Você está na página 1de 57

TÓRAX

Rotinas Básicas Rotinas Especiais Rot. Esp. p/ Cadeirantes


∗ P.A. *Oblíquas *A.P.
∗ Perfil *Ápico Lordótica *Perfil
∗ Latero Declive
∗ Decúbito Lat. Com Raio na Horizontal

P.A. de Tórax
∗ Pcte em Ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos em supinação sob a crista ilíaca.
∗ Queixo elevado;
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7. Em A.P.
localizar a Fúcula-Esternal de 8 à 10 cm. E em P.A. localizar na
proeminente colocando um palmo abaixo (18 à 20 cm).
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. O chassi irá ficar na
margem superior a 2 dedos acima dos ombros.
RESP. – na 2ª inspiração.

BIZU – todas as incidências de tórax são feitos à 1,5 à 1,80 m, exceto em leito no centro
cirúrgico que é feito à 1m.

Perfil de Tórax
∗ Lado do coração mais próximo do filme (Esq.)
∗ Pcte em Ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos sobre a cabeça;
∗ Queixo elevado;
∗ Plano mediano-sagital paralelo ao filme.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35, 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal. O
Chassi ficará com sua margem superior a 1 dedo acima do
ombro.
RESP. – na 2ª inspiração.

OBLIQUAS : A 45º de obliqüidade.

Refer. Posição Estuda


P.A. O.A.D. – Esquerdo
O.A.E. – Direito

A.P. O.P.D. – Direito


O.P.E. – Esquerdo

Obliqua Anterior Direita


∗ Pcte em Ortostase;
∗ Mão D em pronação na crista ilíaca com os dedos voltados para
baixo;
∗ Mão E sobre a cabeça;
∗ Queixo elevado;
∗ Pcte encostando o lado D anterior mais próximo do filme.
R.C. - – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Obliqua Anterior Esquerda


∗ Pcte em Ortostase;
∗ Mão E em pronação na crista ilíaca com os dedos voltados para
baixo;
∗ Mão D sobre a cabeça;
∗ Queixo elevado;
∗ Pcte encostando o lado E anterior mais próximo do filme.
R.C. - – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Obliqua Posterior Direita


∗ Pcte em Ortostase obliquado a 45º;
∗ Mão E em pronação na crista ilíaca com os dedos voltados para
baixo;
∗ Mão D sobre a cabeça;
∗ Queixo elevado;
∗ Pcte encostando o lado D posterior mais próximo do filme.
R.C. - – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Obliqua Posterior Esquerdo


∗ Pcte em Ortostase obliquado a 45º;
∗ Mão D em pronação na crista ilíaca com os dedos voltados para
baixo;
∗ Mão E sobre a cabeça;
∗ Queixo elevado;
∗ Pcte encostando o lado E posterior mais próximo do filme.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do
ombro.
2
RESP. - na 2ª inspiração.

Ápico Lordotico Tórax


∗ Pcte em ortostase;
∗ Afastar o pcte 30cm do Buck;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos em supnação sob a crista ilíaca;
∗ Pcte irá fazer um arco lordótico, projetando o lobo occipital no
Buck.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 5 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Ápico Lordotico Tórax em Decúbito Dorsal (DD)


∗ Pcte em DD;
∗ Pés estirados e neutros;
∗ Mãos em supnação sob a crista ilíaca;
R.C. – sentido vertical, na distância de 1m, incidindo à nível da
T7 com angulação de 15º a 20º cefálico.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 5 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Latero Declive
∗ Pcte em A.P.;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mão D sob a cabeça e Mão E livre na lateral do corpo;
∗ Inclinação para a direita.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Decúbito Lateral com raio horizontal (Laurell)


∗ Pcte em D.L. Dir ou Esq.;
∗ Pernas uma sobre a outra flexionadas;
∗ Mãos sobre a cabeça;
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na longitudinal. 2 dedos acima
do ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

A.P. Básico para cadeirante


∗ Pcte em semi-ortostase;
∗ Queixo elevado;
∗ Mãos na lateral do corpo.
R.C. – na horizontal, na distância de 1,5 à 1,80m, incidindo à nível
da T7 com angulação de 3º a 5º caudal.
3
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.
Perfil Básico para cadeirante
∗ Pcte em semi-ortostase;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Pcte com os braços cruzados acima da cabeça;
∗ Lado Esq. Mais próximo do filme;
∗ Queixo elevado;
∗ Coluna Ereta.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m na horizontal,
incidindo à nível da T7.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na longitudinal. 1 dedos
acima do ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

A.P. do Tórax em Decúbito Dorsal (Leito)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos e pés estendidos;
∗ Elevar o queixo do pcte.
R.C. – na distância de 1,5 à 1,80m na vertical, incidindo à nível da
T7 com angulação de 3º a 5º caudal.
CHASSI – 35 x 35 ou 35 x 43 na transversal. 2 dedos acima do
ombro.
RESP. - na 2ª inspiração.

Vias Respiratórias Altas


Básicas Marco Topográfico
∗ A.P. *Pavilhão Auditivo
∗ Perfil *Fúrcula Esternal

A.P. Vias Respiratórias Altas


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Braços na lateral do corpo;
∗ Queixo elevado.
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo à nível da T1 e T2.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal. A nível do pavilhão auditivo.
RESP. - lenta e progressiva.

Perfil das Vias Respiratórias Altas


∗ Pcte em ortostase;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos para trás e tracionadas para baixo;
∗ Queixo elevado.
R.C. – distância de 1,80m na horizontal, incidindo à nível da C6 e
C7.
4
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal. A nível do pavilhão auditivo.
RESP. - lenta e progressiva.
Abdômen
Básicas Especiais Rotinas para Abdômen Agudo
∗ A.P. (P.A.) *A.P. em ortostase *P.A. de Tórax;
*D.L. com raio Horizontal (A.P.) *A.P. em ortostase do abdômen
*D.D. com raio Horizontal (Perfil) *A.P. em D.D. do Abdômen
*D.L. com raio Vertical (Perfil)

Marco Topográfico
Apêndice Xifóide;
Margem Inferior das costelas;
Cristas ilíacas;
E.I.A.S. – espinha Ilíaca Antero Superior;
Sínfise Púbica;
Articulação Coxo-femural (Acetábulo).

A.P. do Abdômen
∗ Pcte em D.D.;
∗ Pés neutros;
∗ Mãos e pernas estendidos;
∗ Travesseiro para o pcte.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo à nível das cristas
ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, no meio do filme.
RESP. – Expiração Total

A.P. do Abdômen em Ortostase


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos na lateral do corpo.
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo 2 dedos acima das
cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, no meio do filme.
RESP. – Expiração Total

Decúbito Lateral com raio Horizontal (A.P.)


∗ Pcte em D. L. D ou E;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Mãos como apoio da cabeça;
∗ Plano mediano sagital perpendicular ao filme.
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo 2 dedos
acima das cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, no meio do
filme.
RESP. – Expiração Total

5
Decúbito Dorsal com raio na Horizontal (Perfil)
∗ Pcte em D.D.;
∗ Pés neutros e pernas flexionadas ou estendidas;
∗ Mãos sobre a cabeça (suporte);
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo 2 dedos
acima das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, no meio do filme.
RESP. – Expiração Total

Decúbito Lateral com raio na vertical (Perfil)


∗ Pcte em D.L.;
∗ Pés flexionadas, uma sobre a outra;
∗ Mãos sobre a cabeça.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 2 dedos acima
das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, no meio do filme.
RESP. – Expiração Total

Abdômen Agudo
Básicas Especiais
∗ P.A. do Tórax *Decúbito Lateral com Raios Horizontal(A.P.) .
∗ A.P. do Abdômen em Ortostase
* A.P. em Decúbito Dorsal com Raios Verticais (D.D.)

Bacia ou Quadril (Bilateral)


Básicas Especiais Quadril Unilateral
∗ A.P. *A.P. Axial de Saída (Met. Taylon) *A.P.
∗ A.P. de Rã (Lowenten / *A.P. Axial de Entrada *A.P. de Rã
Batráquios / Frogg / Cléa- *Obliquas Posteriores (Met. Alan Obturatriz)
Vês modificada)

Marcos Topográficos para Bacia Bilateral


Cristas ilíacas
Espinha Ilíaca Antero Superior (E.I.A.S.)
Sínfese Púbica
Tubérculos maiores e menores
Tubérculos Isquiânicos.

