P. 1
Avaliação e comparação de projetos de habitação com base no valor percebido pelo usuário

Avaliação e comparação de projetos de habitação com base no valor percebido pelo usuário

|Views: 4.637|Likes:
Publicado porGrupoUPF
Este livro apresenta um modelo de avaliação e comparação de projetos de habitação com base no valor percebido pelos usuários. O estudo é delineado, fundamentalmente, pelos atributos que traduzem a preferência do usuário entre o projeto do imóvel proposto e as alternativas de imóveis concorrentes que se apresentam no mercado. Dentre esses, dá-se ênfase aos atributos relacionados a aspectos da estrutura física, localização e custo para o usuário.
Este livro apresenta um modelo de avaliação e comparação de projetos de habitação com base no valor percebido pelos usuários. O estudo é delineado, fundamentalmente, pelos atributos que traduzem a preferência do usuário entre o projeto do imóvel proposto e as alternativas de imóveis concorrentes que se apresentam no mercado. Dentre esses, dá-se ênfase aos atributos relacionados a aspectos da estrutura física, localização e custo para o usuário.

More info:

Published by: GrupoUPF on Apr 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2013

pdf

text

original

Cada vez mais, as organizações têm pela frente o desafio de criar
condições que lhes possibilitem enfrentar, com competência técnica e social, as
mudanças decorrentes dos avanços tecnológicos, culturais, econômicos e de
informação em um mercado exigente e complexo. Diante desse cenário, as
empresas devem desenvolver estratégias que levam a produtos capazes de
atender às necessidades, aspirações, gostos e desejos, sempre crescentes em
complexidade, dos consumidores a um custo compatível. E para que a
elaboração de um produto tenha maiores possibilidades de sucesso, deve
observar, entre outros fatores, o atendimento mais efetivo dos valores
estabelecidos pelos consumidores.

O modelo aqui proposto busca aperfeiçoar as estratégias de análise do
projeto da habitação do ponto de vista do usuário, tornando possível, assim,
analisar a Cadeia de Valor específica para um determinado projeto. Para
aprimorar o projeto da habitação, devem-se centralizar os esforços em alguns
aspectos do processo de seu desenvolvimento. Entre os aspectos mais
valorizados nos estudos atuais está a necessidade de um sistema eficiente de
retroalimentação de informações, que permita o aprimoramento progressivo do
produto.

Normalmente, nas empresas que atuam no setor da construção civil, os
melhoramentos em nível de projeto acontecem de um empreendimento para
outro. A inovação do presente trabalho está justamente em propor que a
percepção do usuário seja contemplada ainda no processo de elaboração do
projeto, através de um método próprio de avaliação.

Kartam (1996), em um artigo em que descreve os sistemas de
retroalimentação existentes em diversas instituições (Arquitetural and
Engineering Performance Information Center - AEPIC; American Society of Civil
Engineers - ASCE; Construction Industry Institute - CII; U.S. Army Corps of
Engineers; Naval Facilities Engineering Command – NAVFAC), mostra que, ao
longo de todo o ciclo de vida de um projeto, existem “laços” ou canais de

retroalimentação através dos quais as informações produzidas em todas as
fases do processo produtivo são reaproveitadas em benefício do desempenho.
São exemplos:

a) a Engenharia do Valor, que consiste na aplicação da análise do
valor durante o processo de projeto e envolve o reexame do projeto
ou do plano conceitual por outros profissionais;

8

b) a Construtibilidade, que consiste na integração do conhecimento do
processo de construção em todas as fases do ciclo de vida do
projeto;

c) a Avaliação Pós-Ocupação, que analisa a satisfação dos usuários e
a adequação do imóvel no período de sua utilização.

O modelo de avaliação deste trabalho insere-se na primeira das
modalidades de retroalimentação citadas (a Engenharia do Valor). Este modelo
pode ser incorporado ao processo de desenvolvimento do projeto, já que se
sistematiza a informação obtida junto ao usuário, o que resulta em parâmetros e
recomendações compreensíveis e úteis para a equipe responsável pelo
desenvolvimento do novo produto.

A importância de um modelo de avaliação como o que se propõe é

reiterada também na afirmação de Paladini (1995, p.17): “Apenas nos últimos

anos começaram a ser desenvolvidas as técnicas que visam à análise de outros
elementos fundamentais da qualidade como é o caso da análise da ação de
concorrentes, introdução de requisitos de clientes no projeto do produto ou a
avaliação do valor conferido pelo consumidor ao produto em questão”.

No que se refere à lista de atributos considerados na avaliação da
habitação, observa-se que pode ser obtida por diversos meios: desde os mais
empíricos (por exemplo, quando os pesquisadores pretendem considerar os
fatores mais subjetivos da avaliação e, por isso, constroem um conjunto de
atributos personalizado para cada usuário), até os mais teóricos (como quando a
listagem dos atributos deriva de uma visão teórica a respeito do que é a
habitação e de quais são as necessidades humanas que deve satisfazer). Este
trabalho visa inovar, construindo uma ferramenta com base em atributos, os
quais representam as funções percebidas pelo usuário, que devem ser
contemplados nos processos de avaliação da habitação de forma sistematizada
e consistente.

A competitividade das empresas no setor de edificações habitacionais
também está ligada à criação de valor em seus produtos. Para isso, busca-se
otimizar os fatores relacionados aos atributos dos imóveis e seus custos; assim,
um produto diferenciado é aquele que consegue encontrar a razão ideal entre o
desempenho dos atributos e seus custos.

Para que as empresas de construção e incorporação melhorem o valor
de seus imóveis, é preciso investigar o mercado-alvo e as necessidades e
desejos dos usuários, bem como desenvolver uma razão entre o desempenho
dos atributos do produto e seus custos, de maneira a oferecer o máximo de valor
a um preço compatível e atrativo. Assim, o aumento do valor na habitação está
ligado à maneira como a empresa compreende o mercado-alvo e domina, ou
não, seu processo produtivo, podendo transferir aos imóveis residenciais o
máximo de valor que os usuários desejam.

9

O processo de avaliação sistemática constitui uma das alternativas
adequadas para aumentar o referido valor, e se desenvolve pela análise do
desempenho dos atributos em relação ao custo da habitação sob o ponto de
vista do usuário. A empresa deverá, portanto, manter um sistema de
informações sobre o mercado que possibilite o conhecimento do comportamento
do usuário. Desse modo, compreenderá a realidade de cada grupo de usuários,
definindo qual é o desempenho esperado dos atributos da habitação e qual é a
melhor composição de custo a ser utilizada; consequentemente poderá alcançar
as metas de valor estabelecidas.

Uma vez mais, portanto, evidencia-se o relevante papel que assume o
valor percebido pelo usuário no processo de elaboração de projetos no setor de
edificações, tornando-se necessário aprofundar os aspectos que configuram as
percepções de valor pelo mercado.

Para a efetivação da avaliação e comparação do projeto da habitação, o
modelo utiliza os procedimentos de análise do valor, visando à redução dos
custos, à melhoria da qualidade e ao desenvolvimento de novas alternativas de
projeto. Busca-se, assim, um valor agregado maior, através da adoção de
estratégias apropriadas, as quais são reveladas pela própria análise. Aplicando
essa modelagem à avaliação do projeto da habitação, espera-se, ainda,
identificar custos que não agregam valor, ou seja, custos desnecessários ao
processo produtivo na perspectiva do usuário.

Nesse sentido, a utilização da estratégia de negócio com o foco no valor
percebido pelo mercado permite que a empresa ajuste as diversas iniciativas de
melhoria dos processos. Tais iniciativas estão distribuídas pelos vários setores,
de forma que, para unificá-las, é preciso redirecionar os esforços buscando
fornecer valor aos consumidores. É essa concentração de esforços que
possibilita a melhoria da organização, ampliando a perspectiva de se obter uma
vantagem estratégica.

Portanto, os resultados aqui demonstrados ampliam os conhecimentos
teóricos e metodológicos para a formulação de modelos de avaliação de projetos
no setor de edificações.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->