P. 1
Alfacomp - Nossa Cultura, Valores e Crenças.

Alfacomp - Nossa Cultura, Valores e Crenças.

|Views: 151|Likes:
Na busca pelo crescimento da empresa deparamos com exemplos de sucesso relatados em três livros: "Delivering Happiness", "Good to Great" e "Tribal Leadership".

"Delivering Happiness" apresenta a trajetória da Zappos, uma empresa que em dez anos alcançou o faturamento anual de 1 Bilhão de dólares com altos índices de satisfação de clientes, fornecedores e colaboradores.

"Good to Great" apresenta um estudo envolvendo 1.435 empresas, entre as quais 11 se destacaram por um desempenho muitas vezes superior ao do mercado.

"Tribal Leadership" demonstra a relação entre o fenômeno das tribos e o desempenho operacional das empresas. Foram examinadas as melhores empresas onde se trabalhar e o que permitiu isso.

De comum entre os livros encontramos a importância da cultura das empresas. Em resumo, se uma empresa possui uma cultura forte e bem definida, o resto anda sozinho. A definição da cultura é mais importante que a adoção de um plano estratégico. Acreditamos que a empresa terá sucesso se as pessoas certas estiverem nos lugares certos e unidas pelos mesmos ideais.

Em setembro de 2010, iniciamos a definição da cultura da Alfacomp com a colaboração de todos da empresa.

O primeiro passo foi a definição dos valores, que foram pensados de forma a servirem não só dentro da empresa como também para nossas vidas particulares. A cada ano, o livro será reeditado com novas contribuições e relatos.
Na busca pelo crescimento da empresa deparamos com exemplos de sucesso relatados em três livros: "Delivering Happiness", "Good to Great" e "Tribal Leadership".

"Delivering Happiness" apresenta a trajetória da Zappos, uma empresa que em dez anos alcançou o faturamento anual de 1 Bilhão de dólares com altos índices de satisfação de clientes, fornecedores e colaboradores.

"Good to Great" apresenta um estudo envolvendo 1.435 empresas, entre as quais 11 se destacaram por um desempenho muitas vezes superior ao do mercado.

"Tribal Leadership" demonstra a relação entre o fenômeno das tribos e o desempenho operacional das empresas. Foram examinadas as melhores empresas onde se trabalhar e o que permitiu isso.

De comum entre os livros encontramos a importância da cultura das empresas. Em resumo, se uma empresa possui uma cultura forte e bem definida, o resto anda sozinho. A definição da cultura é mais importante que a adoção de um plano estratégico. Acreditamos que a empresa terá sucesso se as pessoas certas estiverem nos lugares certos e unidas pelos mesmos ideais.

Em setembro de 2010, iniciamos a definição da cultura da Alfacomp com a colaboração de todos da empresa.

O primeiro passo foi a definição dos valores, que foram pensados de forma a servirem não só dentro da empresa como também para nossas vidas particulares. A cada ano, o livro será reeditado com novas contribuições e relatos.

More info:

Published by: Alfacomp Automação e Telemetria on Apr 13, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/22/2013

pdf

text

original

Um dia recebemos uma ligação de alguém precisando de um equipamento cuja especificação ficou claro tratar-se de um produto de empresa

concorrente. A pessoa queria utilizar um produto Alfacomp por desconhecer o do corrente. Como para aquela aplicação o produto concorrente era mais adequado que o nosso, prontamente indicamos o site e o produto que cumpria a especificação. O colega ficou tão surpreso com nossa atitude que decidiu conhecer melhor a Alfacomp. Hoje é um de nossos mais importantes parceiros de negócios e amigo. Esse episódio ilustra a importância da impressão que causamos nas pessoas. Esta impressão, a forma como a pessoa se sentiu ao tratar conosco, definem nossa imagem. Tempos depois, nos deparamos com a história de sucesso da Zappos e com as ideias de Tony Hsieh. Ele fala da importância da “Cultura da empresa”. Essa mesma cultura que nos leva, por exemplo, a indicar concorrentes quando acreditamos ser o mais adequado para a solução de uma necessidade, é algo que tínhamos de forma intuitiva. A partir daquele momento, decidimos definir a “Cultura da Alfacomp”. Aquilo que era intuitivo e que cada um praticava a sua maneira passou a compor nossos valores e crenças. Este livro define nossa cultura, valores, crenças e idéias, conforme eleitos pelos componentes e amigos da Alfacomp.

Propósito da Empresa
A Alfacomp existe para criar e fornecer soluções inovadoras em automação, telemetria e wireless para aplicações industriais, promovendo o crescimento pessoal e profissional dos colaboradores, clientes e fornecedores.

“O SUCESSO NÃO É UM DESTINO, É UMA JORNADA. Cada dia deve ser curtido. O que vale é a caminhada.”

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

2

Conteúdo
Inspiração inicial _______________________________________ 4 Nossos valores ________________________________________ 5
Definição dos valores ..................................................................................................6

A felicidade___________________________________________ 13 O bom e o ótimo_______________________________________ 15 As tribos _____________________________________________ 18 empresasdobem.com __________________________________ 21 Ideias que nos inspiram ________________________________ 22 Curiosidades _________________________________________ 23
Email que iniciou a definição de nossos valores .......................................................23

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

3

Inspiração inicial
Na busca pelo crescimento da empresa deparamos com exemplos de sucesso relatados em três livros: "Delivering Happiness", "Good to Great" e "Tribal Leadership". "Delivering Happiness" apresenta a trajetória da Zappos, uma empresa que em dez anos alcançou o faturamento anual de 1 Bilhão de dólares com altos índices de satisfação de clientes, fornecedores e colaboradores. "Good to Great" apresenta um estudo envolvendo 1.435 empresas, entre as quais 11 se destacaram por um desempenho muitas vezes superior ao do mercado. "Tribal Leadership" demonstra a relação entre o fenômeno das tribos e o desempenho operacional das empresas. Foram examinadas as melhores empresas onde se trabalhar e o que permitiu isso. De comum entre os livros encontramos a importância da cultura das empresas. Em resumo, se uma empresa possui uma cultura forte e bem definida, o resto anda sozinho. A definição da cultura é mais importante que a adoção de um plano estratégico. Acreditamos que a empresa terá sucesso se as pessoas certas estiverem nos lugares certos e unidas pelos mesmos ideais. Em setembro de 2010, iniciamos a definição da cultura da Alfacomp com a colaboração de todos da empresa. O primeiro passo foi a definição dos valores, que foram pensados de forma a servirem não só dentro da empresa como também para nossas vidas particulares. A cada ano, o livro será reeditado com novas contribuições e relatos.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

4

Nossos valores
1 - Ter interesse e comprometimento em tudo. 2 - Construir confiança através da transparência, honestidade e lealdade. 3 - Ser humilde e simples. 4 - Inovar e ser criativo. 5 - Cultivar o espírito de time e de família em um ambiente leve e alegre. 6 - Surpreender, fazendo mais do que o esperado. 7 - Procurar crescer pessoal e profissionalmente. 8 - Ter entusiasmo e iniciativa. 9 - Ser organizado e prático. 10 - Procurar sempre o diálogo e o entendimento.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

5

Definição dos valores
Aqui descrevemos os significados dos valores e transcrevemos algumas contribuições individuais. 1 - Ter interesse e comprometimento em tudo. Quando pedimos algo para uma pessoa e ela demonstra interesse e entusiasmo, e por isso temos a confiança de que aquilo será feito, e bem feito, o resultado inspira e entusiasma a todos. O comprometimento é contagioso. Quando percebemos o interesse dos outros, o nosso interesse aumenta. Ninguém gosta de ouvir NÃO ou É DIFÍCIL. Para termos interesse, temos que gostar do que fazemos. Pergunte a si mesmo: Você gosta do que faz? Acredita no que faz e em para onde estamos indo? Este é o lugar certo para você? Precisamos ter paixão pelo que fazemos para termos interesse e comprometimento. É fácil termos interesse e comprometimento quando gostamos do que fazemos.
“Tanto na vida pessoal quanto na vida profissional devemos nos interessar pelo que fazemos e pelo que iremos fazer. Quando uma pessoa tem interesse pelo que faz, se sente feliz. Essa felicidade e prazer resultam em comprometimento de fazer bem feito.” “Trabalhar em uma empresa em que todos estão comprometidos e interessados em realizar suas tarefas é com certeza motivador. Além de gostar de realizar o trabalho, é imprescindível ser comprometido e interessado em contribuir para o crescimento da empresa. Isso resulta diretamente em crescimento profissional e pessoal.”

2 - Construir confiança através da transparência, honestidade e lealdade. A mentira tem perna curta. Pessoas inseguras escondem o jogo. Ninguém gosta de ser enrolado nem de tratar com pessoas que escondem o jogo. Pelo contrário, quando tratamos com pessoas diretas, passamos a confiar nelas. Transparência demonstra segurança e competência. A confiança fortalece as relações, cria vínculos. As pessoas preferem pagar mais caro por algo que transmita mais confiança, pois paga-se uma vez só. Preferimos

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

6

tratar com pessoas em quem confiamos, tratamos uma vez só. A confiança é construída com lealdade, honestidade e transparência.
“Confiança é a palavra chave para qualquer relação dar certo. Somente através da honestidade e da lealdade é que conquistamos confiança. Para criar um ambiente de trabalho agradável, é preciso transparência e sinceridade. Somente com essa postura é que ganharemos credibilidade no que fazemos.” “Para transmitirmos confiança, precisamos dominar os conhecimentos envolvidos em nossa atividade. Transparência é um valor muito cultivado na Alfacomp. Honestidade e lealdade são valores impactantes para o futuro se acreditarmos que sempre colhemos o que plantamos.”

