P. 1
Gera__o e Distribui__o

Gera__o e Distribui__o

|Views: 32.881|Likes:

More info:

Published by: Marco Antonio Souza Silva on Apr 04, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/13/2014

pdf

text

original

Sections

No

Nome da Função

Descrição Geral

Exemplo

01 Elemento principal (master
element)

Dispositivo iniciador que serve, seja diretamente ou
por intermédio de outros dispositivos, tais como relés
de proteção e relés de tempo, para colocar ou retirar
um equipamento de operação.
NOTA: este número é normalmente usado para um
dispositivo operado manualmente, embora
possa também ser usado para um dispositivo
elétrico ou mecânico para o qual nenhum
outro número de função é adequado.

Chave de controle para
disjuntore,s seccionadores, etc.

02

Relé de tempo de partida
ou fechamento (time-delay
starting, or closing-relay)

Dispositivo que realiza um temporização antes ou
depois de qualquer ponto de operação em uma
sequência de manobra ou em um sistema de relés de
proteção, exceto quando especificamente previsto
pelas funções 48, 62, 79.

03

Relé de verificação de
intertravamento (cheking
or interlocking relay)

Relé que opera em resposta a posição de um certo
número de outros dispositivos (ou a um certo
número de condições predeterminadas) em um
equipamento, para permitir o prosseguimento ou a
interrupção de uma sequência de operações ou para
efetuar uma verificação da posição destes
dispositivos ou destas condições.

Relé de verificação da posição
dos seccionadores.

04 Contactor mestre (master
contactor)

Dispositivo que serve para fechar e abrir os circuitos
de controle necessários para colocar um
equipamento em funcionamento sob as condições
desejadas e retirá-lo de operação sobre outras
condições.

Contator usado para controlar
o número de elementos de
uma bateria a serem ligados ao
circuito consumidor.

WEG – Transformando Energia em Soluções

275

Módulo 4 – Geração de Energia

05 Dispositivo de parada
(stopping device)

Dispositivo de controle usado principalmente par
desligar um equipamento e mantê-lo fora de
funcionamento. Este dispositivo pode ser acionado
manual ou eletricamente, mas exclui a função de
travamento elétrico em condições anormais (ver
função 86).

06 Dispositivo de partida
(starting circuit breaker)

Dispositivo cuja principal função é ligar uma máquina
à sua fonte de tensão de partida.

07 Dispositivo de anodo
(anode circuit breaker)

Dispositivo usado nos circuitos de anodo de um
retificador de potência, com a finalidade principal de
interromper o circuito do retificador se ocorrer um
arco de retorno.

08

Dispositivo desligador de
circuito de controle
(control power
disconnecting device)

Dispositivo desligador, tal como chave de faca,
disjuntor, seccionador, chave fusível, usado com a
finalidade de ligar e desligar barras e equipamentos
de controle à fonte.
NOTA: uma fonte auxiliar que alimenta
equipamentos, como pequenos motores ou
aquecedores, é considerada também como
“fonte de alimentação de controle”.

Disjuntor em caixa moldada
usado para proteção dos
circuitos de comando CC.

09 Dispositivo de inversão
(reversing device)

Dispositivo usado com a finalidade de inverter o
campo de uma máquina ou de realizar quaisquer
outras funções de inversão.

10

Chave de sequência das
unidades (unit sequence
switch)

Chave usada em equipamentos constituídos de
diversas unidades, para alterar a sequência na qual
as mesmas são colocadas ou retiradas de
funcionamento.

11 Reservada para futura
aplicação

12

Dispositivo de
acoplamento direto (over-
speed device)

Chave de velocidade, de acoplamento direto, que
atua sobre a velocidade da máquina

13

Dispositivo de velocidade
síncrona (synchronous-
speed device);

Dispositivo que atua aproximadamente à velocidade
síncrona de uma máquina

Chave de velocidade
centrífuga, relé de frequência
de escorregamento, relé de
tensão e relé de sobrecorrente.

14

Dispositivo de
subvelocidade (under-
speed device)

Dispositivo que funciona quando a velocidade de
uma máquina cai abaixo de um valor predeterminado

15

Dispositivo equalizador de
velocidade ou de
frequência (speed ou
frequency matching
device)

Dispositivo que funciona para equalizar e manter a
velocidade ou a frequência de uma máquina ou de
um sistema, igual ou aproximadamente igual à de
uma outra máquina, fonte ou sistema.

16 Dispositivo de carga para
bateria.

Dispositivo de carga para bateria com controle
automático de tensão.

