UNIVERSIDAD AMERICANA MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

ESTUDANTES BRASILEIROS: O DOMINIO DO IDIOMA ESPANHOL E A SOCIALIZAÇÃO QUANDO ESTÃO ESTUDANDO ASSUNÇÃO NO PARAGUAY

Aldo macedo Libeni marques Rosa moschen

Assunção, Paraguai 2011

Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

Aldo macedo Libeni marques Rosa moschen

ESTUDANTES BRASILEIROS: O DOMINIO DO IDIOMA ESPANHOL E A SOCIALIZAÇÃO QUANDO ESTÃO ESTUDANDO ASSUNÇÃO NO PARAGUAY

Tutora: Profa. Dra. Cecília Silvera

Assunção, Paraguai 2011

Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

Dra. Cecília.Dedicamos esse trabalho a nossa querida Profa.com) .novapdf. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.

com) .sabedoria e oportunidade a todos nós.Agradecemos a: Deus por ter permitido saúde. por nossa integridade física.E colegas que se tornaram amigos.moral e espiritual durante a nossa permanência em Assunção. o privilégio de ter convivido com verdadeiros educadores: Nossos Doutores. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.novapdf.Obrigado IPCP.E sobretudo.atenção.equilíbrio emocional.E também.

..com) . mas. que se absorve. por que passam.) os que madrugam no ler.novapdf.(. nas idéias próprias. O saber não está na ciência alheia. que se geram dos conhecimentos absorvidos. principalmente. mas transformador reflexivo de aquisições digeridas. Vulgar é o ler.. no espírito que os assimila. mediante a transmutação.) Ruy Barbosa (1920) Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.. Um sabedor não é armário de sabedoria armazenada. raro o refletir. convém madrugarem também no pensar." (.

................................................................... Justificativa................................................................................................................................. Agradecimento...................... INDICE...................... Desenho: Tipo e Método de Estudo................ CAPITULO III – METODOLOGIA............................... Planejamento e Formulação .................. Hipóteses ............................................................................................................................... BIBLIOGRAFIA......................................................... Geral............................. Resumo......................................................................... INTRODUCAO.............................................................................. CAPÍTULO IV – CONCLUSOES E ANÁLISES DE RESULTADOS.................................... Abstract.................................................................................................................................................. ANEXOS............................................................... Objetivos............ Específicos.......................................... Lugar de Estudo....................................................ÍNDICE Dedicatória........................................ Técnicas e Análises de Dados.................. CAPITULO I – O PROBLEMA................ CAPÍTULO V – CONCLUSOES E RECOMENDACOES.............................................................. CAPITULO II – MARCO TEÓRICO ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ Fontes de Dados........................................................................................................................................................... População e Amostra........................................................novapdf......................................................................................................................................................................... Epígrafe................................................................................................................................................................................................... Página Iiii V Vi 07 08 O9 10 RESUMO Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www....................................................................................................................................com) .....................................................................................................................................................................................................................................

E a amostra utilizada foi de 1000 estudandes da Universidad American.ESPANHOL..As análises de dados mostram que existem mais estudantes do sexo feminino.novapdf.com) . E a região brasileira de onde mais saem brasileiro estudantes é do nordeste .Este estudo enfoca o domínio da língua espanhola e a incidência na socialização de estudantes brasileiros na capital do Paraguay.SOCIALIZAÇÃO. ESTUDANTES BRASILEIROS. com conseqüências significativas. PALAVRAS CHAVES: DOMINIO.ASSUNÇÃO. O estudo é de caráter não experimental e foi realizado através de pesquisa de campo. ficou evidenciado que os brasileiros encontram dificuldades impactantes na socialização. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. A população foco corresponde a 100 000 estudantes das faculdades privadas.Poucos brasileiros referem ter domínio do espanhol.UNIVERSIDADES .Inclusive.

