Você está na página 1de 1

RESUMO PDI – PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA

O Plano Diretor da Tecnologia de Informação decorre de um estudo de


viabilidade necessário para moldar a empresa para os próximos anos na
utilização dos recursos de informática e buscando sempre a modernização e
eficiência técnica e administrativa. É benefícios de se ter um PDI:

1. Ter em mãos uma visão atualizada do ambiente atual da Tecnologia da


Informação e, ao mesmo tempo, compará-lo a cenários alternativos que
possam aperfeiçoar o retorno dos investimentos já feitos e dos ainda a
serem realizados;
2. Capacidade para tomar decisões com segurança sobre modificações,
melhorias ou acréscimos em sua estrutura de TI.
3. Ter ao seu alcance opiniões embasadas de especialistas de cada uma
das áreas estudadas, permitindo fazer as comparações necessárias
entre a situação atual da sua estrutura de TI e as necessidades futuras.
4. Subsídio para o planejamento da estrutura de TI, inclusive com
estimativas de
5. Orçamentos a serem investidos em projetos prioritários.

Uma vez adotas as práticas e procedimentos enumerados no PDTI, ter


mais tempo das pessoas na organização para realização de atividades chave e
foco no crescimento do seu negócio, em vez de alocar tempo na solução de
problemas de TI.
Um modelo definido por CAMPOS FILHO, por BIO, que tem um foco em
sistemas, e por PRISCILLA OPPENHEIMER com foco em redes, o que nos
permitiu chegar ao seguinte modelo para a elaboração do PDTI, atendendo às
necessidades específicas das Micro e Pequenas Empresas:
• Estudo do ambiente de negócios da empresa;
• Metodologia de Desenvolvimento/Aquisição de Sistemas;
• Modelo da Tecnologia da Informação;
• Recursos de Processamento de Dados;
• Gestão do Ambiente;
• Segurança do Ambiente;
• Documentação.