Você está na página 1de 4

Exercícios

01. (UFRS) O citral, composto de fórmula abaixo, tem forte sabor de limão e é empregado
em alimentos para dar sabor e aroma cítricos. Sua cadeia carbônica é classificada como:

a) Homogênea, insaturada e ramificada


b) Homogênea, saturada e normal.
c) Homogênea, insaturada e aromática.
d) Heterogênea, insaturada e ramificada.
e) Heterogênea, saturada e aromática.

02. (OSEC-SP) Quando uma pessoa leva um susto, a supra-renal produz uma maior
quantidade de adrenalina que é lançada na corrente sangüínea. Analisando a fórmula
estrutural da adrenalina:

Podemos concluir que a cadeia carbônica ligada ao anel aromático é:

a) Aberta, saturada e homogênea.


b) Aberta, saturada e heterogênea.
c) Aberta, insaturada e heterogênea.
d) Fechada, insaturada e homogênea.
e) Fechada, instaurada e heterogênea.

03. (Mackenzie-SP) O ácido adípico, matéria-prima para a produção de náilon, apresenta


cadeia carbônica:

a) Saturada, homogênea e ramificada.


b) Saturada, heterogênea e normal.
c) Insaturada, homogênea e normal.
d) Saturada, homogênea e normal.
e) Insaturada, homogênea e normal.

04. (Fatec-SP) Na fórmula abaixo, as quantidade totais de átomos de carbono primário,


secundário e terciário são, respectivamente:
a) 5, 1 e 3
b) 2, 3 e 4
c) 3, 3 e 2
d) 2, 4 e 3
e) 5, 2 e 2

05. (PUC-RS) No eugenol, composto de odor agradável e utilizado como antisséptico bucal, o
número de átomos de carbono secundário é:

a) 2
b) 3
c) 7
d) 8
e) 10

06. (PUC-RS) A “fluoxetina”, presente na composição química do Prozac, apresenta fórmula


estrutural

Com relação a este composto, é correto afirmar que apresenta:

a) Cadeia carbônica cíclica e saturada.


b) Cadeia carbônica aromática e homogênea.
c) Cadeia carbônica mista e heterogênea.
d) Somente átomos de carbonos primários e secundários.
e) Fórmula molecular C17H16ONF.

GABARITO NO SITE:

http://www.tecnicodepetroleo.ufpr.br/apostilas/engenheiro_do_petroleo/introducao_quimica_
org.pdf

ÚLTIMA PÁGINA
6. Univali-SC Testosterona, com sua promessa de rejuvenescimento e virilidade, viram moda entre os quarentões.
Testosterona é uma palavra que evoca imagens bem definidas: músculos, virilidade e masculinidade, o hormônio
masculino por excelência. Calcula-se que um em cada seis homens com mais de 60 anos sofre com a queda nos
níveis de testosterona. “Isso é muito mais comum do que se imaginava” diz o endocrinologista Geraldo de Medeiros
da USP. Para esses senhores os médicos são unânimes, testosterona neles. O hormônio ajuda a desenvolver a
massa muscular e aumentar o apetite sexual. São duas preocupações do homem moderno. Mas o perigo está em
quem os consome sem precisar. Os riscos em médio prazo são maiores do que os benefícios. Doses extras desse
hormônio podem causar problemas no fígado e aumentam a probabilidade de câncer na próstata. Entre outros
possíveis efeitos estão o aumento das mamas e a diminuição dos testículos. Mulheres podem ter engrossamento
irreversível da voz, calvície precoce e até infertilidade.

Veja, 26/04/2000

Fórmula da testosterona:

Assinale a alternativa verdadeira, considerando a fórmula apresentada.

a) Sua cadeia é acíclica, homogênea e saturada.


b) Apresenta função éter e álcool em sua estrutura.
c) Sua cadeia é aromática com ramificações.
d) Sua estrutura apresenta uma cadeia cíclica insaturada e ramificada.
e) Sua fórmula mínima é C20H19O2.

01. É dado o composto abaixo:

Marque a alternativa incorreta:


a) O composto é de cadeia carbônica ramificada.
b) Sua nomenclatura IUPAC é 4-Etil-6-metiloctano.
c) O composto é um hidrocarboneto.
d) O composto é um alcano.
e) O composto apresenta 4 carbonos primários.

2. Classifique a cadeia orgânica, os carbonos da cadeia (primário, secundário, terciário e quaternário) e indique a
fórmula molecular

a)
b)

c)

d)

e)