The data analyses show that there are more female sex in students. BRASILIAN. Inclusive. And the Brazilian region of where leave most Brazilian students belongs to the northeast. SOCIALIZATION Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.E the used sample belonged to 1000 students of Universidad American. The study belongs to not experimental and accomplished character of the field research.com) .novapdf.ABSTRACT This study focuses of the Spanish lingua and for incidence in the students' socialization brasilian in Paraguay's Capital. PARGUAY. Few Brazilian they refer to have Spanish's Domain. The population focus corresponds to 100 000 students Brazilian of the faculties private. KEYWORDS: FOCUSES. with significant consequence and quality. it was evidenced that the Brazilians find difficulties impactant in the socialization.

A sintaxe. Rodrigues 1951a:50). ou referências a obras científicas. para maiores explicações.com) . caracterizadas por palavras compostas de uma seqüência de unidades lexicais (morfemas). e usa certos termos técnicos nas suas descrições. o Léxico Guarani-Português. o Índice Português-Guarani. e até aprender a falar. sobre o dialeto da língua Espanhola. graças ao perfeito equilíbrio entre vogais e consoantes. portanto. permite relativa liberdade de expressão. como ela esta sendo atualmente falada por Brasileiros que estudam no Paraguai. As línguas dessa família são aglutinantes. referências a trabalhos científicos sobre a língua e cultura Espanhola. formas históricas. a segunda. Além desta Introdução. visa fornecer informações técnicas. isto é. cada parte dando sua contribuição ao significado do todo Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.novapdf. o Guaraní. apenas aponta ao leitor um ou mais verbetes na primeira parte. é uma língua bastante harmoniosa. fonético. também complexa. Uma outra versão. As características mais abrangentes das línguas Espanholas são resumidas por Rodrigues da seguinte maneira: "Em seu aspecto exterior. Sua constituição interna apresenta um sistema morfológico algo complexo. tem a finalidade de ajudar jovens Brasileiros que estão estudando espanhol na escola. cita formas reconstruídas através de estudos históricos. isto é. orientada por um grupo de professores e sendo editada pelo Secretaria do Estado de Educação do Paraná com o patrocínio do Ministério de Educação e Desportes (MEC). a obra compõe-se de duas partes principais: a primeira. ou que querem saber mais sobre a língua. contém informações detalhadas sobre palavras Guaraní. Esta versão não inclui informações técnicas. na sua versão atual. mas muito coerente. Ele inclui.TEMA: ESTUDANTES BRASILEIROS:O DOMINIO DO IDIOMA ESPANHOL E A SOCIALIZAÇÃO QUANDO ESTÃO ESTUDANDO ASSUNÇÃO NO PARAGUAY INTRODUÇÃO Este léxico. A possibilidade de formar compostos e derivados com grande facilidade garante fácil e espontânea manifestação do pensamento" (A. Ambas as versões poderiam ser usadas por falantes do português que queiram conhecer. científicas para o mundo acadêmico e outras pessoas interessadas. sem muita fusão entre si. até os menores morfemas.

A utilização do idioma também é uma dificuldade quando se trata de comunicação.com) .CAPÍTULO I . isto é um fato. OBJETIVOS ESPECIFICOS: Descrever o perfil dos estudantes brasileiros que estudam em Assunção no Paraguay. FORMULACÃO DO PROBLEMA E QUESTÕES: Algumas questões são pertinentes a este assunto: • Que dificuldades na comunicação . E entre outros.E há tambem .os estudantes brasileiros encontram ao estarem em Assunção no Paraguay? • • Quais as dificuldades que causam impactos significativos? Quanto representa o universo de estudantes com dificuldades? 2.observa-se a grande concorrência que enfrentam no vestibular de uma universidade pública e o alto custo da graduação na rede privada.E muitos estudos fazem referencias sobre esta intercompreensão.OBJETIVOS OBJETIVO GERAL: Identificar quais as dificuldades e conseqüências da falta de domínio da lingua espanhola na socialização de brasileiros estudando em Assunção no Paraguay.novapdf. PLANEJAMENTO DO PROBLEMA: São diversos os motivos que levam brasileiros a estudar em outro país.Em relação ao estudante estrangeiros em países de língua espanhola.PROBLEMA 1. Pesquisar informações sobre as dificuldades Analisar as conseqüências das dificuldades na socialização Diagnosticar os resultados encontrados Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. o alto custo no investimento de viagem e até o visto de permanência.

