uma central que é a responsável por coordenar o momento de acionamento das luminárias. pois. Sistema Gerador Automatizado A fonte de alimentação do sistema é um gerador.

no mínimo. no pavimento térreo junto à Recepção ou à Portaria. por intermédio de uma Central de Alarme.AGENTE DE PORTARIA iniciar os procedimentos de orientação da população para o abandono. Em cada andar deve existir. acionará os dispositivos sonoros em todos os andares concomitantemente. Na Central de Alarme existem algumas luzes que identificam qual o andar que foi acionado. uma botoeira do tipo "quebre o vidro" que. Anotações: 66 . normalmente. localizada. e/ou combate ao incêndio pela Brigada de Emergência. servindo como orientação para os Brigadistas que irão realizar o combate.

AGENTE DE PORTARIA 67 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful