Você está na página 1de 6

OBJETIVO

O relatório tem por objetivo resumir o funcionamento de um ciclo frigorífico e a


função de seus principais componentes, a fim de adquirir conhecimento sobre os
principio de refrigeração para vários sistemas.
INTRODUÇÃO

Numa definição bem simples, podemos dizer que a refrigeração é remover o calor de
um corpo.
O calor, é uma forma de energia que o homem não pode destruir. Por isso, ao ser
removido, o calor é transferido de um local onde não é desejado para um outro onde não
incomoda.
Ao ser removido o calor, a temperatura da substância da qual foi removido tende a
cair enquanto a temperatura da substância que absorve calor tende a subir.
PRINCIPAIS COMPONENTES E SUAS FUNÇÕES

Compressor;

É o dispositivo responsável pela compressão e circulação do agente refrigerante no


ciclo, servindo também como meio de separação da linha de baixa pressão com a linha de alta
pressão.

Classificação:

- alternativo aberto

- alternativo hermético

- alternativo semi-hermético

- centrífugo aberto

- centrífugo selado

- parafuso

Trocadores de calor:

Proporcionar uma superfície de contato entre dois elementos que participarão da troca de
calor.

Evaporador - A função do evaporador é a de fazer a refrigeração. Ele retira o calor do


produto e faz com que esse calor evapore constantemente. É o componente do ciclo que está
sempre em contato com as substâncias ou produtos, funcionando como uma bomba de calor.

Condensador – A função do condensador é produzir a condensação do vapor, isto é,


transformar vapor em líquido.Sua função básica é a de retirar calor do agente refrigerante
(calor esse, absorvido no evaporador).

Dispositivo de Expansão:

A expansão é a etapa onde ocorre uma perda de pressão brusca, porém controlada que vai
reduzir a pressão do fluido da pressão de condensação para a pressão de evaporação. As
vávulas podem ser:

Tubo capilar;
Válvula de Expansão Automática;
Válvula de Expansão Termostática.

Substância refrigerante

Propriedades desejáveis de uma substância refrigerante:

Qualquer substância poderia se utilizada como refrigerante, mas algumas em especial contêm
propriedades específicas:
- Evita-se trabalhar com sólidos porque os sólidos necessitam de reservatórios com grandes
dimensões; um outro ponto contra os sólidos é o difícil transporte.

- Trabalhar-se com baixas temperaturas de evaporação.

- Para limitação desses gases, o refrigerante não deve ser inflamável e não-tóxico.

- Elemento ou substância de baixo custo e preferencialmente aquela que não destrua a camada
de ozônio.

- Desejam-se gases inodoros.

- Imiscível ao óleo lubrificante.

- Evaporar com pressões superiores a da atmosfera.

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

Podemos classificar o ciclo de refrigeração em duas regiões distintas: o ramal de alta


pressão, e o ramal de baixa pressão. No ramal de alta pressão que vai desde a saída do
compressor, passando pelo condensador, até a válvula de expansão, o refrigerante é
condensado para o estado líquido através do resfriamento no condensador. No ramal de baixa
pressão que vai desde a válvula de expansão, passando pelo evaporador, até a entrada do
compressor, o refrigerante é transformado para o estado gasoso através da evaporação na
serpentina do evaporador. Esta transformação contínua do estado físico do refrigerante de
líquido para gasoso e de gasoso para líquido faz com que o refrigerante funcione como
elemento de transporte de calor, que é removido do ambiente e dispensado a atmosfera
através do ar ou água.

CONCLUSÃO
Hoje em dia, um sistema qualquer de controle de condições ambientais, deixou de ser
artigo de luxo, sendo encarado como necessidade primordial no desenvolvimento de projetos,
em vista dos inúmeros benefícios que este(s) controle(s) trazem. Tendo-se em vista, o número
extenso de variáveis que englobam um projeto e instalação de controle ambiental. O
atendimento aos parâmetros envolventes deve ser consciente e profissional, levando-se em
conta o alto investimento por parte dos clientes.
Conclui-se á partir dos conhecimentos obtidos que a refrigeração consiste em um
controle de um ciclo termodinâmico, que tem como variáveis: temperatura, pressão e volume,
esse controle ocorre através de seus componentes (compressor, trocadores de calor e válvulas
de expansão).

BIBLIOGRAFIA
- Notas de Aula

- PORTAL DA REFRIGERAÇÃO
O que é a refrigeração – atualizado em 02/02/2011
http://www.refrigeracao.net/index.htm