CAPITULO 02. que já é uma realidade. Inclusive.. Todos os países que fazem fronteira com o Brasil têm o espanhol como língua oficial. diante dos erros de seus alunos os ajudam a compreender como aprendem.3 . Pablo Neruda e Gabriel García Márquez. suprir a necessidade de informações que possam ajudar os gestores educacionais na solução das intercorrencias. Diante de tal fato. de onde radicam além do grande valor pedagógico .g.com) . faz-se necessário observar o crescente número de matrículas em cursos de língua estrangeira e no número cada vez maior de centros de idiomas. já que compartilhamos culturas muito similares. Além do MERCOSUL. entre outros – já seria motivo suficiente para termos interesse em aprender a língua em que suas obras foram escritas. Este estudo se faz necessário para trazer soluções relevantes para a melhoria das relações interpessoais . Isso é importante não somente do ponto de vista econômico e comercial (e. No caso específico do Brasil. substituindo o até então favorito inglês. Mesmo se não tivéssemos tanto em comum lingüística e culturalmente com os nossos irmãos hispano-americanos.JUSTIFICATIVA: Considerando-se que as dificuldades destes estudantes podem se traduzir em barreiras para a sua aprendizagem e até mesmo a socialização. nas últimas décadas. A partir daí. tais reflexões e estudos auxiliam a encontrar maneiras de trabalhar sistematizadamente com os mesmos erros que apareceram nos mais Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. Suriname e Guiana Francesa. com o advento do MERCOSUL.O interesse pelo aprendizado de língua espanhola têm aumentado consideravelmente em todo o país (e mundo). com os seus anfitriões e professores. com a exceção apenas da Guiana.novapdf. muitos deles ganhadores do Prêmio Nobel de literatura – tais como Gabriela Mistral. o simples fato de países tais como o Chile e a Colômbia terem na sua literatura alguns dos melhores escritores que o mundo já produziu. tanto do ponto de vista comercial como cultural. temos ao longo de toda nossa fronteira um enorme mercado.nas palavras de Marta Baralo (1999:44) sensibilizam os professores de E / LE dificuldades e por que se originam. aprender espanhol deixou de ser um luxo intelectual para se tornar praticamente uma emergência. tal fato pode ser considerado pela língua espanhola. Mercosul) como também cultural e até pessoal. além da escolha um aprofundamento nos estudos da interlíngua porque esses.MARCO TEÓRICO A crescente globalização da economia mundial e as privatizações que têm ocorrido na América Latina nos últimos anos são um alerta para que profissionais brasileiros e hispano-americanos de todas as áreas procurem adquirir o mais rápido possível a capacidade de comunicação em diferentes idiomas. O fato de sermos vizinhos é mais um motivo para aprendermos sua língua.

3 – População e Amostra A população foco corresponde a 100 000 estudantes das faculdades privadas. na conversação. e que..entrevistas. em aprendizagem formal. como instrumentos de investigação (revistas. Tal fato é o principal motivador deste estudo. que tem como meta amenizar este transtorno. muito usados na fala. capital do Paraguai dentro das universidades que oferecem pós graduações a nível stricto senso. HIPÓTESE O domínio do idioma espanhol incide na socialização positiva dos brasileiros que estudam no Paraguay.registros . primando sempre pelas fontes correlatas.com) .diversos grupos de alunos. 2 – Fontes de Dados O presente estudo tem como objeto de investigação as questões que se originam da problemática que advem do processo de intercomunicação da oralidade entre as línguas portuguesa e espanhola. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. ou encontrar melhores estratégias para lidar com as possíveis situações que poderão surgir. filmagens. questionários. planilhas in loco durante os seis primeiros meses do ano corrente. 4 – Desenho de Estudo – Tipo e Método OS instrumentos de analises de dados que abordarão os assuntos propostos vão desde delimitação geográfica.novapdf. no caso específico. a esses falsos cognatos. A mesma Myriam Jeannette conclui ser necessário dedicar um tempo maior. proporcionarão o avanço do processo de aprendizagem ou de leitura e interpretação. Aqui entra o papel e a relevância dos mestrandos que simultaneamente serão pesquisadores.METODOLOGIA 1 – Descrição do lugar de estudo O estudo foi realizado especificamente na província de Assunção.E a amostra utilizada foi de 1000 estudandes da Universidad American. relatos gravados. surgidos via interferência de uma língua na outra. CAPÍTULO 03. a fim de resolver certos problemas.

CONSEQÜÊNCIAS ENCONTRADAS 70% dos estudantes manifestaram descontentamento com a hospitalidade . e reclamaram perdas materiais.5 – Técnicas e Instrumentos de Relação de Dados Para investigação da pesquisa utilizaremos questionários contendo 06 perguntas subjetivas.com) . com idade entre 35 e 65 anos PERFIL DOMICÍLIO: 60% dos estudantes tem seu domicílio na região Nordeste 30% dos estudantes tem seu domicílio na região Norte 10% dos estudantes tem seu domicílio em outras regiões PERFIL DOMÍNIO DA LÍNGUA ESPANHOLA 70% dos estudantes referiam não ter dominio do idioma 20% dos estudantes referiram ter pouco domínio do idioma 10% dos estudantes referiram ter domínio do idioma DIFICULDADES ENCONTRADAS(INDUTIVO) Comunicação oral: 40% dos estudantes referiram ter problemas em entender e ser entendido Comunicação escrita:30% dos estudantes referiram não conseguir ler e comprender a escrita em espanhol Auxilio de terceiros:30% dos estudantes referiram não terem ajuda de terceiros nas situações de comunicação e escrita. para os 21 alunos da turma VI C do curso de Ciência da Educação da Universidade America de Assunção conveniada ao IPCP. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. 80% das pessoas entrevistadas(variável interveniente)referiram que os estudantes brasileiros devem aprender o idioma espanhol. 6 – Análises dos Resultados PERFIL SEXO-IDADE: 50% dos estudantes brasileiros em Assunção são do sexo feminino. com idade entre 28 anos e 60 anos 40% dos estudantes brasileiros em assunção são do sexo masculino. referiram comportamento agressivo diverso. antes de viajar a Assunção/Paraguay.novapdf.

pois contam com conhecimentos e habilidades comuns entre o par de línguas implicados. dita proximidade pode trazer complicações específicas ao aprendizado.CAPÍTULO 4 – CONCLUSOES E RECOMENDACOES O que pretendemos com este estudo. que. Essas características tidas como comuns às duas línguas podem dificultar a aquisição da língua alvo e podem gerar as confusões vistas anteriormente sobre os heterossemânticos. Acreditamos que. de maneira geral. uma mistura de Português e Espanhol. há aspectos positivos quando se trata de línguas próximas. por apresentar essas características. pois como o Português e o Espanhol são línguas muito próximas. carece de abordagens. Os falantes nativos de português e aprendizes de espanhol formam um grupo considerado particular.com) . em tese e segundo os pressupostos da AC. basicamente. não podem ser considerados verdadeiros aprendizes principiantes. sem nenhum ou quase nenhum conhecimento na língua-alvo. Dessa forma. ensinar a língua estrangeira através da língua materna. métodos e técnicas específicos a fim de diminuir o tempo que os aprendizes permanecem nas interlínguas. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. ou seja. é uma metodologia centrada no contraste e na conscientização. A semelhança ocasionada pela proximidade entre as línguas leva aos alunos a perceberem mais facilmente o que é semelhante frente ao que é diferente. Os alunos.novapdf. estes alunos possuem. Segundo a autora. 2003). é de que devemos pensar em uma nova metodologia para o ensino de línguas próximas. Isso gera o conhecido Portunhol. A proposta de Boésio (2003) está centrada na abordagem da gramática e da tradução (AGT). Conduzir o aluno a refletir sobre os fatos lingüísticos é papel que deve ser desempenhado pelo professor. maior facilidade em aprender o espanhol. ou seja. (Boésio. a melhor saída para o ensino-aprendizagem de línguas co-irmãs como o português e o espanhol.