17

Chave de contorno ou de
descarga (shunting, or
discharge, switch)

Chave que serve para abrir ou fechar um circuito de
contorno em paralelo com qualquer parte do
equipamento (exceto resistor), tal como campo da
máquina, armadura de máquina, capacitor ou reator.
NOTA: isto exclui dispositivos que realizam
operações de derivação que possam ser
necessárias no processo de partida de uma
máquina pelos dispositivo 06 ou 42, ou seus
equivalentes, e também exclui a função 73,
que serve para a manobra de resistores.

18

Dispositivo de aceleração
ou desaceleração
(accelerating ou
decelerating device)

Dispositivo usado para fechar ou causar o
fechamento de circuitos utilizados para aumentar ou
reduzir a velocidade de uma máquina.

WEG – Transformando Energia em Soluções

276

Módulo 4 – Geração de Energia

19

Dispositivo de transição
partida-funcionamento
(starting-to-running
transition contactor)

Dispositivo que opera para iniciar ou causar a
transferência automática da ligação de uma máquina
da fonte de partida para a de funcionamento.

20

Válvula operada
eletricamente (electrically
operated valve)

Válvula operada, controlada e monitorada
eletricamente, usada em um duto para fluído.

21 Relé de distância (distance
relay)

Relé que atua quando a admitância, a impedância ou
a reatância do circuito aumenta ou diminui em
relação a valores predeterminados.

22 Disjuntor equalizador
(equalizer circuit breaker)

Disjuntor que serve para controlar ou para abrir ou
fechar as ligações equalizadoras ou de equilíbrio de
corrente para o campo de uma máquina ou
equipamento de regulação, em uma instalação de
unidades múltiplas.

23

Dispositivo de controle de
temperatura (temperature
control device)

Dispositivo que atua para elevar ou abaixar a
temperatura de uma máquina ou outro equipamento,
quando sua temperatura for maior ou menor do que
um valor predeterminado.

Termostato

24 Reservado para futura
aplicação

25

Dispositivo de
sincronização ou de
verificação de sicronismo
(synchronizing, or
synchronism-check,
device)

Dispositivo que opera quando dois circuitos de CA
estão dentro dos limites desejados de frequência,
ângulo de fase e tensão, para permitir ou efetuar a
sincronização destes dois circuitos.

Relé de verificação de
sincronismo para religamento
automático de disjuntor.

26

Dispositivo térmico do
equipamento (apparatus
thermal device)

Dispositivo que atua quando a temperatura de um
equipamento ou parte dele, ou de um meio de
transferência de calor, sai de limites predeterminados

Indicador de temperatura do
óleo de um transformador,
com contatos.

27 Relé de subtensão (under
voltage relay)

Relé que atua quando a sua tensão de entrada é
menor do que um valor predeterminado.

28 Detector de chama

Dispositivo que detecta a presença de chama piloto
ou da principal em equipamentos

Caldeiras, turbinas a gás.

29 Seccionador (isolator
contactor)

Dispositivo usado expressamente para isolar um
circutio de outro em caso de operação de
emergência, manutenção ou ensaio.

Chave faca.

30 Relé anunciador
(annunciator relay)

Dispositivo de rearme não automático que dá um
certo número de indicações visuais separadas
quando da atuação de dispositivos de proteção,
podendo ainda ser utilizado para desempenhar a
função de travamento.

31

Dispositivo de excitação
em separado (separate
excitation device)

Dispositivo que liga um circuito, tal como o
enrolamento de campo de um conversor síncrono, a
uma fonte de excitação separada durante a
sequência de partida; ou que energiza os circuitos de
excitação e de disparo de um retificador de potência.

32 Relé direcional de potênica
(directional power device)

Relé que atua quando um fluxo de potência circula
no sentido contrário ao predeterminado.

Atuação do dispositivo quando
da motorização de um gerador.

33 Chave de posição (position
switch)

Chave que atua quando o dispositivo controlado
atinge uma dada posição.

Chave fim de curso.

34

Dispositivo mestre de
sequência (motor-operated
sequence switch)

Dispositivo que estabelece ou determina a sequência
de operação dos dispositivos principais em operações
seqüenciais de manobra.

Chave motorizada de contatos
múltiplos.
Controladores lógicos
programáveis.

