Você está na página 1de 5

NUTRIÇÃO E DIGESTÃO

NUTRIÇÃO

• É o conjunto de processos pelos quais o organismo incorpora e utiliza os nutrientes.

• Pode ser classificada como autótrofa ou heterótrofa.

• Os alimentos são importantes na produção de energia

• Na ausência de carboidratos a mosca da fruta não consegue voar, mesmo tendo


gordura armazenada.

• Já os gafanhotos necessitam de gordura para seus longos vôos


• Substâncias orgânicas são necessárias são em primeiro lugar:
• Proteínas
• Lipídeos
• Carboidratos
• Métodos de Alimentação
Captura de Alimentos

Tipo de Alimento Metodos de alimentaçãAnimais que utilizam o metodo


formação de vacuolos
digestivos amebas
ciliados, esponjas, bivalves,
uso de cilios girinos
formação de gastropodes, tunicados
armadilhas mucosas
pepinos do mar

uso de tentaculos
uso de cerdas, pequenos crustaceos,

pequenas particulas filtração baleias, flamingos


grandes particulas de ingestão de massas minhocas
inativas
raspagem, ouriços do mar, caracois,
mastigação,
perfuração insetos, vertebrados
captura, engolição da celenterados, peixes, cobras,
massa presa aves, morcegos
fluidos ou tecidos sucção da seiva de pulgões, abelhas, beija-
prantas, nectar flores
ingestão de sangue sanguessugas, carrapatos,

moles insetos, morcegos vampiros


materia organica sucção de leite ou jovens mamiferos, filhoetes
secreção semelhante
dissolvida suprimento ao leite de aves
digestao interna aranhas
simbiontico de tomada atraves da parasitas, tenias
• DIGESTÃO COMPARADA superficie corporea
nutrientes
É o conjunto das transformações, mecânicas e químicas, que os alimentos orgânicos
sofrem ao longo de um sistema digestivo, para se converterem em compostos
menores hidrossolúveis e absorvíveis. A digestão pode ser:
Digestão intracelular
A digestão intracelular é feita com partículas pequenas através de membranas
plasmáticas de organismos unicelulares, porque eles não possuem um sistema
digestivo. Nos protozoários, organismos unicelulares, a digestão acontece do lado
externo da célula em cavidade chamada de do vacúolo digestivo, onde as enzimas são
secretadas para auxiliar no processo digestivo das proteínas, lipídios e carboidratos.
Este tipo de digestão intracelular ocorre de forma semelhante nas esponjas,
celenterados, ctenóforos e turbelários. Os fenômenos digestivos são chamados de
fagocitose e endocitose. Na medusa, a digestão dos alimentos é em parte a nível
extracelular e em parte a nível intracelular. Nos metazoários, a digestão é uma
determinada região do intestino, sendo, ainda uma digestão intracelular
prevalentemente nos invertebrados, mas nos organismos mais evoluídos é
extracelular.
• PROTOZOÁRIOS – Formação de vacúolos digestivos.
• PORÍFEROS – Digestão nas células chamadas de coanócitos

Digestão extracelular

A digestão extracelular ocorre fora da célula dos diversos seres hetertróficos, em


sistemas digestivos, geralmente bem desenvolvido, que permitem a ingestão de
grandes pedaços de alimento e a ação das enzimas sobre eles ao longo do trato
digestivo que pode ser formado por uma abertura, a exemplo dos celenterados,
ofriuróides e platelmintes, local que serve de entrada para o alimento e de saída para
as substâncias não digeridas.
• CNIDÁRIOS Sistema digestivo incompleto, apenas com boca.
Primeiramente a digestão é extracelular e, num segundo momento, passa a ser
intracelular
• PLATELMINTOS Tubo digestivo incompleto, com presença de faringe protrátil.
• NEMTOIDES PRIMEIROS A APRESENTAREM SISTEMA DIGESTORIO COMPLETO
• MOLUSCOS Apresentam sistema digestório completo.
Algumas espécies apresentam a rádula (língua que rala).
Outras espécies são do tipo filtradoras.
 ANELIDEOS Sistema digestório completo (boca e ânus).
Presença de: lábio, papo, moela e intestino (com cecos intestinais e tiflossole que
aumentam a superfície de absorção).
Podem aparecer “dentes” na faringe, como nas sanguessugas.
• ARTRÓPODES Possuem sistema digestório completo, com boca rodeada por apêndices
articulados que auxiliam na alimentação (pode ser do tipo sugador, mordedor,
cortador).
• EQUINODERMOS Sistema digestório completo.
Boca na face ventral com cinco dentes formando a lanterna de Aristóteles
• PEIXES Ausência de glândulas salivares. Intestinos com válvula em espiral.
Peixes ósseos possuem sistema digestório completo terminado em ânus.
Peixes cartilaginosos (tubarões, arraias) possuem sistema digestório completo que
termina em cloaca.
• ANFIBÍBIOS E RÉPTEIS Ausência das glândulas salivares. Esôfago muito curto. Presença
de uma glândula pra produção de muco na cavidade bucal.
• AVES Bico: diretamente relacionado e adaptado ao tipo de alimento do animal. Papo:
função parecida com a saliva.Moela: pode ser comparada à boca e aos dentes dos
mamíferos.
• MAMÍFEROS Sistema Digestivo completo. Os Mamíferos possuem um sistema
digestivo adaptado ao seu regime alimentar, de forma a permitir uma fácil absorção.
Nos carnívoros o aparelho digestivo é simples. Nos onívoros o estômago é um saco de
paredes musculosas e com glândulas produtoras de ácido clorídrico e enzimas. Assim,
nos herbívoros o intestino é proporcionalmente maior, pois os vegetais são menos
nutritivos e de digestão difícil.
• O tubo digestivo humano apresenta as seguintes regiões; boca, faringe, esôfago,
estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus.
• A parede do tubo digestivo tem a mesma estrutura da boca ao ânus, sendo formada
por quatro camadas: mucosa, submucosa, muscular e adventícia.

Hormônios DA DIGESTÃO

Gastrina – Estômago contato de alimentos protéicos com as paredes do estômago


eastimula a secreção de suco gástrico e a contração da musculatura estomacal;

Secretina - Intestino delgado contato do HCl estomacal com o duodeno estimula o


pâncreas a produzir suco rico em bicarbonato e o fígado a secretar bile;

Pancreozimina - Intestino delgado contato com a parede duodenal estimula a


produção de suco pancreático;

Colecistoquinina - Intestino delgado contato de lipídios e aminoácidos na parede


duodenal estimula a liberação de enzimas digestivas e libera a bile no duodeno;

Enterogastrona - Intestino delgado presença de gordura no intestino delgado inibe a


secreção de suco gástrico bem como a motilidade do estômago

Você também pode gostar