Você está na página 1de 1

Disciplina: Geografia

Professor: Alberto Vieira


Série: 8º ano

Atividade: Análise de letras de Música – Cultura e Geografia


Tema: Subdesenvolvimento: Fatores Internos e Brasil

 Letras/Autor
O Brasil que dá É verde, é índio peladão
Brasis É igualzinho ao que pede... É mameluco, é cafuso
Seu Jorge Pede paz, saúde É confusão
Trabalho e dinheiro É negro, é branco, é nissei
Tem um Brasil que é próspero Pede pelas crianças É verde, é índio peladão
Outro não muda Do país inteiro É mameluco, é cafuso
Um Brasil que investe Lararará!... É confusão...
Outro que suga... Tem um Brasil que soca Oh pindorama eu quero
Um de sunga Outro que apanha Seu porto seguro
Outro de gravata Um Brasil que saca Suas palmeiras
Tem um que faz amor Outro que chuta Suas feiras, seu café
E tem o outro que mata Perde, ganha Suas riquezas
Brasil do ouro Sobe, desce Praias, cachoeiras
Brasil da prata Vai à luta bate bola Quero ver o seu povo
Brasil do balacochê Porém não vai à escola... De cabeça em pé...(2x)
Da mulata... Brasil de cobre (Repetir a letra)
Tem um Brasil que é lindo Brasil de lata Quero ver o seu povo
Outro que fede É negro, é branco, é nissei De cabeça em pé...(final 2x)

Um por todos,todo mundo nú Índio foi queimado vivo quando durmiu


Índio E cada um na sua Índio comeu peixe poluido no rio
Gabriel Moura Boto,tamanduá,cocar,sucurí,pitú Índio quer saber se chega no ano dois mil
Jacarandá, Anta, Cajá, Curumim Índio vem morar numa favela do Rio
Há quinhentos anos Arara, Jaguatirica Caiapó, tupi, xingú
Eram cinco milhões Mandioca, Gibóia, Jacaré guarani, txucarraman
De índios no Brasil Vitória régia, Tim Maia Acolhei ó tupã
Cada um em sua oca Cada um na sua Pataxó
Cada oca em sua taba Hoje são duzentos e cinquenta mil
Cada taba em sua mata Mataram de milhões tristeza e solidão
Cada rio,cada peixe,cada bicho,bicho Na bala, No chicote, Na humilhação
Não se sinta um derrotado
Moro no Brasil "O povo brasileiro
Farofa Carioca E lute prá sobrevivier" Continua rindo
Uh! Hiê! Resistindo à violência
"Por isso Lute prá sobreviver!... Que alguém planejou
Quero deixar claro Refrão: Vivendo na favela
Ao povo brasileiro Moro no Brasil Morrendo na viela
Que o governo Não sei se moro Coitado do bangela
Junto ao congresso Muito bem ou muito mal Sua hora já chegou"...(2x)
Vem trabalhando num prazo Só sei que agora É só Plim, Plim
A ser estipulado Faço parte do País Dá dois, dá dois
Para que possamos recuperar A inteligência Tirim, Tirim
As alíquotas do É fundamental...(2x) Bangue, Bangue
Produto interno bruto "Agora eu tenho aqui Papau!...(4x)
Sendo assim A causa do nosso problema "Agora eu tenho!
A partir do mês que vem Miséria e fome derrotam A causa do nosso problema
O salário mínimo sofrerá Derrotam nossa nação Miséria e fome derrotam
Um aumento de 3,04.7"... Prá completar Derrotam nossa nação
Alô povão agora é sério Tem, tem Prá completar
Chora cavaco! Violência ao cidadão Tem, tem, tem
Vai!... Precisamos sim Violência ao cidadão
Bam! Bam! Bam! Fazer por nossos irmãos Precisamos sim
Brasil 2000...(2x) Com a ajuda de Deus Fazer por nossos irmãos
Deixa comigo! Deus! Com a ajuda de Deus
"Há muito tempo E por que não? Deus!
Venho pensando Então vai lá (Duvida?)
No povo brasileiro Vai lá cidadão E por que não?
No sufoco que passamos Faça por você Então vai lá
Cada ano que passa Não se sinta um derrotado Vai lá cidadão
Promessas nos fazem E lute prá sobreviver" Faça por você
Mas ninguém acha graça Uh! Hiê!... Não se sinta um derrotado
Mas eu acredito Refrão E lute prá sobreviver"
Que há uma solução Uh! Hiê!..
Alcançando o objetivo Refrão
Com o nosso coração
Então vai lá cidadão
Faça por você

Interesses relacionados