3 - Ser humilde e simples. Ninguém sabe tanto que não possa aprender, nem tão pouco que não possa ensinar. Acreditamos que não importa o que aconteça, temos sempre que respeitar a todos. Quando comemoramos nossas vitórias individuais ou do grupo, devemos fazê-lo sem arrogância. A arrogância ofende e agride. A simplicidade cativa. Pergunte-se: Você é humilde quando fala de suas vitórias e das vitórias da empresa? Você trata os pequenos e os grandes com o mesmo nível de respeito?
“Desde o início de minhas atividades na Alfacomp venho tendo aulas de simplicidade e humildade, isso fica bem claro diariamente. Bem, algo que sempre acreditei foi que pra ser um vencedor é preciso respeitar a todos em suas limitações ou sua superioridade de experiência e conhecimento, não passar por cima de ninguém e também ajudar os colegas. “Aquele que quiser ser o primeiro sirva os outros”.” “Quando conquistamos algo muito importante normalmente comemoramos essa conquista. Contudo, é importante lembrar que se formos humildes em cada conquista nosso futuro será muito mais promissor. Tão importante quanto a humildade é a simplicidade na forma de agir. Humildade e simplicidade se refletem no respeito que temos por todos.”

4 - Inovar e ser criativo. A mudança é algo inerente às empresas que estão crescendo. Enquanto outras empresas copiam o que fazemos, nós estamos criando novidades. Devemos aprender a ousar de forma responsável. Se errarmos, devemos aprender com nossos erros. Quem nunca erra talvez esteja ousando pouco. Para nos destacarmos, precisamos inovar. Inovar pode ser criar um novo

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

7

produto ou serviço, assim como pode ser utilizar algo existente de forma diferente. Se fizermos igual aos outros, seremos apenas mais um. Uma das principais características da Alfacomp é a inovação. Pense fora da caixa. Se todos tomarem um caminho, tome outro.
“Temos que ter em mente que desenvolver algo novo não é somente, por exemplo, criar um software para todos executarem nas máquinas. Ser inovador e criativo é você pensar em algo que possa mudar o modo como sua empresa procede, de forma a agir de uma maneira nova e melhor. Temos que ser assim inovadores e criativos todos os dias. O simples fato de procurar pensar em como fazer algo de uma forma nova já é um passo à frente dos que estão acomodados e fazendo tudo sempre igual.” “Expor ideias, pesquisar e estudar novos caminhos e apresentar projetos nos remete ao uso da criatividade e na coragem em inovar e colocar em prática novas formas de processos e trabalhos. Procuramos ser diferentes mesmo nos pequenos detalhes. Nossos encontros fora do horário de trabalho nos propiciam trocas de experiências e estimulam o surgimento de novas ideias.”

5 - Cultivar o espírito de time e família em um ambiente leve e alegre. Nós acreditamos que as melhores decisões são aquelas tomadas pelo grupo. Os membros de um time colaboram com os outros sempre que surge um desafio. O time formado dentro do ambiente de trabalho se estende para fora também. Muitas das boas ideias acontecem quando o grupo está reunido fora do expediente, informalmente e entre amigos. O espírito de família acontece quando as pessoas cuidam e apóiam umas às outras, criando laços de amizade e de confiança. Entre amigos, temos liberdade para sermos alegres e soltos. Podemos ser autênticos, sem receio à censura e à crítica. O ambiente leve e alegre propicia a criatividade, fundamental para a inovação.
“Passamos a maior parte do dia na empresa, trabalhando. Muitas vezes convivemos mais com colegas de trabalho do que com nossa família. Para que essa convivência seja benéfica para todos devemos tornar essa relação o mais agradável possível. Para isso devemos respeitar a todos e cooperar uns com os outros sendo prestativos e solidários ao próximo.” “Cultivamos amizades dentro do nosso ambiente de trabalho criando vínculos pessoais e profissionais. Podemos contar um com o outro formando

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

8

uma grande família. Cada um expõe suas ideias sem medo de se expressar dentro do grupo e com espírito de coletividade.”

6 - Surpreender, fazendo mais do que o esperado. Nossa empresa não é comum, não queremos ser comuns. Quem se contenta em ser bom, jamais será ótimo. Para sermos ótimos, temos que superar expectativas. Quando alguém recebe mais do que o que foi prometido, se surpreende, quando recebe menos, se decepciona. As duas sensações são o que o fica na memória. Quando vamos a um restaurante que nos surpreende temos vontade de contar para os amigos. Quando recebemos um serviço ou produto que supera as expectativas, temos vontade de recomendar. O marketing do boca-a-boca é o mais efetivo que existe.
“Quando solicitamos algum serviço e esse é feito corretamente ficamos satisfeitos. Contudo, vale lembrar que o mercado já está cheio de empresas que fazem o esperado. Devemos pensar e agir diferente. Temos que buscar não apenas ser lembrados como uma boa empresa, mas sim como uma empresa inovadora que surpreende a todos com algo a mais. Isso gera um sentimento de grande satisfação, consolidando nossa imagem junto aos clientes existentes e cativando novos.” “Surpreender e superar expectativas são os resultados de um trabalho bem feito. Quando motivados, podemos ir além. A busca incessante por aprimorar nossos conhecimentos também é um aspecto importante. Por exemplo; montar um projeto fazendo mais do que a solução pede, surpreendendo o cliente disponibilizando mais funções, facilitando a interação homem-máquina, muitas vezes só depende da nossa vontade, comprometimento e conhecimento. Um cliente satisfeito te indica para outros com prazer e confiança.”

7 - Procurar crescer pessoal e profissionalmente. Os crescimentos pessoal e profissional são importantes e não podemos separar um do outro. Crescemos ao nos desafiarmos a cada momento, e não nos conformando com um trabalho que não nos satisfaz plenamente. O constante crescimento mantém nossa satisfação e realização. Acreditamos que todos nós temos potenciais ilimitados e habilidades adormecidas. Saia da posição de conforto e acredite que você pode ser muito mais do que é. Descubra aquilo que lhe traz satisfação e paixão por realizar. Enxergue cada dificuldade como uma oportunidade. Pense que, se fosse fácil

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

9

qualquer um faria. A cada passo dado no caminho do crescimento, novas oportunidades aparecem. São as dificuldades que valorizam nossas vitórias.
“Todos adquirem conhecimentos ao longo da vida. Se a cada momento não nos reavaliarmos, adaptando às constantes mudanças a nossa volta, corremos o risco de vermos nosso crescimento estacionar. Normalmente somos limitados por ideias e conceitos ultrapassados. Se tudo está sempre mudando e melhorando, não podemos permanecer estagnados. Temos que buscar sempre melhorar como pessoa e como profissional. Esse crescimento não acontece sem esforço, temos que buscá-lo todos os dias.” “Estar em uma organização que permite o crescimento de seus colaboradores é importante. Mas isso não basta, pois o desenvolvimento individual depende, sobretudo, da capacidade de tomar decisões. E não se trata apenas de saber planejar os grandes passos. É nas pequenas decisões do dia-a-dia que está contida a semente do sucesso ou do fracasso. Em outras palavras: não existe sorte, o êxito e o fracasso são determinados por nossas ações.”

8 - Ter entusiasmo e iniciativa. O entusiasmo é um combustível contagiante, que move pessoas e organizações. O entusiasmo inspira a iniciativa. Pense, opine, participe ativamente. Se você não consegue se entusiasmar com o que faz, talvez esteja no lugar errado. O entusiasmo deve ser legítimo, e esse somente acontece quando temos paixão pelo que fazemos. Não se contente com menos. Só existe um responsável por nossa felicidade ou infelicidade, nós mesmos. Faça o que gosta ou jamais terá entusiasmo. Faça o que gosta ou mude sua vida.
“Quem está em um local onde gosta de trabalhar, onde gosta de estar, se sente entusiasmado em realizar. O entusiasmo e a iniciativa andam juntos. Por que ficar parado observando uma dificuldade e aguardar que alguém peça para que tu faças alguma tarefa ou deixar que os outros façam? Demonstre iniciativa, comprometa-se com o objetivo e trabalhe para cumpri-lo.” “Com otimismo e entusiasmo devemos acordar todos os dias acreditando que podemos fazer a diferença. Não podemos cair na rotina e nos acomodar. Ter iniciativa é não esperar pelos outros, é sempre estar um passo à frente (com cautela e responsabilidade) mostrar força de vontade e desejo de cooperar sempre mais.”

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

10

9 - Ser organizado e prático. A qualidade está intimamente ligada à organização. Não existe qualidade sem procedimentos e métodos que uniformizem os processos. Produtos de qualidade são feitos de uma única forma. Se cada um sair de um jeito, não têm qualidade. Sem organização, fica difícil trabalhar em equipe. Imagine que, na sua falta, alguém tem que poder realizar sua tarefa (quem pensa diferente é inseguro e egoísta). Quando nos organizamos, simplificamos o nosso trabalho assim como o dos outros. Mantenha o ambiente limpo, cada coisa em seu lugar. Livre-se do que não é necessário. Utilize a ferramenta correta. Se desarrumou, arrume. Se sujou, limpe. Faça certo da primeira vez e não terá que fazer novamente. Aprenda a lei dos 20 / 80: 80% dos resultados demandam 20% dos recursos, os 20% restantes demandam 80% dos recursos. Seja prático e faça aquilo que é importante e que irá gerar o maior resultado (senso de importância). Enxergue o problema de fora (sem emoção) e avalie quais ações trarão os maiores resultados com o menor esforço. Isso é ser prático. Observe, planeje e solucione.
“A organização deve ser um ideal para todos poderem realizar as tarefas com a mesma qualidade. Diminui o desperdício de tempo, pois todos sabem onde tudo está. A produção é realizada com qualidade e uniformidade.” “Quando estamos em um ambiente que dividimos com outras pessoas, temos que respeitar o espaço que é comum. Devemos manter tudo em seu devido lugar, de forma organizada e limpa. A organização requer observação e racionalização dos processos. Após ser criado um procedimento, é importante que esse seja seguido, pois ao criá-lo foram avaliados os possíveis problemas que poderiam ocorrer durante o processo e esses foram contornados. Torna-se, assim, mais fácil que diferentes pessoas executem uma determinada tarefa e obtenham o mesmo resultado satisfatório.”

10 - Procurar sempre o diálogo e o entendimento. Conflitos não resolvidos e sapos engolidos sempre vêm à tona mais cedo ou mais tarde. Não deixe o copo transbordar. Quando algo incomodar, converse. Postura que não funciona: um reclama e o outro contra ataca. Ninguém está receptivo e procurando o entendimento, mas tão somente fazer prevalecer sua opinião. Esse comportamento é típico

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

11

de crianças e de pessoas imaturas. Só falta dizerem "mas foi ele que começou". Postura que funciona (aquela em que a intenção é o entendimento): Coloque-se no lugar do outro e desarme-se. Tire a emoção do cenário e enxergue como um expectador isento. Desculpe-se pelo que achar justo desculpar-se. Seja sincero, acima de tudo.
“O diálogo é a melhor forma de resolver os problemas, falar sobre o que acha estar errado, tentar resolver sem brigas, com maturidade e bom senso. Postura que não funciona: Reclamar sem ouvir as opiniões os outros. Postura que funciona: Saber ouvir.” “Pessoas que não sabem dialogar tornam as tarefas mais difíceis, precisamos saber escutar o que as pessoas têm a dizer e ter bons argumentos para poder questionar, tentando sempre chegar a um denominador comum. Não devemos pensar que podemos resolver tudo sozinhos. Às vezes estamos tão focados no problema que não conseguimos ver a solução. Temos que ser humildes para poder conversar com os colegas e assim encontrar a solução. O diálogo é fundamental.”

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

12

A felicidade
No livro “Delivering Happiness” (2010), Tony Hsieh relata sua trajetória como empreendedor, desde a primeira ideia quando ainda garoto – uma fazenda de minhocas – até a bem sucedida venda da Zappos para a Amazon em 2009. O livro é muito inspirador e foi nosso ponto de partida para a definição dos nossos valores. No livro, o autor fala sobre os acertos e erros ao longo do caminho e conclui com uma análise sobre a felicidade – que dá nome ao livro. Tony fez a seguinte pergunta a diversas pessoas: “Qual é o seu objetivo na vida?” Alguns responderam: “ter um negócio próprio”, outros “conseguir um grande emprego” ou “arranjar um(a) namorado(a)” e ainda “ter saúde”. Perguntado agora “Por quê?”, as mesmas pessoas responderam: “ser dono do meu nariz”, “ganhar bastante dinheiro”, “encontrar minha alma gêmea”, “ser forte”,.... Perguntando novamente “Por quê?”, sucessivamente, as pessoas em algum momento darão a resposta final e definitiva: “Para ser feliz!” Em resumo, o que todos querem é encontrar a felicidade. Para termos sucesso em nossas vidas pessoais e profissionais, a felicidade deve ser um objetivo perseguido e possível. Segundo Hsieh, a felicidade pode ser classificada em três níveis: Prazer – é a felicidade de conseguir um emprego, pagar as contas, comprar algo que se deseja. Esse é o nível mais efêmero da felicidade. A satisfação tem pequena duração. Em breve, aquelas conquistas, aquela remuneração, deixam de motivar. Paixão – é a felicidade de fazermos o que gostamos de fazer. É a satisfação de realizar, de conquistar. O tempo voa quando trabalhamos com paixão. Esse nível de felicidade é bem mais duradouro que o nível anterior.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

13

Propósito elevado – ter um alto propósito significa contribuir para algo que é importante para nós. É a felicidade de contribuir para um mundo melhor sem a necessidade de receber algo em troca. A satisfação advinda de participar de algo assim é a mais duradoura de todas. Por fim, Hsieh conclui que, se perseguirmos propósitos elevados, a paixão e o prazer serão consequências. Existe uma relação direta entre esses conceitos e a forma como podemos conduzir uma empresa. Acreditamos que a vida só é boa se for boa para todos. O sucesso das empresas está ligado à felicidade dos colaboradores, fornecedores e clientes. O lucro deve ser uma consequência de sua atuação e não o foco principal da empresa.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

14

O bom e o ótimo
Por que apenas algumas poucas empresas dão o pulo de bom para ótimo? Jim Collins responde a essa pergunta no livro “Good to Great” (2001), no qual afirma que o bom é inimigo do ótimo. E qual é o segredo das empresas classificáveis como “Great Companies”? Para responder a essa pergunta, Collins conduziu uma pesquisa envolvendo 1435 empresas mencionadas pela revista “Fortune 500”. A pesquisa demonstrou que apenas 11 empresas apresentaram a transição de bom para ótimo (“good to great”) com pelo menos 15 anos de desempenho bom antes da transição e pelo menos 15 anos de desempenho ótimo após a transição. O desempenho ótimo foi definido por uma valorização das cotas de participação em pelo menos três vezes superior à média do mercado em cada ano. A descoberta mais surpreendente é que os fatores que haviam determinado o sucesso de todas as 11 empresas foram os mesmos. As empresas haviam seguido a mesma receita de conceitos, cada uma a sua maneira e de forma totalmente independente. Os fatores são os seguintes: Liderança – O processo de mudança “good to great” iniciou quando um novo líder assumiu o posto de CEO. Em apenas uma das empresas esse líder era externo, enquanto que nas outras 10 surgiu entre os gerentes existentes. Sem exceção, todos os líderes apresentavam perfil humilde e simples, preferindo sempre atribuir o sucesso ao grupo, mas sempre apaixonados e incansavelmente dedicados à empresa. Primeiro quem,... Depois o que...– Collins compara a empresa a um ônibus. Os líderes das 11 empresas mais bem sucedidas inicialmente decidiram quem estaria no ônibus para somente após decidirem para onde o ônibus iria. Apenas as pessoas alinhadas com a cultura e os valores poderiam estar no ônibus. Uma forma fácil de avaliar se uma pessoa que está no ônibus deve descer é fazer a

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

15

seguinte pergunta: “Agora que já nos conhecemos, se fosse hoje, eu te contrataria?” Se a resposta for não, a pessoa tem que descer. Nenhum dos 11 líderes teve dúvidas sobre quem deveria estar no seu ônibus. Mais importantes que a experiência específica são o caráter da pessoa e o alinhamento com os valores. Experiência se adquire. Aceitar a realidade – Por pior que fossem os fatos, os 11 líderes encararam a realidade, contudo sem jamais perder a fé inabalável de que o sucesso seria alcançado em algum momento. Enquanto algumas empresas viram seus resultados piorarem lentamente porque o mercado mudou e preferiram ignorar o novo cenário, as empresas que deram o pulo para “great” mudaram suas estratégias, cortaram na carne e se adaptaram às novas necessidades e oportunidades. Se você não puder ser o melhor no que está fazendo, pense em algo em que você possa ser o melhor. Não se contente com menos. O conceito do porco-espinho – A lenda grega compara a raposa ao porco-espinho. A raposa é bonita, ardilosa, inteligente e conhece todos os truques para tentar pegar o porco-espinho. O porcoespinho é feioso, sem graça e tem apenas um truque; quando a raposa tenta pegá-lo, ele assume a forma de uma bola de espinhos. Moral: mais importante do que conhecer todos os truque é conhecer bem um ótimo truque. As 11 empresas “great” definiram seu “core business” e se mantiveram fiéis e incansáveis em ser as melhores naquilo que escolheram fazer, não se deixando seduzir por oportunidades que não tivessem alinhamento com o negócio principal. O “core business” deve atender três aspectos: • Deve ser algo pelo qual você tenha paixão • Deve ser algo no qual você possa ser o melhor • Deve ser lucrativo e sustentar seu negócio Disciplina – As 11 “great companies” possuem culturas fortes e bem definidas. Pessoas disciplinadas e alinhadas com a cultura da empresa não precisam de hierarquia, são auto motivadas e fáceis de gerenciar. As pessoas receberam liberdade para trabalhar com responsabilidade. A disciplina manteve as 11 empresas centradas em seus “core businesses”.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

16

Aceleradores tecnológicos – Para as 11 empresas, a tecnologia nunca foi fator prioritário de transformação. A tecnologia foi sempre utilizada na medida necessária e no momento oportuno. Só porque surgiu uma nova tecnologia, não necessariamente temos que adotála. Quando surge uma necessidade é que devemos procurar a solução tecnológica mais adequada, evitando o deslumbramento das falsas panacéias. A roda – As 11 empresa foram comparadas a uma imensa e pesada roda que gira em alta velocidade, tão rápida quanto o seu sucesso. Perguntando aos 11 líderes que estratégia fantástica colocou suas rodas girando tão rápido, foram unânimes em dizer que não sabiam, ou que não houve uma estratégia. A roda não foi coloca em giro de um só vez. Foi uma constante e incansável sucessão de ações que lentamente aceleraram a roda ao longo de meses e até anos. Colocar as pessoas certas no ônibus, retirar as pessoas erradas, todos unidos em torno de valores bem definidos, trabalhando sempre para fortalecer o “core business” e tendo paixão pelo que fazem e procurando ser os melhores no que fazem, foram os fatores que levaram as 11 empresas estudadas a darem o pulo do “bom para o ótimo”, “Good to Great”.

“A cultura é a marca da empresa!”

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

17

As tribos
Observando os diferentes resultados apresentados por empresas e organizações, Dave Logan, John King e Halee Fischer-Wright, autores de “TRIBAL LEADERSHIP” (2008), levantaram as seguintes questões: Por que os grandes líderes falham em ambientes novos? Por que grandes estratégias têm mais chance de fracasso que sucesso? O que têm em comum as empresas que lideram a lista de “AS MELHORES EMPRESAS ONDE SE TRABALHAR”? Os autores descobriram que as empresas com melhores resultados e onde as pessoas mais gostam de trabalhar possuem uma cultura forte. As empresas com desempenho medíocre possuem culturas medíocres. O trabalho que eles desenvolveram foi uma engenharia reversa para entender como as empresas e organizações bem sucedidas desenvolveram essa cultura. Entrevistando mais de 24.000 pessoas em duas dezenas de organizações, os autores Logan, King e Fischer-Wright encontraram a resposta no fenômeno das tribos. Toda organização é composta por uma associação de pequenas comunidades, denominadas tribos por Robert Dunbar. Segundo ele, o homem é um ser tribal e as tribos se formam naturalmente desde o aparecimento do homem na terra. Tribos fazem as coisas acontecer. Tribos não surgem por causa do trabalho, mas por afinidades. Tribos decidem a qualidade do que será feito. O que diferencia o desempenho das tribos? A cultura da tribo. Os autores classificam 5 níveis de tribos: TRIBOS NÍVEL 1 - Nesses grupos, a frase que melhor define o espírito das pessoas é “A vida é uma droga”. 2% das pessoas estão nesse estágio. Essas tribos podem ser encontradas nas gangues e presídios. Seus componentes pensam que a vida é ruim e

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

18

que nada pode ser feito para melhorá-la. A única preocupação é com a sobrevivência, custe o que custar. São pessoas que matam se for necessário, ou mesmo sem necessidade. Não existe respeito pelos outros. TRIBOS NÍVEL 2 - 25% das organizações estão nesse nível. A frase que caracteriza as pessoas que se encontram nesse nível é “Minha vida é uma droga, mas eu sei que a de outros não é, e não tem nada que eu possa fazer para mudar isso”. Essas pessoas podem ser encontradas se arrastando nos piores departamentos do serviço público. Fazem o mínimo e tem má vontade em tudo. Passam o dia esperando o fim do expediente e passam os dias esperando o fim de semana. Estão sempre falando em mudar de emprego e dizem que não adianta fazer um trabalho melhor porque isso não mudará nada. Nada parece motivar pessoas nesse nível. TRIBOS NÍVEL 3 - 49% das organizações estão aí. Nesse estágio, são encontradas pessoas que podem ser caracterizadas pela frase “Eu sou o bom e outros são medíocres!”. As pessoas são competitivas e solitárias. O sucesso é medido em vitórias pessoais. As pessoas foram treinadas para competir, são competentes, mas inseguras. Estão sempre com medo que alguém mais competente ofusque seu sucesso. As pessoas que se encontram nesse nível são arrogantes, pisam nos outros e escondem informações. Vencer é só o que interessa. Essas pessoas trabalham muito e dizem que os outros trabalham pouco. É a lei do velho oeste, em que só os fortes sobrevivem. Apesar de competentes, não entendem porque seu sucesso e o da sua empresa são limitados. Por mais que trabalhem, os resultados nunca alcançam o nível sonhado. Esse ambiente pode ser encontrado nas universidades, entre mestres e doutores, cada qual afirmando que sua área de especialidade é a mais importante. Essas pessoas ainda não entenderam que a falta do espírito de equipe é o que as impede de irem adiante. TRIBOS NÍVEL 4 - A diferença do nível 3 para o 4 é gigantesca. 22% das organizações estão nesse nível. Muitas das empresas na lista dos melhores lugares onde se trabalhar estão nesse nível. As pessoas podem ser caracterizadas por “Nós somos bons no que fazemos (os concorrente nem tanto)!”. A grande diferença é o espírito de grupo. As pessoas têm orgulho da empresa. Existe um

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

19

propósito comum. Todos se apóiam. Existe competição com outras empresas. O time é mais importante que os indivíduos. As relações interpessoais são construídas em torno de valores comuns às pessoas. O foco é “nós” e não “eu”. TRIBOS NÍVEL 5 - 2% das organizações estão nesse nível. A frase característica é “A vida é ótima!”. As pessoas são tranquilas, não existe estresse. Todos pensam em contribuir para um mundo melhor. Não existe medo da concorrência. Os concorrentes são colegas e se ajudam. As pessoas são transparentes a agem como se estivessem sendo observadas, não existe nada a esconder. Empresas no nível 5 são as melhores onde se trabalhar. O trabalho não é sacrifício, mas prazer. Os resultados operacionais são os mais altos do mercado. Empresas que possuem culturas fortes e estão nos níveis 4 e 5 são fáceis de administrar, pois as pessoas que ali trabalham não precisam ser fiscalizadas. Todos são felizes no que fazem e o resultado é a satisfação de toda a cadeia: fornecedor - colaborador cliente. Todos se sentem incluídos, conectados entre si por valores que são importantes para todos. Os ideais são compartilhados. Pessoas que não combinam com os valores do grupo não se sentem bem e não permanecem. Existe uma seleção natural e espontânea. Quando a cultura é forte, o resto anda sozinho.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

20

empresasdobem.com
empresasdobem.com é um movimento que une pessoas que acreditam que a vida só é boa se for boa para todos. Essa ideia está inserida na cultura das EMPRESAS DO BEM. As empresas do bem possuem uma cultura forte e valores que servem não só para a empresa como para as vidas particulares de cada um. Esses valores são calcados na ética e no bem da coletividade. Alguns aspectos comuns às empresas do bem: • O lucro deve ser uma consequência e não o foco principal. • As pessoas trabalham com prazer e têm paixão pelo que fazem. • Não existe medo da concorrência. Os concorrentes são colegas e se ajudam. • O ambiente é tranquilo e não existe estresse. • O espírito de time e de família é forte. • A gerência e administração são fáceis, porque todos são comprometidos. • O desperdício é pequeno, porque todos se importam. • As pessoas são transparentes e contribuem para o crescimento uns dos outros. • O nível de satisfação de clientes, colaboradores e fornecedores é alto. • Os ideais são compartilhados. • Os resultados operacionais normalmente são superiores às médias de mercado. • As pessoas são simples e preferem o “nós” ao “eu”. • Nesse tipo de ambiente, a produtividade é alta. • 2% das empresas do mundo são empresas do bem.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

21

Ideias que nos inspiram
“Não sabendo que era impossível, fez!... O impossível é apenas algo que ainda não foi feito!”

“Se fizermos tudo sempre da mesma forma obteremos sempre os mesmos resultados. Para obtermos resultados diferentes é necessário fazer diferente!”

“Está em dúvida sobre como agir? Aja com os outros como gostaria que agissem consigo!”

“O sucesso é 99% transpiração e 1% inspiração!”

“Onde alguns vêem problemas, outros vêem oportunidades!”

“Se fosse fácil, qualquer um faria!”

“Somos os únicos responsáveis por nossa felicidade ou infelicidade. Não coloque seu destino nas mãos dos outros!”

“Duvidar de tudo e crer em tudo são duas posturas igualmente cômodas, que nos dispensam de refletir.”

“Estude e aprenda. O conhecimento é a única coisa que ninguém pode tirar de você”!

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

22

Curiosidades
Email que iniciou a definição de nossos valores
De: Eduardo Grachten Para: Alfacompers Enviado: Sunday, September 26, 2010 9:14 AM Assunto: O FUTURO DA ALFACOMP ALFACOMPERS, COMO QUALQUER OUTRA EMPRESA, A ALFACOMP PODE: FICAR COMO ESTÁ, DIMINUIR, CRESCER, OU CRESCER MUITO. PENSO QUE SE DESEJARMOS E ACREDITARMOS, A ALFACOMP IRÁ CRESCER MUITO. ESTAMOS PROCURANDO FORMAS E CAMINHOS PARA QUE ISSO ACONTEÇA. VAMOS PROCURAR JUNTOS? A NOVA SEDE, NOVAS IDEIAS, NOVAS OPORTUNIDADES, NOVAS FORMAS DE FAZERMOS AS COISAS; PARECE QUE ESTE É UM MOMENTO DE TRANSFORMAÇÃO. PROPONHO QUE, DAQUI PARA FRENTE, TODOS COLABOREM COM IDEIAS PARA CONSTRUIR A NOVA ALFACOMP. PROPONHO A TODOS DEFINIR ALGO QUE AINDA NÃO TEMOS: A CULTURA DA EMPRESA E NOSSOS VALORES. PROPONHO QUE CADA UM COLOQUE EM UM EMAIL O SEGUINTE: O QUE GOSTA NA ALFACOMP O QUE NÃO GOSTA NA ALFACOMP O QUE GOSTARIA DE VER NA ALFACOMP QUAL A FINALIDADE DA ALFACOMP COMO SE VE NA ESTRUTURA DA ALFACOMP O QUE É IMPORTANTE PARA A ALFACOMP CRESCER QUALQUER OUTRA COISA QUE JULGUEM IMPORTANTE IREMOS COMPILAR TODAS AS IDEIAS E DEVOLVER PARA TODOS.

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

23

APÓS TODOS TERMOS LIDO AS IDEIAS UNS DOS OUTROS, PROPONHO QUE SELECIONEMOS UM CONJUNTO DE 10 IDEIAS QUE SERÃO O NOSSO CONJUNTO DE VALORES. PENSEM O SEGUINTE: PASSAMOS MAIS TEMPO TRABALHANDO, OU PENSANDO NO TRABALHO, QUE EM QUALQUER OUTRA ATIVIDADE DURANTE NOSSOS DIAS. PORTANTO, ESSE TEMPO TEM QUE NOS DAR PRAZER. QUE TAL CONSTRUIRMOS UM AMBIENTE EM QUE GOSTAMOS DE ESTAR E COM PESSOAS COM QUEM GOSTAMOS DE CONVIVER? ACREDITO QUE ISSO NOS CONDUZIRÁ AO CRESCIMENTO DA EMPRESA, ASSIM COMO AO NOSSO PRÓPRIO. AGUARDO SUAS IDEIAS. “LIFE CAN BE FUN.” Eduardo

Observe Pense Solucione
Saiba mais sobre a Alfacomp em: http://www.alfacomp.ind.br http://twitter.com/alfacomp http://www.youtube.com/user/alfacompbrasil http://www.facebook.com/pages/Alfacomp/174565165922745 http://www.linkedin.com/company/alfacomp-automa-o-industrial-ltda./

“Isto é só o começo. Vamos escrever o resto?”

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

24

ALFACOMP – Nossa Cultura, Valores e Crenças

25

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->