WEG – Transformando Energia em Soluções

277

Módulo 4 – Geração de Energia

35

Dispositivo para
posicionamento das
escovas ou para curto-
circuitar os anéis coletores
(brush-operating, or slip-
ring short-circuiting
device)

Dispositivo para levantar, abaixar ou deslocar as
escovas de uma máquina, para curto-circuitar seus
anéis coletores, ou para engatar ou desengatar os
contatos de um retificador mecânico.

36

Dispositivo de verificação
da polaridade ou da tensão
de polarização (polarity
device)

Dispositivo que aciona ou permite o acionamento de
um outro, somente com uma polaridade
predeterminada, ou verifica a presença de uma
tensão de polarização em um equipamento

37

Relé de subcorrente ou
subpotência (undercorrent
or under power relay)

Relé que opera quando a corrente ou a potência
forem inferiores a um valor predeterminado.

38

Dispositivo de proteção de
mancal (bearing-protective
device)

Dispositivo que atua quando a temperatura do
mancal excede um valor predeterminado ou por
outras condições mecânicas anormais a ele
associadas.

39 Monitor de condição
mecânica

Dispositivo que atua por ocorrência de uma condição
mecânica anormal (exceto aquela associada com
mancais, coberta pela função 38).

Vibração, excentricidade e
falha de vedação.

40 Relé de campo (field relay) Relé que atua por perda de corrente de excitação de
campo de uma máquina.

41 Disjuntor de campo (field
circuit breaker)

Dispositivo que opera para aplicar ou remover a
excitação do campo de uma máquina.

42

Disjuntor (contator)
funcionamento (running
circuit breaker)

Dispositivo cuja principal função é ligar uma máquina
à sua fonte de tensão de funcionamento, após ter
sido conduzida a velocidade desejada.

Chaves à óleo para bancos de
capacitores.

43

Dispositivo ou seletor de
transferência manual
(manual transfer or
selector device)

Dispositivo operado manualmente que transfere os
circuitos a fim de modificar o modo de operação do
equipamento de manobra ou de outros dispositivos.

Chave seletora para
amperímetro, voltímetro, de
sincronismo de religamento.
Chave de transferência de
proteção.

44

Relé de partida seqüencial
de unidade (unit sequence
starting relay)

Relé que atua para dar partida à unidade seguinte
em um equipaemtno de unidades múltiplas, por falha
ou disponibilidade da unidade precedente.

45 Monitor de condição
atmosférica

Dispositivo que atua na ocorrênica de condição
ambiental anormal, tal como gases nocivos, misturas
explosivas, fumaça ou fogo.

Detetor de fumaça.

46

Relé de corrente de
sequência negativa
(reversephase, ou phase-
balance, current relay)

Relé que atua quando as correntes polifásicas
estiverem em sequência inversa de fase ou quando
estiverem

desequilibradas,

ou

contiverem
componentes de sequência negativa acima de um
dado valor.

Relé de sobrecorrente de
sequência negativa.

47

Relé de sequência de fase
de tensão (phase-
sequence voltage relay)

Relé que atua para um valor predeterminado de
tensão polifásica na sequência de fase estabelecida.

48

Relé de sequência
incompleta (incomplete
sequence relay)

Relé que geralmente retorna o equipamento para a
posição normal ou desliga e o bloqueia se a
sequência normal de partida, operação ou parada
não for completada adequadamente dentro de um
tempo predeterminado.

49

Relé térmico de
equipamento (machine, or
transformer, thermal relay)

Relé que atua quando a temperatura de um
equipamento excede um valor predeterminado.

Controlador de temperatura de
um retificador de potência

50

Relé de sobrecorrente
instantâneo (instantaneous
over current, or rate-of-
rise relay)

Relé que atua instantaneamente por valor de
corrente superior a um limite predeterminado.

WEG – Transformando Energia em Soluções

278

Módulo 4 – Geração de Energia

51

Relé de subcorrente-tempo
CA (a-c time over current
relay)

Relé que atua com retardo intencional de tempo,
quando sua corrente de entrada excede a um valor
predeterminado, e no qual a corrente de entrada e o
tempo de operação são relacionados de modo
definido ou inverso.

52

Disjuntor de corrente
alternada (a-c circuit
breaker)

Dispositivo de manobra e proteção capaz de
estabelecer, conduzir e interromper correntes
alternadas em condições normais do circuito, assim
como estabelecer, conduzir por tempo especificado e
interromper correntes alternadas em condições
anormais especificadas do circuito, tais como as de
curto-circuito.

