Você está na página 1de 3

___________________________________________________________________________________

Escola:
Avaliação de Leitura e Produção de Textos - 1º Bimestre
Nome:
Série: Data: / /

A participação do aluno

A participação do aluno nas decisões escolares, embora seja considerada desejável por
muitos, é um assunto controvertido. Nem todos concordam que aquilo que seria democrático
é viável na nossa realidade.
Os que defendem a maior participação do aluno argumentam em favor de um direito
de alguém que tem plenas condições de exerce-lo – condições que consistem em ter
informações e discernimento na análise.
Outros, porém, alegam que as informações de que o aluno dispõe são insuficientes
para dar opinião sobre assuntos complexos, como a necessidade de estudar um conteúdo ou
de estabelecer uma norma escolar. Também não acreditam que a capacidade de
discernimento de uma criança ou adolescente se equipare àquela do adulto e temem que a
participação do aluno seja um ato inconsistente, marcado somente pela opinião vazia, do tipo
“gosto”, “não gosto”, “quero” “não quero”, sem apresentação de justificativas
fundamentadas.
Todos esses argumentos - favoráveis e contrários à participação do aluno – parecem
ter sua dose de verdade.
No entanto, devemos lembrar de que a participação se aprende como qualquer outra
atividade. Se não for permitido ao aluno participar, dificilmente ele aprenderá a basear suas
opiniões em informações, justificar seus pontos de vista e até mesmo deixar de expressar sua
posição ao perceber que seu conhecimento e sua maturidade são insuficientes para isso.

Parte I

1 - No texto acima foram apresentados:

(A) Argumentos favoráveis à participação do aluno.


(B) Argumentos contrários à participação do aluno.
(C) Argumentos favoráveis e contrários à participação do aluno.

2 - Quais são os argumentos favoráveis à participação do aluno?

3 - Quais são os argumentos contrários à participação do aluno?

Etiene Peixoto Língua Portuguesa/ Leitura e Produção de Textos – Ensino

Fundamental 2
___________________________________________________________________________________

4 - É possível perceber a posição do autor do texto em relação à participação do aluno?

6 - Qual é essa posição?

7 - Em que parágrafo a posição do autor fica clara?

8 - Qual é o tema do texto argumentativo?

9 - Em que parte o tema é apresentado?

10 - A maneira como foi redigido o primeiro parágrafo do texto indica que o autor considera
que o tema

(A) Admite só um tipo de argumento, favorável ou contrário.


(B) É polêmico, admite argumentos favoráveis e contrários.

Parte II

Escolha um dos temas a seguir e redija uma argumentação deixando clara a sua posição
sobre o assunto. Não se esqueça de dar um título à sua redação! (No mínimo 20 linhas)
I. O adolescente ainda precisa de um adulto para orientá-lo.
II. A televisão influencia os jovens.
III. Com o passar do tempo o papel da mulher tem sofrido alterações em nossa sociedade.

Etiene Peixoto Língua Portuguesa/ Leitura e Produção de Textos – Ensino

Fundamental 2
___________________________________________________________________________________

“No que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio
termo. Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz.”
Ayrton Senna

Etiene Peixoto Língua Portuguesa/ Leitura e Produção de Textos – Ensino

Fundamental 2