Você está na página 1de 5

SIMULADO DE GEOGRAFIA 1º ENSINO MÉDIO

1-) (FUVEST – SP) As rochas mesozóicas da bacia sedimentar do Paraná ocupam extensas áreas na Região
Sudeste. Em especial, sobre os ___________, a pedogênese deu origem a solos com boa fertilidade natural. Com o
avanço da cultura ____________, acelerou-se a devastação das florestas primárias. Atualmente, os maiores
produtores dessa cultura são os estados de _________ e __________.
Que alternativa completa, na seqüência correta, as lacunas do texto?

a) derrames basálticos; cafeeira; Minas Gerais e Espírito Santo.


b) derrames basálticos; cafeeira; Minas Gerais e Rio Janeiro.
c) depósitos eólicos; canavieira; Rio de Janeiro e São Paulo.
d) Depósitos eólicos; canavieira; Minas Gerais e Espírito Santo.
e) depósitos eólicos; cafeeira; Rio de Janeiro e São Paulo.

2-) (ENEM) "O continente africano há muito tempo desafia geólogos porque toda a sua metade meridional, a que fica
ao sul, ergue-se a mais de 1.000 metros sobre o nível do mar. (...) Uma equipe de pesquisadores apresentou uma
solução desse desafio, sugerindo a existência de um esguicho de lava subterrânea empurrando o planalto africano de
baixo para cima"
Adaptado de "Revista Superinteressante". São Paulo: Abril, novembro, 1998, p. 12.

Considerando a formação do relevo terrestre, é correto afirmar, com base no texto, que a solução proposta é:

a) improvável, porque as formas do relevo terrestre não se modificam há milhões de anos;


b) pouco fundamentada, pois as forças externas, como as chuvas e o vento, são as principais responsáveis
pelas formas de relevo;
c) plausível, pois as formas do relevo resultam da ação de forças internas, sendo importante avaliar os
movimentos mais profundos no interior da Terra;
d) plausível, pois a mesma justificativa foi comprovada nas demais regiões da África;
e) injustificável, porque os movimentos mais profundos no interior da Terra não interferem nos acidentes
geográficos que aparecem na sua superfície.

3-) (EUPG-PR) Cavernas calcárias são encontradas em quase todo o mundo e em vários estados do Brasil. Com
relação ao estudo dessas cavernas, sua distribuição e as diferentes formações encontradas em seu interior, assinale o
que for incorreto:

a) Essas cavernas se formam pela dissolução de rochas calcárias em função da penetração de água carregada
de gás carbônico em fendas e diáclases das camadas calcárias.
b) Estalagmite ou travertino é uma rocha carbonatada, muito vacuolar, formada por precipitações de carbonato
de cálcio em torno de fontes e nascentes de águas ricas neste composto, geralmente no interior de cavernas
calcárias.
c) Estalactite é uma formação de carbonato de cálcio (calcita) com aspecto de pingente, suspensa do teto de
uma caverna.
d) Maquine (Minas Gerais), Santana e Caverna do Diabo (São Paulo) e Brejões (Bahia) são algumas das
cavernas calcárias em território brasileiro.
e) Espeleologia é a ciência que estuda as cavernas e a vida que neles habita.

4-) (EUPG-PR) Com relação à ação dos agentes erosivos e de transporte de sedimentos e sobre as formas de relevo
resultantes, assinale o que for incorreto:

a) O transporte de matérias, como silte, areia, argila e seixos pelas águas de escoamento superficial se
processa por suspensão, rolamento e saltação.
b) A erosão mecânica dos ventos é atuante nos litorais baixos com praias arenosas e nos ambientes climáticos
áridos e semi-áridos.
c) Os processos erosivos têm estreita relação com os ambientes climáticos, o que levou à classificação do
relevo segundo os processos da esculturação, nas chamadas zonas morfoclimáticas.
d) A abrasão marinha é mínima na modelagem costeira e menos significativa que a ação dos organismos vivos,
animais e vegetais, no desgaste de rochas das regiões litorâneas.
e) Os vales glaciários em forma de U terminam nas partes baixas do terreno, onde as línguas das geleiras,
após descerem do alto das montanhas, depositam, em forma de pequenos montes, as areias, os seixos e o
material fino.
5-) Teve duração de aproximadamente 600 milhões de anos e é subdividida em 6 períodos. Suas principais
características são intensos processos de sedimentação, que deram origem a várias rochas sedimentais e
metamórficas, surgimento de várias formas de origem vegetal e animal, principalmente no ambiente marinho.
a) Pré-Cambriana;
b) Paleozóica;
c) Mesozóica;
d) Cenozóica;
e) Arqueozóica.