__________. 1998. Problemas de fonología en la adquisición de español por brasileños. In: MATZENAUERHERNANDORENA. J. H. de A. vol. CONTRERAS. Actas del IX Congreso Brasileño de Profesores de Español. Y. Y. A. M. da Português na Internet: questões de planejamento e produção de materiais.Curso de Pós-Graduação em Letras. C. V. Interferência e interlínguas no aprendizado de Espanhol por falantes nativos de Português: aspectos de Fonologia.Referencias Bibliográficas ALMEIDA FILHO.aspectos fonológicos Pelotas:ALAB/EDUCAT. J.A interlíngua oferecida como insumo nas aulas de Língua Espanhola como LE.interface com o espanhol. São Paulo. Intercambio Vol. VI (1997).novapdf. R. C. RedELE Revista Electrónica de Didáctica del Español Lengua Extranjera. Pelotas. Universidade Católica de Pelotas.Seminário Nacional de Linguagem e Ensino.Português para Estrangeiros . (Org. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.).Fórum Internacional de Língua Estrangeira. 1999. 1997. Arca. A distância da proximidade . CALVI. Aprendizaje de lenguas afines: español e italiano. junho de 2004. Dialectos en contacto. __________. & OEIRAS. Londrina: Editora UEL. Pontes Editores. Análisis de errores e interlengua de brasileños aprendices de español y de españoles aprendices de portugués. 1992. B. A. (Org. disponível em CAMORLINGA. BRIONES. Dificultades de la traducción portugués-español vistas a través de la lingüística contrastiva. ELIZAINCÍN. DURÃO. Pelotas. Comunicação ao I SENALE . Campinas. Espanhol e português: proximidade. ESPIGA.2001. Pelotas. 2000.L. J. Interferências do português no aprendizado de língua espanhola. UCPEL e UFPEL. 1995. M. C. As armadillas que podem ser oferecidas pela proximidade dos idiomas . erros e correções na flexão do infinitivo.a dificuldade de aprender uma língua fácil. & ROCHA. Dissertação (Mestrado em Letras) . P. 59-68. B.Seminário Nacional de Linguagem e Ensino. A. Montevideo. 1. __________. Comunicação ao II SENALE .). Comunicação ao II FILE . V. Disponível em: BOÉSIO. Pelotas. Aquisição de Língua materna e de língua Estrangeira .com) . W. 1998. D. 1999. 1997. I. P. transferências. Español y portugués en España y América. UCPel. UCPel. 2001.

da R.L. Dissertação (Mestrado em Letras) . O ensino de espanhol para brasileiros: proximidade lingüística.Curso de Pós-Graduação em Letras. Universidade Católica de Pelotas.com) . como você avalia: Seu estado de compreesão: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo 1. Interface Português/Espanhol: o problema de fonemas em uma língua e alofonia em outra. Pelotas. Pelotas. A. atitude e motivação. 20001. Dissertação (Mestrado em Letras) Curso de Pós-Graduação em Letras. Pelotas: UCPEL. Minha maior preocupação é com: ( ) Alimentação ( ) Segurança ( ) Saúde ( ) Aceitação social ( ) Realização pessoal EDUCAÇAÕ: 1. L.da R. ANEXOS QUESTIONÁRIO CADERNO 1 FATORES EXTRA-TRABALHO NECESSIDADES BÁSICAS 1. 2001. NATEL. Seu estado mental: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo  Seu estado emocional Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.FERNÁNDEZ. NIEVES FERNÁNDES. Dissertação de Mestrado. 2001. Considerando sua condição de educação.novapdf. T. B. Universidade Católica de Pelotas. Interface Português/Espanhol: o problema de fonemas em uma língua e alofonia em outra. A. T.