6
A.P. Bacia ou Quadril Bilateral
∗ Pcte em D.D.;
∗ Braços sobre o Tórax;
∗ Pés estendidos com rotação de 15º a 20º internamente;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5 dedos abaixo
das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na transversal, a 2 dedos acima das cristas
ilíacas.
RESP. – Expiração Total

A.P. de Rã Bilateral
∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas irá flexionar (Joelhos a 90º do pcte) e
abduzidas de 40º a 45º.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 6 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na transversal, a 2 dedos acima das
cristas ilíacas.
RESP. – Expiração Total

A.P. Axial de Saída (Método de Taylon)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas estendidas e os pés em rotação de 15º
internamente;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 10 dedos
abaixo das cristas ilíacas, com angulação para homens
de 20º a 35º e para mulheres de 30º a 45º sentido
cefálico.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, R.C. no meio do
filme.
RESP. – Expiração Total.

A.P. Axial de Entrada (Só para Mulheres)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas estendidas e pés neutros.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 2 dedos
abaixo das cristas ilíacas, com angulação de 40º
sentido caudal.
CHASSI – 30 x 40, 35 x 35 ou 35 x 43 na
transversal.
RESP. – Expiração Total

7
Obliquas Posteriores (Mét. Alan Obturatriz ou Mét. de JUDET)
∗ Pcte em D.D. obliquado o corpo há 45º (D/E);
∗ Perna D flexionada e o pé D irá ficar abaixo da
perna E estendida;
∗ Corpo inteiro obliquado.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 6 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na transversal, R.C. no meio do
filme.
RESP. – Expiração Total

A.P. Quadril Unilateral


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas estendida;
∗ Pé D com angulação de 15º internamente.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima
das cristas ilíacas.
RESP. – Expiração Total

Obs.: Fêmur Proximal – R.C. – irá incidir na coxofemoral.


Chassi – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima da coxofemoral.

A.P. de Rã (Quadril Unilateral)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Perna E estendida;
∗ Perna D flexionada a 90º e abduzida de 40º a 45º.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 6 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, a 2 dedos acima
das cristas ilíacas.
RESP. – Expiração Total

Quadril para Trauma


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas irão permanecer do jeito que chegaram;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5 dedos abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima das cristas ilíacas.
RESP. – Expiração Total

8
Articulação Sacro-Ilíaca
Básicas
∗ A.P.
∗ Obliquas Posteriores (OPD ou OPE)

A.P. Axial para Articulação Sacro-Ilíaca


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas estendidas e pés neutros com rotação de 15º
internamente.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5 dedos
abaixo das cristas ilíacas com angulação de 30º para
homem e 35º para mulheres, sentido cefálico.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total

Obliquas Posteriores (Art. Sacro-Ilíacas)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Perna E estendida sobre a perna D que está flexiona
a 90º;
∗ A mão D sobre o tórax e a mão E apoiando o peso
do corpo, e obliqüidade do corpo a 25º a 30º (para
todo o corpo).
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, R.C. no meio do
filme.
RESP. – Expiração Total.

Obs.: para Articulação Sacro-Ilíaca Inferior necessita-se de uma angulação do R.C. de 15º a 20º
sentido cefálico.
Coluna Cervical
Básicas Especiais Cervical com Trauma
∗ A.P. Axial *Obliquas OPD e OPE *Perfil com raio horizontal
∗ Perfil *A.P. Transoral ou Transbucal
*Lateral na posição do nadador
*Lateral com Hiperentensão e Hiperflexição
*A.P. de FUCH
*A.P. de JUDD
*A.P. de Mastigação
*A.P. Axial de Pilares

Marcos Topográficos da Cervical


MAE – Meato Auditivo Externo;
Processo Mastóide.........................C1

9
Gônio.............................................C3
Cartilagem Tireóide.......................C4
Proeminente...................................C7 a T1.
A.P. Axial da Coluna Cervical
∗ Pcte em ortostase ou em D.D.;
∗ Queixo elevado;
∗ Mãos na lateral do corpo;
∗ Pés ligeiramente afastados.
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo na C4, com angulação
de 15º a 20º no sentido cefálico.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal, a 2 dedos acima do pavilhão
auditivo.
RESP. – Expiração Total.

Perfil da Coluna Cervical


∗ Pcte em ortostase;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Pés ligeiramente afastados.
∗ Mãos para trás, uma sobre a outra e tracionadas para
baixo.
∗ Queixo elevado;
R.C. – distância de 1,80m na horizontal, incidindo na C4.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal, a 2 dedos acima do
pavilhão auditivo.
RESP. – Expiração Total.

Obliquas da Coluna Cervical (OPD ou OPE)


∗ Pcte em ortostase;
∗ Corpo obliquado a 45º;
∗ Mãos da lateral do corpo;
∗ Pernas ligeiramente afastadas;
∗ Queixo elevado;
∗ Crânio em perfil.
R.C. – distância de 1,80m na horizontal, incidindo na C4, com
angulação de 15º a 20º no sentido cefálico.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal, a 2 dedos acima do pavilhão
auditivo.
RESP. – Expiração Total.

A.P. Transoral ou Transbucal (Estuda a C1 e C2)


∗ Pcte em ortostase ou em D.D.;
∗ Mãos na lateral do corpo;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Queixo elevado e abrir a boca ao máximo;
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo no meio da
boca.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal, a 2 dedos acima do
pavilhão auditivo.
10
RESP. – Pare de respirar e não engolir.

Lateral na posição do Nadador (Perfil do Nadador) (Método de Twining)


(Estuda a C7)
∗ Pcte em ortostase;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mão Esq. Na cabeça e Mão dir. estendida na lateral
do corpo.
R.C. – distância de 1,5 a 1,80m na horizontal,
incidindo na T1, com angulação de 3º a 5º no sentido
caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima
do pavilhão auditivo.
RESP. – Expiração Total.

Lateral com Hiperextensão e Hiperflexão


∗ Pcte em ortostase;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos para trás e tracionadas para baixo;
∗ Cabeça com Hiperextensão e Hiperflexão;
R.C. – distância de 1,5 a 1,80m na horizontal,
incidindo na C4..
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima
do pavilhão auditivo.
RESP. – Expiração Total.

A.P. de FUCH
∗ Pcte em D.D.;
∗ Travesseiro nas costas do pcte;
∗ Pescoço faz uma hiperextensão até que a linha mento-meatal
fique perpendicular ao filme;
∗ Braços e pernas estendidas;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 1 dedo abaixo do
mento.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal ou na transversal.
RESP. – Expiração Total.

A.P. de JUDD
∗ Pcte em D.V.;
∗ Mãos na lateral da cabeça;
∗ Cabeça em hiperflexão fazendo que a linha mento-meatal
fique perpendicular ao filme;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 1 dedo a frente do
mento.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal ou na transversal.
11
RESP. – Expiração Total.

A.P. de Mastigação (Método de Ottonello) (Estuda toda a Cervical)


∗ Pcte em ortostase ou em D.D.;
∗ Queixo elevado;
∗ Mãos na lateral do corpo;
∗ Pés ligeiramente afastados.
∗ Pcte mastigando;
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo na C4, com angulação
de 15º a 20º no sentido cefálico.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal, a 2 dedos acima do pavilhão
auditivo.
RESP. – Expiração Total.

A.P. Axial (Pilares) arco vertebral (Estuda o Processo Espinhoso)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Pés e mãos estendidas na lateral do corpo;
∗ Extensão do pescoço.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo na C5, com
angulação de 20º a 30º no sentido caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – Pare de respirar.

Cervical com Trauma (Perfil)


∗ Pcte do jeito que chegar.
R.C. – distância de 1m na horizontal, incidindo na C4.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – Pare de respirar.

Coluna Dorsal ou Torácica


Básica Especial Marcos Topográficos
∗ A.P. *Obliqua 70º *Incisura Jugular
∗ Perfil *Margem das Costelas Inferiores

A.P. da Coluna Dorsal ou Torácica


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos e pernas estendidas;
∗ Pés neutros.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo na T7.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, a 2
dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

12
Perfil da Coluna Dorsal
∗ Pcte em D. L. Esq.;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Plano coronal perpendicular a linha da mesa;
∗ Pernas flexionadas a 90º uma sobre a outra;
∗ Mão E debaixo da cabeça e a Mão D acima da
cabeça.
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo na T7.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, a 2
dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Obliqua 70º (Estuda a Articulação Zigopofisária)


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pcte obliquado a 70º;
∗ Pernas ligeiramente afastadas;
∗ Mãos sobre a cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo na T7.
CHASSI – 30 x 40 ou 35 x 43 na longitudinal, a 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Coluna Lombar
Básicas Especial
∗ A.P. *Obliquas
∗ Perfil

A.P. da Coluna Lombar


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas flexionadas;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a nível das
cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Perfil da Coluna Lombar


∗ Pcte em D.L.;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Mão E debaixo da cabeça e Mão D acima da cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a nível
das cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

13
Obliqua para Coluna Lombar (Estuda o “Cachorro Fox Terrien ou
Lampachelle”)
∗ Pcte obliquado a 45º;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Mão E apoiando na lateral da mesa e Mão D
sob a cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a
nível das cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Coluna Lombo-Sacra
Básicas Especiais
∗ A.P. A.P. Axial L5 e S1
∗ Perfil
∗ Perfil L5 e S1

A.P. para Coluna Lombo-Sacra


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas flexionadas;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a nível das
cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Perfil para Coluna Lombo-Sacra


∗ Pcte em D.L.;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Mão E debaixo da cabeça e Mão D acima da cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a nível das cristas ilíacas.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Perfil L5 e S1 da Coluna Lombo-Sacra


∗ Pcte em D.L.;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
∗ Mão E debaixo da cabeça e Mão D acima da cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 2 dedos abaixo das
cristas ilíacas com angulação de 5º a 10º sentido caudal.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
14
RESP. – Expiração Total.