6-) Durante as eras Pré-Cambriana e Paleozóica, os continentes apresentavam configuração diferente da atual e
estavam unidos, formando um gigantesco continente denominado de:
a) Pantalessa;
b) Gondwana;
c) Pangéia;
d) Mioceno;
e) Eoceno.

7-) São formados pelo magma e podem ser solidificadas na superfície ou abaixo dela.
a) Rochas Magmáticas;
b) Rochas Sedimentares;
c) Rochas Metamórficas;
d) Rochas Orgânicas;
e) Rochas Clásticas.

8-) Teve duração de aproximadamente 150 milhões de anos, e foi dividido em tres períodos: Triassico, Jurássico e
cretáceo.
a) Pré-Cambriana;
b) Mesozóica;
c) Arqueozóica;
d) Paleozóica;
e) Cenozóica.

Gabarito
1-) A
2-) C
3-) B
4-) D
5-) B
6-) C
7-) A
8-) B

SIMULADO DE GEOGRAFIA 2º ENSINO MÉDIO

1-) (UEL – PR) "Ainda que a indústria seja a forma pela qual a sociedade apropria-se da natureza e transforma-a, a
industrialização, é um processo mais amplo, que marca a chamada Idade Contemporânea, e que se caracteriza pelo
predomínio da atividade industrial sobre as outras atividades econômicas. Dado o caráter urbano da produção
industrial (produção essa totalmente diferenciada das atividades produtivas que se desenvolvem de forma extensiva no
campo, como a agricultura e a pecuária) as cidades se tornaram sua base territorial, já que nelas se concentram
capital e força de trabalho."
SPÓSITO, M. E. B. Capitalismo e urbanização. São Paulo: Contexto, 1998, p. 43.

Com base no texto acima, assinale a alternativa correta:

a) A industrialização é um processo que ocorre somente em grandes cidades.


b) A base territorial da produção industrial são as cidades, pois nelas se concentram capital e força de trabalho.
c) As cidades da Idade Contemporânea devem sua existência exclusivamente às atividades industriais.
d) Em todas as grandes cidades da Idade Contemporânea, as atividades industriais concentram-se
estrategicamente no perímetro central, junto à área de comércio.
e) A industrialização é um processo que ocorre somente nas cidades do mundo desenvolvido.

2-) (UFSM – RS) Com relação aos fatores locacionais as indústria, pode-se afirmar:

a) Independentemente do tipo de indústria, os fatores locacionais, em ordem crescente de importância, são a


mão-de-obra, as fontes de energia e as matérias-primas.
b) A qualificação da força de energia de trabalho foi mais importante nos setores típicos da Primeira Revolução
Industrial, o que caracterizou as zonas industriais até meados do século XIX.
c) Na Segunda Revolução Industrial, as jazidas de carvão mineral condicionavam a localização das fábricas,
surgindo grandes regiões industrias em torno das bacias carboníferas de Londres e do Reno/Ruhr.
d) O mercado consumidor é um dos fatores determinantes da localização da indústria, o que se explica a
ligação histórica entre o fenômeno industrial e as concentrações urbanas.
e) Em virtude dos avanços tecnológicos, a indústria contemporânea já pode prescindir das redes de transporte
e comunicação, o que se explica o atual processo de desconcentração espacial.
3-) (UFRN) A revolução técnico-científica (ou terceira Revolução Industrial) está concentrada na articulação entre
informática, robótica, biotecnologia e telecomunicações. Essa revolução contribuiu para o surgimento de uma nova
divisão internacional do trabalho, que:

a) Reafirmou os países da América Latina e da África na condição de principais exportadores de matérias-


primas e compradores da tecnologia;
b) Colocou os países da América Anglo-Saxônica e da Ásia na condição da hegemônicos produtores de novas
tecnologias;
c) Tornou os países asiáticos exportadores de produtos eletrodomésticos;
d) Transformou os países europeus em compradores de tecnologia aeroespacial;
e) Tornou a China popular.

