Você está na página 1de 1

De olho no queijo “minas”

O típico queijo “minas”, queijo


branco ou queijo frescal é um dos mais
apreciados e populares do Brasil. Sua
produção é bastante disseminada no
país, tanto industrial quanto
artesanalmente, e por esta razão pode
apresentar consideráveis variações no
seu padrão.
O queijo “minas” é um produto
fresco com alto teor de água em sua A presença de coliformes fecais
composição e, por isso, possui uma pode revelar basicamente dois
pequena vida útil. Sendo assim, problemas sérios: O primeiro é o uso
devemos ficar muito atentos ao de leite não pasteurizado como
consumi-lo. matéria-prima, o que é proibido por lei;
Quem nunca viu ou até O segundo é a deficiência sanitária
apreciou, ao cortar um pedaço de durante o processo produtivo, desde a
queijo branco, aqueles “furinhos” no higiene pessoal do manipulador até as
meio da massa? Acredito que todos já condições de embalagem e estocagem
tenham se deparado com essa em que o queijo foi submetido.
situação. Pois bem, muito cuidado com É muito importante não
esses tais “furinhos” ou “rendinhas”! Na consumir o queijo identificado com
verdade, não são meros buracos esse problema, que pode ocasionar
formados ao acaso, mas sim são intoxicações e/ou infecções alimentares
chamados de olhos ou olhaduras e sérias.
quase sempre representam algo ruim. Vale também lembrar, por
O queijo frescal pode conter algumas curiosidade, que o queijo tipo suíço,
olhaduras na massa, desde que sejam que é marcado pelas inúmeras e
poucas e irregulares. Nesse caso, elas grandes olhaduras na massa não tem
são ocasionadas naturalmente por relação nenhuma com o problema
bactérias lácticas que participam do mencionado acima. As olhaduras do
processo produtivo e não fazem mal à queijo suíço também são produzidas
saúde. Porém, o excesso dessas por bactérias, mas são bactérias
olhaduras, características daquele benéficas que são adicionadas
queijo branco “rendado” (popularmente propositalmente durante o processo.
falando), é um sinal de contaminação Bom, seja com café, torrada,
por coliformes fecais! Estas são pão ou goiabada sempre é bom um
bactérias presentes naturalmente no queijo “minas”! Mas agora, mais
trato gastrointestinal do ser humano. atenção e fique de olho!
Quando presentes no queijo “minas”,
elas fermentam a lactose, que é o Aline Garcia Rezende
açúcar do leite, produzindo um gás que Graduanda do 5° ano de
Engenharia de Alimentos - USP
abre espaço na massa e forma os tais
“furinhos”.