P. 1
Primeira lei da termodinâmica

Primeira lei da termodinâmica

|Views: 636|Likes:
Publicado porlevimf

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: levimf on Apr 15, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/12/2012

pdf

text

original

1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS FÍSICAS APLICADAS

RESUMO SOBRE A 1ª LEI DA TERMODINÂMICA

Termodinâmica básica. Professor Dr. rui Carlos barros da silva mestrando: Levi Mendes Franklin

2

SUMÁRIO

1. Introdução 1.1 termodinâmicas no cotidiano 2. A primeira lei da termodinâmica 3. Trabalho realizado por um gás 3.1 Trabalhos de um gás a volume constante 3.2 Trabalho realizado a pressão constante 3.3 Trabalho realizado a temperatura constante 4. Aplicação da primeira lei da termodinâmica 4.1 Processos adiabáticos 4.2 Processos isotérmicos 4.3 Processos a volume constante 4.3 Processos cíclicos 5. Referencias bibliográficas

3 3 4 5 6 6 7 8 8 9 9 10 12

3

1. Introdução.

A termodinâmica esta presente no nosso cotidiano de forma bastante clara, daí o seu estudo pra a explicação de diversos processos associados com a transferência de energia e as relações com a mecânica, porém, o enfoque deste trabalho é o tratamento da primeira lei da termodinâmica, os elementos que a compõem e as aplicações nos diferentes processos de atuação.
1.1 Termodinâmica no cotidiano

Em muitos processos termodinâmicos vemos a transferência de calor associada com a mudança de temperatura, exemplos disso, é a de uma chama aquecendo uma panela ou o sol aquecendo nosso corpo, este aquecimento é devido o calor proveniente da chama ou do sol que interage com os corpos variando su a temperatura, mas este conceito não está completamente correto, pode ocorrer de em um sistema (conjunto de partículas em que podemos verificar sua interação com a vizinhança, como as trocas de energias tanto para fora como para dentro do mesmo), situações em que um corpo recebe certa quantidade de calor e não tem a sua temperatura aumentada devido a um processo que chamaremos de trabalho. Podemos perceber também que em alguns processos é possível um sistema ter a sua temperatura aumentada sem necessariamente ter havido transferência de calor este exemplo é fácil mente demonstrado como, por exemplo, um homem bombeando ar através de um pistão percebemos que o ar se aquece se a necessidade de qualquer transferência de calor, como podemos explicar estas duas situações?

4

2. A Primeira lei da termodinâmica.

Tratamos até agora o termo de temperatura a partir daqui chamaremos de energia interna que é diretamente proporcional a temperatura que é dada por:

Ou: 

Válido para um gás monoatômico.

Válido para um gás diatômico.

Válido para um gás poliatômico. Como já foi dito vemos que a temperatura é proporcional a energia interna. Vemos até então que a temperatura aumenta quando um sistema receb e calor de sua vizinhança e/ou quando sobre ele é realizado um trabalho, daí temos: 
 

Assim quando um sistema recebe certa quantidade de calor e não realiza trabalho podemos observar que o mesmo tem a sua energia interna aumentada daí temo s:

5

Temos a situação em que é realizado um trabalho sobre o sistema sem trocar calor com a vizinhança assim ficando: 

Adotando com o trabalho realizado sobre o sistema como W > 0 e o trabalho realizado pelo sistema como W < 0.

3. Trabalho realizado sobre ou por um gás.

Podemos medir o valor do trabalho como: 

Analisando a integral acima vemos que o trabalho depende da variação do volume caso o gás se expanda V f > Vi, então dV é positivo com isso o trabalho é negativo, neste caso o gás realiza trabalho, e se o gás for comprimido Vf < Vi, então dV é negativo com isso o trabalho é positivo, então é realizado trabalho sobre o gás.

6

Analisando o gráfico acima temos que entre os pontos A e B a trabalho é negativo Por causa de V f > Vi, e positivo entre C e D Por causa de V f < Vi,
3.1 Trabalho de um gás a volume constante.

Dada um processo onde o volume não mude o trabalho associado a esse processo é nulo pois, como foi visto, o trabalho depende de da variação do volume.

3.2 Trabalho realizado a pressão constante.

Como a pressão é constante a equação pode ser escrita como: 

Então o trabalho só dependerá da variação do volume.

7

3.3 Trabalho realizado a temperatura constante.

Quando um gás sofre compressão ou expansão com a sua temperatura constante temos que:

Segundo a lei dos gases ideais temos:

Daí o gráfico de V e p é definido como:

A curva hiperbólica de acima de p e V é chamada de isoterma, para encontra a trabalho temos que fazer a seguinte substituição: 

Substituindo na equação temos: 
Ž 

Com isso temos o caso de Vf > Vi o trabalho é positivo, e caso Vf <Vi o trabalho é negativo.

8

4. Aplicações da primeira lei da termodinâmica. 4.1 Processos Adiabáticos

São processos em que o sistema está bem isolado conseqüentemente não haverá transferência de calor daí temos:

Então o trabalho realizado pelo gás fará com que sua energia interna diminua ou o trabalho exercido sobre o gás fará com que energia interna aumente.

Esse tipo de processo é muito importante, pois, processos adiabáticos são responsáveis por formação de nuvens alguns tipos de nuvens, quando uma parcela de ar está em movimento ascendente, a valor pressão diminui e o volume da parcela aumenta.

O gráfico mostra o comportamento da pressão com altitude de uma parcela de ar com temperatura de 30°C na superfície.

9

4.2 Processos isotérmicos.

Estes processos são realizados sem que haja mudança de temperatura, conseqüentemente sem a mudança da energia interna com isso o trabalho realizado sobre o sistema é tem o mesmo valor da perda de calor do sistema para a vizinhança ou a quantidade de calor recebida do é convertida em trabalho. 

Ou: 
4.3 Processos a volume constante.

Se um gás permanece com o s eu volume constante ele não pode realizar trabalho, com isso temos:

Portanto: 

Então se recebe que a variação da energia interna é proporcional ao calor cedido ao sistema ou cedido do sistema.

Como mostra o gráfico com o acréscimo da temperatura há também um aumento do valor da pressão, aumento esse devido o sistema não realizar trabalho.

10

4.4 Processos cíclicos.

Processos cíclicos são processos em que promovem uma seqüência de operações onde o estado final do sistema é o mesmo do estado inicial.

De acordo com a primeira lei da termodinâmica temos: 


Com base na equação acima temos que o valor da energia interna total é nulo, porém, os valores de Q e W podem ter de valores positivos ou negativos. É definido para ciclos no sentido anti -horário o valor do W > 0 e para ciclos no sentido horário W < 0, logo os valores de Q serão invertidos. Processos de expansão livre. Processo na qual um gás preso em determinada região flui para quando liberto, para outra região.

11

Na figura temos duas regiões, a região A onde o gás está aprisionado e a região B onde está vazio, quando a válvula é aberta o gás se expande da região A para a região B, neste tipo de processo temos que:

Portanto:

12

5. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

HEWITT, P. G. Física conceitual . 9. ed. Porto Alegre Bookman, 2002. MEDINA, M. N.; NISENBAUM, M. A. A Primeira lei da
termodinâmica. Disponível em < http://web.ccead.puc-

rio.br/condigital/mvsl/Sala%20de%20Leitura/conteudos/A_primeira_le i_termodinamica.pdf> acesso em: 14 de abr. de 2011. RESNICK, R.; HALLIDAY, D.; MERRILL, J. Fundamentos de
física 2. 7. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->