Você está na página 1de 8

As Sete Chaves para o Desdobramento Astral

O teurgo precisa adquirir prática para ter a capacidade infalível de projetar-se


conscientemente em corpo astral. Esta capacidade deve ser estabelecida, tal como um
hábito que é dirigido voluntariamente, em qualquer momento ou circunstância, não
importando que se esteja só ou diante de "Testemunhas". Caso isto não se efetive, fica
demonstrado que não é teurgo. Os discípulos conhecerão agora numerosas chaves para
adquirirem esta admirável e preciosa capacidade de sair em astral.

PRIMEIRA CHAVE

O discípulo deve adormecer ao tempo em que vocaliza o mantra FARAON. Este mantra
deve ser dividido em três sílabas, da seguinte maneira: FFFFFFFAAAAAAA
RRRRRRRAAAAAAAOOOOOOONNNNNNN. A vocalização da letra R já foi
explicada anteriormente. O discípulo deitará com a boca para cima. Colocará as palmas
das mãos estendidas sem tensão alguma sobre a superfície do colchão, as pernas
flexionadas, joelhos para cima e plantas dos pés descansando sobre a cama. Todo o
corpo deve estar relaxado, membro por membro. Depois de cumprir todas as indicações
anteriores, o discípulo deve adormecer fazendo inspirações profundas e vocalizando o
mantra FARAON. Inevitavelmente adormecido, o discípulo sairá do corpo físico sem
saber em que momento nem como. Já nos mundos internos, na quinta dimensão,
projetará irresistivelmente seu corpo astral e despertará totalmente a Consciência, quer
dizer, dar-se-á conta de suas inauditas experiências nesses mundos. Assim, poderá
dedicar-se ao exercício da Teur gia. No entanto, antes de se deitar, o estudante fará o
sinal da Estrela Microcósmica da seguinte forma: levantará os braços até que as palmas
das mãos se toquem entre si sobre a cabeça. Depois, estenderá os braços lateralmente,
de modo que fiquem em posição horizontal, formando com o resto do corpo uma cruz.
Por último, cruzará os antebraços sobre o peito tocando essa região com as palmas das
mãos, fazendo as pontas dos dedos toquem a frente dos ombros. Nosso Adorável
Salvador do Mundo, Jesus, o Cristo, ut ilizava esta misteriosa chave quando estudava na
pirâmide de Quéfren. Agora a estamos revelando. Por outro lado o Mestre Huiracocha
aconselhava também queimar algum aroma, essência, incenso ou simplesmente aspergir
um bom perfume no quarto durante a prática.

SEGUNDA CHAVE

Outro exercício. O discípulo deve adormecer vocalizando o seguinte mantra: TAI RE


RE RE. Este mantra deve ser cantado acentuando-se fortemente a vogal A:
TAAAAAIIIII As três sílabas restantes são vocalizadas dando à vogal E um som de
campainha, melodioso, prolongado. A letra R é pronunciada de maneira simples:
REEEEEEEEEEEEEE REEEEEEEEEEEEEE REEEEEEEEEEEEEE A sílaba TAI
deve ser cantada em tom profundo e a repetição da sílaba RE em tom mais alto que o da
sílaba TAI. Quando o discípulo já estiver adormecendo, quando se encontrar nesse
preciso instante de transição entre a vigília e o sono, deverá levantar-se da cama sem
vacilações, sem preguiça, sem dúvidas, sem racionamentos, com naturalidade, de forma
reflexa, instintiva, automática e absolutamente infantil. Observai as aves, quando elas
vão levantar vôo não raciocinam para isso, não titubeiam... simplesmente voam,
instintivamente, diríamos automaticamente. O discípulo deve proceder, desta mesma
maneira, imitando as aves. Deve levantar-se da cama, sair do quarto e dirigir-se a
qualquer lugar do infinito, para onde quiser. Quando dizemos que o estudante deve
"levantar-se" da cama, traduza-se isto em fato efetivo e imediato, sem dar lugar aos
processos do pensar.

