P. 1
Resumo do filme - O CORPO

Resumo do filme - O CORPO

4.93

|Views: 21.585|Likes:
Publicado porJoão Bosco
Filme ficção sobre um corpo achado em Jerusalém. Suspeita-se que seria de Jesus Cristo.
O que seria do cristianismo, se isso fosse verdade?
Filme ficção sobre um corpo achado em Jerusalém. Suspeita-se que seria de Jesus Cristo.
O que seria do cristianismo, se isso fosse verdade?

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: João Bosco on Aug 30, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC or read online from Scribd
See more
See less

07/11/2013

Resumo filme: O CORPO (ficção

)
Créditos: Direção: Jonas McCord; Produção: Rudy Cohen; Elenco: Antônio Banderas (Pe. Matt Gutierez), Olívia Williams (Dra. Sharon Golban). A trama se desenrola em Jerusalém, no início do novo milênio e tem como pano de fundo a lojinha de Hamid, um palestino. A arqueóloga Dra. Sharon Golban encontrou um túmulo aos fundos da lojinha, e às primeiras impressões, concluiu tratar-se de um túmulo de um homem rico, datado por volta do ano 32 DC, evidenciado por duas moedas de Põncio Pilatos. Após inspeção mais acurada, a Dra. Golban descobre, ao fundo da tumba de pedra escavada, uma parede de pedras e argila. Ao remover uma das pedras da parede, descobre surpresa, a presença de um esqueleto de um homem que fora crucificado, ao estilo romano, com marcas de cravos nos pés e nos pulsos. Também trazia sinal de ferimento por lança ao lado direito e evidências de ferimentos em volta do crânio, concluindo tratar-se por ação de espinhos. Também nenhum osso lhe fora quebrado. O Ministro Cohen, convidou então um certo padre católico para inspecionar o corpo. Este fica em crise de fé, ao suspeitar profundamente tratar-se do corpo de Cristo. Ao informar isso ao Vaticano, a Cúria de Roma envia um outro padre da América Central para conduzir as investigações e afasta o outro do cenário arqueológico. Então, o Pe. Matt Gutierez entra em ação e investiga juntamente com a Dra. Golban o caso. Sementes e as duas moedas Pilatos e um vaso de argila com inscrições são enviados para análise de autenticidade e prova de Carbono 14. A data do material em análise foi determinada em torno do ano 32 DC. E isso gera uma tensão muito crítica envolvendo a religião cristã, aqui representada pela Igreja Católica. Todas as evidências sobre o corpo convergiam para um possível veredito - “tratavase do corpo de Jesus Cristo”. O que poderia acontecer com o Cristianismo se essas conclusões tornassem autênticas? Como reagiria a fé dos cristãos diante de um fato como esse? Estavam sentado sobre um barril de pólvora. Havia também o aspecto político envolvendo interesses tanto judeus quanto palestinos. Esse fato levaria os católicos a se retirarem de Jerusalém que seria declarada capital exclusiva do Estado de Israel. Mas os palestinos também tinham interesse dessa situação. Tudo indicava que aquela situação tendia para agravar mais ainda o conflito palestino-israelense, com cenas de chantagens, seqüestro, homem bomba. Em contrapartida, o Vaticano planejava uma versão para possível esclarecimento público caso viessem comprovar que o corpo era de fato de Jesus de Nazaré. O Pe. Matt encontra seu antecessor no caso e relata sua conclusão, informando-lhe que o corpo era de fato de Jesus e, portanto, Ele não teria ressuscitado. Para agravar mais a situação de Matt, ele presencia o suicídio do tal padre. Então, ele entra em colapso com a sua fé e decide sair do clero e abandona o caso. A caminho do aeroporto, recebe a notícia de que as inscrições do vaso tratavam de uma oração, mas que estava incompleta. A retorna cruza com o carro dos seqüestradores dos filhos da Dra. Golban que levava os ossos do corpo para tentar libertar os seus filhos em troca dos ossos. A operação de libertação de seus filhos é bem-sucedida, mas os ossos são perdidos tendo em vista a explosão da granada pelo seqüestrador, que morreu. Mas deixou gravemente feridos o padre e a doutora. No final descobre-se que o corpo era de um judeu-cristão chamado Davi, contemporâneo de Jesus, que teve sua morte do mesmo modo que Ele. Concluindo, fico a pensar – O que seria do Cristianismo se, de fato, Jesus não tivesse ressuscitado dos mortos, ao terceiro dia? Haveria a Igreja Cristã? Seria uma seita religiosa, embasada numa mentira, indigna de qualquer crédito. Se isso fosse comprovado, muitos teriam a coragem, sim, de continuar com a farsa, haja vista que muitas seitas heréticas têm surgido e sobrevivido, apesar das bases rotas em que sustentas os seus dogmas. Mas graças a Deus, que isto não passa de uma ficção e que o Senhor foi, é e sempre será o mesmo eternamente, amém.
João Bosco Rolim Esmeraldo
Acadêmico de Teologia - CETREM

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->