apostila normas abnt

1

NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
Formato
Tipo de papel
Usar papel branco, no formato A4 (210 x 297 mm).
Tipologia
Utilizar as fontes: Arial ou Times New Roman. Observar o tamanho da
fonte que deve ser usada em cada estilo:
a) notas de rodapé, resumo/abstract (o texto) e citações textuais longas
— corpo 10;
b) texto; item (negrito); ou sub-item (negrito); marcador; bibliografia e
figura — corpo 12;
c) capítulo; o título do resumo; do abstract e da introdução — corpo 14.
Atributos
Observar os atributos para cada estilo:
a) marcador; notas de rodapé; resumo/abstract (o texto); bibliografia;
figura e texto — normal;
b) capítulo; item; ou sub-itens; o título: do resumo, do abstract e da
introdução — negrito;
c) citação textual longa — itálico.
Paginação
Os números de página devem ser colocados no canto superior direito, a
2
2,5 cm. da borda superior do papel. Inserir o número de página, na Página Mestre do
PageMaker, com do comando: “control shift 3” ou “control alt p”.
As páginas das partes “textuais” e “pós-textuais”, devem ser numeradas
consecutivamente com algarismos arábicos, e as “pré-textuais” em algarismos romanos,
caixa baixa.
As páginas das partes “textuais” e “pós-textuais” que iniciam os capítulos
ou partes do trabalho, como: Introdução, Metodologia, Conclusão, Bibliografia, Anexos
etc., devem ser contadas, mas não numeradas. Para isso, desligar nessas páginas, a
opção “Mostrar Itens da Página Mestra, na janela Visualização”.
Margens
Observar os seguintes padrões para margens: margem esquerda 3,0
cm; margem direita: 2,0 cm; margem superior: 3,5 cm; margem inferior: 2,0 cm. O texto
deve ocupar o espaço útil da página dentro dos limites especificados, todos os estilos
devem ser justificados e não hifenizados.