TERCEIRA CHAVE

No cérebro humano, no interior de suas células, ressoa incessantemente a "Sutil Voz";


um som sibilante, agudo. Esse som é o canto do grilo, o silvo da serpente, o ‘Som
Anahat", a "Voz de Brahama" que tem dez tonalidades e que o teurgo deve aprender a
escutar. A mente do estudante deve absorver-se nesse som tal como a abelha no néctar
das flores. Aquele que quiser escutar o "Som Anahat" deve esvaziar a mente,
mantendo -a quieta. Não digo aquietada. Não, repito: quieta. Aquele que intente e se
proponha a escutar esse místico som precisa manter a mente em silêncio, contudo, não
silenciada, Repito: em silêncio. Distingue-se entre uma mente que está quieta porque
compreendeu que é inútil pensar e uma mente aquietada artificialmente. Diferencie-se
entre uma mente que está em silêncio natural, espontaneamente, de uma mente que foi
silenciada à força, violentamente. Quando a mente está quieta, em profundo silêncio, o
estudante então poderá escutar inevitavelmente o som do grilo: um som sutil, agudo,
penetrante. Ademais, quando a Alma absorve-se nesse místico som, abrem-se para o
estudante as portas do mistério. Então, nesses instantes, levantar-se-á da cama
instintivamente, sairá do quarto e dirigir-se-á aos templos da Loja Branca ou a qualquer
lugar do Universo. O discípulo deverá aprender a tocar a Lira de Orfeu. Esta Lira é o
Verbo, o Som, a Grande Palavra !

QUARTA CHAVE

O estudante deve adormecer vocalizando a letra S, como um silvo suave e aprazível:


SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS Com a vocalização desta letra, adquirirá a
capacidade de fazer ressoar em seu cérebro a "Sutil Voz", o "Som Anahat", a Vontade,
que o permitirá sair conscientemente em corpo astral.

QUINTA CHAVE

A força sexual se bipolariza positiva e negativamente. Pelo cordão ganglionar da direita,


que se enrosca na medula espinhal, ascendem os átomos solares a partir de nosso
sistema seminal. Pelo cordão ganglionar da esquerda, que também se enrosca na medula
espinhal, ascendem os átomos lunares desde o nosso sistema seminal. Pois bem, os
átomos solares ressoam com o mantra RA; os átomos lunares vibram intensamente com
o mantra LA. Para ressoar a "Sutil Voz", o "Som Anahat", dentro do cérebro, deve
utilizar-se o poder sexual das duas "Testemunhas" que são conhecidas no Oriente com
os nomes de Idá e Pinga lá. O "Som Anahat" é produzido pelas forças sexuais em
movimento. Já se sabe que todo movimento produz som. Ao fazer vibrar com
intensidade os átomos solares e lunares do sistema seminal, o "Som Anahat" se
produzirá mais forte, mais intenso, outorgando a capacidade para você sair
conscientemente em corpo astral. Portanto, você deve adormecer, vocalizando
mentalmente o mantra LA RA da seguinte forma: LAAAAAAAAAAAAAA
RAAAAAAAAAAAAAA Com estes mantras, os átomos solares e lunares girarão
intensamente num redemoinho elétrico. Tal movimento produzirá o "Som Anahat" e
através dele o estudante poderá escapar conscientemente do corpo físico. O importante é
que, aproveitando o "místico som", levante-se da cama no instante em que estiver
adormecendo. As duas "Testemunhas" do Apocalipse de São João outorgam o poder de
profetizar porque produzem o despertar da Consciência. Pelo cordão ganglionar da
direita sobe o "Fogo Solar"; pelo cordão ganglionar da esquerda sobe a "Água Lunar".
Fogo mais Água é igual a Consciência. O "Fogo de Flagetonte" e a "Água de
Aqueronte" se entrecruzam na "Nona Esfera" (o Sexo) para formar o "Signo do
Infinito". Este Signo é o "Santo Oito". Se observarmos cuidadosamente o Caduceu de
Mercúrio podemos perceber que as duas serpentes enroscadas formam o "Santo Oito".

SEXTA CHAVE

Nossos discípulos devem adquirir o poder de sair em astral. Esse poder se adquire
vocalizando diariamente por uma hora o mantra sagrado “EGIPTO”. A vogal “E” faz
vibrar a glândula tiróide e confere ao homem o poder do ouvido oculto. A “G” desperta
o chacra do fígado e quando este chacra chegou a seu pleno desenvolvimento, então o
homem pode entrar e sair do corpo cada vez que queira. A vogal “I” combinada com a
letra “P” desenvolve no homem a clarividência e o poder para sair em corpo astral pela
janela de Brahama, que e a glândula pineal. A letra “T” golpeia sobre a vogal “O”
intimamente relacionada com o chacra do coração e assim pode o homem adquirir o
poder para desprender-se deste plexo e sair em corpo astral. A pronúncia correta do
mantra é assim: EEEEEEEEGGGGGGGGIIIIIIIIIIIIIIPPPPPPPTOOOOOOO. Aqueles
que ainda assim não tenham conseguido sair em corpo astral com nossas chaves, é
porque não tem esse poder e então devem adquiri- lo primeiro vocalizando por uma hora
diária o mantra “EGIPTO”. Este mantra desenvolve totalmente os chacras relacionados
com o desdobramento astral, e assim adquire o discípulo o poder para o desdobramento
astral, o discípulo poderá entrar e sair do corpo físico à vontade.

SÉTIMA CHAVE

Aqueles que quiserem aprender a sair em corpo astral à vontade, aqueles que quiserem
entrar na ciência dos Jinas, para aprender a meter-se, com seu corpo físico, dentro da
quarta dimensão e transportar-se, com o corpo físico, sem necessidade de avião, a
qualquer lugar do mundo, aqueles que necessitem, com urgência da clarividência e da
clariaudiência, devem concentrar diariamente sua mente no chacra cardíaco e meditar
profundamente nesse centro maravilhoso. Uma hora diária de meditação neste centro
resulta maravilhoso. O mantra deste chacra é a vogal “O”, que se vocaliza, prolongando
o som assim: OOOOOOOOOOOOOO. É preciso orar ao cristo pedindo durante a
prática aqui indicada, que nos desperte o chacra do coração.
DESDOBRAMENTO ASTRAL IMPREVISTO E REFLEXO

Fazemos referência ao caso de um cavalheiro que, estando adormecido, teve de


levantar-se para abrir a porta de sua casa porque, naqueles instantes, escutou alguém
batendo na porta. Quando regressou ao seu quarto, teve a tremenda surpresa de
encontrar um homem em sua cama. Ao observá- lo bem, deu-se conta, perfeitamente, de
que o que via era o seu próprio corpo que havia ficado na cama. Pela referência anterior,
os estudantes poderão dar-se conta que, quando uma pessoa se levanta de sua cama no
exato momento em que está adormecendo, o resultado inevitável é o "Desdobramento
Astral". O cavalheiro do caso citado, desdobrou-se porque ele se levantou com toda a
naturalidade, não houve análise mental, temores ou prejulgamentos. Saiu para abrir a
porta e isto é tudo!

CHACRA E DESDOBRAMENTO ASTRAL

O Chacra Esplênico recolhe durante a noite as energias que o Sol deixou durante o dia,
com essas energias o Chacra Esplênico transmuta os glóbulos brancos em glóbulos
vermelhos. Durante o dia os resíduos orgânicos obstruem os canais nervosos do Grande
Simpático, durante o sono a energia vital faz girar este Chacra e este a sua vez usa a
energia do Sol, passa ao baço transmutando os glóbulos brancos em vermelhos, passa a
energia ao Plexo Solar e se distribui por todo o Sistema Nervoso. Coopera a glândula
Tiróide desinfectando todo o organismo, quando regressa o Ego (Astral Lunar) ao
organismo é claro que este já estará reparado e nos sentimos melhor de saúde. Quando
se levanta muito cansado isso significa que está enfermo o organismo.

O Chacra Hepático serve para as saída em astral. O Corpo Astral está conectado com o
Fígado. Despertando o Chacra do Fígado, todo o mundo pode entrar e sair do corpo
físico à vontade. O Esplênico, o hepático e o Plexo Solar se desenvolvem com o
Mantram Egípcio :

Fe-Uin-Dagt

Se canta com a nota Mi, desenvolvendo-se os três chacras e os pulmões.