com) . Moradia ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 Carro/transporte ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 Padrão de vida ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 Situação financeira ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 Alimentação ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 Educação ( )1 ( )2 ( )3 ( )4 ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 CONVIVÊNCIA SOCIAL  ( )5 ( )6 ( )7 ( )8 ( )9 ( )10 ( )10 ( )10 ( )10 ( )10 ( )10 O relacionamento com meu amigo de turma é: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo  O relacionamento com meus professores é: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo  Você dispõe atenção suficiente para compreesão? ( ) não ( ) mais ou menos ( ) sim VIDA ESTUDANTIL:  Como você avalia: Seu nível intelectual: Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.novapdf.( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo SITUAÇÃO FINANCEIRA  Assinale qual o seu grau de satisfação financeira em relação as questões abaixo. baseando-se em uma escala que varia de 1 a 10.

( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo Seu convívio cultural: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo Seu nível educacional: ( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Razoável ( ) Ruim ( ) Péssimo QUESTIONÁRIO CADERNO 2 FATORES INTERNOS AUTONOMIA  Você tem liberdade para fazer o seu trabalho da forma como considera melhor? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Os professores exigem um procedimento rígido para execução das atividades pertinentes aos conteúdos aplicados? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você que organiza sua rotina de estudo para melhor aproveitamento de suas atividades? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você toma decisões perante o grupo de estudo? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião RESPONSABILIDADE  Até que ponto você cumpre as responsabilidades que são destinadas à sua função? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você considera que é sua responsabilidade contribuir para o sucesso da do seu curso? ( ) Sim ( ) Não ( ) Não tenho opinião Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.com) .novapdf.

novapdf.com) . opiniões e contribuições de seus professores e amigos de classe? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião TRABALHO EM EQUIPE  Os assuntos importantes são debatidos em equipe? Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. Você desempenha seu trabalho buscando obter resultados melhores do que aqueles esperados pela instituição? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você se considera comprometido com suas atividades? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você fala espanhol? ( ) Sim ( ) Não ( ) Mais ou menos QUANTIDADE E QUALIDADE DE TRABALHO  Você se sente satisfeito em relação ao volume de trabalho em sala de aula que realiza? ( ) Sim ( ) Não ( ) Mais ou menos  A qualidade do trabalho é considerada mais importante do que a sua quantidade? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você acha que o seu trabalho realizado atualmente poderia ser melhorado? Mais ou menos Muito Muito pouco COMUNICAÇÃO  Como você se comunica com os outros alunos? ( ) Adequadamente ( ) Razoavelmente ( ) Inadequadamente  Os funcionários sentem-se seguros em dizer o que pensam ? ( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Você é aberto(a) a receber e reconhecer as críticas.

( ) Falta de reconhecimento ( ) Falta de segurança ( ) Impossibilidade de crescimento profissional ( ) Falta de autonomia ( ) Ambiente de trabalho ruim ( ) O trabalho que realizo ( ) Relacionamento com a chefia ( ) Falta de treinamento ( ) Sobrecarga de trabalho ( ) Instalações inadequadas (banheiros.) ( ) cursos ( ) Outros:______________________________________  Que sugestões você daria para tornar o ambiente do curso em um lugar melhor para se estudar? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Mapa 1 – Brasileiros e paraguaios em situação de interação: a dinâmica das identidades lingüísticas nacionais A tese de doutorado em Sociologia Fronteiras em movimento e identidades nacionais – a imigração brasileira no Paraguai. vestiários etc. Coloque número 1 no fator que gera mais insatisfação. além de um levantamento cuidadoso sobre o número de estudantes brasileiros no Paraguai. defendida em 2005 na Universidade Federal do Ceará. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. de José Lindomar Coelho Albuquerque.( ) Sempre ( ) Quase sempre ( ) Raramente ( ) Nunca ( ) Não tenho opinião  Indique três principais fatores que geram mais insatisfação no seu ambiente de estudo.novapdf. número 2 no segundo maior fator de insatisfação e o número 3 para o terceiro maior fator de insatisfação.com) .