Espaço entrelinhas
Para definir no PageMaker o espaço de “entrelinhas” que deve ser
deixado em cada estilo, ajustar a opção “Espaços – Tamanho em Pontos” do menu
“Parágrafo”:
a) texto; capítulo; item; sub-item; marcador e figura — 160% (1,5
entrelinhas);
3
b) citação textual longa; bibliografia; resumo/abstract e notas de
rodapé — 120% (espaço simples de entrelinhas).
Parágrafo
Definir o parágrafo de cada estilo no PageMaker, na opção “Endentação
- Primeira” do menu “Parágrafo”:
a) citação textual longa e notas de rodapé: devem ter uma “endentação
de 3,0 cm a partir da margem esquerda”, para o parágrafo inteiro;
b) texto: deve ter uma endentação de 3,0 cm apenas para a 1ª linha,
as demais linhas zeram à esquerda;
c) os demais estilos não têm endentação, são zerados à esquerda.
Observar o espaço a ser deixado, em cada estilo no PageMaker,
programando o menu “Parágrafo – Espaço entre Parágrafos — antes/depois”:
a) capítulo; item; sub-item — 13 antes;
b) texto, introdução e bibliografia — 9 antes;
c) figura — 9 antes e 9 depois;
d) citação textual longa e nota de rodapé — 4,5 antes (só para 1ª
linha, as demais linhas 0 antes);
e) resumo, abstract e marcador — 0 antes.
Título
O título demarca o assunto tratado num documento. Portanto, todos os
capítulos, itens, sub-itens, devem ter títulos (NBR 6024).
Para identificar os títulos, diagramá-los conforme sua importância:
a) capítulos: todas as palavras em caixa alta, alinhado à esquerda;
b) itens: a primeira letra das palavras principais em caixa alta,
alinhados à esquerda;
c) sub-itens: a primeira letra da 1ª palavra em caixa alta, alinhados à
esquerda;
4
d) resumo, abstract (apenas o título): centralizado;
e) introdução (apenas o título): alinhado à esquerda.
Todos os capítulos devem ser iniciados em páginas próprias, ainda que
haja espaço útil na folha anterior. Para isso, acionar o ícone “Quebra de página anterior”
no menu “Especificações de Parágrafo” do PageMaker.
Alínea (estilo marcador)
De acordo com a NBR 6024 as alíneas devem ser identificadas da
seguinte maneira:
a) o parágrafo anterior à primeira linha de alínea deve terminar com “ : ”;
b) as alíneas devem ser ordenadas por letras minúsculas seguidas
de parênteses. Ex.: a) b) c) etc...;
c) todas os aprágrafos do estilo alínea, começam com letra minúscula
e terminam com “ ; ”, com exceção da última que deve terminar
com “ . ”;
d) o alinhamento dos textos deve seguir a primeira linha, ou seja, definir
no menu “Tabulação”: “30 mm na 1ª linha e 40 mm com marcação
para a 2ª linha”. Nos parágrafos, logo após a identificação em letras
minúsculas seguidas de parênteses dar um “Tab”, e começar digitar
o texto.
Citações
Conforme a NBR 10520, citação é a Menção, no texto, de uma
informação colhida em outra fonte. Pode ser uma transcrição ou paráfrase, direta ou
indireta, de fonte escrita ou oral. Citar a fonte de uma consulta ou de uma referência é
sempre obrigatório.
As citações citações textuais (transcrições: nome dado pela ABNT)
referem-se à reprodução das próprias palavras do texto citado, ou seja, uma parte do
texto de um autor. Conforme a NBR 12256, as transcrições podem ser curtas ou longas:
5
a) as curtas — de até três linhas — são incluídas no próprio texto,
entre aspas ou em itálico;
b) as longas (estilo citação textual longa), mais de três linhas, são
grafadas entre aspas ou em itálico, em parágrafo próprio
(especificação de parágrafo: 4,5 antes), com espaço simples de
entrelinhas (120%) e endentação de 3 cm à esquerda.
Em ambos os casos, atentar para os seguintes itens:
a) transcrever as citações exatamente como são escritas no texto
original, respeitando-se inclusive a pontuação e/ou grifos;
b) palavras ou expressões escritas em itálico ou já grafadas com as
aspas no texto original, substituir por apóstrofo na citação.
Utilizando-se o sistema autor-data da NBR 10520, a indicação das fontes
nas transcrições curtas ou longas devem considerar: nome do autor, ano da publicação,
página da obra citada, separados entre si por vírgula e entre parênteses. Por
exemplo: “A produção de lítio começa em Searlers Lake, Califórnia, em 1928
(MUMFORD, 1949, p. 513)”.
Quando o sobrenome do autor estiver incluído na sentença, indica-se
apenas a data, entre parênteses. Por exemplo: OLIVEIRA & LEONARDOS (1943, p.
146) dizem que “a relação da série São Roque com os granitos porfiróides pequenos é
muito clara...”.
As citações conceituais (paráfrase: ABNT) reproduzem a idéia do autor
consultado, sem transcrever o texto. Nesse caso, as aspas ou o itálico não são
necessários, mas é imprescindível citar a fonte: sobrenome do autor e ano da
publicação (entre parênteses). Por exemplo: MUMFORD (1949).
As citações mistas referem-se a expressões ou termos utilizados por
outros autores, inseridos no trabalho. Neste caso, apenas a expressão ou termo é colocado
entre aspas ou em itálico. A citação da fonte continua sendo indispensável e deve citar:
sobrenome do autor, ano da publicação, a página da obra citada, separados entre
si por vírgula e entre parênteses. Por exemplo: (MUMFORD, 1949, p. 513).
6
Quando na mesma obra citada constar mais de um autor considerar:
a) no caso de dois autores: ambos serão citados no texto unindo-se
os nomes com “e” comercial (OLIVEIRA & LEONARDOS);
b) no caso de três ou mais autores, citar o sobrenome do primeiro
seguido pela expressão et al. (OLIVEIRA et al., 1943).
Palavras, frases e termos em outros idiomas
Deve-se atentar para grafar em itálico, os termos, palavras ou frases, de
outro idioma citados nos trabalhos. Ex.: software. PageMaker. posteriore.
Organização do Trabalho
Segundo a NBR 10719, um relatório técnico-científico compreende as
seguintes partes:
a) elementos pré-textuais (preliminares: ABNT);
b) textuais;
c) pós-textuais (pós-liminares: ABNT).
São elementos pré-textuais: capa, folha de rosto, banca examinadora,
dedicatória, agradecimentos, sumário, listas (de tabelas, de ilustrações, de gráficos, de
abreviaturas e/ou siglas, de símbolos etc.), resumo, abstract.
São elementos textuais: introdução, compreendendo além de si mesma,
a revisão bibliográfica, os objetivos e a justificativa, o desenvolvimento, compreendendo
os métodos e procedimentos utilizados e os resultados do estudo; finalmente a discussão
dos resultados, as conclusões e/ou considerações finais.
São elementos pós-textuais: referências bibliográficas, bibliografia
consultada, anexos, glossário.
7
Elementos pré-textuais
Os pré-textuais, devem ser numerados com algarismos romanos caixa
baixa, no canto superior direiro e a 2,5 cm do topo do papel.
Capa
Identifica o trabalho e deve constar: nome da universidade e do curso,
tipo e título do trabalho, local e ano.
Consultar o Anexo A como exemplo de diagramação:
a) o nome da universidade deve ser impresso em caixa alta,
centralizado, na parte de cima da página, corpo 16, negrito;
b) o nome do curso deve ser impresso logo abaixo, em caixa alta,
centralizado, corpo 14, negrito;
c) o tipo de trabalho, a seguir, em caixa alta, centralizado, corpo 12,
negrito;
d) o título deve ser grafado no meio da página, em caixa alta,
centralizado, corpo 16, negrito, destacando-se dos outros elementos
em aproximadamente 90 mm. Definir no menu “Parágrafo” - Espaço
entre parágrafos antes = 90 mm”;
e) o local e o ano devem ficar no final da página, em caixa alta,
centralizado, corpo 12, negrito.
Folha de rosto
Na folha de rosto deve constar: o nome do autor ou autores, título do
trabalho, nota descritiva, local e ano.
Consultar o Anexo B como exemplo de diagramação:
a) o nome da universidade deve ser impresso em caixa alta,
centralizado, na parte de cima da página, corpo 16, negrito;
8
b) o nome do curso deve ser impresso logo abaixo, em caixa alta,
centralizado, corpo 14, negrito;
c) o tipo de trabalho, a seguir, em caixa alta, centralizado, corpo 12,
negrito;
d) o titulo do trabalho deve estar em caixa alta, centralizado, corpo
16, negrito, com 60 mm abaixo do tipo do trabalho;
e) o nome completo do autor ou autores deve ser impresso em caixa
alta, centralizado, corpo 14, negrito, em ordem alfabética;
f) na nota explicativa deve-se dar referência à natureza do trabalho,
seu objetivo acadêmico e os dados de coordenação e/ou
orientação. Deve ser impresso em espaço simples, itálico, corpo
10, normal, a partir do centro da página alinhado à direita. É
separada do nome do(s) autor(es), por 30 mm;
g) o local e o ano devem ser impressos nas duas últimas linhas da
folha, em caixa alta, no centro do papel, corpo 12, negrito.
Banca examinadora
A partir da metade da página deve-se escrever a palavra Banca
Examinadora, em caixa alta, corpo 12, negrito e alinhado à direita. Logo abaixo imprimir
cinco linhas, de 8 cm cada, para as assinaturas dos membros da banca examinadora.
Abaixo constar o local e a data da apresentação oral do trabalho. (Anexo C)
Dedicatória
Segundo a NBR 6029 é a, página ímpar onde o autor dedica a obra e/
ou inclui uma citação. É opcional, mas se utilizada, o título Dedicatória deve ser impresso
no topo da página, em caixa alta, corpo 14, negrito e centralizado, o texto deve figurar na
parte inferior à direita, corpo 12 e normal. (Anexo D)
Agradecimentos
9
Agradecimentos não são obrigatórios. Consta na NBR 10719 que,
devem figurar, se necessário, agradecimentos à assistência relevante na realização e
preparação do relatório. Não são normalmente feitos agradecimentos a contribuições
rotineiras.
Então, quando utilizados, devem privilegiar aqueles que realmente
contribuíram para a realização do trabalho.
Esta folha é encabeça da pela palavra Agradecimento, grifada em caixa
alta, centralizada, corpo 14 e negrito. Em geral inclui agradecimentos ao coordenador e/
ou orientador, instituições, empresas e/ou pessoas que colaboraram de forma especial
na elaboração do trabalho. (Anexo E)
Sumário
A NBR 6027 define sumário como a enumeração das principais
divisões, itens e outras partes de um documento na mesma ordem em que a matéria
nele se sucede.
