Histórico

Paciente do sexo feminino, 55 anos, 80kg, dona de casa, fumante, fez uso de pílula anticoncepcional durante 18 anos e atualmente usa hormônios para amenizar os sintomas da menopausa. Tem estória de câncer de mama na família. Procurou o posto de saúde após identificar nódulos em mama direita e nas axilas. Relatou ainda ter notado uma certa deformidade na mama em questão. Negou quaisquer outros sintomas físicos. Foi encaminhada ao hospital onde realizou uma mamografia que identificou a presença de nódulos difusos pela região mamaria e axilar, sendo necessária a realização de uma biopsia para fins diagnósticos. Após receber os resultados, constatou -se o carcinoma de mama em estagio avançado sendo necessaria a realização da mastectomia e a remoção gânglios axilares.
Diagnóstico

Trata-se de Carcinoma de Mama, sendo necessária intervenção cirúrgica para remoção
Evolução

Paciente em BEG, no 1° dia de internação PO de mastectomia, consciente, orientado, verbalizando, hipocorada, hidratada , pupilas isocóricas e

fotorreagentes, sem uso de sedoanalgesia contínua ou DVA. Respira espontâneamente, com suporte de O² em CN a 3l/min, mantendo saturação em torno de 97% e bom padrão respiratório. AVC em VFD, pérvio, sem sinais flogísticos, com HV em curso. Dreno de hemovac em região da mama operada, mantendo drenagem +. Encontra-se hemodinamicamente estável, eupnêica, normocárdica, normotensa, afebril. Ao exame físico: AR: MVF, sem RA bilateralmente. ACV: RCR, BNF, em 2T, sem sopros. Abdome , flácido, RHA +. Extremidades sem edemas, aquecidas, bem perfundidas, sem sinais de cianose. Em dieta zero, aguardando liberação médica. Diurese pela SVD, DU+, com aspecto claro e sem sedimentos. Eliminações intestinais presentes com aspecto pastoso e odor caracteristico. Segue sob monitorização contínua.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful