P. 1
Não se admire se um dia

Não se admire se um dia

|Views: 275|Likes:
Publicado porAlejandra Galter

More info:

Published by: Alejandra Galter on Apr 15, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/12/2014

pdf

text

original

"Não se admire se um dia, um beija flor invadir A porta da tua casa, te der um beijo e partir Foi eu que mandei

o beijo que é pra matar meu desejo Faz tempo que eu não te vejo, ai que saudade d'ocê Se um dia ocê se lembrar, escreva uma carta pra mim Bote logo no correio, com frases dizendo assim Faz tempo que eu não te vejo, quero matar meu desejo Lhe mando um monte de beijo ai que saudade sem fim.." "Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."♥ (Luiz Fernando Veríssimo) Se amanhã você se tornasse uma cobra... E começasse a devorar humanos, e da mesma boca da qual você os devora... Você falasse para mim, “Eu te amo”... Poderia eu também dizer “Eu te amo”, da mesma forma que eu digo hoje? Eu estou feliz de ter te encontrado novamente... Dos Sonhos a Realidade, E novamente repetiria tudo de novo, pois não me arrependo de nada! Já me decidi...

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=11394514945886435602 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=2067960870371209499
Não é possivel existir Naquilo que eu não fui, Naquilo que eu não vivi, Mas é possivel crescer através Daquilo que eu tentei, Daquilo que eu busquei, Daquilo que eu senti."(PABLO NERUDA)

Poemo 14: "Dum la malgaja vento galopas buĉante papiliojn mi vin amas, kaj mia ĝojo mordas vian buŝon mirabelan." Original: "Mientras el viento triste galopa matando mariposas yo te amo, y mi alegría muerde tu boca de ciruela." A tradução que eu conheço em português: "Enquanto o vento triste galopa matando borboletas eu te amo, e minha alegria morde tua boca de ameixa." "....Mas se amo os teus pés É só porque andaram Sobre a terra e sobre O vento e sobre a água, Até me encontrarem."

Vida e morte. Energia e Paz. Se eu parar hoje, ainda assim teria valido a pena. Mesmo os erros terrivéis que cometi e teria desfeito se pudesse. As dores que me queimavam e que marcaram a minha alma, valeram a pena. Por terem me permitido andar onde andei que foi ao inferno na terra, ao céu na terra e de volta, por baixo longe e entre um e outro através, por dentro e por cima deles." (Gia Marie Carangi) Sexo era muito fácil Era...sexo estava em todo canto. Não significava muito... Amor, amor era coisa difícil de se achar, Mesmo se você estivesse procurando, o que era raro alguém estar, mesmo se você o encontrasse o que era raro, mesmo se estivesse bem ali na sua frente. Como conseguiria vê-lo, com tanto sexo atrapalhando a vista? (Gia Marie Carangi) Extremamente difícil, minhas obviedades possuem mapas complexos, os inúmeros x apontando o local exato do tesouro são quase todos falsos, eivados de selvas emaranhados,

não sei onde fica esse lugar. Abro mão da primavera para que continues me olhando" (Neruda) “Vai menina. Vai. Nada a ver com você. e aprendi também a importância de deixar o caçador supor ser caçador quando na verdade é o caçado. Como quem brinca somente. Se você deixar que tenha a você. Não quero dormir sem teus olhos. e .. Em quarto lugar o verão A quinta coisa são teus olhos. Regras. Mas para o bom caçador. eu daria beijos neles todos os dias. não? Eu poderia ter os meus proprios filhos.. pantera astuciosa de garras afiadas." Por que saberia que ser alguém não faz ser ninguém mesmo. esquece do mundo. Palavras. Mergulha no que te dá vontade. andar felino. menina. sabe? Ou como fazer isso. pigmeus vorazes.Como quem não tem o que perder. Sonhos se realizam. tigres enfurecidos. E se eles fizessem muito barulho. Entendo. Abraça o que te faz sorrir.. Eu sei. E diria a eles: "Vocês não tem de ser ninguém.lagos barrentos infestados de piranhas. Não quero ser. Planos. ferocidades invisíveis. Mas. E você sempre vai ser alguém para mim. Como quem não aposta. Molha os pés na poça. Não espere. É o quão isso te faz sorrir. ninhos de serpentes. pra sempre. Bem. pestes tropicais. crocodilos famintos. sabe? Tem de se separar o que está acontecendo e estar em outro lugar.. eu. Sonha que é de graça. você as dita. Promessas vão e vem. ou não. eu os colocaria num lugar tranquilo. E só”. o vento leva. A terceira é o grave inverno.. Eu lhes daria rosas amarelas." (Trecho do diário de Gia Marie Carangi) "Quero apenas cinco coisas. fecha os olhos. Os olhos se fecham um dia... sem que me olhes. Joga a vida. o que é que eu quero? Eu vou ser rei e você a rainha. febres malignas. Primeiro é o amor sem fim. Que a vida não espera por você. caçadores de cabeças. só existe pra quem quer. Solta os cabelos. Coloca-los num forno. se fode. (Caio Fernando Abreu) ocultar . A resposta é tão enorme.. E o que importa você sabe. curares e tisanas. Distância. se desfazem. (Caio Fernando Abreu) "Eles não estão olhando para você. A segunda é ver o outono.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->