Você está na página 1de 4

O que é Permacultura?

Permacultura é um sistema humano integral, e significa Sociedade/Cultura +


Perpetuável/Durável/Segura, significa Civilização Sustentável.

Em poucas palavras, dizemos que Permacultura é: um sistema de planejamento para a


criação de ambientes humanos sustentáveis. Seus princípios teóricos e práticos são uma
síntese das práticas agrícolas e conhecimentos tradicionais e das descobertas da ciência
moderna visando o desenvolvimento integrado da propriedade.

A Permacultura oferece as ferramentas para o planejamento, a implantação e a


manutenção de ecossistemas cultivados no campo e nas cidades, de modo a que eles
tenham a diversidade, a estabilidade e a resistência dos ecossistemas naturais. Alimento
saudável, habitação e energia devem ser providos de forma sustentável para criar
culturas permanentes.

Por que Permacultura?

Porque tendo como base o planejamento consciente, a Permacultura torna possível,


entre outras coisas, a utilização da terra sem desperdício ou poluição, a restauração de
paisagens degradadas e o consumo mínimo de energia.

Todo sistema permacultural deve evoluir, com designs arrojados, para a construção de
sociedades economicamente viáveis, socialmente justas, culturalmente sensíveis,
dotadas de agroecossistemas que sejam produtivos e conservadores de recursos naturais.

A Permacultura exige uma mudança de atitude que consiste basicamente em fazer os


seres humanos viver de forma integrada ao meio ambiente, alimentando os ciclos vitais
da natureza. Como ciência ambiental, reconhece os próprios limites e por isso nasceu
amparada por uma ética fundadora de ações comuns para o bem do sistema Terra.

Os australianos Bill Mollison e David Holmgren, fundadores da Permacultura nos anos


70, buscaram princípios éticos universais surgidos no seio de sociedades indígenas e de
tradições espirituais. Eles perceberam ser possível criar agro-sistemas altamente
produtivos, estáveis e recuperadores da ecologia local, e assim sistematizaram um
método eficiente para substituir as monoculturas industriais responsáveis pelo
destruição do ecossistema global.

Mas hoje a Permacultura significa muito mais do que a auto-suficiência em alimentos e


envolve construção de habitações, reciclagem de "lixo" e água, geração de
energia,educação, terapias, estratégias legais e comerciais, sistemas de crenças,
organização social, métodos organização regional, e agrega milhares de pessoas
(praticantes!!) em todo mundo.

A permacultura propõe que devemos reaprender as lições de harmonia (vida real) que o
universo e a natureza nos oferecem continuamente.

O grande (simples) caminho apontado pela Permacultura gera abundância, segurança,


conforto e dignidade. O que precisamos fazer para sobreviver e evoluir é priorizar a
vida em todas as suas formas e a cooperação como regra básica para todos os atos. A
Permacultura mostra que a sustentabilidade é possível e ensina como se chega lá,através
de ações cotidianas responsáveis que só trazem bem estar.

No primeiro nível, a ação do permacultor volta-se principalmente para áreas agrícolas


com o propósito de reverter situações dramáticas de degradação sócio-ambiental.

Gerais:
O foco da permacultura é experimentar o uso de diversas ecotécnicas que
podem e devem ser usadas na construção civil como opção sustentável e
saudável das técnicas convencionais industriais atualmente utilizadas
massivamente.
Além das ecotécnicas, aprender a usar materiais locais, naturais e
renováveis como o bambu, a terra crua, e materiais reciclados em
substituição ao ferro e cimento, que causam enorme impacto
socioambiental em seus processos de produção.

Alguns exemplos específicos práticos:

• Construção de um banheiro-seco com teto vivo.


• Montagem da estrutura do forno com teto verde.
• Montagem das camadas do teto verde (impermeabilização, drenagem e
plantio) para o banheiro seco e o forno.
• Construção de um Forno de barro

• Construção com terra crua – tijolos de adobe, etc.


• Construção de Piso de barro para interiores.
• Preparação de tintas e revestimentos ecológicos com cal, terra, óleo,
esterco...
• Revestimentos de mosaicos de cacos cerâmicos.
• Montagem de um Yurt de bambu.

TÉCNICAS USADAS NA PERMACULTURA


Terra crua
A terra crua é utilizada nas construções humanas desde tempos remotos em
muitas regiões do Planeta (talvez todas), pois é o material de construção
mais abundante.
A terra crua é imbatível para substituir tijolos de terra cozida (ou de
cimento) e outros materiais industriais, garantindo zero impacto ambiental,
baixo custo, bom padrão estético, eficiência térmica e acústica, resistência,
geração de trabalho/renda, auto-estima e auto-suficiência local. Serão
abordadas as seguintes eco técnicas com terra crua:
• Pau-a-pique.
• Tijolos de leiva.
• Tijolos de Adobe.
• Cob.
• Taipa de pilão.
• Reboco.
• Piso.
• Super Adobe (terra ensacada).
• Tintas naturais com terra e cal.
• Móveis: Forno, sofá-baú,
prateleiras...

Telhado verde
Telhado é essencial em toda habitação humana. É possível utilizar materiais
nada impactantes e também ganhar conforto térmico, diminuir o problema
com vendavais, favorecer a biodiversidade e trazer mais beleza aos
moradores. Construiremos pequenos telhados verdes, com madeira roliça e
taquara.

Bambu
Bambu (taquara em guarani?) é uma gramínea (capim) encontrada em todo
o mundo, e existem mais de 1400 espécies com diferentes estruturas e
aplicações para os seres humanos. Seus potenciais quase ilimitados são
utilizados em todo o mundo na construção civil, artesanato, utensílios
domésticos, alimentação, vestuário e muitas outras aplicações.
Seu aspecto mais relevante é a alta resistência e grande potencial para a
utilização na construção de moradias, pontes, mobiliário e outras estruturas,
como opção ao aço e alumínio, ao concreto e também à madeira devido ao
seu baixo custo, rapidez no processo construtivo e aspectos estéticos.
O Bambu tem como aspecto ecológico muito favorável o seu rápido ciclo de
renovação. Uma vez retirada uma vara de forma correta, o rizoma rebrotará
rapidamente, oferecendo mais material para a utilização, além de ser
campeão em resgate de carbono.

Mosaico
Esta técnica consiste em aproveitar peças de cerâmica quebrada para fazer
revestimento para pisos e paredes impermeáveis.