Esta folha deve ser impressa com o título Sumário, centralizado, em caixa
alta, corpo 14, negrito. Após três espaços, serão grafados os capítulos, itens, sub-itens
etc., obedecendo a seqüência do trabalho. (Anexo F)
Os estilos que compõem o sumário são: título (capítulo); sub-título (item);
sub-título 2 (sub-item) e figura, por isso acionar para estes estilos, “Incluir no sumário” da
janela “Especificações do Parágrafo”.
Listas dos elementos gráficos
Segundo a NBR 10719, estas folhas destinam-se a identificar os
elementos gráficos, na ordem em que aparecem no texto, indicando seu título e o
número da página em que estão impressos.
10
É grafado o título do elemento (tabelas, figuras, gráficos etc.) centralizado,
em caixa alta, corpo 14, negrito e “Incluir no sumário” na janela “Especificações do
Parágrafo”. Por exemplo: Lista de Tabelas; Lista de Gráficos; Figuras etc. (Anexo G)
Destacam-se os elementos gráficos no texto por dois espaços,
considerando-se a seguinte formatação: na janela Especificações do Parágrafo, no item
Espaçamento entre Parágrafos: 9 antes e 9 depois, no PageMaker.
Tabelas, quadros, gráficos e ilustrações devem ser preparados
garantindo que o leitor possa entendê-los, sem que haja necessidade de recorrer ao
texto, e devem aparecer o mais próximo possível do lugar em que são mencionados no
texto (NB 61). Qualquer um destes elementos, se necessário, deverá ser reduzido para
ocupar o espaço disponível na folha em que for inserido.
As tabelas são os elementos adequados para apresentar dados
numéricos e comparativos. Os quadros, limitam-se a apresentação de dados verbais ou
numéricos. Em todos os casos é importante que o título do elemento gráfico seja o mais
claro e preciso possível quanto ao seu conteúdo. Sempre que forem compilados, a fonte
deve ser citada no rodapé do mesmo, precedida pela palavra, Fonte. Pode-se usar o
estilo “Fonte”. Por exemplo:
FIGURA 1: Livros
Fonte: Microsoft Office, Clipart, Acadêmico, 2000.
11
Listas de símbolos e abreviaturas
As listas de abreviaturas, siglas, símbolos e/ou convenções, e seus
significados, têm por objetivo dar ao leitor condições de entender o trabalho (NBR 10719).
Estas listas, se necessário serem usadas, devem obedecer a padronização indicada no
item anterior.
Resumo
A NBR 6028 define que o resumo é a apresentação concisa dos pontos
relevantes de um texto. Deve ser desenvolvido na língua original do texto e apresentar,
em até 500 palavras, de forma clara, concisa e objetiva, o método, os resultados e as
conclusões do trabalho. A primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal
do documento.
Deve-se evitar frases negativas, símbolos, ilustrações, figuras e
contrações que não sejam de uso corrente. Usar fórmulas, equações, diagramas etc.,
somente quando estritamente necessário. (Anexo I)
O título Resumo deverá ser grafado centralizado, em caixa alta, corpo
14, negrito, e o texto caixa normal, corpo 12, justificado sem hifenização, espaço simples
entrelinhas, sem parágrafo. (NBR 6028, p. 3)
Abstract
A NBR 10719 (p. 8) considera que, em trabalhos de grande vulto, o
resumo deve vir na língua original do texto, acompanhado de uma tradução em uma
ou mais línguas estrangeiras: inglês, francês, italiano e espanhol. O abstract deve ser
diagramado igual ao resumo, apresentado em página própriam logo depois do Resumo.
O título Abstract deverá ser centralizado, caixa alta, corpo 14, negrito, e
o texto deverá ser apresentado em espaço simples, sem parágrafo. (Anexo J)
12
Elementos textuais
Introdução
É a primeira parte do texto, é o momento em que o autor convence o
leitor sobre a importância, interesse e relevância do seu trabalho, é o “marketing” do
trabalho. É a última parte a ser redigida, já que se constitui de uma síntese didática das
idéias e/ou assuntos tratados durante o desenvolvimento do estudo.
Na introdução deve-se definir os objetivos do trabalho, as razões de sua
elaboração, sua importância e valor. A introdução não é uma repetição do resumo e não
deve antecipar as conclusões e as recomendações (NBR 10719, p. 9).
Grafar o título Intrudução, à esquerda, em caixa alta, corpo 14, negrito,
estilo “Título”.
Revisão da literatura
Todos os trabalhos de Conclusão de Curso, deverão observar um capítulo
para a revisão da literatura, cuja extensão, amplitude e profundidade serão definidos
pelo coordenador e/ou orientador. Sugere-se o rastreamento da literatura leiga e
especializada dos últimos três anos, referente ao tema escolhido.
A revisão da literatura compreende a procura, leitura, análise, discussão,
compreensão e interpretação de trabalhos já publicados sobre o tema em estudo. É na
verdade, o cenário do trabalho em desenvolvimento, sendo que sua preparação, segundo
MÜLLER & CORNELSEN (1994, p. 50) requer o cumprimento de algumas etapas:
a) fazer uma minuciosa busca na literatura para determinar as
pesquisas e/ou estudos realizados sobre o assunto, objetivando a
melhor compreensão das muitas facetas do problema;
b) selecionar os estudos e/ou pesquisas que se relacionem mais
diretamente com o problema investigado;
13
c) sintetizar as idéias e/ou resultados dos estudos e/ou pesquisas,
de forma a destacar o que for relevante para a compreensão do
problema;
d) examinar cuidadosamente as variações de resultado e/ou idéias
contidas nos estudos interrelacionando-as umas com as outras,
principalmente se divergentes e/ou contraditórias;
e) organizar a revisão em função das variáveis ou dos pontos mais
relevantes ao problema investigado, sem procurar forçar uma
organização cronológica;
f) ressaltar a importância relativa de idéias e/ou resultados dos
estudos e/ou pesquisas analisados, em face ao problema
investigado;
g) encerrar a revisão com o agrupamento e resumo dos pontos mais
importantes revisados e não com comentários do ‘’último” estudo
e/ou pesquisa selecionado.
Justificativas e objetivos
Ao final do(s) capítulo(s) que compõem a introdução do trabalho serão
dispostos a justificativa e os objetivos do estudo.
Por justificativa entende-se a defesa do problema de pesquisa quanto a
sua importância e relevância.
Por objetivo entende-se a descrição do destino e/ou hipóteses que o
trabalho pretende estudar e/ou desenvolver.
Desenvolvimento: método, procedimento, resultados
Via de regra é a parte mais importante do texto e, freqüentemente, a
mais extensa do trabalho. Nessa, será descrita a metodologia utilizada para o
desenvolvimento do trabalho.
14
Por método compreende-se que serão descritos o universo e a amostra
da pesquisa, com descrição sócio demográfica dos respondentes e a metodologia
utilizada para selecioná-los.
Por procedimento, entende-se que serão descritas todas as etapas da
pesquisa após a seleção da amostra, passando-se pela escolha do instrumento (ou sua
construção) e a coleta dos dados.
Por resultados, espera-se a descrição dos dados e/ou informações
levantadas com o instrumento junto a amostra selecionada. Além disso, é necessário a
descrição do enfoque metodológico e das técnicas utilizadas para o tratamento dos dados.
Conclusão: discussão dos resultados, conclusões e/ou considerações finais
Segundo a NBR 10719, aqui devem figurar as deduções tiradas dos
resultados do trabalho, estudo e/ou pesquisa.
Nessa parte, são relacionados a revisão bibliográfica, os objetivos e os
resultados alcançados, dispondo ao leitor as deduções e conclusões pertinentes ao
trabalho.
Praticamente, relacionam-se os resultados com os objetivos do trabalho
e a revisão da literatura, anteriormente realizada, discutindo-os de forma afirmativa mas
não definitiva. Via de regra, é a resposta ao problema de pesquisa.
Os autores dos trabalhos devem considerar que nenhuma pesquisa,
estudo ou investigação, por mais detalhado que seja, cobre ou esgota o assunto por
completo. Nesse sentido, os parágrafos finais devem apontar, sugerir ou indicar outros
temas para estudos e/ou pesquisas futuras.
Elementos pós-textuais
15
Referências bibliográficas
Os Trabalhos de Conclusão de Curso desenvolvidos na Anhembi
Morumbi farão referência ao material bibliográfico explícito no corpo do trabalho. Sendo
assim, as referências bibliográficas descreverão os dados das fontes consultadas e
apontadas no texto, sempre em ordem alfabética.
Os elementos desta norma seguem, em geral, uma ordem única, mas
têm características próprias quanto à forma de apresentação. Por isso a NBR-6023 deve
ser observada rigorosamente na formatação da apresentação dos materiais pesquisados/
consultados, que podem ser: Monografias, livros, folhetos, separatas, dissertações etc.;
Seriados (revistas, jornais etc.); Patentes; Referência legislativa.
A seqüência dos elementos do item Monografias, livros, folhetos,
separatas, dissertações é: nome do autor (sobrenome primeiro em caixa alta); título da
obra (em itálico); número da edição (se for a primeira não precisa ser citado); local da
edição (cidade, não precisa país); editora (não precisa escrever a palavra Editora, apenas
o nome); ano da obra consultada. Por exemplo:
CHAVES, Eduardo O. C. Multimídia Conceituação, Aplicações e Tecnologia.
Campinas: People, 1991.
A diagramação da referência bibliográfica deve ter uma endentação na
2ª linha, de 6 mm à esquerda, ou seja, no PageMaker, deve-se usar: esquerda 6 e direita
- 6, na janela “Especificações do Parágrafo”.
Quando um mesmo autor é citado com mais de uma obra, deve-se, a
partir da 2ª referência, substituir seu nome por um travesão de 1 cm. (NBR 6023). Por
exemplo:
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Apresentação de artigos em
publicações periódicas - NBR 6022. Rio de Janeiro, ago. 1994.
——–. Apresentação de livros e folhetos - NBR 6029. Rio de Janeiro, maio 1980.
16
Observe que acima houve necessidade de especificar o mês da
publicação, o que não acontece com os livros. Nesse caso, grafar o mês abreviado, só
com as 3 primeiras letras, seguido de ponto final, com exceção de “maio”, que escreve
inteiro e sem ponto final. Exemplo: jan.; fev.; mar.; abr.; maio; jun. etc.