53

Relé de excitação de
gerador CC (exciter or d-c
generator relay)

Relé que liga a excitação de campo de uma máquina
CC, para que sua tensão se desenvolva durante a
partida, e atue quando a tensão da máquina atingir
um valor predeterminado.

54

Disjuntor de corrente
contínua, alta velocidade
(high-speed d-c circuit
breaker)

55 Relé de fator de potência
(power factor relay)

Relé que atua quando o fator de potência sai de
limites predeterminados.

56

Relé de aplicação de
campo (field application
relay)

Relé que automaticamente controla a aplicação da
excitação ao campo de um motor de CA em algum
valor predeterminado de escorregamento.

57

Dispositivo de aterramento
ou curto-circuito (short-
circuiting or grounding
device)

Dispositivo que opera de modo a curto-circuitar ou
aterrar um circuito ou equipamento sob ação de um
comando manual ou automático.

Chave de aterramento

58

Relé de falha de retificação
(power rectifier misfire
relay)

Dispositivo que atua se um ou mais anodos de um
retificador de potência falharem no disparo, ou na
detecção de um arco de retorno, ou por falha de um
diodo em conduzir ou bloquear corretamente.

59 Relé de sobretensão
(overvoltage relay)

Relé que atua quando sua tensão de entrada for
maior do que um valor predeterminado.

60

Relé de equilíbrio de
tensão ou de corrente
(voltage or current balance
relay)

Relé que atua por uma dada diferença na tensão ou
na corrente, de dois circuitos.

Relé detector de falha de
capacitor, em banco de
capacitores.

61

Relé de balanço de
corrente (current balance
relay)

62

Relé de tempo de parada
ou de abertura (time-delay
stopping, or opening,
relay)

Relé de tempo que opera em conjunto com o
dispositivo que inicia a operação de desligamento,
parada ou abertura em uma sequência automática
ou em um sistema de relés de proteção.

Relé de tempo, usado no
circuito de proteção por falha
do disjuntor.

63

Relé de pressão de nível
ou de fluxo, de líquido ou
gás (liquid or gaz,
pressure, level, or flow
relay)

Relé que atua por um valor predeterminado de
pressão, ou por uma dada taxa de sua variação.

64 Relé detector de terra
(ground protective relay)

Relé que atua por falha do isolamento para terra de
máquina ou outro equipamento.

Relé detector de terra no
campo do gerador ou na
bateria.

65 Reguralor de fluxo ou
vazão (governor)

Conjunto de equipamentos hidráulicos, elétricos ou
mecânicos de controle usados para regular o fuxo ou
vazão de água, vapor ou outro fluído para o motor
primário.

WEG – Transformando Energia em Soluções

279

Módulo 4 – Geração de Energia

66

Dispositivo de atuação
intermitente (notching, or
jogging, device)

(1) Dispositivo que atua para permitir somente um
número especificado de operações de um certo
dispositivo ou equipamento, ou um número
especificado de operações sucessivas com
intervalo predeterminado.
(2) Dispositivo que atua para energizar um circuito
periodicamente ou por tempo especificado, ou
que é usado para permitir aceleração ou avanço
intermitente de uma máquina a baixas
velocidades para posicionamento mecânico.

67

Relé direcional de
sobrecorrente CA (a-c
directional overcurrent
relay)

Relé que atua por um valor predeterminado de
sobrecorrente CA fluindo em um sentido
predeterminado.

68 Relé de bloqueio de
abertura (blocking relay)

Relé que inicia um sinal piloto para bloqueio de
abertura por faltas externas em uma linha de
transmissão ou em outro equipamento sob condições
predeterminadas, ou coopera com outros dispositivos
para bloquear abertura ou religamento por perda de
sincronismo ou por oscilações de potência.

69

Dispositivo de controle
permissível (permissive
control device)

Chave de duas posições, que numa posição permite
o fechamento de um disjuntor, ou a colocação de um
equipamento em operação, e na outra bloqueia a
operação do disjuntor ou do equipamento.

Chave seletora de bloqueio e
fechamento do disjuntor.

70

Reostato eletricamente
operado (electrically
operated rheostat)

Resistor variável ou conjunto unitário de resistores
variáveis.

71 Relé de nível

Dispositivo que atua por valores ou por taxas de
variação de nível predeterminados.

Indicador com contatos de
nível do óleo de transformador.

72

Disjuntor de corrente
contínua (d-c circuit
breaker)

Dispositivo de manobra e proteção capaz de
estabelecer, conduzir e interromper correntes
contínuas em condições normais do circuito, assim
como estabelecer, conduzir por tempo especificado e
interromper correntes contínuas em condições
anormais especificadas do circuito, tais como as de
curto-circuito.