A.P. Axial L5 e S1 da Coluna Lombo-Sacra


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos sobre o tórax;
∗ Pernas levemente flexionadas com suporte ou relaxadas;
∗ Pés neutros;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 2 dedos abaixo
das cristas ilíacas com angulação de 30º para homens e 35º
para mulheres sentido cefálico.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Coluna para Escoliose


Básicas Especiais
∗ A.P. (P.A.) *A.P. (P.A.) Método de Ferguson
∗ Perfil *A.P. (P.A.) Inclinada para Dir / Esq.

A.P. (P.A.) para Coluna Escoliose


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados;
∗ Mãos na lateral do corpo;
R.C. – distância de 1m na vertical, projetado no meio do
filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua margem
inferior a 3 dedos abaixo das cristas ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

Perfil para Coluna Escoliose


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastado;
∗ Mãos acima da cabeça;
∗ Plano mediano sagital paralelo ao filme;
R.C. – distância de 1m na vertical, projetado no meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua margem inferior a
3 dedos abaixo das cristas ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

A.P. (P.A.) Mét. de Ferguson


∗ Pcte em ortostase;
∗ Pés ligeiramente afastados e com suporte de 5 cm no pé D e depois no E;
∗ Mãos na lateral do corpo;
R.C. – distância de 1m na vertical, projetado no meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua margem inferior a 3 dedos abaixo das cristas
ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

15
A.P. (P.A.) Inclinada para Dir e Esq
Pcte em ortostase;
Pés ligeiramente afastados;
Mãos sobre a cabeça;
R.C. - – distância de 1m na horizontal, projetado no
meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua
margem inferior a 3 dedos abaixo das cristas ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

FUSÃO VERTEBRAL (4
incidências; sempre em D.D.)
A.P. (P.A.) inclinação para Dir e Esq
∗ Pcte em D.D.
∗ Mãos na lateral do corpo;
∗ Pernas no meio da mesa;
∗ Pés neutros;
∗ Inclinando o corpo para Dir e depois para Esq.;
R.C. – distância de 1m na vertical, projetado no meio
do filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua
margem inferior a 3 dedos abaixo das cristas ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

Lateral – Hiperextensão e Hiperflexão


∗ Pcte em D.L.;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Mãos sobre a cabeça;
∗ Pcte irá fazer uma hiperextensão ou hiperflexão;
R.C. – distância de 1m na vertical, projetado no meio do
filme.
CHASSI – 35 x 43 na longitudinal, localizado sua
margem inferior a 3 dedos abaixo das cristas ilíaca.
RESP. – Expiração Total.

A.P. Axial para Sacro e A.P. Axial para Cóccix


∗ Pcte em D.D.;
∗ Pernas estendidas;
∗ Mãos na lateral do corpo ou sobre o tórax;
∗ Pés neutros;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo a 5 dedos
abaixo das cristas ilíacas.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.
Obs.: o R.C. para o Sacro tem angulação de 15º cefálico
16
E para o Cóccix 10º caudal.
Perfil para Sacro
∗ Pcte em D.L.;
∗ Pernas flexionadas à 90º;
∗ Mãos sobre a cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 3
dedos abaixo das cristas ilíacas e 5 dedos posterior
da E.I.A.S., a ser projetado no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Perfil do Cóccix
∗ Pcte em D.L. Esq.;
∗ Pernas flexionadas;
∗ Mãos como apoio da cabeça;
R.C. – distância de 1m na vertical, incidindo 5
dedos abaixo das cristas ilíacas e 6 dedos posterior
da E.I.A.S., a ser projetado no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

Falanges
Dedos 2ª a 5ª Falange Polegar (1ª Falange) Especial
∗ P.A. *A.P. *A.P. (Mét. de Robert)
∗ P.A. Obliqua *P.A. Obliqua
∗ Perfil *Perfil

P.A. 2ª a 5ª Falange
∗ Mãos em P.A.;
∗ Articulação Interfalangeana Proximal (A.I.F.P.)no
meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na
A.I.F.P.

Perfil
∗ Mão em perfil;
∗ A.I.F.P. no meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na A.I.F.P.

17
A.P. Polegar (1ª Falange)
∗ Mão com rotação interna;
∗ Articulação Metacarpo Falangeana (A.M.C.F.) no meio do
filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na A.M.C.F.

P.A. Obliqua
∗ Mão em P.A.;
∗ A.M.C.F. no meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na A.M.C.F.

Perfil do Polegar
∗ Polegar em Perfil;
∗ A.M.C.F. no meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na A.M.C.F.

A.P. (Mét. de Robert)


∗ Mão com rotação interna a qual o polegar fique em A.P.;
∗ Pcte segura da 2ª a 5ª falange com a outra mão;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, com angulação de 15º em
direção ao corpo, incidindo na A.M.C.F.

Mãos
Mãos p/ Concurso Mãos dia-a-dia Mãos Corpo Estranho Especial para Mãos
∗ P.A. *P.A. *P.A. *A.P.Obliqua (Mét.de
∗ P.A. Obliqua *P.A. Obliqua *Perfil com Extensão Norgaard)
∗ Perfil

P.A. da Mão
∗ Mão em P.A.;
∗ A.M.C.F. no meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo na 3ª falange na
A.M.C.F.

18
P.A. obliqua da Mão
●Mão em PA obliquada a 45°
●A.M.C.F no meio do filme
●R.C- DFoFi 1m na vertical, incidindo na 3ª falange na
A.M.C.F.

Perfil da Mão
●Mão em perfil
●A.M.C.F no meio do filme
●R.C- DFoFi 1m na vertical, incidindo na 2ª falange na A.M.C.F.

A.P. Obliqua (Mét. de Norgaard)


∗ Mãos em A.P. Obliquada a 45º;
∗ A.M.C.F. no meio do filme;
R.C.- a distância de 1 m na vertical, incidindo nas 5ª A.M.C.F.

Punho
Punho – Básica Concurso Básica dia-a-dia Especial Punho
∗ P.A. *P.A. *Flexão Ulnar
∗ P.A. Obliqua *Perfil *Flexão Radial
∗ Perfil *Flexão Ulnar (Mét. de Stecher)
*Túnel do Carpo (Mét. de Gaynor-Hart)
*Ponte do Carpo

P.A. do Punho
∗ Punho em PA. E o punho no meio do filme;
R.C.- distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
Punho.

19
P.A.Obliqua para Punho
∗ Obliquar o punho a 45º;
R.C.- distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
Punho.

Perfil do Punho
∗ Mão em extensão;
∗ Punho em Perfil;
R.C.- distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
filme.

Flexão Ulnar
∗ Punho em P.A. flexionado em direção da ulna;
R.C.- distância de 1 m na vertical, com angulação de 10º a
15º em direção ao corpo.

Flexão Radial
∗ Punho em P.A. flexionado em direção ao radio;
R.C.- distância de 1 m na vertical, incidindo no punho.

Flexão Ulnar (Mét. de Stecher)


∗ Punho em P.A.;
∗ Mão com elevação e com suporte de 20º fazendo uma
flexão ulnar;
R.C.- distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
punho.

Túnel da Carpo (Mét. de Gaynor-hard)


∗ Mão em P.A.;

20
∗ Fazer uma hiperextensão da mão, com a outra mão segurando as falanges.
R.C.- distância de 1 m na vertical, com angulação de 25º a 30º em direção ao corpo, incidindo no
meio do metacarpo saindo no meio do filme.

Ponte do Carpo (Ortostase)


∗ Pcte em ortostase fazendo uma flexão do punho deixando
a mão em supinação.
R.C.- distância de 1 m na vertical, com angulação de 45º
em direção ao corpo, incidindo 2 dedos acima do punho.

Antebraço
Básicas
∗ A.P.
∗ Perfil

A.P. do Antebraço
∗ Antebraço em A.P.;
∗ O meio do antebraço no meio do filme;
R.C. – na distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
antebraço.

Perfil do Antebraço
∗ Antebraço em Perfil;
∗ Mão estendida e braço flexionado a 90º do antebraço.
R.C. – na distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
antebraço.

Cotovelo
Cotovelo Básica p/ Concurso Básica dia-a-dia Especial do Cotovelo
*A.P. *A.P. *Pico do olecrano
*A.P. Obliqua *Perfil *Flexão (Mét de Jones)

21
*Perfil

A.P. do Cotovelo
∗ Cotovelo em A.P. no meio do filme;
R.C. – distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
cotovelo.

Perfil do Cotovelo
∗ Cotovelo em Perfil;
∗ Antebraço com o braço fazendo flexão de 90º;
∗ Mão em extensão.
R.C. – distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do
cotovelo.

Obliqua media do Cotovelo


∗ Braço estendido com a mão em P.A.;
∗ Cotovelo no meio do filme;
R.C. – distância de 1 m na vertical, incidindo no meio do cotovelo.

Pico do Olecrano
∗ Cotovelo em P.A.;
∗ Antebraço com o braço fazendo flexão de 90º;
R.C. – distância de 1 m na vertical, incidindo 2 dedos acima do cotovelo com angulação de 10º a
15º em direção ao corpo.

Flexão (Mét. de Jones) (2 exposições)


∗ Cotovelo em A.P. fazendo uma hiperflexão do
cotovelo queixo na mão
1º R.C. – perpendicular ao braço;
2º R.C. – perpendicular ao antebraço;
DFoFi 1 m de distância na vertical, incidindo no
meio do filme.

22
Úmero e Ombro
Úmero Ombro sem Trauma Ombro com Trauma
∗ A.P. *A.P. com Rotação Externa *A.P. com Rotação Neutra
∗ Perfil *A.P. com Rotação Interna (Perfil) *Perfil Transtorácico
Ou
*Perfil Y Escapular
Especiais Especiais
*Axial Ínfero-Superior(Mét. de Lawrence) *Obliqua Apical (Mét. de Garth)
*Axial Ínfero-Superior (Mét. de West Point)
*Obliqua Posterior – Cavidade Glenoíde (Mét. de Grashey)
*Sulco Intertubercular – Bicipital (Mét. de Fisk)
*Axial Supero – Inferior (Mét. de D.M.S.)

A.P. do Úmero
∗ Pcte em ortostase;
∗ Encostar o ombro no chassi; fazendo uma pequena
obliqüidade no corpo para encosta úmero no buck
∗ Mão em supnação.
R.C. – 1 m de distância na horizontal, incidindo no meio do
úmero.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal, a 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Perfil do Úmero
∗ Pcte em ortostase;
∗ Corpo obliquado para encostar o ombro no buck;
∗ Braço encostado no Buck;
∗ Pcte irá fazer uma rotação interna deixando a mão em
pronação.
R.C. – a 1 m de distância na horizontal, incidindo no meio do
úmero.
CHASSI – 30 x 40 na longitudinal, a 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

A.P. com Rotação Externa (Especial do Ombro sem Trauma)


∗ Pcte em ortostase;
∗ Mãos em supinação;
∗ Obliqüidade no corpo para encostar o ombro no buck;
∗ Crânio em perfil.
R.C. – 1 m de distância na horizontal, incidindo na Art.
Escapuloumeral.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, a 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.
23
A.P. com Rotação Interna (Especial do Ombro sem Trauma)
∗ Pcte em ortostase;
∗ Mãos em pronação;
∗ Obliqüidade no corpo para encostar o ombro no buck;
∗ Crânio em perfil.
R.C. – a 1m de distância na horizontal, incidindo na Art.
Escapuloumeral.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, a 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Axial Ínfero-Superior (Mét. de Lawrence)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Ombro a ser estudado elevado 7cm da mesa;
∗ Rotação externa ao máximo no braço, deixando o braço em
relação ao corpo a 90º.
R.C. – 1m de distância na horizontal, incidindo na Axila,
saindo no meio do filme. Distante do plano medial do corpo 25º
a 30º.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, irá ficar sobre o ápice do
ombro em Técnica livre.
RESP. – Expiração Total.

Axial Ínfero-Superior (Mét. de West Point)


∗ Pcte em D.V.;
∗ Ombro a ser estudado elevado a 7cm da mesa;
∗ Braço em relação ao corpo 90º;
∗ Braço em relação ao antebraço a 90º;
∗ Antebraço na lateral da mesa;
R.C. – 1 m de distância na horizontal, incidindo na Axila,
saindo no meio do filme. Distante do plano medial 25º e
superiormente a 25º.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, irá ficar sobre o ápice do
ombro em Técnica livre.
RESP. – Expiração Total.

Axial Supero-Inferior (Mét. de D.M.S.)


∗ Pcte em semi-ortostase;
∗ Estender o braço com a mão em pronação;
∗ Chassi embaixo da axila;
R.C. – 1m de distância na vertical, incidindo no ápice do ombro.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.
RESP. – Expiração Total.

24
Obliqua Posterior – Cavidade Glenoide (Mét. de Grashey)
∗ Pcte em ortostase;
∗ Obliqüidade de 35º a 45º do corpo em relação ao buck;
∗ Mãos na lateral do corpo;
R.C. – 1m de distância na horizontal, incidindo na Articulação
Escapuloumeral.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, irá ficar 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

Sulco Intertubercular – Bicipital (Ortostase)


∗ Pcte em ortostase;
∗ Colocar o antebraço em supinação na mesa;
∗ Filme sobre o antebraço;
∗ Inclinar o corpo para frente fazendo que o braço fique de 10º
a 15º em relação ao filme;
R.C. – 1m de distância na vertical, incidindo no ápice do
Ombro.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, irá ficar 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

Sulco Intertubercular – Bicipital (D.D.)


∗ Pcte em D.D.;
∗ Mãos na lateral do corpo;
R.C. – 1m de distância na horizontal, com angulação de 10º a
15º, incidindo no sulco intertubercular.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, irá ficar 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

A.P. com Rotação Neutra (Básica para Ombro com Trauma)


∗ Pcte em ortostase;
∗ Obliquando o corpo até encostar o ombro no buck;
∗ Rotação neutra;
R.C. – 1m de distância na horizontal, incidindo na Articulação
Escapuloumeral.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, irá ficar 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

25
Perfil Transtorácico (Básica para Ombro com Trauma)
∗ Pcte em ortostase;
∗ Plano mediano – sagital paralelo ao filme;
∗ Braço que irá ser estudado na lateral do corpo e mais
próximo do filme;
∗ Braço sem trauma acima da cabeça;
R.C. – 1m de distância na horizontal, incidindo na axila, a
ser projetado a incidir sob o ombro lesionado a sair na meio
do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, irá ficar 2 dedos acima
do ombro.
RESP. – Técnica Respiratória ( respiração normal).

Perfil Y Escapular (Básica para ombro com Trauma)


∗ Pcte em ortostase obliquando o corpo para Dir ou Esq de 45º a
60º;
R.C. – 1m de distância na horizontal, incidindo na Articulação
Escapuloumeral Posterior, a ser projetado no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, irá ficar 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

Membros Superiores

Clavícula
* A.P. Axial
* A.P.

A.P. da Clavícula
* Pcte em ortostase;
* Braços na lateral do corpo.

26
R.C. – 1m na horizontal, incidindo no meio da clavícula, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – solta todo o ar e prende.

A.P. Axial da Clavícula


* Pcte em ortostase;
* Braços na lateral do corpo.
R.C. – 1m na horizontal, com angulação de 15º à 30º sentido
cefálico, incidindo no meio da clavícula, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – solta todo o ar e prende. (Expiração Total)

Art.Acrômio-Clavicular
*A.P. sem Carga
*A.P. com Carga

A.P. sem Carga da Art. Acrômio-Clavicular


* Pcte em ortostase ou em D.D.;
* Pés ligeiramente afastados;
R.C. – 1,80 m na horizontal, incidindo na incisura jugular, saindo
no meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na transversal dividido.
RESP. – Expiração Total.
A.P. com Carga da Art. Acrômio-Clavicular
* Pcte em ortostase ou em D.D.;
* Pés ligeiramente afastados;
* Amarra-se um suporte nos punhos do pcte, com pesos de 2Kg
para mulheres e 2,5Kg para homens.
R.C. – 1,80 m na horizontal, incidindo na incisura jugular, saindo
no meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na transversal.
RESP. – Expiração Total.

Escápula
* A.P.
* Perfil Y Escapular
A.P. da Escápula
* Pcte em ortostase ou em D.D.;
* Mão do lado estudado irá levantar e coloca-se na testa em supinação;
R.C. – 1m na horizontal, perpendicular ao filme, incidindo 5 dedos
abaixo do ombro, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Técnica Respiratória.

27
Perfil Y Escapular para o corpo da Escápula
* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte na obliqua anterior à 45º;
* Lado lesionado mais próximo do filme;
* Mão que estiver lesionado ficará sobre o ombro que estiver bom.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo no meio da escápula.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Perfil Y Escapular para o acrômio


* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte na obliqua anterior à 60º;
* Lado lesionado mais próximo do filme;
* Mão que estiver lesionado ficará nas costas.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo no meio da escápula.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Expiração Total.

Esterno
• O.A.D.
• Perfil

O.A.D. do Esterno
* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Obliquando o corpo de 15º à 20º para a direita;
* Mão Dir. estendida na lateral do corpo;
* Mão Esq. à nível do ombro.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo no meio do esterno.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Expiração Total.

28
Perfil do Esterno
* Pcte em ortostase ou em D.D.;
* Mãos para trás e tracionadas para baixo;
* Plano mediano sagital (P.M.S.) paralelo ao filme.
R.C. – 1,80 m na horizontal, incidindo no meio do
esterno.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal, a 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Inspiração Total.

Articulação Esterno-
Clavicular
* P.A.
* OAD E OAE

P.A. da Art. Esterno-Clavicular


* Pcte em D.V.;
* Mãos à nível do queixo;
* Pernas estendidas.
R.C. – 1m na vertical, incidindo na T2 e T3,
perpendicular ao filme (2 dedos abaixo da proeminente)
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.

O.A.D. da Art. Esterno-Clavicular


* Pcte em D.V.;
* Mão Dir. na lateral do corpo;
* Mão Esq. à nível do crânio;
* Joelho Esq. flexionado, colocando-a sobre a perna
Dir.estendida.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo na T2 e T3, saindo no
meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – Expiração Total.
Obs: a O.A.E. é só trocar a mão e o Joelho.

29
Costelas
Anteriores
Posteriores
* P.A. * A.P.
* O.A.D. e O.A.E. * O.P.D. e O.P.E.
* A.P. em D.D. * A.P. em D.D.

P.A. das Costelas Anteriores


* Pcte em ortostase;
* Pés ligeiramente afastados;
* Mãos na lateral do corpo.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo na T7, saindo no
meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na transversal.
RESP. – Inspiração Total.

O.A.D. das Costelas Anteriores


* Pcte em ortostase;
* Obliquando a 45º para direita;
* Mão Dir. na lateral do corpo;
* Mão Esq. à nível do ombro.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo na T7, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 35 x 43 na transversal, a 2 dedos acima do
ombro.
RESP. – Inspiração Total.
O.A.E. das Costelas Anteriores
* Pcte em ortostase;
* Obliquando a 45º para esquerda;
* Mão Esq. na lateral do corpo;
* Mão Dir. à nível do ombro.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo na T7, saindo no meio do filme.
CHASSI – 35 x 43 na transversal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Inspiração Total.
A.P. em D.D. das Costelas
* Pcte em D.D.;
* Pernas e mãos estendidas.
R.C. – 1m na vertical, incidindo na T11 (1 dedo abaixo do apêndice xifóide).
CHASSI – 35 x 43 na transversal, saindo no meio do filme.
RESP. – Expiração Total.
A.P. das Costelas Posteriores
* Pcte em ortostase;
* Mãos na lateral do corpo;
* Pernas ligeiramente afastados.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo na T7, perpendicular ao filme.
30
CHASSI – 35 x 43 na transversal, 2 dedos acima do ombro.
RESP. – Inspiração Total.

Membros Inferiores

Concurso Dia - a – Dia Pé com Carga
* A.P. *A.P. *A.P. com Carga
* Obliqua *Obliqua *Perfil com Carga
* Perfil

A.P. do Pé
* Pcte. em .D.D.;
* Joelho flexionado à 90º.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 10º sentido ao
corpo ou cefálico, incidindo no 3º metatarso, saindo no meio
do filme.

Obliqua do Pé
* Pcte em D.D.;
* Joelho flexionado à 90º;
* Pé obliquado de 30º à 45º.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no 3º metatarso, saindo no
meio do filme.

Perfil do Pé
* Pcte em D.L.;
* Pernas estendidas.

31
R.C. – a 1m na vertical, incidindo no 1º metatarso, saindo no meio do filme.

A.P. do Pé com Carga


* Pcte em ortostase;
* Pés sobre o chassi.
R.C. – a 1m na vertical, com angulação de 15º em direção ao
calcâneo, incidindo à nível do 3º metatarso, saindo no meio do filme.

Perfil do Pé com Carga


* Pcte em ortostase;
* Pisando em um suporte de 2cm.
R.C. – a 1m na horizontal, incidindo à nível do 5º metatarso, saindo
no meio do filme.
CHASSI – entre os pés e perpendicular a mesa.

Membros Inferiores
Calcâneo
* Inc. Plano Dorsal Axial
* Perfil
Axial do Calcâneo (Incidência Planto Dorsal)
* Pcte em D.D.;
* Calcâneo no meio do filme;
* Pé em extensão;
* Coloca-se uma atadura na planta do pé e faz uma hiperextensão.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 40º sentido cefálico ou
em direção ao corpo, incidindo na base do calcâneo (na junção do
calcâneo com o metatarso), saindo no meio do filme.
Perfil do Calcâneo
* Pcte em D.L.;
* Perna estudada estendida.
R.C. – 1m na vertical, perpendicular ao filme, incidindo 1 dedo
abaixo do maléolo.

Membros Inferiores
Tornozelo(Concurso) Tornozelo(Dia –a Dia)
*A.P. *A.P.
*A.P. de Encaixe *Perfil
*Obliqua
32
*Perfil

A.P. do Tornozelo
* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no meio do tornozelo,
saindo no meio do filme.

A.P. de Encaixe do Tornozelo


* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida;
* Tornozelo obliquado a 15º internamente.
R.C. – 1m na vertical, incidindo à nível dos maléolos, saindo no meio do
filme.

Obliqua do Tornozelo
* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida;
* Tornozelo obliquado a 45º internamente.
R.C. – 1m na vertical, incidindo à nível de maléolo, saindo no meio do
filme.

Perfil do Tornozelo
* Pcte em D.L.;
* Tornozelo em perfil.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no maléolo medial, saindo no
meio do filme.

Membros Inferiores
Perna
* A.P.
* Perfil
A.P. da Perna
* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida fazendo uma rotação interna de 5º
a 10º.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no meio da perna, saindo no
meio do filme.

33
Perfil da Perna
* Pcte em D.L.;
* Perna estudada em perfil;
* A outra perna flexionada sobre a outra.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no meio da perna, saindo no
meio do filme.

Membros Inferiores
Joelho(Concurso) Joelho (Dia – a – Dia) Joelho Especial
*A.P. *A.P. *Túnel View(Met. Camp Coventry)
*Obliqua *Perfil *Tunel View(Met. de
Holmblad)
*Perfil

A.P. do Joelho
* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida com o pé estudado com rotação interna
de 5º a 10º.
R.C. – 1m na vertical, incidindo abaixo da patela, saindo no meio
do filme.
Obs.: Para pessoas gordas faz-se uma angulação do R.C. de 3º a 5º
cefálico,
Para pessoas magras faz-se uma angulação de R.C. de 3º a
5º caudal.

Obliqua do Joelho
* Pcte em D.D.;
* Perna estudada estendida obliquando interna (Medial) ou
externamente (lateral) a 45º.
R.C. – 1m na vertical, incidindo abaixo da patela, saindo no
meio do filme.

Perfil do Joelho
* Pcte em D.L.;
* Perna estudada flexionada de 20º a 30º no joelho.
R.C. – a 1m na vertical, com angulação de 5º a 7º sentido
cefálico, incidindo abaixo da patela, saindo no meio do
filme.

34
A.P. do Joelho com Carga
* Pcte em ortostase;
* Pés ligeiramente afastados;
* Rotação dos pés de 5º internamente.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo na articulação do joelho, com angulação
de 5º a 10º caudal.
CHASSI – 35 x 43 na transversal.

Perfil do Joelho com Carga


* Pcte em ortostase;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Perna estudada estendida próxima do Buck, e perna não estudada elevada e apoiada pelo
suporte (cadeira).
R.C. –1m na horizontal, incidindo na articulação do joelho, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.

Axial (Túnel View) – Método Camp Coventry


* Pcte em D.V.;
* Perna estudada flexionada, em relação ao fêmur, 40º a 50º;
* Perna estudada sobre o suporte.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 40º a 50º caudal,
incidindo na articulação do joelho, saindo no meio do filme.

Axial (Túnel View) – Método de Holmblad


* Pcte de joelhos em cima da mesa;
* Pcte projeta o corpo para frente de 20º a 30º;
* Perna em relação ao fêmur 60º a 70º;
R.C. – 1m na vertical, perpendicular ao filme, incidindo na
articulação do joelho, saindo no meio do filme.

P.A. da Patela
* Pcte em D.V.;
* Joelho estudado flexionado de 5º a 10º.
R.C. – 1m na vertical, incidindo meio da patela, saindo no
meio do filme e perpendicular ao filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.

35
Perfil da Patela
* Pcte em D.L.;
* Joelho estudado flexionado de 5º a 10º.
R.C. –1m na vertical, incidindo no meio da patela, saindo no
meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.

Axial da Patela – Método Settegast


* Pcte em D.V.;
* Joelho estudado flexionado a 90º.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 15º a 20º cefálico,
incidindo 3 dedos acima da patela, saindo no meio do filme.

A.P. do Fêmur
* Pcte em D.D.;
* Pernas estendida com rotação do pé 10º a 15º internamente.
R.C. – 1m na vertical, saindo no meio do filme.
Obs.: A.P. – Fêmur Proximal
Perfil – Fêmur Distal

Perfil do Fêmur
* Pcte em D.L.;
* Perna estudada estendida;
* Perna não estudada distante do corpo projetada a frente da
estudada.
R.C. – a 1m na vertical, saindo no meio do filme.

Escanometria (Orto-radiografia)
Objetivo : observar as articulações Coxo-femural, do Joelho e do Tornozelo.
* Pcte em D.D.;
* Pés com rotação de 15º a 20º internamente;
* Pernas estendidas.

Incidências:
1ª - Art. Coxo – Femural 2ª - Art. do Joelho
3ª - Art. do Tornozelo.

36
Crânio

Crânio
Básicas Especiais
* P.A. ou P.A. (Método de CALDWELL) *Axial (Submentovertice ou Método de Hitz)
* Perfil *P.A. Axial (método de HAAS)
* A.P. Axial (Método de TOWNE)
37
P.A. de Crânio
* Pcte em D.V.;
* Encostar o nariz e a testa na mesa; cabeça para que a L.O.M. fique
perpendicular ao filme.
* Mãos ao nível da cabeça.
* P.M.S. perpendicular ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no Occipital, saindo na Glabela.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – parar a respiração.

P.A. de Crânio (Método de CALDWELL)


* Pcte em D.V.;
* Encostar o nariz e a testa na mesa; para que a L.O.M. fique
perpendicular ao filme.
* Mãos ao nível da cabeça.
* P.M.S. perpendicular ao filme.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 15º caudal, incidindo no
Occipital, saindo na Glabela.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – parar a respiração.

Perfil do Crânio
* Pcte em D.V.;
* (Ref. Lado Esquerdo) – Mão E na lateral do corpo; perna E
estendida
* Mão D à nível da cabeça; perna D flexionada sobre a perna
estendida
* P.M.S. paralelo ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo 2 dedos acima do pavilhão
auditivo, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

A.P. Axial do Crânio (Método de TOWNE)


* Pcte em D.D.;
* Mãos na lateral do corpo;
* Pernas estendidas;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique perpendicular ao
filme.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 30º caudal,
incidindo 3 dedos acima da glabela, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Axial do Crânio (Submentovertice ou Método de HITZ)


38
* Pcte em semi-ortostase ou em D.D.;
* Cabeça do pcte faz uma hiperextensão;
R.C. – 1m na horizontal, incidindo 3 dedos abaixo do
mento e perpendicular a L.I.O.M., saindo no meio do
filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

P.A. Axial do Crânio (Método de HAAS)


* Pcte em D.V.;
* Mãos à nível da cabeça;
* Encostar a testa e o nariz na mesa;
* Flertir o mento para que a L.O.M. fique perpendicular ao
filme;.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 25º cefálico,
incidindo na base inferior do Occipital, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Sela Turca
Básicas
* Perfil
* A.P. Axial (Método de TOWNE)

Perfil da Sela Turca


* Pcte em D.V.;
* (Ref. Lado Esquerdo) – Mão E na lateral do corpo;
* Mão D à nível da cabeça;
* P.M.S. paralelo ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo 2 dedos superior e 2
dedos anterior do pavilhão auditivo, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal, dividido.
RESP. – pare de respirar.
Obs. – faz-se o lado direito e depois o lado esquerdo ou vice-
versa

39
A.P. Axial da Sela Turca (Método de TOWNE)
* Pcte em D.D.;
* Mãos na lateral do corpo;
* Pernas estendidas;
* P.M.S. perpendicular ao filme.
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique perpendicular ao
filme.
R.C. – 1m na vertical, com angulação 30º caudal, incidindo
2 dedos acima da Glabela, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Ossos da Face ou Seios da


Face
Básicas Especiais
* Perfil *Parientoacantial Modificada
* Parientoacantial (Met. de WATERS) – Mentonaso (Mét.WATERS Modificada)
* P.A. Axial (Mét. de CALDWELL) – Frontonaso *Submentovertice (Método de HITZ)

Perfil dos Seios da Face


* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Face Esq. mais próxima do filme;
* Mão E. e perna E estendidas na lateral do corpo; (se
em D.D)
* Mão D à nível da cabeça e a perna D flexionada sobre
a Esq.;( se em D.D)
* P.M.S. da cabeça paralelo ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no zigoma e saindo no meio
do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

40
Parientoacantial dos Seios da Face (Método de WATERS) – Mentonaso
* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte encostando o mento no filme;
* Mãos à nível da cabeça;
* L.M.M. perpendicular ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo na sutura lambdóide, saindo
no acantion, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

P.A. Axial dos Seios da Face (Método de CALDWELL) – Frontonaso


* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte encostando a testa e o nariz na mesa, deixando
L.O.M perpendicular ao filme;
* Mãos à nível da cabeça;
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 15º caudal,
incidindo no Occipital e saindo no nasio, projetando a sair
no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

Parientoacantial Modificada (Método de WATERS Modificada)


* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte encostando o mento e o nariz na mesa, deixando
a L.L.M perpendicular ao filme;
* Mãos à nível da cabeça;
R.C. – 1m na vertical, incidindo no Occipital e saindo no
acantion, projetando a sair no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Submentovertice (Método de HITZ)


* Pcte em semi-ortostase;
* Pcte encosta a calota craniana no Buck vertical;
* Fazer uma hiperextensão na cabeça;
R.C. – 1m na vertical, incidindo 3 dedos abaixo do mento,
perpendicular a L.I.O.M saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

41
Osso do Nariz
Básicas Especial
* Perfil (D e E) * Supero Inferior (Axial)
* Parientoacantio (Método de WATERS)

Perfil do Ossos do Nariz


* Pcte em D.V. ou ortostase;
* Cabeça em perfil;
* Mão E estendida na lateral do corpo e Mão D à nível
da cabeça;
* Perna E estendida e perna D flexionada sobre a outra;
( se em D.D)
* P.M.S. da cabeça paralelo ao filme.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 1 dedo abaixo do nasio (no
meio do nariz).
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Parientoacantial (Método de WATERS)
* Pcte em ortostase ou em D.V.;
* Pcte encostando o mento no filme;
* Mãos à nível da cabeça;
* L.M.M. perpendicular ao filme.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo na sutura lambdóide,
saindo no acantion, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18X24 na transversal.
RESP. – pare de respirar.
Supero Inferior dos Ossos do Nariz (Axial)
* Pcte em semi-ortostase;
* Cabeça em hiperextensão;
* Encostar o mento na mesa;
* Mãos na lateral da cabeça.

42
R.C. – 1m na vertical, incidindo perpendicular a L.G.M. e saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Zigomático
* A.P. Axial (Método de TOWNE)
* Incidência Tangencial Oblíqua
* Submentovertice (Método de HITZ)

A.P. Axial do Zigomático (Método de TOWNE)


* Pcte em D.D.;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme;
R.C. – 1m na vertical, incidindo 1 dedo acima da Glabela
e saindo no meio do filme, com angulação de 30º caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Incidência Tangencial Obliqua do Zigomático
* Pcte em semi-ortostase;
* Pcte faz uma hiperextensão na cabeça para
encostar a calota craniana no Buck;
* Obliqua-se o crânio para o lado a ser estudado
15º.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo 3 dedos abaixo
do mento, a incidir no meio do zigomático estudado,
passando perpendicular a L.I.O.M.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Subemento vértice do Zigomático (Método de


HITZ)
* Pcte em semi-ortostase;
* Pcte faz uma hiperextensão na cabeça para encostar a
calota craniana no Buck;

43
R.C. – a 1m na horizontal, incidindo 2 dedos abaixo do mento, passando perpendicular a
L.I.O.M.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Cavum
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Pcte em semi-ortostase ou ortostase, em perfil;
* Corpo ereto;
* Queixo elevado;
* Boca fechada;
* Mãos na lateral do corpo.
R.C. – 1m na horizontal, incidindo no zigoma, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal, localizada 2 dedos acima do pavilhão auditivo.
RESP. – lenta e progressiva.

Órbitas
* Parientoorbitária (Método de RHESE)
* Parientoacantion Modificada (Método de WATERS Modificada)

Parientoorbitária (Método de RHESE)


* Pcte em D.V.;
Obliqua a cabeça do pcte. Para o lado a ser estudado para
que o plano mediossagital forme um ângulo de
53° com o filme
Encostando o nariz, supercílio e o zigomático na mesa;
R.C. – a 1m na vertical, incidindo a ser projetado a sair na
órbita estudada, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

Parientoacantion Modificada (Método de


WATERS Modificada)
* Pcte em D.V. ou em ortostase;
* Mãos na lateral do corpo;
* Encostando o queixo e o nariz na mesa.
* L.L.M. perpendicular ao filme.
44
R.C. – 1m na vertical, incidindo no Occipital saindo no acantion, a ser projetado a sair no meio
do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Mandíbula
Básicas Especiais
* P.A. ou P.A. Opicional * Inc. Axial Submentovertice (Mét. de
HITZ)
* A.P. Axial (Método de TOWNE) * Panorâmica
* Axial Lateral ( Oblíqua DELFIE BELLOT)

P.A. da Mandíbula
* Pcte em D.V. ou em Ortostase;
* Encostando o nariz e a testa na mesa;
* Mãos na lateral da cabeça;
* L.O.M. perpendicular ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo no meio da boca fechada, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Obs. – não fazer nenhum movimento com a boca.
P.A. Opcional da Mandíbula
* Pcte em D.V. ou em Ortostase;
* Encostando o nariz e a testa na mesa;
* Mãos na lateral da cabeça;
* L.O.M. perpendicular ao filme.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo a ser projetado a sair
no acantion, com angulação de 20º a 25º cefálico, saindo
no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

A.P. Axial da Mandíbula (Método de TOWNE)


45
* Pcte em D.D. ou em Ortostase;
* Mãos na lateral da cabeça;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme.
R.C. – 1m na vertical, incidindo na Glabela, com angulação
de 35º a 40º caudal, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.
Axial Lateral da Mandíbula ( Oblíqua DELFIE
BELLOT)
Obs. – angulação da cabeça para o estudo de cada parte da mandíbula.

1ª Inc – 0º - Ramo – Perfil Rigoroso


* Pcte em D.V.;
* Braço e perna Esq. estendidas; mão e perna Dir. flexionadas;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Elevar o queixo.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 2 dedos a frente do gônio, com angulação de 25º
cefálico, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

2ª Inc – 30º - Corpo


* Pcte em D.V.;
* Braço e perna Esq. estendidas; mão e perna Dir. flexionadas;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Elevar o queixo.
* Cabeça obliquada para o lado a ser estudado cerca de 30º, encostando a lateral do
supercílio e o zigomático.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 1 dedos a frente do gônio, com angulação de 25º
cefálico, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

3ª Inc – 45º - Mento


* Pcte em D.V.;

46
* Braço e perna Esq. estendidas; mão e perna Dir. flexionadas;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Elevar o queixo.
* Cabeça obliquada para o lado a ser estudado cerca de 45º, encostando o nariz,
supercílio e o zigomático.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo no gônio, com angulação de 25º cefálico, saindo no
meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

4ª Inc – 10º a 15º - Toda a Mandíbula


* Pcte em D.V.;
* Braço e perna Esq. estendidas; mão e perna Dir. flexionadas;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Elevar o queixo.
* Cabeça obliquada para o lado a ser estudado cerca de 10º a 15º.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 3 dedos a frente do gônio, com angulação de 25º
cefálico, saindo no meio do filme.
CHASSI – 18 x 24 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Submentovertice da Mandíbula (Método de HITZ)


* Pcte em semi-ortostase;
* Hiperextensão na cervical;
* Encostando a calota craniana no Buck.
R.C. – a 1m na horizontal, incidindo 3 dedos abaixo do
mento, saindo no meio do filme. (R.C. perpendicular a
L.I.O.M).
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Articulação
TemporoMadibular (A.T.M.)
Básicas Especiais
* A.P. Axial (Método de TOWNER) * Axial Lateral (Método de SCHULLER)
* Axial Lateral Obliqua (Método de LAW) * Panorâmica

47
A.P. Axial da A.T.M. (Método de TOWNER)
* Pcte em D.D.;
* Pernas e braços estendidos;
* P.M.S. perpendicular ao filme;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme;
R.C. – a 1m na vertical, com angulação de 35º caudal,
incidindo 3 dedos acima da Glabela, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 18 x 24 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

Axial Lateral Oblíqua de A.T.M. (Método de LAW)


* Pcte em D.V.;
* Lado (Dir.) a ser estudado mais próximo do filme;
* Mão Esq. à nível da cabeça;
* Joelho Esq. flexionado sobre a outra perna que está
estendida;
* P.M.S. paralelo ao filme.
R.C. – a 1m na vertical, com angulação de 15º caudal,
incidindo 1 dedo anterior e 2 dedos superior a M.A.E.,
saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.
OBS.; EXAME BILATERAL BOCA ABERTA E BOCA FECHADA
Axial Lateral de A.T.M. (Método de SHULLER)
* Pcte em D.V.;
* Lado (Dir.) a ser estudado mais próximo do filme;
* Mão Esq. à nível da cabeça;
* Joelho Esq. flexionado sobre a outra perna que está
estendida;
* P.M.S. paralelo ao filme.
R.C. – a 1m na vertical, com angulação de 25º a 30º caudal,
incidindo 1 dedo anterior e 4 dedos superior a M.A.E.,
saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.
OBS,: EXAME BILATERAL BOCA ABERTA E BOCA FECHADA

Panorâmica

48
Mastóide
Básicas Especiais
* Axial Lateral Oblíqua (Método de LAW) *Axial Lateral (Método de
SCHULLER)
* Axial Lateral Oblíqua (Método de STENVERS) *Obliqua Axial Lateral (Mét. de
ARCELIN)
* A.P. Axial (Método de TOWNER) *Obliqua Axial Lateral (Mét. de
MAYER
ou Mét. de OWEN)

Axial Lateral Oblíqua de Mastóide (Método de LAW)


* Pcte em D.V.;
* Lado (Dir.) a ser estudado mais próximo do filme;
* Mão Esq. à nível da cabeça;
* Joelho Esq. flexionado sobre a outra perna que está
estendida;
* P.M.S. paralelo ao filme.
R.C. – 1m na vertical, com angulação de 15º caudal, incidindo
1 dedo posterior e 2 dedos superior a M.A.E., saindo no meio
do filme.
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

Axial Lateral Oblíqua de Mastóide (Método de STENVERS)


* Pcte em D.V.;
* Supercílio, zigomático e órbita mais próxima do
filme;
* Obliqua a cabeça para o lado a ser estudado a 45º.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 1 dedo abaixo e 4 dedos
posterior ao pavilhão auditivo, com angulação de 12º
cefálico.
49
CHASSI – 24 x 30 na transversal.
RESP. – pare de respirar.

A.P. Axial da Mastóide (Método de TOWNER)


* Pcte em D.D.;
* Pernas e braços estendidos;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme;
R.C. – 1m na vertical, incidindo 3 dedos acima da Glabela,
com angulação de 30º caudal, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Axial Lateral para Mastóide (Método de


SCHULLER)
* Pcte em D.V.;
* P.M.S. paralelo ao filme;
* Lado Esq. mais próximo ao filme;
* Mão Dir à nível da cabeça e Joelho Dir.
flexionado sobre a outra perna;
* Mão e perna Esq. estendidas.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 2 dedos posterior e 4
dedos superior a M.A.E., com angulação de 25º a 30º
caudal, saindo no meio do filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Obliqua Axial Lateral para Mastóide (Método de ARCELIN)


* Pcte em D.D.;
* Braços e pernas estendidas.
* Obliqua a cabeça do pcte. à 45º para o lado
oposto a se estudado;
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 1 dedo a frente do
Trago, com angulação de 10º caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Obliqua Axial Lateral para Mastóide (Método de MAYER)


* Pcte em D.D.;
* Obliquando a cabeça do pcte. a 45º para o lado a se estudado ;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique perpendicular ao filme;
* Braços e pernas estendidas.
50
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 4 dedos acima do supercílio do lado oposto a ser estudado,
com angulação de 45º caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Obliqua Axial Lateral para Mastóide (Método de OWEN)


* Pcte em D.D.;
* Obliquando a cabeça do pcte. de 30º a 40º;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme;
* Braços e pernas estendidas.
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 3 dedos acima do
supercílio no lado oposto a ser estudado, com angulação
de 30º a 40º caudal.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

Ossos Temporais
* A.P. Axial (Método de TOWNER)
* Incidência SubmentoVertice (Método de HITZ)

A.P. Axial dos Ossos Temporais (Método de TOWNER)


* Pcte em D.D.;
* Pernas e braços estendidos;
* Flertir o mento para que a L.I.O.M. fique
perpendicular ao filme;
R.C. – a 1m na vertical, incidindo 3 dedos acima da
Glabela, com angulação de 30º caudal, saindo no meio do
filme.
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

51
Submentovertice da Mandíbula (Método de HITZ)
* Pcte em semi-ortostase;
* Hiperextensão na cervical;
* Encostando a calota craniana no Buck.
R.C. – a 1m na horizontal, incidindo 3 dedos abaixo do
mento, saindo no meio do filme. (R.C. perpendicular
L.I.O.M).
CHASSI – 24 x 30 na longitudinal.
RESP. – pare de respirar.

FATORES DE EXPOSIÇÃO

ESTUTURA KV MAS FOCO DFOFI


CRANIO PA 70 25 FINO 1m
PERFIL 62 25 FINO 1m
SE-AXIAL 74 25 FINO 1m
AXIAL 75 25 FINO 1m
TANGENCIAL 74 25 FINO 1m
SELA TURCICA AP 74 25 FINO 1m
PERFIL 66 25 FINO 1m
FACE WATERS 80 20 GROSSO 1m
CALDWELL 80 20 GROSSO 1m
PERFIL 75 10 GROSSO 1m
MANDIBULAOBLIQUA 60 20 FINO 1m
PA 60 25 FINO 1m
TOWNE 60 10 FINO 1m
ATM LAW 80 25 FINO 1m
HIRTZ 70 20 FINO 1m
TORAX PA 2XE+K 4 /5 GROSSO 1,80
PERFIL +10 8/10 GROSSO 1,80
AP- LORDOTICA 2XE+K 5 GROSSO 1,80
OBLIQUA “ 5/10 GROSSO 1,80
D.LATERAL +10 DO PA 5/10 GROSSO 1,80
ABDOMEM AP 2XE+K 40/50 GROSSO 1m
PERFIL “ 40/50 GROSSO 1m
EM PE “ 40/50 GROSSO 1m
C. DORSAL AP 2XE+K 40/50 FINO 1m
PERFIL 60/70/80 260 FINO 1m
52
C. LOMBAR AP 2XE+K 50 FINO 1m
PERFIL +25 50 FINO 1m
OBLIQUA +5 50 FINO 1m
ESCOLIOSE AP 2XE+K 40/50 FINO 1,50
PERFIL +20 40/50 FINO 1,50
C.CERVICAL AP 66 25 FINO 1,20
PERFIL 66 20 FINO 1,20
TRANSORAL 66 25 FINO 1,20
OBLIQUA 66 20 FINO 1,20
CLAVICULA AP 60 15 FINO 1m
AXIAL 60 15 FINO 1m
SACRO AP 2XE+K 40 FINO 1m
PERFIL +15 40 FINO 1m
COCCIX AP 2XE+K 40 FINO 1m
PERFIL +10 40/50 FINO 1m
A. EST. CLAVIC
65 25 FINO 1m
OBLIQUA 30°
ESTERNO OAE 5° 80 40/50 FINO 1m
PERFIL 80 40/50 FINO 1m
OAD 5° 70 25 FINO 1m
ARCOS COSTAIS AP 2XE+K 40/50 FINO 1,20
OBLIQUAS +7 /10 40/50 FINO 1,20
BACIA AP 2XE+K 50 FINO 1m
RÃ +4 50 FINO 1m
SAIDA +8 50 FINO 1m
ESTRADA +8 50 FINO 1m
ALAR +5 50 FINO 1m
OBTURATRIZ +10 50 FINO 1m
OMBRO AP 60/65 20 FINO 1m
PERFIL “ “ “ “
OBL. APICAL 65 25 FINO 1m
AXIAL 70 25 FINO 1m
TANGENCIAL 50/60 10 FINO 1m
PERF. ESCAPULAR 70 25 FINO 1m
DEDOS 38/40 4 FINO 1m
MAO PA E OBLIQ 42 4 FINO 1m
PERFIL 48 4 FINO 1m
PUNHO PA 46 4 FINO 1m
OBLIQUA 48 4 FINO 1m
PERFIL 50 4 FINO 1m
TÚNEL E PONTE 50 4 FINO 1m
COTOVELO AP/P 50 6 FINO 1m
AXIAL 50 8 FINO 1m
ANTEBRAÇO AP 48 6 FINO 1m
PERFIL 51 6 FINO 1m
53
UMERO F.BUCK 55 10 FINO 1m
UMERO N. BUCK 55 20 FINO 1m
TRANSTORÁCICA 80 25 FINO 1m
ANTEPE AP/OB/P 40 4 FINO 1m
AXIAL 42 5 FINO 1m
PE AP/OBL 42 4 FINO 1m
PERFIL 46 5 FINO 1m
CALCANEO AXIAL 55 8 FINO 1m
PERFIL 50 6 FINO 1m
TORNOZELO AP/O/P 50 5 FINO 1m
PERNA AP 55 6 FINO 1m
PERFIL/ OBLIQ 51 6 FINO 1m
JOELHO AP/P/O 55 10/12 FINO 1m
AXIAL 55 10 FINO 1m
EM PE 65 10/12 FINO 1m
PATELA PA 48 16 FINO 1m
PERFIL 48 16 FINO 1m
AXIAL 48 16 FINO 1m
FEMUR AP F.BUCK 60 12 FINO 1m
PERFIL 60 12 FINO 1m
FEMUR AP N. BUCK 65 20 FINO 1m
PERFIL 65 20 FINO 1m

54
Este manual de estudos foi elaborado por:
Professor: DIOGÉNES MASCARENHAS
Aluno : RAYNERY L. NÓBREGA
Edição e Digitação : RAYNERY L. NÓBREGA
Esta obra está registrada em cartório. Nenhuma parte desta obra poderá ser
reproduzida sem prévia autorização por escrito do editor. (85) 8808-3364.

Índice

Falanges ............................. pág. 17


Tórax ................................... pág. 01 Mãos ................................... pág. 18
Vias Respiratórias Altas .... pág. 04 Punhos ................................ pág. 19
Abdômen ............................. pág. 05 Cotovelo ............................. pág. 21
Abdômen Agudo ................. pág. 06 Antebraço ........................... pág. 21
Bacia ou Quadril ................ pág. 06 Úmero ................................. pág. 22
Art. Sacro-Ilíacas ............... pág. 09 Ombro ................................ pág. 22
Coluna Cervical .................. pág. 09 Clavícula ............................. pág. 26
Coluna Dorsal ..................... pág. 12 Art. Acrômio-Clavicular ... pág. 26
Coluna Lombar .................. pág. 13 Escápula ............................. pág. 27
Coluna Lombo-Sacra ......... pág. 14 Art. Esterno-Clavicular ..... pág. 28
Coluna p/ Escoliose ............ pág. 15 Esterno ................................ pág. 28
Fusão Vertebral .................. pág. 16 Costela Anterior ................ pág. 29
Sacro ................................... pág. 16 Costela Posterior ................ pág. 29
Cóccix ................................. pág. 17 Pé ......................................... pág. 30
55
Calcâneo ............................. pág. 31 Crânio .................................. pág. 37
Tornozelo ............................ pág. 32 Sela Turca ........................... pág. 38
Perna ................................... pág. 33 Seios da Face .......................pág. 39
Joelho ...................................pág. 33 Ossos do Nariz .................... pág. 41
Patela .................................. pág. 35 Zigomático .......................... pág. 42
Fêmur ................................. pág. 35 Órbitas ................................. pág. 43
Escanometria ..................... pág. 36 Mandíbula ........................... pág. 44
Art. Temporo-Mandibular pág. 46
Mastóide .............................. pág. 48
Técnicas II Ossos Temporais ................ pág. 50

TÉCNICAS
RADIOLÓGICAS

56
I - II

57