P. 1
Linguagem Corporal

Linguagem Corporal

|Views: 47|Likes:
Publicado porMARYLIAJASYELA

More info:

Published by: MARYLIAJASYELA on Apr 14, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/14/2011

pdf

text

original

Exemplos de Linguagem Corporal

Atenção, lembre-se que esses são apenas indícios, e a linguagem corporal deve ser sempre interpretada dentro do contexto comunicativo.

Comportamento não verbal Movimentação rápida, andar ereto Parar com as mãos na cintura Sentar com pernas cruzadas e pequenos chutes no ar. Sentar com as pernas abertas Braços cruzados no peito Andar com as mãos nos bolsos, olhando para baixo Mãos nas maças do rosto Coçar o nariz, tocar o nariz ao falar. Esfregar os olhos Mãos fechadas atrás das costas Tornozelos fechados Apoiar a cabeça nas mãos, olhar para baixo longamente Esfregar as mãos Sentar com as mãos para trás da cabeça e de pernas cruzadas Mãos abertas, palmas para cima. Coçar a ponta do nariz, olhos fechados Batucar com os dedos, olhar o relógio. Estalar os dedos alisar o cabelo Inclinar/ Virar a cabeça na direção... coçar o queixo Desviar o olhar Roer unhas Puxar ou coçar a orelha Confiança Incompreensão, agressividade Cansaço, aborrecimento Abertura, relaxamento Defensiva Falta de entusiasmo, desmotivado. Avaliação, pensamento. Dúvida, mentira. Descrença, Dúvida, mentira Frustração, ódio. Apreensão Aborrecimento Antecipação, ansiedade Confiança, Superioridade Sinceridade, inocência, abertura Avaliação negativa Impaciência. Autoridade insegurança Interesse Pensando Desconfiança Ansiedade, insegurança Indecisão

Possíveis Interpretações

Como reconhecer a linguagem corporal da mentira
Corpo Olhos Rosto Normalmente o "mentiroso" tende a se retrair ao contar uma mentira, encolhendo braços, pernas e ocupando "pouco espaço". Normalmente o "mentiroso" evita contato visual com o interlocutor. Entretanto algumas vezes as pessoas podem fazer isso para lembrar-se de um fato. - Muitas vezes as pessoas usam as mãos para esconder o rosto, cobrindo a boca ou coçando o nariz ao falar. - Os movimentos faciais do mentiroso limitam-se a região da boca e não envolvem todo o rosto. - Aqueles que mentem tendem a colocar pouca ênfase no que estão dizendo, diminuindo a expressividade e a oratória. - Muitas vezes o mentiroso coloca detalhes na história afim de torná-la convincente, e especialmente porque os silêncios são incômodos para quem está mentindo. - As mentiras soaram mais naturais se não forem ditas, mas ficarem implícitas na conversa. Se a pessoa não faz uma afirmação, mas a induz, há uma chance que essa conclusão seja falsa. - O mentiroso tende a usar suas palavras ao responder suas perguntas, por exemplo ao ser perguntado se "Você quebrou o Jarro da sala?" A resposta seria: "Não, não quebrei o jarro da sala". - As demonstrações de emoção são mais prolongadas ou curtas que o normal, normalmente há mudanças bruscas de humor. - Tempos errados entre gestos e falas, por exemplo quando alguém sorri após uma dizer que adorou o presente, mas a um lapso entre o sorriso e a sentença. - O mentiroso exibira certo relaxamento se mudarmos de assunto subitamente, uma pessoa dizendo a verdade tende a responder ficando um pouco mais tensa, pois pode não compreender a mudança. - Responder com humor ou sarcasmo muitas vezes mascara um assunto incomodo.

Linguagem Verbal

Emoção

Assunto

As quatro principais posições em pé:

1. Posição de sentido

Esta é uma posição formal que exibe uma atitude neutra com respeito ao interesse da pessoa em permanecer ou se retirar. Nos encontros homem-mulher, é uma posição mais usada pelas mulheres, porque mantém as pernas juntas simbolizando a atitude “sem comentário”. Os escolares usam-na para falar com os professores; os oficiais subalternos, com seus superiores; os empregados, com seus patrões, e os súditos, para se dirigir aos membros da realeza.

2. Pernas afastadas

Como já foi mencionado, este é um gesto predominantemente masculino. O sujeito mantém os dois pés firmemente plantados no chão, numa clara afirmação de que não tem intenção de se retirar.

Este gesto é usado pelos homens como sinal de dominação, porque destaca os genitais, uma atitude tipicamente masculina. É muito comum vermos jogadores de futebol ajeitando os balangandãs enquanto conversam em pé no intervalo das partidas. Esses ajeitamentos, que não têm nada a ver com coceira, permitem aos homens destacar sua masculinidade e, ao fazerem o gesto juntos, exibir solidariedade de equipe.

3. Pé à frente

Todo

o

peso

do

corpo

é

transferido

para

um

dos

quadris,

como

o

apontado

para

frente.

Esta posição oferece uma ótima indicação das intenções imediatas da pessoa, que aponta o pé que está à frente na direção que gostaria de

ao negar simbolicamente o acesso aos genitais. costumamos apontar o pé que está à frente para a pessoa mais interessante ou atraente. É o que faz maioria das pessoas quando está no meio de gente que não conhece direito. Prestando atenção. verá também que essas pessoas ficam a uma distância dos outros um pouco maior do que a distância social costumeira. Pernas Cruzadas Da próxima vez que você for a uma reunião em que estejam presentes homens e mulheres. As pernas afastadas tendem a mostrar uma atitude aberta ou dominante. Em reuniões. Os que estiverem de casaco ou paletó provavelmente os trarão abotoados. descobrirá que muitas não conhecem as outras pessoas do grupo. perceberá que algumas pessoas ficam em pé com os braços cruzados e uma das pernas cruzada na frente da outra. ao passo que as pernas cruzadas. Se você se dirigir a elas.ir e dá impressão de estar começando a andar. defensiva ou submissa . e quando queremos ir embora o apontamos para a saída mais próxima. 4. exibem uma atitude fechada.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->