V.M. Samael Aun Weor

TÉCNICAS PARA VIAGEM ASTRAL - SEM MANTRA

1) Encontre uma técnica para realizar o relaxamento, irei colocar aqui um exemplo:
deite de barriga para cima e comece a focalizar sua atenção em um dos pés, sinta o pé e
cada um dos dedos se relaxando, se soltando, se afrouxando.

Faça isto para a batata da perna, a coxa, toda a perna, a outra perna e logo em seguida
faça o mesmo com os quadris, com o abdômen, braços, ombros, pescoço e cabeça;

2) Busque o sono (sem ele a prática se torna impossível), mas mantenha-se concentrado.
Quando você não sentir mais o corpo físico, estará no estado de transição entre o sono e
vigília, isto é indício de que chegou ao ponto propício para começar a saída consciente
do corpo físico. Então começarão a advir algumas sensações como: formigamento,
vibração intensa do corpo, estalos, assobios;

3) A partir daí, tente provocar o estado de queda, tentando sentir que está caindo, esta
sensação é para que a consciência se desprenda da parte física. Ou tente rolar para um
dos lados. Ou tente sentir que é apenas um gás, uma nuvem, uma pena, algo muito leve
e sutil;

4) Ao perceber que saiu do corpo físico, faça o que for melhor para a sua aprendizagem.
Algumas pessoas se dirigem até a Igreja Gnóstica, localizada no mundo astral, ali
existem muitos mestres de sabedoria que poderão lhe ajudar na sua aprendizagem
esotérica.

Toda saída em astral é apenas o domínio de não se deixar levar pelos pensamentos
durante o sono, permitir apenas que o corpo físico adormeça e não a consciência.

Quando isto acontece, o corpo físico se desprende do psicológico, acontecendo o que é


denominado, desdobramento astral ou viagem astral.

Então as diversas técnicas são somente variações para que isto aconteça.

Exemplos:

• Você pode manter a atenção na escuridão quando os olhos estão fechados;


• Manter a atenção no coração, sentindo os batimentos;
• Manter a atenção no zumbido que faz o cérebro, um som bem fino, o som da
glândula pineal;
• Manter a atenção em qualquer parte do corpo;
• Manter a atenção em uma luz que ao percorrer todo o corpo, vai relaxando cada
músculo.

A pessoa também pode acordar durante o processo de sonho, sabendo que está
sonhando, isto acontece quando a consciência está em atividade durante o dia,
ocasionando um reflexo disto à noite.

Para manter a consciência em atividade durante o dia, deve-se fazer um esforço, no


sentido de desacelerar a mente.

Quando a mente está acelerada, surgem muitos pensamentos.

Os diversos pensamentos sucessivos impedem que a consciência se expresse.

Por isto boa parte da população não consegue se desdobrar em astral lucidamente, por
ter a consciência em estado de adormecimento durante boa parte do dia.
Para a mente se desacelerar faça o seguinte:

• Procure fazer tudo mais devagar, sem pressa;


• Procure sentir mais do que pensar;
• Procure ficar com a mente vazia durante várias vezes ao dia, mente vazia é ficar
sem pensar, apenas observando o mundo, as coisas, a natureza, as pessoas, os
objetos, sem tocar com a mente;
• Quando a mente estiver vazia focalize sua atenção em qualquer coisa do mundo,
qualquer situação, qualquer objeto;
• Neste momento virá um tipo de reflexão diferente de um pensamento
corriqueiro, algo muito profundo. Neste momento você captou uma
compreensão que não é das teorias de um livro, algo que ninguém lhe disse até
então. Isto é a consciência em atividade;
• Quando existirem muitos pensamentos, não dê crédito a eles. Focalize sua
atenção apenas na respiração, isto ajudará a silenciar a mente. Se a mente está
em silêncio, o ego não se expressa, então quem irá atuar? Obviamente a
Consciência.

TÉCNICAS PARA VIAGEM ASTRAL - COM MANTRA

1) Escolha um mantra;

2) Vocalize no início verbalmente e logo em seguida mentalmente;

3) À medida que se pronuncia, vá afrouxando e soltando todos os músculos do corpo;

4) Aos poucos vá buscando o sono (sem ele a prática se torna impossível), mas
mantenha-se concentrado e faça um grande esforço em não pensar e sim apenas fixar a
atenção no mantra escolhido;

5) O mantra irá lhe colocar no estado de relaxamento profundo ou estado de transição


entre sono e vigília. Quando você não sentir mais o corpo físico, isto é indício de que
chegou ao ponto propício para começar a saída consciente do corpo físico. Então
começarão a advir algumas sensações como: formigamento, vibração intensa do corpo,
estalos, assobios, etc.;

6) A partir daí, tente provocar o estado de queda, tentando sentir que está caindo, esta
sensação é para que a consciência se desprenda da parte física. Ou tente rolar para um
dos lados. Ou tente sentir que é apenas um gás, uma nuvem, uma pena, algo muito leve
e sutil;

7) Ao perceber que saiu do corpo físico, faça o que for melhor para a sua aprendizagem.
Algumas pessoas se dirigem até a Igreja Gnóstica, localizada no mundo astral, ali
existem muitos mestres de sabedoria que poderão lhe ajudar na sua aprendizagem
esotérica.
MANTRAS PARA VIAGEM ASTRAL:

1) FARAON - pronúncia:
Faaaaa-rrrraaaa-ooooonnnnn;

2) RUSTI - pronúncia:
Ruuusssstiiiiii;

3) EGIPTO - pronúncia:
Eeeeeegiiiiiiiptoooooo;

4) LARAS - pronúncia:
Laaaa-rrrraaaa-sssss;

5) TAIRE- pronúncia:
Tairerererere

Dúvidas, entre no site: www.gnosepratica.org lá existem os áudios da vocalização


correta.

TÉCNICA PARA SE DESPRENDER DA MENTE

Quando for dormir, com os olhos fechados, fique observando o silêncio, a escuridão,
não pense em nada, se surgir um pensamento descarte-o, se surgir outro, descarte-o,
tudo que vier na sua mente, lembranças, idéias, conceitos, problemas, etc. Não lhe dê
atenção, descarte tudo, seja indiferente, seja apenas uma testemunha, um observador.

Se quiser, focalize sua atenção na respiração, ela irá ajudá- lo a parar os diversos
pensamentos existentes.

Assim, lentamente seu corpo irá adormecer, mas sua consciência permanecerá desperta,
lúcida.

Chegará o momento onde ocorrerá o desprendimento da mente, isto é, sua consciência


se desprenderá da mente e do corpo, e você acompanhará algumas sensações próprias,
que são características da transição entre a vigília e o sono, podendo ser um
formigame nto no corpo, estalos, assobios, o corpo pesado, luzes, etc. Não tenha medo,
isto acontece toda noite, só que normalmente nunca percebemos.

Depois destas sensações, sinta-se como um gás, uma nuvem, assim sairá lentamente do
corpo físico, estará livre, podendo investigar tudo aquilo que quiser no mundo astral, na
dimensão astral. Mas estará ligado ao corpo físico pelo cordão de prata, quando quiser
voltar, basta lembrar do corpo e estará de volta, ou se alguém entrar no quarto, ou se
alguém tocar em você, instantaneamente voltará.

Existem pessoas que acordam fora do corpo sem observar estas sensações, por isto não
é uma regra geral.
Nunca coloque regras em uma prática de desdobramento astral, pois só estará
alimentando a mente, seja livre, aberto a qualquer possibilidade, tudo pode acontecer,
não seja rígido, pois quanto mais fechado for às diversas possibilidades, mais
dificuldade terá, deixe que tudo aconteça naturalmente.

Boa prática!!!

Para maiores informações entre em contato:

Site: www.gnosepratica.org
E-mail: gnosepratica@yahoo.com.br

Comunidade no Orkut:
GNOSE GNOSIS SAMAEL – RABOLU

Comunidade no Gazzag:
GNOSE GNOSIS SAMAEL - RABOLU

Comunidade no Yahoo:
http://br.groups.yahoo.com/group/Gnose_Pratica