4-) (PUC – PR) "Nas fábricas Toyota, no Japão, um quarto dos operários de montagem foram substituídos por robôs.
Na Citroën, na França, a soldagem das carrocerias do CX é realizada por um robô que faz o trabalho de trinta
operários. Na mesma fábrica, cinqüenta motoristas e empilhadeiras foram substituídos por cinco programadores
sentados diante de suas mesas: os distribuidores de peças isoladas são automaticamente e os carros que apanham e
distribuem as peças são comandados por um computador (...)"
(GORZ, André).

Sobre o texto anterior, é incorreto afirmar:

a) Na época da automação, a maior parte das indústrias, na verdade, pode ou poderá produzir mais com
menos operários.
b) Em países industrializados como Bélgica, Alemanha, EUA, a redução progressiva da jornada de trabalho
para 36, 35 ou 30 horas semanais, sem redução salarial, já é um fato consumado.
c) Devido ao avanço recente na informática, nas telecomunicações, na pesquisa científica e tecnológica, o setor
terciário é o que mais vem crescendo nas últimas décadas, em especial nos países desenvolvidos.
d) Desde os anos 80, os níveis de desemprego estão diminuindo nos países desenvolvidos. Devido às
mudanças econômicas, o setor secundário está empregando cada vez mais operários, evitando a crise do
desemprego.
e) Os novos setores de ponta em tecnologia e na indústria representam aplicações de conhecimentos
científicos da microfísica, da ecologia, da genética, pois a importância da ciência e da tecnologia avançada
mudou radicalmente ns anos 70 e 80.

5-) (UFPE) "A importância do processo de modernização na modelagem das economias subdesenvolvidas só vem á
luz plenamente em fase mais avançada, quando os respectivos países embarcam no processo de industrialização."
(Celso Furtado)
Sobre esse assunto, podemos afirmar que:
1) As primeiras indústrias que se instalam nos países subdesenvolvidos concorrem com a produção artesanal e
se destinam basicamente a produzir bens simples não-duravéis;
2) A industrialização de um país subdesenvolvido tende a assumir a forma de manufatura local daqueles bens
de consumo que eram previamente importados;
3) Na fase de industrialização dos países subdesenvolvidos, o controle da produção por firmas estrangeiras
facilita e aprofunda a dependência econômica desses paises;
4) A industrialização, nas condições de dependência, de uma economia periférica, requer intensa absorção de
progresso técnico, sobretudo para a produção de novos produtos;
5) E durante a fase de "substituição das importações" que tem inicio, realmente, a formação de um sistema
industrial nos paises periféricos.

Estão corretas:
a) 1, 2, 3 e 4 apenas;
b) 2 e 4 apenas;
c) 1 e3 apenas;
d) 1, 2e 5 apenas;
e) Todas.

6-) (UFSCar – SP) Sobre a atual organização industrial dos Estados Unidos, é correto afirmar que:
a) O Nordeste apresentou um sensível declínio do setor industrial e está em franca decadência econômica;
b) A região das planícies centrais substituiu as tradicionais atividades agrícolas pela indústria;
c) As regiões Sul e Oeste formam o Sun Belt (Cinturão do Sol), que se destaca pela presença de indústrias de
alta tecnologia;
d) A região de fronteira com Canadá transformou-se em área industrial degradada, o chamado Rust Belt
(Cinturão da Ferrugem);
e) As Rochosas apresentaram forte crescimento industrial graças à descoberta de inúmeras reservas minerais.

7-) (FUVEST – SP) Sobre o modelo de industrialização implementado em países do Sudeste Asiático como Coréia do
Sul e Taiwan, e o adotado em países da América Latina como Argentina, Brasil e México, pode-se afirmar que:
a) Nos países do Sudeste Asiático, a participação de capital estrangeiro impediu o desenvolvimento de
tecnologia local, ao passo que, nos paises latino-americanos, ela promoveu esse desenvolvimento;
b) Nos dois casos não houve participação do Estado na criação de infra-estrutura necessário à industrialização;
c) Nos paises do Sudeste Asiático, a organização dos trabalhadores em sindicatos livres encareceu o produto
final, ao passo que, nos paises latino-americanos, a ausência de dessa organização tornou os produtos mais
competitivos;
d) Nos dois casos, houve importante participação de capital japonês, responsável pelo desenvolvimento
tecnológico nessas regiões;
e) Nos países do Sudeste Asiáticos, a produção industrial visou à exportação, ao passo que, nos países latino-
americanos, a produção objetivou o mercado interno.

8-) (UFSM – RS) Leia o texto a seguir:


"No interior da fabrica, as diferentes etapas de produção, deste a entrada das matérias-primas até a saída do produto,
são realizadas de forma combinada entre fornecedores e compradores. A quantidade de matérias-primas que entram
na fabrica corresponde exatamente à quantidade de produtos que serão produzidos."
LUCCI, E. A. Geografia: o homem no espaço global. São Paulo: Saraiva, 1998, p.85.

Esse sistema de produção industrial, totalmente adaptado ao mercado e característico do processo de industrialização
Técnico-Cientifico, denomina-se:
a) Cartel;
b) Fordismo;
c) Just in time;
d) Truste;
e) Holding.

Gabarito :
1-) B
2-) D
3-) A
4-) D
5-) E
6-) C
7-) E
8-) C

SIMULADO DE GEOGRAFIA 3º ENSINO MÉDIO

1-) (FAAP – SP) – "Muitos espaços da região Centro-Oeste têm se organizado em função da economia paulista."
Ilustra o texto anterior à introdução:
a) Da criação de gado no Pantanal Mato-grossense;
b) Da indústria de alimentos no Mato Grasso;
c) Da exploração de manganês no maciço de Urucum;
d) Da fruticultura em Goiás;
e) De cultivos comerciais como a soja no Mato Grosso do Sul.

2-) (PUC – MG) – "Os Planos Nacionais de Desenvolvimento na década de 1970, integraram esse região ao processo
de desenvolvimento capitalista, induzido pelo Poder Central. Expande-se o espaço produtivo agropecuário, tornando-
se a região exportadora de grãos, de carnes frigorificada."
O texto de refere à seguinte região do Brasil:
a) Sul;
b) Sudeste;
c) Norte;
d) Nordeste;
e) Centro-oeste.

3-) (PUC –MG) – "Foi ocupada com pecuária extensiva em pastos naturais; suas terras não são muito férteis;
existência de seis meses de abril a setembro; grande parte de seu bioma já perdeu a cobertura vegetal original;
atualmente vem sendo ocupada por extensas plantações de soja."
Essas características referem-se:
a) Ao Planalto Meridional;
b) Ao Sertão Nordestino;
c) À Região Amazônica;
d) À Região do Cerrado;
e) À Região do Pantanal.

4-) (UFRN) – A mais extensa das sub-regiões do Nordeste brasileiro é uma área de baixa densidade demográfica e de
solos rasos. Sua economia se baseia na pecuária extensiva de corte e na agricultura tradicional.
E descrição acima se refere à (ao):
a) Meio-Norte;
b) Agreste;
c) Sertão;
d) Zona da Mata;
e) Amazônia.

5-) (UNIFESP – SP) – Encontra-se em uma região úmida que recebe forte influencia da Massa Tropical Atlântica,
recebe muita insolação devido à sua localização tropical e sofre com enchentes em épocas de chuvas. Trata-se da
cidade de:
a) Manaus;
b) Salvador;
c) Fortaleza;
d) Brasília;
e) Porto Alegre.

6-) (MACK – SP) – No Nordeste brasileiro, formações rochosas típicas do clima semi-árido, com presença de morros
residuais onde houve colaboração da erosão eólia, recebem o nome de:
a) Peneplanos;
b) Mares de morros;
c) Inselbergs;
d) Tabuleiros;
e) Trapps.

7-) A cadeia montanhosa mais alta do mundo se situa na Ásia, e se denomina:


a) Cáucaso;
b) Himalaia;
c) Pamir;
d) Hinducush;
e) Tian Chan.

8-) (FATEC – SP) – Povo de maioria muçulmana, ocupando trechos de vários países e que, no inicio do ano de 2003,
foi envolvido na Guerra do Iraque.
Esse povo constitui hoje o maior grupo étnico – cerca de 24 milhões de pessoas – sem Estado do mundo. Reivindica a
formação de seu próprio país. Trata-se dos:
a) Bascos;
b) Curdos;
c) Chechenos;
d) Albaneses;
e) Bósnios.

Gabarito
1-) A
2-) E
3-) D
4-) C
5-) B
6-) C
7-) B
8-) B