Anexos
Segundo a NBR 10719, os anexos são essenci ai s ao
relatório.Documentam, esclarecem, provam ou confirmam, as idéias expressas em um
texto.
A capa dos anexos deve ser grafada a palavra Anexo, centralizado e no
centro da folha, em caixa alta, corpo 16, negrito, logo após seguirão os anexos.
Os anexos serão numerados e titulados conforme sua referência no texto.
Por exemplo: Anexo A - Capa.
Glossário
A NBR 10719, a NB 1339 e a NBR 6029 normatizam a utilização do
Glossário. Esse deverá ser empregado sempre que for necessário relacionar (em ordem
alfabética) as palavras de uso específico (termos técnicos ou jargão da área), devidamente
acompanhadas das suas definições e, garantindo a compreensão exata da sua utilização
no texto.
Estilo
O discurso científico é direto, simples, objetivo, claro e preciso. Enfatiza
dados e provas e não opiniões pessoais e sem confirmação, é impessoal, portanto deve
ser redigido na terceira pessoa do singular.
17
Notas de Rodapé
As notas de rodapé são usadas para dar uma explicação de um item do
texto, geralmente uma expressão, ou identificar uma obra de um autor, que se colocada
no do texto, não faria sentido, mas há necessidade da justificativa.
Para esses casos usar o estilo “nota de rodapé” e fazer um traço de 5
cm acima da nota, no final da página, com identificação numérica sobrescrito
1
. Por
exemplo:
1
As notas de rodapé explicam algo do texto que não teria sentido ser inserido no próprio texto.
18
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
MÜLLER, Mary Stela, CORNELSEN, Julce Mary. Normas e padrões para teses,
dissertações e monografias. Londrina, 1994.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Apresentação de artigos em
publicações periódicas - NBR 6022. Rio de Janeiro, ago. 1994.
——–. Apresentação de citações em documentos - NBR 10520. Rio de Janeiro, abr.
1992.
——–. Apresentação de livros e folhetos - NBR 6029. Rio de Janeiro, maio 1980.
——–. Apresentação de originais - NBR 12256. Rio de Janeiro, abr. 1992.
——–. Apresentação de relatórios técnico-científicos - NBR 10719. Rio de Janeiro,
ago. 1989.
——–. Numeração progressiva de itens de um documento - NBR 6024. Rio de
Janeiro, ago. 1989.
——–. Preparação de folha de rosto de livro - NB 764. Rio de Janeiro, nov. 1982.
——–. Preparação de índice de publicações - NBR 6034. Rio de Janeiro, ago. 1989.
——–. Referências bibliográficas - NBR 6023. Rio de Janeiro, ago. 1989.
——–. Resumos - NBR 6028. Rio de Janeiro, maio 1990.
——–. Revisão tipográfica - NBR 6025. Rio de Janeiro, maio 1980.
——–. Sumário - NBR 6027. Rio de Janeiro, ago. 1989.
ANEXOS
20
UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI
CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
NOME DO TRABALHO
SÃO PAULO
2000
Anexo A - Capa
21
UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI
CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
NOME DO TRABALHO
Integrantes do Grupo
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao
Curso de Graduação em Comunicação Social
Produção Editorial, da Universidade Anhembi
Morumbi.
Coordenador: Prof.
Orientador Temático:
SÃO PAULO
2000
Anexo B - Folha de Rosto
22
BANCA EXAMINADORA
São Paulo, de de 2000.
Anexo C - Banca Examinadora
23
DEDICATÓRIA
nononononononononononononononono
nononononononononononononononono
nononononononononononononononono
Anexo D - Dedicatória
24
AGRADECIMENTOS
nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono.
nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono.
nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono.
Anexo E - Agradecimentos
25
Anexo F - Sumário
SUMÁRIO
NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS .................... 1
Formato ....................................................................................................................... 1
Tipo de papel ........................................................................................................... 1
Tipologia.................................................................................................................. 1
Atributos .................................................................................................................. 1
Paginação ............................................................................................................... 1
Margens .................................................................................................................. 2
Espaço entrelinhas .................................................................................................. 2
Parágrafo ................................................................................................................ 3
Título ........................................................................................................................ 3
Alínea (estilo marcador) ........................................................................................... 4
Citações ...................................................................................................................... 4
Palavras, frases e termos em outros idiomas........................................................... 6
Organização do Trabalho ............................................................................................. 6
Elementos pré-textuais ............................................................................................ 7
Capa .................................................................................................................... 7
Folha de rosto ...................................................................................................... 7
Banca examinadora ............................................................................................. 8
Dedicatória .......................................................................................................... 8
Agradecimentos ................................................................................................... 8
Sumário ............................................................................................................... 9
Listas dos elementos gráficos .............................................................................. 9
Listas de símbolos e abreviaturas ...................................................................... 11
Resumo.............................................................................................................. 11
Abstract .............................................................................................................. 11
Elementos textuais................................................................................................. 12
Introdução .......................................................................................................... 12
Revisão da literatura........................................................................................... 12
Justificativas e objetivos ..................................................................................... 13
Desenvolvimento: método, procedimento, resultados ......................................... 13
Conclusão: discussão dos resultados, conclusões e/ou considerações finais..... 14
26
Elementos pós-textuais .......................................................................................... 14
Referências bibliográficas .................................................................................. 15
Anexos ............................................................................................................... 16
Glossário............................................................................................................ 16
Estilo .................................................................................................................. 16
Notas de Rodapé ............................................................................................... 17
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS........................................................................... 18
ANEXOS ................................................................................................................... 19
Anexo A - Capa ..................................................................................................... 20
Anexo B - Folha de Rosto ...................................................................................... 21
Anexo C - Banca Examinadora .............................................................................. 22
Anexo D - Dedicatória ........................................................................................... 23
Anexo E - Agradecimentos .................................................................................... 24
Anexo F - Sumário ................................................................................................. 25
Anexo G - Listas de Gráficos, Figuras, etc. ............................................................ 26
Anexo H - Resumo ................................................................................................. 27
Anexo I - Abstract ................................................................................................... 28
27
Anexo G - Listas de Gráficos, Figuras, etc.
LISTA DE FIGURAS
FIGURA 1: Livros ....................................................................................................... 10
28
RESUMO
Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono. Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono. Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono.
Anexo H - Resumo
29
30
ABSTRACT
Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono. Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono. Nonononononononononononononononononononononononononon
onononononononononononononononononononononononononononononononon
ononononono.
Anexo I - Abstract

