Você está na página 1de 4

Nomenclatura Inorgânica

Funções Inorgânicas:

Hidreto Óxido Ácido Base Sais

____H ___O H___ ___OH ____ ____


(LIBERA H+) -H - OH

Soluções Eletrolíticas:
Nomes incomuns para decorar:
Conduzem Eletricidade; têm íons livres.
Exemplo: Sal de cozinha - NaCl --H2O-> Na+Cl (íons livres)
Ag - Prata! Pb - Chumbo
Soluções não-elerolíticas:
Au - Ouro! Cs - Césio
Não Conduzem Eletricidade; Não tem íons Cu - Cobre! Hg - Mercúrio
livres. Sr - Estrôncio P - Fósforo
Exemplo: Açúcar - Na água não conduz eletricidade K - Potássio

Ácidos
Em solução aquosa liberam H+

• HidrÁcidos
Ácidos sem oxigênio. Têm que estar em meio aquoso. Têm terminação ídrico.

•OxiÁcidos
Têm terminação ico. Lembrar da Lista:

H x O

H3 P O4

H2 S O4

H1 N O3

H1 Cl O3

H2 C O3

H3 B O3

H1 Br O3

H1 I O3

1
Nomenclatura Inorgânica

Quando um elemento da lista tem o oxigênio modificado, o nome também muda.


As variações também são chamadas de oxiácidos.

H3BO4
Ácido Perbórico
+O
H3BO3
Ácido Bórico

-O
-O H3BO2
Ácido Boroso
-O

H3BO
Ácido Hipoboroso

Bases
• Simplesmente o nome de cátion, mas com “Hidróxido de” na frente.

NaOH >> Hidróxido de Sódio

OxiÂnions
• Os ácidos terminados em ico e oso, quando misturados em um meio aquoso,
liberam H+ e um ânion Oxigenado. Este ânion é chamado de oxiânion

H3PO4 3H+ + PO4

Aqui, o oxiânion é o PO4.

• Para medir a carga dos oxiânions, vemos o H:

H3(PO4)

2
Nomenclatura Inorgânica

Como o H tem carga 1 positivo, H3 tem 3 positivo. Então, o que restou, que nesse
caso é o PO4, tem carga 3 negativas.

• Quanto ao nome, há uma mudança:


Ácidos terminados em ico, acabam tendo o ânion derivado com nome de
final ato. O mesmo acontece com os peróxidos (ver no fim).

Ácido Fosfórico Fosfato


H3PO4 PO4

E Ácidos terminados em oso, têm o nome mudado para ito. Mesma coisa com os
ácidos com começo hipo.

Ácido Fosforoso Fosfito


H3PO3 PO3

Sais
• Sal neutro/ Sal Normal
Não apresentam hidrogênio ou base. Usa-se o Nome do Ânion + “de” + Nome do
Cátion. Só para deixar como lembrete:

Em Ácido Ânion Formado

- ídrico - eto

- ico - ato

- oso - ito

CaSO4 >> Sulfato de Cálcio

• Hidrogenossal (Sal Ácido)


Têm o mesmo nome sem o hidrogênio, acrescido de um
(No de Hidrogênios) + “Hidrogeno” antes. Por exemplo:

KH2PO4 >> Diidrogeno Fosfato de Potássio

Outra maneira de dizer seria o nome do Sal, mas (No de Hidrogênios) + “Ácido”
no meio. No mesmo exemplo:

KH2PO4 >> Fosfato Diácido de Potássio

3
Nomenclatura Inorgânica

Tem ainda mais um caso especial de nome: Se o ânion é derivado de um ácido com
2 H’s, é só por BI na frente do nome.

NaHCO3 (HCO3 veio do H2CO3) >> Bicarbonato de Sódio

• Hidroxissal (Sal Básico)


Usa-se o nome do Sal Neutro, mas colocamos (No de OH’s) + “Hidroxi” na frente.
Um exemplo:

Al(OH)2NO3>> Diidroxi Nitrato de Alumínio

Ou até, (No de OH’s) + “Básico” no meio do nome do Sal Neutro:

Al(OH)2NO3>> Nitrato Dibásico de Alumínio

Óxidos
• Óxidos Iônicos
Oxigênio em ligação iônica, ou seja, com outro composto com carga positiva
É Simplesmente a palavra “Óxido” + Nome do Cátion

CaO >> Óxido de Cálcio

•Óxidos Moleculares
Oxigênio em ligação covalente. O nome fica
(No de Oxigênios) + “Óxido de” (No do outro composto) + Nome do Composto

N2O5 >> Pentóxido de Dinitrogênio

• Peróxidos
Quando duas moléculas de Oxigênio são consideradas como uma só. Como
identificar:
K2O2
Potássio tem apenas 1 carga, então K2 tem 2 cargas positivas. Oxigênio tem 2
cargas negativas, portanto, O2 teria 4 cargas. Mas nisso, notamos que o tanto de
cargas negativas acaba extrapolando o número de cargas positivas ( -4 e +2).
Assim, consideramos o O2 como uma molécula de 2 cargas, assim chamado de
peróxido.

Peróxido de Potássio - O nome fica quase igual: a única mudança é que o “per” é
adicionado.

Você também pode gostar