P. 1
Trabalho sobre sistemas circulatório e respiratório

Trabalho sobre sistemas circulatório e respiratório

|Views: 2.609|Likes:

More info:

Published by: Guilherme De Almeida Lopes on Apr 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2015

pdf

text

original

Trabalho sobre sistemas circulatório e respiratório

Como funciona o sistema circulatório e qual a função?

Sistema circulatório:
O crescimento e a manutenção da vitalidade do organismo são proporcionados pela adequada nutrição celulares. A função básica do sistema circulatório é a de levar material nutritivo e oxigênio às células. Assim, o sangue circulante transporta material nutritivo que foi absorvido pela digestão dos alimentos às células de todas as partes do organismo. Da mesma forma, o oxigênio que é incorporado ao sangue, quando este circula pelos pulmões, será levado a todas as células. Além desta função primordial, o sangue circulante transporta também os produtos residuais do metabolismo celular, desde os locais onde foram produzidos até os órgãos encarregados de eliminar. O sangue possui ainda células especializadas na defesa orgânica contra substâncias estranhas e microorganismo. O sistema circulatório é um sistema fechado, sem comunicação com o exterior, constituído por tubos, no interior dos quais circulam humores. Os tubos são chamados vasos e os humores são o sangue e a linfa. Para que estes humores possam circular através dos vasos, há um órgão central, o coração, que funciona como uma bomba contrátil-propusora. Como é um sistema tubular hermeticamente fechado, as trocas entre o sangue e tecidos vão ocorrer em extensas redes de vasos de calibre reduzido e de paredes muito finas, os capilares. Por meio de permeabilidade seletiva, que se processa através de fenômenos físico-químicos complexos, material nutritivo e oxigênio passam dos capilares para os tecidos, e produtos do resíduo metabólico, inclusive CO², passam dos tecidos para o interior dos capilares. Certos componentes do sangue e da linfa são células produzidas pelo organismo nos chamados órgãos hemopoiéticos, os quais são incluídos no estudo do sistema circulatório.

é o pulmão.que trocam materiais com os tecidos.composta por uma fina camada de células. pelo organismo. O órgão respiratório. por excelência. voltando. continuamente.que trazem o sangue de volta ao coração. a respiração é uma das características básicas dos seres vivos. ao coração.esquerda e direita -.capilares .e uma inferior . Está localizado entre os pulmões e tem a parte inferior virada para a esquerda. contendo. em seguida. de oxigênio. o sangue é um elemento intermediário entre as células do organismo e o meio habitado pelo animal. duas cavidades. em duas partes . . A troca de gases é indireta. Externamente o coração está revestido por uma membrana pericárdio .e por vasos sanguíneos que transportam o sangue.que levam o sangue para fora do coração.Como funciona o sistema respiratório e qual sua função? Sistema respiratório: Em qualquer forma que se apresenta. pelo septo. Há três tipos de vasos . O sistema circulatório é constituído por um órgão impulsionador .coração .o ventrículo. No conjunto estes órgãos constituem o sistema respiratório. O Sistema Cardiorrespiratório O sistema circulatório e o sistema respiratório estão intimamente ligados.artérias e arteríolas . cada parte. servindo como condutor de gases entre eles. . mas nestes animais desenvolvem-se órgãos especiais que possam promover o rápido intercambio entre o ar e o sangue. levam o sangue do coração aos tecidos. uma superior – a aurícula . A maior parte do coração é constituída por tecido muscular cardíaco miocárdio. essencialmente.vênulas e veias . a qual forma um saco que contém uma pequena quantidade de líquido cuja finalidade é a lubrificação do próprio coração. Os vasos sanguíneos estão distribuídos de tal modo que. Internamente o coração está separado. . O coração é um órgão musculoso com o tamanho aproximado de uma mão fechada. e a eliminação do gás carbônico resultante de oxidações celulares. consiste na absorção. uma vez que é o sangue que transporta o oxigênio a todas as partes do corpo humano onde ele é necessário.

os músculos cardíacos têm de se contrair .sístole . Estes batimentos do coração ocorrem. .Para bombear todo o sangue necessário à circulação sanguínea. normalmente. valores de 120 mm Hg e de 80 mm Hg para a pressão sistólica e diastólica respectivamente. 70 vezes por minuto.e de se relaxar .pressão que o sangue exerce contra as paredes das artérias .diástole .num adulto apresenta.ritmadamente. A pressão arterial . normalmente.

estimulando essas áreas tão rapidamente. 1997. Ed. Biologia – Uma abordagem evolutiva e ecológica. de modo que o ritmo do nódulo SA torna-se o ritmo de todo o coração. Localiza-se perto da junção entre o átrio direito e a veia cava superior e é constituído por um aglomerado de células musculares especializadas. 2. Devido ao fato do nódulo sinoatrial possuir uma frequência rítmica mais rápida em relação às outras partes do coração. enquanto o músculo atrial se contrai cerca de 60 vezes por minuto e o músculo ventricular. os impulsos originados do nódulo SA espalham-se para os átrios e ventrículos.Imagem: AVANCINI & FAVARETTO. . São Paulo. Vol. A frequência rítmica dessas fibras musculares é de aproximadamente 72 contrações por minuto. por isso é chamado marcapasso. que controla a frequência cardíaca. cerca de 20 vezes por minuto. Nódulo sinoatrial (SA) ou marcapasso ou nó sinoatrial: região especial do coração. Moderna.

Aí se dá a troca gasosas ficando as células com oxigênio.expiração.inspiração . É através deste processo que as células conseguem a energia necessária para a manutenção da vida. o oxigênio. A inspiração é inteiramente ativa. pelos bronquíolos e pelos alvéolos. Os movimentos de contração e expansão da caixa torácica provocam variações de pressão no interior dos pulmões. pela traqueia. O ar atmosférico contém pouco dióxido de carbono. o gás carbônico. uma vez que é calma e passiva. para a circulação sanguínea. e entrando. que têm a propriedade de fixar o oxigênio. O sistema respiratório é constituído pela cavidade nasal que filtra. ao diafragma e aos outros músculos inspiratórios. pelos brônquios. A ventilação pulmonar é assegurada por fenômenos mecânicos. é devida à elasticidade do tecido pulmonar e da parede torácica. Já a expiração. compensadas pela entrada de ar . Esta se dá porque as células necessitam de oxigênio para os processos de oxidação que nelas tem lugar. Já que nem a parede dos alvéolos nem a dos capilares oferece resistência à passagem de gases. O oxigênio é transportado pelas hemácias. que são sacos aéreos onde se realizam as trocas gasosas.A respiração é o conjunto das trocas gasosas que ocorrem entre o ar e o sangue (oxigênio por dióxido de carbono). ao nível dos pulmões. local onde se dá nova troca gasosa. para próximo das células. Por outro lado. pela glote. para os pulmões. Os alvéolos são constituídos por uma única camada de células.ou pela saída de ar . A esta troca gasosa dá-se o nome de hematose pulmonar. muscular. pela nasofaringe. agora. aquece e umedece o ar. pela laringe onde se dá a produção de sons. o sangue que chega aos capilares pulmonares está desoxigenado e o ar alveolar está saturado de oxigênio. cuja contração aumenta o volume da caixa torácica. mas o sangue está saturado deste gás. essencialmente. pelo que o dióxido de carbono se difunde do sangue para os alvéolos. libertandose. estes se difundem entre o ar alveolar e o sangue pulmonar. rodeada por uma rede de capilares. . O dióxido de carbono é transportado. devida. pelo sangue. pelo que este gás se difunde para os capilares. por onde o ar passa para a garganta.

Faringe: é um canal comum aos sistemas digestório e respiratório e comunica-se com a boca e com as fossas nasais. Acima dela existe uma espécie de “lingueta” de cartilagem denominada epiglote. situado na parte superior do pescoço. responsáveis pelo sentido do olfato. Têm as funções de filtrar. O epitélio que reveste a laringe apresenta pregas. A entrada da laringe chama-se glote. saliência que aparece no pescoço. que forçam o ar a turbilhonar. a laringe sobe e sua entrada é fechada pela epiglote. que funciona como válvula. umedecer e aquecer o ar. Quando nos alimentamos. brônquios e porção inicial dos bronquíolos. Em seu interior há dobras chamadas cornetos nasais. em continuação à faringe. como traqueia. . as cordas vocais. também presentes nas porções inferiores das vias aéreas. Isso impede que o alimento ingerido penetre nas vias respiratórias. antes de atingir a laringe. capazes de produzir sons durante a passagem de ar. Laringe: é um tubo sustentado por peças de cartilagem articuladas. O pomode-adão.Fossas nasais: são duas cavidades paralelas que começam nas narinas e terminam na faringe. Elas são separadas uma da outra por uma parede cartilaginosa denominada septo nasal. faz parte de uma das peças cartilaginosas da laringe. O ar inspirado pelas narinas ou pela boca passa necessariamente pela faringe. Possuem um revestimento dotado de células produtoras de muco e células ciliadas. No teto das fossas nasais existem células sensoriais.

que são posteriormente varridas para fora (graças ao movimento dos cílios) e engolidas ou expelidas.5 cm de diâmetro por 10-12 centímetros de comprimento. dando origem a tubos cada vez mais finos. Nos pulmões os brônquios ramificam-se profusamente. Pulmões: Os pulmões humanos são órgãos esponjosos. cujas paredes são reforçadas por anéis cartilaginosos.Traqueia: é um tubo de aproximadamente 1. Bifurca-se na sua região inferior. Seu epitélio de revestimento muco-ciliar adere partículas de poeira e bactérias presentes em suspensão no ar inalado. originando os brônquios. . os bronquíolos. sendo envolvidos por uma membrana serosa denominada pleura. que penetram nos pulmões. com aproximadamente 25 cm de comprimento.

órgão musculomembranoso que separa o tórax do abdômen. os movimentos respiratórios. . presente apenas em mamíferos. Cada bronquíolo termina em pequenas bolsas formadas por células epiteliais achatadas (tecido epitelial pavimentoso) recobertas por capilares sanguíneos. Localizado logo acima do estômago. juntamente com os músculos intercostais. o nervo frênico controla os movimentos do diafragma.Diafragma: A base de cada pulmão apoia-se no diafragma. denominadas alvéolos pulmonares. promovendo. O conjunto altamente ramificado de bronquíolos é a árvore brônquica ou árvore respiratória.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->