2 2,5 cm. da borda superior do papel. Inserir o número de página, na Página Mestre do

PageMaker, com do comando: “control shift 3” ou “control alt p”.

As páginas das partes “textuais” e “pós-textuais”, devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, e as “pré-textuais” em algarismos romanos, caixa baixa.

As páginas das partes “textuais” e “pós-textuais” que iniciam os capítulos ou partes do trabalho, como: Introdução, Metodologia, Conclusão, Bibliografia, Anexos etc., devem ser contadas, mas não numeradas. Para isso, desligar nessas páginas, a opção “Mostrar Itens da Página Mestra, na janela Visualização”.

Margens

Observar os seguintes padrões para margens: margem esquerda 3,0 cm; margem direita: 2,0 cm; margem superior: 3,5 cm; margem inferior: 2,0 cm. O texto deve ocupar o espaço útil da página dentro dos limites especificados, todos os estilos devem ser justificados e não hifenizados.

Espaço entrelinhas

Para definir no PageMaker o espaço de “entrelinhas” que deve ser deixado em cada estilo, ajustar a opção “Espaços – Tamanho em Pontos” do menu “Parágrafo”: a) texto; capítulo; item; sub-item; marcador e figura — 160% (1,5 entrelinhas);

3 b) citação textual longa; bibliografia; resumo/abstract e notas de rodapé — 120% (espaço simples de entrelinhas).

Parágrafo

Definir o parágrafo de cada estilo no PageMaker, na opção “Endentação - Primeira” do menu “Parágrafo”: a) b) c) citação textual longa e notas de rodapé: devem ter uma “endentação de 3,0 cm a partir da margem esquerda”, para o parágrafo inteiro; texto: deve ter uma endentação de 3,0 cm apenas para a 1ª linha, as demais linhas zeram à esquerda; os demais estilos não têm endentação, são zerados à esquerda.

Observar o espaço a ser deixado, em cada estilo no PageMaker, programando o menu “Parágrafo – Espaço entre Parágrafos — antes/depois”: a) b) c) d) e) capítulo; item; sub-item — 13 antes; texto, introdução e bibliografia — 9 antes; figura — 9 antes e 9 depois; citação textual longa e nota de rodapé — 4,5 antes (só para 1ª linha, as demais linhas 0 antes); resumo, abstract e marcador — 0 antes.

Título

O título demarca o assunto tratado num documento. Portanto, todos os capítulos, itens, sub-itens, devem ter títulos (NBR 6024).

Para identificar os títulos, diagramá-los conforme sua importância: a) b) c) capítulos: todas as palavras em caixa alta, alinhado à esquerda; itens: a primeira letra das palavras principais em caixa alta, alinhados à esquerda; sub-itens: a primeira letra da 1ª palavra em caixa alta, alinhados à esquerda;

Citações Conforme a NBR 10520. e começar digitar o texto. acionar o ícone “Quebra de página anterior” no menu “Especificações de Parágrafo” do PageMaker.: a) b) c) etc. Todos os capítulos devem ser iniciados em páginas próprias.. d) o alinhamento dos textos deve seguir a primeira linha. abstract (apenas o título): centralizado. todas os aprágrafos do estilo alínea. de uma informação colhida em outra fonte. ou seja. As citações citações textuais (transcrições: nome dado pela ABNT) referem-se à reprodução das próprias palavras do texto citado. começam com letra minúscula e terminam com “ . Para isso. definir no menu “Tabulação”: “30 mm na 1ª linha e 40 mm com marcação para a 2ª linha”. com exceção da última que deve terminar com “ . as alíneas devem ser ordenadas por letras minúsculas seguidas de parênteses. ainda que haja espaço útil na folha anterior. ou seja. no texto. Citar a fonte de uma consulta ou de uma referência é sempre obrigatório. Conforme a NBR 12256. logo após a identificação em letras minúsculas seguidas de parênteses dar um “Tab”. citação é a Menção.. ”. Alínea (estilo marcador) De acordo com a NBR 6024 as alíneas devem ser identificadas da seguinte maneira: a) b) c) o parágrafo anterior à primeira linha de alínea deve terminar com “ : ”. Pode ser uma transcrição ou paráfrase.. uma parte do texto de um autor.4 d) e) resumo. as transcrições podem ser curtas ou longas: . Ex. de fonte escrita ou oral. direta ou indireta. ”. introdução (apenas o título): alinhado à esquerda. Nos parágrafos.

mais de três linhas. mas é imprescindível citar a fonte: sobrenome do autor e ano da publicação (entre parênteses).”. ano da publicação. 1949. p. Quando o sobrenome do autor estiver incluído na sentença. Por exemplo: MUMFORD (1949). Neste caso. atentar para os seguintes itens: a) b) transcrever as citações exatamente como são escritas no texto original. apenas a expressão ou termo é colocado entre aspas ou em itálico. . em 1928 (MUMFORD.. ano da publicação. Por exemplo: OLIVEIRA & LEONARDOS (1943. em parágrafo próprio (especificação de parágrafo: 4. separados entre si por vírgula e entre parênteses. Nesse caso. indica-se apenas a data. inseridos no trabalho. As citações mistas referem-se a expressões ou termos utilizados por outros autores. a página da obra citada. respeitando-se inclusive a pontuação e/ou grifos. p. são grafadas entre aspas ou em itálico. 146) dizem que “a relação da série São Roque com os granitos porfiróides pequenos é muito clara. a indicação das fontes nas transcrições curtas ou longas devem considerar: nome do autor. entre parênteses. As citações conceituais (paráfrase: ABNT) reproduzem a idéia do autor consultado. A citação da fonte continua sendo indispensável e deve citar: sobrenome do autor. 1949. Em ambos os casos. separados entre si por vírgula e entre parênteses. as aspas ou o itálico não são necessários. 513).5 a) b) as curtas — de até três linhas — são incluídas no próprio texto. sem transcrever o texto. substituir por apóstrofo na citação. Utilizando-se o sistema autor-data da NBR 10520.. com espaço simples de entrelinhas (120%) e endentação de 3 cm à esquerda. as longas (estilo citação textual longa). Por exemplo: “A produção de lítio começa em Searlers Lake.5 antes). Califórnia. p. palavras ou expressões escritas em itálico ou já grafadas com as aspas no texto original. página da obra citada. Por exemplo: (MUMFORD. entre aspas ou em itálico. 513)”.

dedicatória. bibliografia consultada. de abreviaturas e/ou siglas. São elementos textuais: introdução. de símbolos etc. folha de rosto. compreendendo os métodos e procedimentos utilizados e os resultados do estudo. as conclusões e/ou considerações finais. posteriore. agradecimentos. no caso de três ou mais autores. citar o sobrenome do primeiro seguido pela expressão et al.6 Quando na mesma obra citada constar mais de um autor considerar: a) b) no caso de dois autores: ambos serão citados no texto unindo-se os nomes com “e” comercial (OLIVEIRA & LEONARDOS). pós-textuais (pós-liminares: ABNT). 1943). compreendendo além de si mesma. banca examinadora. de ilustrações. (OLIVEIRA et al. a revisão bibliográfica. de outro idioma citados nos trabalhos. palavras ou frases. abstract. glossário. São elementos pré-textuais: capa.: software. o desenvolvimento. sumário. um relatório técnico-científico compreende as seguintes partes: a) b) c) elementos pré-textuais (preliminares: ABNT). Organização do Trabalho Segundo a NBR 10719. anexos. . de gráficos.. PageMaker. listas (de tabelas.). Ex. os termos. os objetivos e a justificativa. textuais. frases e termos em outros idiomas Deve-se atentar para grafar em itálico. resumo. finalmente a discussão dos resultados. São elementos pós-textuais: referências bibliográficas. Palavras.

5 cm do topo do papel. na parte de cima da página. em caixa alta. centralizado. em caixa alta. centralizado. o nome do curso deve ser impresso logo abaixo. negrito. . Consultar o Anexo A como exemplo de diagramação: a) b) c) d) o nome da universidade deve ser impresso em caixa alta. negrito. corpo 12. negrito. Capa Identifica o trabalho e deve constar: nome da universidade e do curso. corpo 16. em caixa alta. nota descritiva. centralizado. na parte de cima da página. Folha de rosto Na folha de rosto deve constar: o nome do autor ou autores.7 Elementos pré-textuais Os pré-textuais. negrito. corpo 12. tipo e título do trabalho.Espaço entre parágrafos antes = 90 mm”. a seguir. no canto superior direiro e a 2. devem ser numerados com algarismos romanos caixa baixa. corpo 16. centralizado. negrito. corpo 14. destacando-se dos outros elementos em aproximadamente 90 mm. corpo 16. Consultar o Anexo B como exemplo de diagramação: a) o nome da universidade deve ser impresso em caixa alta. e) o local e o ano devem ficar no final da página. o tipo de trabalho. centralizado. o título deve ser grafado no meio da página. local e ano. título do trabalho. negrito. Definir no menu “Parágrafo” . centralizado. em caixa alta. local e ano.

o tipo de trabalho. corpo 12 e normal. no centro do papel. a partir do centro da página alinhado à direita. corpo 14. em caixa alta. corpo 14. negrito. com 60 mm abaixo do tipo do trabalho. a seguir. corpo 14. corpo 12. seu objetivo acadêmico e os dados de coordenação e/ou orientação. o nome completo do autor ou autores deve ser impresso em caixa alta. Abaixo constar o local e a data da apresentação oral do trabalho. por 30 mm. centralizado. o titulo do trabalho deve estar em caixa alta. É opcional. centralizado. negrito. Banca examinadora A partir da metade da página deve-se escrever a palavra Banca Examinadora. o texto deve figurar na parte inferior à direita. negrito e centralizado. mas se utilizada. É separada do nome do(s) autor(es). em caixa alta. em caixa alta. negrito e alinhado à direita. na nota explicativa deve-se dar referência à natureza do trabalho. (Anexo D) Agradecimentos . Logo abaixo imprimir cinco linhas. negrito. página ímpar onde o autor dedica a obra e/ ou inclui uma citação. centralizado. (Anexo C) Dedicatória Segundo a NBR 6029 é a. normal. centralizado. corpo 10. negrito. g) o local e o ano devem ser impressos nas duas últimas linhas da folha. corpo 12. corpo 12. em caixa alta.8 b) c) d) e) f) o nome do curso deve ser impresso logo abaixo. em caixa alta. de 8 cm cada. negrito. em ordem alfabética. para as assinaturas dos membros da banca examinadora. Deve ser impresso em espaço simples. o título Dedicatória deve ser impresso no topo da página. corpo 16. itálico.

agradecimentos à assistência relevante na realização e preparação do relatório. em caixa alta. por isso acionar para estes estilos. corpo 14. sub-título 2 (sub-item) e figura. se necessário. na ordem em que aparecem no texto. quando utilizados. Esta folha deve ser impressa com o título Sumário. . corpo 14 e negrito. “Incluir no sumário” da janela “Especificações do Parágrafo”. obedecendo a seqüência do trabalho. instituições. Após três espaços. centralizado. empresas e/ou pessoas que colaboraram de forma especial na elaboração do trabalho. Esta folha é encabeça da pela palavra Agradecimento. Consta na NBR 10719 que. devem figurar. estas folhas destinam-se a identificar os elementos gráficos. Então. (Anexo F) Os estilos que compõem o sumário são: título (capítulo). indicando seu título e o número da página em que estão impressos. serão grafados os capítulos. grifada em caixa alta. negrito. itens e outras partes de um documento na mesma ordem em que a matéria nele se sucede. sub-título (item). devem privilegiar aqueles que realmente contribuíram para a realização do trabalho.9 Agradecimentos não são obrigatórios. sub-itens etc. itens. Não são normalmente feitos agradecimentos a contribuições rotineiras. Em geral inclui agradecimentos ao coordenador e/ ou orientador. (Anexo E) Sumário A NBR 6027 define sumário como a enumeração das principais divisões. centralizada. Listas dos elementos gráficos Segundo a NBR 10719..

Acadêmico. Em todos os casos é importante que o título do elemento gráfico seja o mais claro e preciso possível quanto ao seu conteúdo. As tabelas são os elementos adequados para apresentar dados numéricos e comparativos. Os quadros. Por exemplo: FIGURA 1: Livros Fonte: Microsoft Office. no item Espaçamento entre Parágrafos: 9 antes e 9 depois. Qualquer um destes elementos. se necessário. a fonte deve ser citada no rodapé do mesmo. em caixa alta. Lista de Gráficos. Sempre que forem compilados. . Clipart.10 É grafado o título do elemento (tabelas. negrito e “Incluir no sumário” na janela “Especificações do Parágrafo”. Fonte. (Anexo G) Destacam-se os elementos gráficos no texto por dois espaços. considerando-se a seguinte formatação: na janela Especificações do Parágrafo. sem que haja necessidade de recorrer ao texto. corpo 14. limitam-se a apresentação de dados verbais ou numéricos. Figuras etc. figuras. 2000. no PageMaker. gráficos e ilustrações devem ser preparados garantindo que o leitor possa entendê-los. deverá ser reduzido para ocupar o espaço disponível na folha em que for inserido. Tabelas. quadros.) centralizado. Por exemplo: Lista de Tabelas. e devem aparecer o mais próximo possível do lugar em que são mencionados no texto (NB 61). precedida pela palavra. Pode-se usar o estilo “Fonte”. gráficos etc.

