A África do Sul é o país mais rico da África, com cerca de 18% do PIB (Produto Interno Bruto) total do continente

e 45% da produção de minérios. Sua atividade industrial é a mais importante da África. A nação possui a quarta maior renda per capita do continente africano. Só perde para as Ilhas Seychelles, Botswana e algumas regiões sob domínio europeu, quando consideradas em conjunto. A moeda oficial é o rand, que possui bom valor no mercado internacional. É a moeda de um país emergente mais movimentada pelos mercados financeiros globais. Atualmente, faz parte de um seleto clube, o Continuous Linked Settlement, que executa transações internacionais de forma imediata. Os maiores parceiros comerciais do país são, além dos africanos, a Alemanha, Japão, Suíça, Reino Unido e os Estados Unidos. Suas principais exportações são: milho, diamante, frutas, ouro, metais e minérios, açúcar e lã. Entre as suas importações, destacam-se os produtos industrializados e o petróleo. O país tem os setores financeiros, de energia, de comunicações e de transportes bem desenvolvidos. Em 2008, o setor de serviços representou 65,3% do PIB. A indústria representou 31,3% (incluindo mineração) e a agricultura, 3,4%. A bolsa de valores de Johannesburg é a 17ª maior do mundo. A África do Sul possui recursos naturais em abundância. É a maior produtora mundial de ouro, platina, cromo, vanádio e manganês. É, também, grande produtora de diamante, carvão, níquel, urânio e gás natural. O turismo é também um dos sectores em franco e rápido crescimento da economia sul africana e a sua contribuição para o PIB têm aumentado de 4,6% em 1993 para 8,3% em 2006. Direta ou indiretamente, o turismo constitui aproximadamente 7% do emprego na África do Sul. Idealmente colocado para criar novos empregos e valorizar os recursos naturais e culturais do país, o turismo tem sido assinalado pelo governo como um dos setores de crescimento da África do Sul.

³Só no ano de 2010, a África do Sul espera receber mais de 370 mil turistas para os jogos da Copa. Espera-se que o mês do campeonato injete 93 milhões de rands ± moeda africana - na economia da África do Sul, traduzindo em crescimento no PIB de 2% a 2,5%.´

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful