Você está na página 1de 1

Contabilidade - Patrimônio - Conceito

Publicado em 19/04/2005 10:23

Simplificadamente, podemos conceituar patrimônio como tudo o que a empresa possui.


Portanto, trata-se do conjunto de bens, direitos e obrigações, assim entendidos:

a) bens: estoques de mercadorias, móveis e utensílios de uso da empresa, suas instalações,


prédios, galpões, veículos etc.;

b) direitos: valores a receber (de clientes ou não), como por exemplo as duplicatas a receber;

c) obrigações: dívidas da empresa, por exemplo, com seus fornecedores (aqueles de quem ela
adquire mercadorias), tributos devidos, aluguel a ser pago, água, energia elétrica e telefone já
consumidos, mas ainda a pagar etc.

Num conceito mais técnico temos:

• o conjunto de bens e direitos denomina-se ATIVO;

• o conjunto de obrigações denomina-se PASSIVO (mais precisamente, “Passivo Exigível”).

Do Patrimônio deriva o conceito de Patrimônio Líquido, mediante a seguinte equação,


considerada básica na Contabilidade: (Bens + Direitos) – (Obrigações) = Patrimônio Líquido.

Considerando-se que: (Bens + Direitos) = ATIVO, e que: Obrigações = PASSIVO Exigível,

Então, essa equação também pode ser assim representada: Ativo – Passivo Exigível =
Patrimônio Líquido.

Assim, a diferença entre Ativo e Passivo Exigível é igual ao Patrimônio Líquido.

Se o Ativo contém os bens e direitos e o Passivo Exigível contém as obrigações, podemos


dizer, então, que o Patrimônio Líquido é a situação líquida do patrimônio, ou a diferença entre o
que a empresa “tem” e o que ela “deve”.