73

Contactor de resistência de
carga (load-resistor
contactor)

Contator usado para derivar ou inserir um estágio de
resistência de limitação de deslocamento ou de
indicação de carga em um circuito de potência, para
ligar e desligar um aquecedor de ambiente, lâmpada
ou um resistor de carga regenerativa de um
retificador de potência ou de outra máquina.

74 Relé de alarme (alarm
relay)

Relé diferente de um anunciador, como o da função
30, usado para acionar ou operar em conjunto com
um alarme visual ou sonoro.

75

Mecanismo de mudança de
posição (position changing
mechanism)

Mecanismo usado para deslocar um dispositivo
principal de uma posição para outra em um
equipamento.

Mecanismo de extração de
disjuntor.

76 Relé de sobrecorrente CC
(d-c overcurrent relay)

Relé que atua quando a corrente em um circuito de
CC excede um valor predeterminado.

77 Transmissor de pulsos
(pulse transmitter)

Dispositivo para gerar e transmitir pulsos através de
um circuito de telemedição, ou a fio piloto, para um
dispositivo remotor de indicação ou de recepção.

78

Relé de medição de ângulo
de fase, ou de proteção
contra falta de sincronismo
(phase angle measuring,
or out-of-step protective
relay)

Relé que atua para um ângulo de fase
predeterminado entre duas tensões ou entre duas
correntes, ou entre tensão e corrente.

79 Relé de religamento CA
(a-c reclosing relay)

Relé que controla o religamento e o bloqueio
automático de um disjuntor de CA.

WEG – Transformando Energia em Soluções

280

Módulo 4 – Geração de Energia

80 Relé de fluxo

Chave que atua a um valor ou uma taxa de variação
de fluxo predeterminados

Dispositivo de proteção de
fluxo de óleo utilizado em
comutador sob carga

81 Relé de freqüência
(frequency relay)

Dispositivo que opera quando a frequência (ou sua
taxa de variação) está fora de limites determinados.

82 Relé de religamento CC
(d-c reclosing relay)

Dispositivo que controla o fechamento e religamento
automático de um disjuntor de CC, geralmente em
resposta às condições de carga do circuito.

83

Relé de controle seletivo
ou de transferência
automática (automatic
selective control, or tranfer
relay)

Dispositivo

que

opera

para

selecionar
automaticamente uma dentre várias fontes ou
condições em um equipamento e permite realizar
uma operação de transferência.

Relé de transferência para
fontes de serviços auxiliares.

84

Mecanismo de
acionamento (operating
mechanism)

Mecanismo ou servomecanismo elétrico completo,
inclusive o motor de acionamento, solenóides,
chaves de posição, etc., para um comutador de
derivação, regulador de tensão por indução ou
qualquer componente similar de equipamento, que
não tenha número de função.

85

Relé receptor de onda
portadora ou fio-piloto
(carrier, or pilot-wire,
receiver relay)

Dispositivo cuja atuação é liberada ou bloqueada por
um sinal transmitido por uma onda portadora ou fio
piloto de CC.

86

Relé de bloqueio de
operação (locking-out
relay)

Dispositivo operado eletricamente, usado para
desligar e manter inoperante dispositivos e
equipametos.

87

Relé de proteção
diferencial (differential
protective relay)

Dispositivo de proteção que atua por diferença
percentual entre duas ou mais grandezas elétricas.

88

Motor auxiliar ou motor
gerador (auxiliary motor,
ou motor generator)

Dispositivo usado para acionar equipamentos
auxiliares, tais como bombas, ventiladores,
excitatrizes, amplificadores magnéticos, rotativos,
etc.

89

Seccionadora com
acionamento elétrico (line
switch)

Dispositivos usado como seccionador, interruptor de
carga, ou chave de isolação em um circuito de
potência de CA ou CC.

Seccionadora com trava
magnética

90 Dispositivo de regulação
(regulating device)

Dispositivo que opera para regular uma ou mais
grandezas, tais como tensão, corrente, potência,
velocidade, frequência, temperatura e carga em
máquinas, linhas de interligação ou outros
equipamentos.

Regulador de tesão

91 Relé direcional de tensão
(voltage directional relay)

Dispositivo que atua quando a tensão através de um
disjuntor ou contator abertos excede um valor
predeterminado em um dado sentido.

92

Relé direcional de tensão e
potência (voltage and
power directional relay)

Dispositivo que permite ou causa a ligação de dois
circutios, quando a diferença de tensão entre eles
excede um valor predeterminado em um dado
sentido, e causa desligamento destes dois circuitos
quando o fluxo de potência entre eles excede um
valor predeterminado no sentido oposto.

93

Contactor de variação de
campo (field changing
contactor)

Dispositivo que opera para aumentar ou reduzir, de
um passo, o valor da excitação do campo de uma
máquina.

94

Relé de desligamento, ou
de disparo livre (tripping,
or trip-free, relay)

Relé que atua para abrir um disjuntor, contator, ou
equipamento, ou para permitir abertura imediata por
outros dispositivos, ou para impedir o religamento
imediato de uma chave caso ela deva abrir
automaticamente.

95...99

Usados para aplicações
específicas, não cobertos
pelos números anteriores

WEG – Transformando Energia em Soluções

281

Módulo 4 – Geração de Energia

Com a nomenclatura acima descrita, pode-se utilizar a norma NT-202 da CPFL como
exemplo de relés exigidos na ligação de autoprodutores em paralelo com o sistema de
distribuição.

No diagrama acima, verifica-se a localização de cada relé e sua função, conforme

descrito na tabela abaixo:

WEG – Transformando Energia em Soluções

282

Módulo 4 – Geração de Energia

No

ANSI

Função

Descrição / Aplicação

27 A

Subtensão Instantâneo

Bloquear o fechamento do disjuntor, enquanto houver
tensão na rede ou linha de interligação.

50 / 51 (A)

Sobrecorrente monofásico instantâneo
/ temporizado

Disparar o disjuntor, quando da ocorrência de faltas
localizadas na rede/linha de interligação

50/51 N (A) Sobrecorrente monofásico instantâneo
/ temporizado de Fase e de Neutro

Disparar o disjuntor, quando da ocorrência de faltas
localizadas na rede/linha de interligação

27 B

Subtensão Instantâneo

Abrir e bloquear o fechamento do disjuntor, quando da
falta de tensão

81 B

Subfrequência

Abertura do disjuntor B.

25

Sincronismo

Verificar se no ponto de interligação da instalação do
consumidor, os parâmetros de freqüência e ângulo de
fase de tensão estão dentro dos limites desejados para
permitir o paralelismo

32 B

Direcional de Potência

Abertura do disjuntor, quando fluir potência do
consumidor autoprodutor para a rede da concessionária.

50 / 51 (B)

Sobrecorrente monofásico,
Instantâneo

50/51 N (B)

Sobrecorrente monofásico,
Instantâneo e temporizado de Fase e
de Neutro

Abertura do disjuntor, quando da ocorrência de faltas
localizadas na rede / linha de interligação

67 B

Sobrecorrente Direcional Instantâneo Abertura do disjuntor B, para faltas localizadas na rede
da concessionária com contribuição do consumidor.

21 A

Relé de distância

62

Relé de interrupção ou abertura
temporizada

51 GS

Relé Estático de Terra

Complementa a proteção para faltas à terra no
alimentador que faz o paralelismo .

Os relés exigidos pelas concessionárias (no exemplo, a CPFL) dependem de cada tipo
de autoprodutor. Por exemplo, cita-se os relés exigidos para o autoprodutor com venda de
excedente e produtor independente de energia:

• Relé de subtensão (função 27);
• Relé de sobretensão de neutro (função 59 N);
• Relé direcional de sobrecorrente (função 67) que deverá atuar para defeitos na rede

da CPFL;

• Relé de sobrecorrente de fase e neutro, instantâneos e temporizados (função 50/51 e
50/51 N) que deverão atuar para defeitos internos ao autoprodutor;
• Relé de sobretensão (função 59);
• Relé de subfrequência (função 81), que poderá ser o mesmo dos geradores;
• Relé direcional de potência (função 32).

Cada concessionária tem sua norma característica, com suas exigências e atribuições, na
qual são citadas as condições e os equipamentos mínimos exigidos que visam a qualidade de
suprimento de energia elétrica, a proteção e a operação do sistema da concessionária. É
importante ressaltar aqui que, para o sistema elétrico de um autoprodutor, faz-se necessária toda
a proteção de sua instalação (gerador(es), linha, etc.), de forma a garantir a segurança da
operação em paralelo com a concessionária. (maiores detalhes, consultar a norma da respectiva
concessionária).

WEG – Transformando Energia em Soluções

283

Módulo 4 – Geração de Energia

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->