Deve ser desenvolvido na língua original do texto e apresentar. Usar fórmulas. de forma clara. símbolos. figuras e contrações que não sejam de uso corrente. O abstract deve ser diagramado igual ao resumo. sem parágrafo. A primeira frase deve ser significativa. corpo 12. equações. somente quando estritamente necessário. apresentado em página própriam logo depois do Resumo.. ilustrações. O título Abstract deverá ser centralizado. Estas listas. siglas. justificado sem hifenização. (Anexo J) . explicando o tema principal do documento. concisa e objetiva. (Anexo I) O título Resumo deverá ser grafado centralizado. em até 500 palavras. o resumo deve vir na língua original do texto. 8) considera que. em caixa alta. negrito.11 Listas de símbolos e abreviaturas As listas de abreviaturas. espaço simples entrelinhas. p. acompanhado de uma tradução em uma ou mais línguas estrangeiras: inglês. o método. 3) Abstract A NBR 10719 (p. Resumo A NBR 6028 define que o resumo é a apresentação concisa dos pontos relevantes de um texto. devem obedecer a padronização indicada no item anterior. os resultados e as conclusões do trabalho. símbolos e/ou convenções. negrito. sem parágrafo. têm por objetivo dar ao leitor condições de entender o trabalho (NBR 10719). corpo 14. Deve-se evitar frases negativas. em trabalhos de grande vulto. caixa alta. e o texto deverá ser apresentado em espaço simples. e seus significados. italiano e espanhol. (NBR 6028. corpo 14. francês. diagramas etc. e o texto caixa normal. se necessário serem usadas.

estilo “Título”. . as razões de sua elaboração. Grafar o título Intrudução. cuja extensão. sua importância e valor. interesse e relevância do seu trabalho. deverão observar um capítulo para a revisão da literatura. Na introdução deve-se definir os objetivos do trabalho. É na verdade. 9). análise. é o “marketing” do trabalho. A revisão da literatura compreende a procura. b) selecionar os estudos e/ou pesquisas que se relacionem mais diretamente com o problema investigado. em caixa alta. A introdução não é uma repetição do resumo e não deve antecipar as conclusões e as recomendações (NBR 10719. leitura. Revisão da literatura Todos os trabalhos de Conclusão de Curso. negrito. Sugere-se o rastreamento da literatura leiga e especializada dos últimos três anos. amplitude e profundidade serão definidos pelo coordenador e/ou orientador. É a última parte a ser redigida. discussão. objetivando a melhor compreensão das muitas facetas do problema.12 Elementos textuais Introdução É a primeira parte do texto. já que se constitui de uma síntese didática das idéias e/ou assuntos tratados durante o desenvolvimento do estudo. p. 50) requer o cumprimento de algumas etapas: a) fazer uma minuciosa busca na literatura para determinar as pesquisas e/ou estudos realizados sobre o assunto. p. compreensão e interpretação de trabalhos já publicados sobre o tema em estudo. corpo 14. referente ao tema escolhido. é o momento em que o autor convence o leitor sobre a importância. sendo que sua preparação. à esquerda. o cenário do trabalho em desenvolvimento. segundo MÜLLER & CORNELSEN (1994.

de forma a destacar o que for relevante para a compreensão do problema. principalmente se divergentes e/ou contraditórias. em face ao problema investigado. g) encerrar a revisão com o agrupamento e resumo dos pontos mais importantes revisados e não com comentários do ‘’último” estudo e/ou pesquisa selecionado. a mais extensa do trabalho. resultados Via de regra é a parte mais importante do texto e. d) examinar cuidadosamente as variações de resultado e/ou idéias contidas nos estudos interrelacionando-as umas com as outras.13 c) sintetizar as idéias e/ou resultados dos estudos e/ou pesquisas. Justificativas e objetivos Ao final do(s) capítulo(s) que compõem a introdução do trabalho serão dispostos a justificativa e os objetivos do estudo. Desenvolvimento: método. será descrita a metodologia utilizada para o desenvolvimento do trabalho. Por justificativa entende-se a defesa do problema de pesquisa quanto a sua importância e relevância. Nessa. Por objetivo entende-se a descrição do destino e/ou hipóteses que o trabalho pretende estudar e/ou desenvolver. . sem procurar forçar uma organização cronológica. e) organizar a revisão em função das variáveis ou dos pontos mais relevantes ao problema investigado. procedimento. freqüentemente. f) ressaltar a importância relativa de idéias e/ou resultados dos estudos e/ou pesquisas analisados.

14 Por método compreende-se que serão descritos o universo e a amostra da pesquisa. cobre ou esgota o assunto por completo. relacionam-se os resultados com os objetivos do trabalho e a revisão da literatura. Nessa parte. com descrição sócio demográfica dos respondentes e a metodologia utilizada para selecioná-los. Via de regra. Elementos pós-textuais . espera-se a descrição dos dados e/ou informações levantadas com o instrumento junto a amostra selecionada. dispondo ao leitor as deduções e conclusões pertinentes ao trabalho. entende-se que serão descritas todas as etapas da pesquisa após a seleção da amostra. Por resultados. aqui devem figurar as deduções tiradas dos resultados do trabalho. anteriormente realizada. discutindo-os de forma afirmativa mas não definitiva. Nesse sentido. Conclusão: discussão dos resultados. por mais detalhado que seja. os parágrafos finais devem apontar. são relacionados a revisão bibliográfica. passando-se pela escolha do instrumento (ou sua construção) e a coleta dos dados. é necessário a descrição do enfoque metodológico e das técnicas utilizadas para o tratamento dos dados. Os autores dos trabalhos devem considerar que nenhuma pesquisa. é a resposta ao problema de pesquisa. sugerir ou indicar outros temas para estudos e/ou pesquisas futuras. Além disso. Praticamente. os objetivos e os resultados alcançados. conclusões e/ou considerações finais Segundo a NBR 10719. Por procedimento. estudo ou investigação. estudo e/ou pesquisa.

Seriados (revistas. Aplicações e Tecnologia. Apresentação de artigos em publicações periódicas . Por exemplo: CHAVES. deve-se. separatas. Campinas: People. A diagramação da referência bibliográfica deve ter uma endentação na 2ª linha. ago. dissertações etc. Patentes. ano da obra consultada. Multimídia Conceituação. jornais etc. 1994. A seqüência dos elementos do item Monografias. 1991. na janela “Especificações do Parágrafo”. sempre em ordem alfabética. Rio de Janeiro. uma ordem única. Sendo assim. livros. a partir da 2ª referência. dissertações é: nome do autor (sobrenome primeiro em caixa alta). apenas o nome). que podem ser: Monografias. ou seja. maio 1980. em geral. C. Os elementos desta norma seguem. livros. número da edição (se for a primeira não precisa ser citado).NBR 6029. . as referências bibliográficas descreverão os dados das fontes consultadas e apontadas no texto. deve-se usar: esquerda 6 e direita . Quando um mesmo autor é citado com mais de uma obra. local da edição (cidade. Eduardo O.15 Referências bibliográficas Os Trabalhos de Conclusão de Curso desenvolvidos na Anhembi Morumbi farão referência ao material bibliográfico explícito no corpo do trabalho. Referência legislativa. (NBR 6023).NBR 6022. de 6 mm à esquerda. folhetos. Por exemplo: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. mas têm características próprias quanto à forma de apresentação. não precisa país). separatas. Por isso a NBR-6023 deve ser observada rigorosamente na formatação da apresentação dos materiais pesquisados/ consultados. ——–. editora (não precisa escrever a palavra Editora. Rio de Janeiro. título da obra (em itálico).).. Apresentação de livros e folhetos . folhetos. no PageMaker.6. substituir seu nome por um travesão de 1 cm.

com exceção de “maio”. Exemplo: jan. Nesse caso. provam ou confirmam. Os anexos serão numerados e titulados conforme sua referência no texto.Capa.16 Observe que acima houve necessidade de especificar o mês da publicação. corpo 16. . logo após seguirão os anexos. mar. simples. claro e preciso. A capa dos anexos deve ser grafada a palavra Anexo. é impessoal. jun. os anexos são essenciais ao relatório.. maio. abr. a NB 1339 e a NBR 6029 normatizam a utilização do Glossário. garantindo a compreensão exata da sua utilização no texto. fev. Glossário A NBR 10719. negrito. o que não acontece com os livros. as idéias expressas em um texto. devidamente acompanhadas das suas definições e. Esse deverá ser empregado sempre que for necessário relacionar (em ordem alfabética) as palavras de uso específico (termos técnicos ou jargão da área). que escreve inteiro e sem ponto final. seguido de ponto final. Estilo O discurso científico é direto. grafar o mês abreviado... só com as 3 primeiras letras. portanto deve ser redigido na terceira pessoa do singular. esclarecem. etc. centralizado e no centro da folha. Por exemplo: Anexo A .. objetivo. Enfatiza dados e provas e não opiniões pessoais e sem confirmação. em caixa alta. Documentam. Anexos Segundo a NBR 10719.

ou identificar uma obra de um autor. com identificação numérica sobrescrito 1. geralmente uma expressão. não faria sentido. Para esses casos usar o estilo “nota de rodapé” e fazer um traço de 5 cm acima da nota. .17 Notas de Rodapé As notas de rodapé são usadas para dar uma explicação de um item do texto. que se colocada no do texto. no final da página. mas há necessidade da justificativa. Por exemplo: 1 As notas de rodapé explicam algo do texto que não teria sentido ser inserido no próprio texto.

Preparação de índice de publicações . .NBR 10719. Apresentação de relatórios técnico-científicos . Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. ——–. maio 1990. 1994. Julce Mary. Rio de Janeiro. ago. abr. nov. 1992.NBR 6027.NBR 10520.NBR 6029. ——–.NBR 6028. Rio de Janeiro.NBR 12256. Rio de Janeiro. ——–. ago. CORNELSEN. Preparação de folha de rosto de livro . Rio de Janeiro. 1994. Referências bibliográficas . abr. ——–. ago.NBR 6022. 1989. Rio de Janeiro. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Apresentação de artigos em publicações periódicas . Londrina.NBR 6034. ——–. Revisão tipográfica . Resumos . Rio de Janeiro. ago. Apresentação de livros e folhetos . dissertações e monografias. ——–. Numeração progressiva de itens de um documento .18 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS MÜLLER. 1982. ——–. 1989. ——–.NBR 6023. ago. ago. 1989. maio 1980. Apresentação de citações em documentos . Apresentação de originais . Rio de Janeiro. Mary Stela. 1992. ——–. 1989. ——–. ——–.NB 764. Sumário .NBR 6024. Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Normas e padrões para teses. maio 1980. Rio de Janeiro.NBR 6025. 1989.

ANEXOS .

Capa UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NOME DO TRABALHO SÃO PAULO 2000 .20 Anexo A .

da Universidade Anhembi Morumbi.Folha de Rosto UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NOME DO TRABALHO Integrantes do Grupo Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Graduação em Comunicação Social Produção Editorial. Orientador Temático: SÃO PAULO 2000 .21 Anexo B . Coordenador: Prof.

.Banca Examinadora BANCA EXAMINADORA São Paulo. de de 2000.22 Anexo C .

Dedicatória DEDICATÓRIA nononononononononononononononono nononononononononononononononono nononononononononononononononono .23 Anexo D .

nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.Agradecimentos AGRADECIMENTOS nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.24 Anexo E . . nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.

.................................. 7 Folha de rosto .................... 1 Atributos .................... 1 Formato .....................................................1 Margens ....................12 Revisão da literatura............................................................................................................................................................................................................................................................................. 4 Citações .... 2 Parágrafo ....................................13 Desenvolvimento: método............................................................................. 11 Elementos textuais ........................................................................................ 7 Banca examinadora ......................................................................................................................... 1 Tipo de papel ................................................................................. 7 Capa ............................................................................................................... 9 Listas de símbolos e abreviaturas ...............................................................................................................25 Anexo F ...............................................................................8 Sumário ................................................. 1 Tipologia ..................................................................................13 Conclusão: discussão dos resultados.....14 ..............................................................................9 Listas dos elementos gráficos .......................................................................................................................................... 8 Dedicatória ........... procedimento..................................................................................12 Introdução .... 11 Resumo .................................... 12 Justificativas e objetivos ..........................................................................................................Sumário SUMÁRIO NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ..............................................................................................................................................................................................3 Título ...................................................... 6 Elementos pré-textuais ............................... 3 Alínea (estilo marcador) ............................ resultados ............................................................................................................................................................................. conclusões e/ou considerações finais .......................... 2 Espaço entrelinhas ............................................................................................................................................................. 1 Paginação ......................................................................................................................................................................... frases e termos em outros idiomas .......................................................................................................................................................... 11 Abstract ........................................................................................................ 4 Palavras.......................... 8 Agradecimentos ....................................................... 6 Organização do Trabalho ..........................

................................... 22 Anexo D ......Agradecimentos ................................................................21 Anexo C ...24 Anexo F ......Resumo ..................................................................................................... Figuras......................Dedicatória .............................................................16 Estilo .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................20 Anexo B .. etc...............19 Anexo A ...........23 Anexo E ....26 Elementos pós-textuais .................16 Glossário.....................................................................................................................................17 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .........................................................................14 Referências bibliográficas ..........Folha de Rosto .......27 Anexo I ............................................................................................Sumário ....................................................................Listas de Gráficos...........................................................................Banca Examinadora ...............................................................................Capa .............................................................................................................................................................................25 Anexo G ........................................ 28 ...................... ...........................................Abstract ........................18 ANEXOS ...............26 Anexo H .............15 Anexos .............................................16 Notas de Rodapé ................

................................. LISTA DE FIGURAS FIGURA 1: Livros ........... 10 ..................27 Anexo G ...................Listas de Gráficos............... Figuras... etc.........

Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono. .Resumo RESUMO Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono. Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.28 Anexo H .

29 .

Abstract ABSTRACT Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono. . Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.30 Anexo I . Nonononononononononononononononononononononononononon onononononononononononononononononononononononononononononononon ononononono.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful