Xenofobia na Europa

Xenofobia na Europa

Prof. Julio Botega 8ª Série Colégio Positivo

Tudo tem um começo...
‡ Migrações internacionais: movimentos de saída e chegada de pessoas entre países. ‡ Pode ser subdividido em emigração (refere-se a pessoas que saem do país) e imigração (refere-se a pessoas que entram no país). ‡ Geralmente motivados por questões econômicas: crises econômicas, guerras, conflitos em geral, fome, oportunidades de emprego, sonhos de enriquecimento rápido, melhoria na qualidade de vida etc.

passava por uma explosão demográfica que. . movidos pelos sonhos do acesso à terra e do enriquecimento rápido. impulsionaram a saída de muitos europeus em direção a países do continente americano. em meados do século 19 e início do 20.Por exemplo. aliada à crise na produção agrícola e à fome. a Europa.

que somavam algo em torno de 1. espanhóis. italianos.Entre 1884 e 1933. japoneses. sírios. entre outros). com destaque para os italianos.5 milhão de pessoas. quase 4 milhões de imigrantes desembarcaram no Brasil (alemães. portugueses. . turcos.

em 2000). a Europa (56 milhões. em 2000) e o Japão (1.Os novos fluxos migratórios ‡ Século 20: os fluxos migratórios internacionais conheceram uma inversão. sendo que 60% deles são pessoas que saíram de países subdesenvolvidos rumo a países desenvolvidos. . existem cerca de 200 milhões de migrantes no mundo. ‡ Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).5 milhões. tendo como principais destinos os Estados Unidos (35 milhões. em 1998).

mas controlados. desprezadas por suas populações locais. eram bem-vindos. então. os Estados Unidos e o Japão estimulavam a imigração. desenvolvimento técnicocientífico.Dois momentos: ‡ O primeiro deles ocorre entre a década de 50 e fins da de 70. redução e da circulação de mercadorias no mundo . quando alguns países da Europa. a fim de conseguir mão-de-obra para ocupar as vagas de menor qualificação e baixa remuneração. . maior pressão à abertura dos mercados. ‡ Segundo momento (década de 80 em diante): intensificação do processo de globalização e a ascensão do neoliberalismo. Os imigrantes.e menor (ou diferenciada) participação do Estado nos assuntos ligados à economia.

Desse período em diante. pois passariam a disputar diretamente os postos de trabalho com parte da população local. com exceção dos trabalhadores com alto grau de qualificação vindos de países mais pobres (a chamada "fuga de cérebros"). os trabalhadores com baixa qualificação já não eram mais bem-vindos. gerando cada vez mais discriminação e preconceito. .

. cerca de 6 milhões.‡ A partir de então. só têm conseguido aumentar a migração ilegal. Acredita-se que entram em torno de 2.5 a 4 milhões de migrantes sem autorização nos países ricos. muro na cidade de Celta. os governos desses países ricos passaram a criar medidas legais e até mesmo barreiras físicas (muro na fronteira dos Estados Unidos com o México. Nos Estados Unidos. de modo a dificultar cada vez mais a entrada de imigrantes. Espanha). ‡ Tais medidas. estima-se que existam mais de 10 milhões de migrantes ilegais. no entanto. na Europa.

deve ser entendida como a aversão ao imigrante. . a xenofobia (do grego. basicamente. o que é Xenofobia? Diante do que vimos. "xeno" = estrangeiro e "fobia" = medo).Então. devido. às diferenças sócio-culturais existentes entre pessoas de países diferentes. afinal.

por isso deve ser aniquilado.A xenofobia é sempre uma forma de negação do Outro. O Outro é visto como uma ameaça ou a razão de todos os males. ‡ Políticas ‡ Econômicas ‡ Religiosas ‡ Culturais .

Espanha A face sombria e atual ± Eugenia ± Nazistas ± Fascistas ± Segunda Guerra Mundial .Xenofobia na Europa: breve histórico ‡ ‡ ‡ ‡ Prática secular dos países europeus Idade Média e conquistas territoriais Grandes Navegações .

tráfico de droga e assalto à mão armada. o referendo foi votado favoravelmente em 24 dos 26 cantões. ‡ Proposto pela UDC (União Democrática do Centro). partido vencedor das últimas eleições.A Xenofobia na Europa: o caso da Suiça ‡ Na Suíça foi referendada favoravelmente a expulsão de estrangeiros que tenham cometido delitos graves: violação. .

‡ Europeus do Leste .

A Xenofobia na Europa: o caso de Portugal ‡ Brasileiros ‡ África portuguesa .

Xenofobia na Europa: o caso da Itália ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Latino-americanos Romenos/ ciganos Albaneses Africanos Europeus do Leste Sílvio Berlusconi O novo Fascismo .

Xenofobia na Europa: o caso da França Romenos Africanos Árabes muçulmanos Nicolás Sarkozy A explosão de violência: 27 de outubro e 8 de novembro de 2005 ‡ 2009: recorde francês de expulsão de imigrantes ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ .

.

Xenofobia na Europa: o caso da Inglaterra ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Portugueses Italianos Africanos Indianos Asiáticos .

Xenofobia na Europa: o caso da Alemanha ‡ ‡ ‡ ‡ Turcos Outros árabes muçulmanos Negros O passado: Judeus .

Espanha ‡ O novo Fascismo ‡ Latino-americanos ‡ Árabes .

‡ Maio de 1968 ...Mas nem sempre é assim.

‡ Observatório Europeu do Racismo e da Xenofobia .1977 ‡ Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia 2007 ‡ 2010: Espanha recebe exilados de Cuba ‡ Durão Barroso (presidente da Comissão Europeia) : "Racismo e xenofobia não têm lugar na Europa" .

ATIVIDADE PROPOSTA .

.

Poema .net/modules/news/article.Xenofobia Não! Vim de um país longínquo Á procura de condições melhores Chego a este país maravilhoso E sou olhado de lado Com ar desconfiado! Não sou ladrão Só quero ganhar dinheiro Para enviar para pais e irmão Que vivem mal E por isso vim para Portugal! Pensei ser recebido melhor Nem todos são maus Mas no meio de todos existe sempre um pior Aquele que nos persegue E diz que não Já basta de imigração! Será que ele pôs a mão na consciência? Não vê que o seu país ganha com isso.php?storyid=5811 . faça uma redação.. com no mínimo 15 linhas... sobre o tema: Até onde vai o seu preconceito? Marco Viana http://www. Que quem vem de fora faz o serviço que ninguém quer Só quero dar de comida ao filho e à mulher! Não quero entrar em políticas Num país que não é o meu Mas. como país que é teu Devias pensar melhor Não estou aqui por favor Mas para ter algo de valor Que não tive no meu país! Amor à pátria sim.. Xenofobia é que não! Racismo nem pensar! Eu vim para cá para trabalhar Como muitos portugueses fizeram Ao emigrar! Com base no poema de Marco Viana e no vídeo da Anistia Internacional.luso-poemas.

como dizia o geógrafo Milton Santos: "Apenas o acontecer próprio a um lugar não é indiferente ao acontecer próprio a um outro lugar. talvez seja a construção de um mundo mais justo e igualitário no século 21. exatamente pelo fato de que qualquer que seja o acontecer é um produto do movimento da sociedade total".Para finalizar O grande desafio entre os países ricos e pobres. mais do que construir muros e elaborar leis que impeçam a entrada de migrantes. pois. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful