Você está na página 1de 7

Colégio Batista “Daniel de La Touche”

Ensino Médio

Perla da Rocha Machado

ESCRAVIDÃO

São Luís
2011
Perla da Rocha Machado

ESCRAVIDÃO

Trabalho apresentado à
disciplina de História
- 1 ano

Prof. Vale

São Luís
2011
SUMÁRIO

Início da escravidão ….................................................................................................................... 2


Escravidão do Brasil …................................................................................................................... 3
Trabalho escravo hoje no Brasil …................................................................................................. 4

1
1. Início da escravidão:

A escravidão teve início desde as épocas mais antigas. Geralmente, os escravos eram os
prisioneiros de guerra e pessoas com dívidas, porem posteriormente destacou-se a escravidão de
negros. Na Idade Moderna, a partir da descoberta da América, houve um crescimento da escravidão.
Dessa forma, desenvolveu-se um lucrativo comércio de homens, mulheres e crianças entre a África e
as Américas. A escravidão foi justificada por razões morais e religiosas e baseada na crença da
superioridade racial e cultural dos europeus. O transporte forçado de africanos para as Américas é
chamado de tráfico negreiro.

2
2. Escravidão no Brasil:

A escravidão do Brasil teve início com a produção de açúcar na primeira metade do


século XVI. Os portugueses traziam os negros africanos de suas colônias na África para serem
aproveitados como mão de obra escrava nos engenhos de açúcar do Nordeste.
Os escravos eram tratados de forma cruel nos engenhos de açúcar ou nas minas de
ouro. Passavam as noites nas senzalas acorrentados para evitar fugas. Eram castigados fisicamente,
sendo que o açoite era a punição mais comum no Brasil.
Eram proibidos de praticar sua religião de origem africana ou de realizar suas festas
e rituais africanos. Eram obrigados a seguir a religião católica, imposta pelos senhores de engenho,
e adotar a língua portuguesa na comunicação.
A partir do século XIX, a escravidão começou a ser questionada pela Inglaterra. Esta,
estava interessada em ampliar seu mercado consumidor no Brasil e no mundo, então, o Parlamento
Inglês aprovou a Lei Bill Aberdeen (1845), que proibia o tráfico de escravos.
Em 1850, o Brasil aprovou a Lei Eusébio de Quritóz, que acabou com o tráfico
negreiro. Porém, foi no dia 13 de maio de 1888 que a escravidão foi abolida no Brasil, com a
promulgação da Lei Áurea, feita pela Princesa Isabel.

3
3. Trabalho escravo hoje no Brasil:

Ainda hoje, ainda há o trabalho escravo no Brasil, porém, não com tanta frequência
como no período colonial. Os Estados onde o uso do trabalho escravo é mais frequente são
Tocantins, Pará, Rondônia, Maranhão, Mato Grosso e Bahia.