P. 1
CIÊNCIA POLÍTICA - 03)ORIGEM DA SOCIEDADE INTRODUÇÃO OS NATURALISTAS[1]

CIÊNCIA POLÍTICA - 03)ORIGEM DA SOCIEDADE INTRODUÇÃO OS NATURALISTAS[1]

|Views: 1.463|Likes:
Publicado pornanidosantos

More info:

Published by: nanidosantos on Apr 28, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/15/2013

pdf

text

original

Origem Da Sociedade

³O Direito é um ordenamento das relações sociais.´ (Noberto Bobbio)

1

. Abrange diversos grupos parciais que se formam em seu interior: a família. 2 . permanentemente associados e equipados de padrões culturais comuns. próprios para garantir a continuidade do todo e a realização de seus ideais. a igreja.Conceito É o conjunto relativamente complexo de indivíduos de ambos os sexos e de todas as idades.Sociedade ..

Elementos necessários da Sociedade 1. Ter uma finalidade social comum. e Existência de um poder social. em conjunto. 3. 3 . 2. Manifestação ordenada.

Comunidade É UM GRUPO SOCIAL DE EXISTÊNCIA MAIS OU MENOS PERMANENTE. 4 . FORMADO POR AFINIDADES PSICOLÓGICAS OU ESPIRITUAIS ENTRE OS SEUS MEMBROS.

2.Principais diferenças entre Sociedade e Comunidade 1. Relações entre os membros regidos por vínculos jurídicos. Relações entre os membros não são regidas por normas jurídicas. 5 . Finalidade de perseguir um objetivo comum a seus membros. Preexistência à consciência de seus membros de que existe. tem por finalidade a própria preservação.

Continuação. Existência de um poder centra de comando. 4.. Inexistência de um poder central de comando. Os comportamentos do conjunto de seus membros guiam-se pelos sentimentos comuns entre eles. Alguns casos. estabelecido e reconhecido pela ordem jurídica. centros de influência sobre os demais membros. 3. Manifestações de seus membros ocorrem de modo juridicamente ordenada. 6 ..

Teoria da Origem Contratual ± Contratualista 7 . Teoria da Origem Natural ± Naturalista 2.Teorias da Origem da Sociedade 1.

há uma exigência da própria natureza do Homem. isto é.Teoria Naturalista Tese: Sustenta a existência de uma sociedade natural. 8 . junto a seus semelhantes. que o impele a viver de forma gregária.

mediante um ato consciente de vontade ± UM CONTRATO. isto é. 9 .Teoria Contratualista Tese: Defende a posição de que o Homem vive em sociedade por vontade própria.

ARISTÓTELES ± Política (séc. IV a.C.) Para quem o ³ homem é naturalmente um animal social. político´. ³ Zoon Politikon´ O homem deve viver de forma gregária. 10 .Filósofos partidários da corrente de pensamento naturalista.

Filósofos partidários da corrente de pensamento naturalista.C.) Exceções : O SER VIL E O SER SUPERIOR 11 . IV a. ARISTÓTELES ± Política (séc.

12 . Para quem o homem tem um instinto inato de sociabilidade.C. I a.Cícero ± em DA REPÚBLICA Séc.

13 Cícero ± DA REPÚBLICA .³.a espécie humana não nasceu para o isolamento e para a vida errante..mesmo na abundância de todos os bens. a leva a procurar o apoio comum´.. mas com uma disposição que. a primeira causa da agregação de uns homens a outros é menos sua debilidade do que um certo instinto de sociabilidade em todos inato.

Santo Tomás de Aquino. animal social e político. o que se evidencia pela natural necessidade´. em SUMMA THEOLOGICA Séc. XIII ³. ainda mais que todos os outros animais.. vivendo em multidão. 14 .. por natureza. o homem é.

Adoção das noções aristotélicas. Acrescenta que o ser humano somente poderia viver isoladamente se fosse: três hipóteses de exceções ³Excellentia Naturae´ ± Virtuoso . ³Mala Fortuna´ ± Por acidente .Santo Tomás de Aquino. ³Corruptio Naturae´ ± Anormalidade Mental . 2. em SUMMA THEOLOGICA 1. 15 . 3.

16 . próximo aos seus semelhantes mas sem nenhuma relação com eles.Oreste Ranelletti em Instituições de Direito Público . não se encontra na realidade da vida. O Homem tem necessidade natural de associar-se a outros seres humanos. completamente isolado e vivendo só.. seja qual for a época.. por mais rude e selvagem que possa ser na sua origem. onde quer que se observe o homem. mesmo nas mais remotas a que se possa volver. o homem sempre é encontrado em estado de convivência e combinação com os outros. O homem singular.

17 .Os naturalistas Conclusão:  A SOCIEDADE É O PRODUTO DA CONJUGAÇÃO DE UM SIMPLES IMPULSO ASSOCIATIVO NATURAL E DA COOPERAÇÃO DA VONTADE HUMANA.

. 18 .Os Contratualista Fica para o próximo capítulo..

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->