doutor em Geografia pela Université de Poitiers com a tese La formation d’un espace brésiguayen dans l’Est du Paraguay.novapdf. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www.e sua estratificação social. Mapa 2 – A geografia e formação de um "espaço brasiguaio" Sylavain Souchard. .com) . analisa o desenvolvimento educacionall e econômico das áreas de colonização brasileira. a fronteira paraguaia-brasileira. o aumento do poder político dos brasileiros e a influência cultural brasileira na zona de fronteira. Migrations pionnières brésiliennes et organisations socio-spatiales dans l’Oriente du Paraguay (2001). Segundo ele. defende a existência de um novo espaço na América do Sul. O autor também analisa os conflitos de terra envolvendo campesinos e brasileiros e as disputas em torno da aprovação de uma nova lei de segurança nas fronteiras (com a versão de brasileiros e paraguaios sobre tais temas). na fronteira leste do Paraguai. os brasileiros estruturaram um espaço original.

fixando-se em Foz do Iguaçu e cidades vizinhas e de outras regiões .com) . organizado pelos pesquisadores da Universität Münster Wolf Dietrich e Volker Noll. segundo os materiais do Atlas Lingüístico Guarani-Românico").chamado de "brasiguaio": um espaço que já não é totalmente paraguaio. macrorregionais e até mundiais. No Brasil. nacionais. Souchard entende que a região de fronteira é hoje o principal ponto de discussão sobre o lugar do Paraguai no Mercosul. Sua tese foi publicada na França. defendida em 2004. com o título Pionniers brésiliens au Paraguay. Mapa 3 – Brasileiros no Paraguai como grupo lingüístico A lingüística tem estudado os brasileiros no Paraguai do ponto de vista dos contatos lingüísticos. Destacam-se os artigos de Wolf Dietrich ("Os brasiguaios no Brasil: aspectos fonéticos e gramaticais"). Esses artigos estão publicados no livro O português do Brasil. Em seu trabalho. publicado em 2004. Esses alunos. na Europa.novapdf. na Unicamp. O cená-rio multilíngüe/multidialetal de fronteira e o processo identitário de alunos brasiguaios no contexto escolar. um território de contato entre estruturas territoriais locais. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. em 2002. afirma que a colonização brasileira favorece a integração econômica e política do Paraguai. ao mesmo tempo que aprofunda sua dependência externa. temos a tese de doutorado de Maria Elisa Pires Santos. Os alunos estudados por Santos são filhos de brasileiros que migraram para o Paraguai e retornaram para o Brasil. tampouco é uma mera extensão do oeste do Brasil meridional. Perspectivas da pesquisa atual. que têm como primeira língua o português . de Haralambos Symeonidis ("Os brasiguaios no Brasil: o uso das preposições com o verbo ir") e de Harald Thun ("Os brasiguaios no Paraguai: o comportamento lingüístico dos brasileiros que vivem no Paraguai.

retiram argumentos daqueles que insistem em "demonizar" a região.novapdf. Create PDF files without this message by purchasing novaPDF printer (http://www. Ao fazê-lo. trocas de experiências e ações conjuntas.Em tais estudos.com) . fica evidente a intensa circulação de pessoas na região:para estabelecer processos mútuos de conhecimento.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful